PplWare Mobile

OrCam My Eye 2, um olho inteligente para abrir o mundo aos cegos


Responsável pelo Pplware, fundou o projeto em 2005 depois de ter criado em 1993 um rascunho em papel de jornal, o que mais tarde se tornou num portal de tecnologia mundial. Da área de gestão, foi na informática que sempre fez carreira.

Destaques PPLWARE

  1. Joao Cardoso says:

    Fantástico. Precisamos de mais casos destes, a tecnologia ao serviço de quem mais necessita.

  2. Cláudio says:

    Gostei particularmente de ver normovisuais a fazer os vídeos promocionais ao produto… É perfeitamente normal que um cego consiga identificar a localização exata de um código de barras num produto em forma de cubo para lhe tocar com o dedo para o acessório identificar o produto. Depois, a menos que o equipamento tenha estabilizador ótico e uns algoritmos mesmo muito avançados não sei como é que o equipamento vai conseguir identificar textos às distâncias que estão a mostrar nos vídeos. Mais um produto para se aproveitar das fragilidades de (algumas) pessoas com deficiência…

    • Artemus says:

      “É perfeitamente normal que um cego consiga identificar a localização exata de um código de barras num produto em forma de cubo”
      Qual foi a parte de “pessoas cegas ou baixa capacidade de visão” que não percebeste?
      Uma pessoa com baixa capacidade de visão consegue identificar com alguma facilidade um código de barras.

      • Cláudio says:

        Penso que é daquelas coisas que tens de trabalhar com pessoas cegas ou com baixa visão para perceber…

        Mesmo para normovisuais às vezes é bastante complicado identificar e digitalizar um código de barras (basta experimentar uma das aplicações de compras no supermercado para ver a dificuldade que é identificar alguns produtos).

        Eu não condeno que tentem criar e desenvolver a tecnologia… O que eu condeno é cobrarem 3500 a 4500€ a pessoas com deficiência por um produto que neste momento não me parece que vá acrescentar muita qualidade de vida a estas pessoas.

  3. Nuno Santos says:

    Podiam era fazer um para se substituir a prótese ocular. Um gajo tirava o olho de pirata e colocava isso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.