Transmissão de dados no futuro será através de lâmpadas?


Destaques PPLWARE

53 Respostas

  1. Andre says:

    No futuro tudo é possível, quando lá chegarmos saberemos XD

  2. João Ribeiro says:

    Muito interessante!

  3. Almada says:

    para isso estude k bem precisam

  4. Pedro A. says:

    Uma tecnologia que poderá complementar outras já existentes atualmente.

  5. Nuno says:

    No futuro existirão mulheres simples que não complicarão a vida de um tipo.

  6. Ecchin says:

    Gostei. O senhor vai ter muitos obstáculos pela frente postos pelos grandes senhores dos espectros. Já se sabe como são estas guerras.

  7. Ricardo Silva says:

    Certamente que é uma tecnologia que irá vingar no futuro, mas em conjunto com outras tecnologias, incluindo a comunicação por ondas rádio. Não me parece possível que toda a transmissão de dados seja feita apenas através do espectro visível, principalmente quando falamos de transmissão de longo alcance.

    Esta tecnologia será muito útil principalmente em hospitais, aviões e outros locais ou situações em que a transmissão por ondas rádio possa trazer inconvenientes!

    Bom artigo! 😉

  8. says:

    Era porreiro ter wifi onde quer que houvessem lampadas… 🙂

  9. Gab says:

    Esta tecnologia, já e antiga. O que são os comandos das nossas televisões ???? Não transmitem dados, numa luz que não e vizivel ao olho humano »»»

    • Filipedgb says:

      Infravermelho, se não me engano…Uma forma engraçada de verificar isso é por exemplo ligares a câmara do telemóvel e apontares para a lâmpada do comando…quando clicares nalguma tecla vais notar a luz através do telemóvel, isto porque a câmara do telemóvel detecta infravermelho. Claro que, se o vês no ecrã do telemóvel já não está a ser emitido infravermelho mas sim radiação visível, pelo que pode dizer-se que não estás a ver o que o comando está realmente a emitir, mas sim uma reprodução 😛

      Abraço

    • STP says:

      Não viste o vídeo todo pois não?

      E os comandos da tv é infravermelhos! Não é de espectro de luz visível.

    • Ricardo Silva says:

      Mas aqui a aplicação é feita através do espectro visível e com uma velocidade de transmissão de dados muito superior.

    • Ecchin says:

      O wi-fi também usa “luz não vizível ao olho humano”. Chamam-se ondas rádio.

  10. carlos says:

    a transmissão de som através de luz hoje em dia não é uma coisa difícil de fazer, por isso penso que a transmissão de dados também não será nada de outro mundo.

  11. Sérgio says:

    Um comentário feito na hora. Não deixa de ser interessante, mas o que ele não disse (pelo menos tentou omitir) é que a tranmissão é que esta tecnologia é para a comunicação entre a lampada e o no nosso terminal. A questão é: como levar a informação até à lampada. Dirão que temos o powerline. Sim, mas é eficiente? Podemos usar em qualquer lado?
    Não é como ele disse não temos as lampadas já instaladas, porque necessitariam de adaptação.

    MAS

    Não deixa de ser um conceito interessante que será amadurecido com os anos. É uma tecnologia que poderá ser empregue em muitas coisas, como foi menciona. Será um óptimo complemente.

    Agora é preciso amadurecer os conceitos

  12. Filipedgb says:

    Futuro? Já existe código morse há mais de cem anos… 😉

  13. Charly says:

    Se pensarmos um pouco, se o futuro é usarmos lampadas led por exemplo em casa, imaginemos ter internet em toda a casa usando apenas todas as lampadas que existem nela 😀 …. um aparelho de transmição, onde não estraga o visual da casa, nao é necessario cabos nem nada do generos, apenas um PC … futuro e’ o futuro

  14. Serva says:

    Boa noite ,

    Excelente artigo , esta tecnologia é de facto interessante e como já foi dito terá de ser combinada com as tecnologias de espectro já existentes , de qualquer das formas evitava-se de facto a sobrecarga actualmente existente , talvez desta forma os lobys não funcionem de forma redutora e esta tecnologia venha a conhecer a luz do dia .

    Muito bom artigo @Pedro Pinto

    Aceita os meus cumprimentos

    Serva

  15. Miguel Amador says:

    Levanta-me a questão. E onde não há luz? Hoje em dia, podemos estar na praia e estamos com acesso à internet, telemóvel. Podemos ter os telemóveis no bolso, e eles continuam a comunicar. Como poderá estar tecnologia ultrapassar isso? Em termos de conceito realmente o que eles fazem é alargar a largura de banda por modelação espacial. A transmissão de luz é tão banal, desde os controlos remotos, até às recentes linhas de fibra óptica. Mas se o senhor conseguiu patentear esta tecnologia, acredito que em breve estará rico, caso se consiga massificar a tecnologia, ainda que como complemento às actuais redes sem fios.

  16. Carlos says:

    Certo é que a tecnologia led apareceu e avançou a sua aplicação em muitas áreas. Em todas as casas já estava nos tele comandos, mas agora na tv de lds com uma imagem espectacular e começa a aparecer em força nas lâmpadas da simples iluminação, quer doméstica quer industrial com consumos muito inferiores aos actuais. E nestes tempos de poupança energética decerto vai se expandir rapidamente. Porque não também na transmissão de dados de som e imagem sem fios?
    Partilho a opinião geral. Era muito disponibilidade de net em todo o lado.

    Obrigado pelo artigo.

  17. jp says:

    Ridículo!!!

    Basta colocar um objecto qualquer opaco que deixamos de ter sinal. Isto vamos ter que andar com o dispositivo móvel na cabeça como se fossem painéis solares!!!

    Pode ter futuro mas não é em aplicações tão universais como o orador diz!!!

  18. Miguel says:

    No futuro?? Isso já faziam os nossos antepassados, que transmitiam informação com sinais de luz. E actualmente também em último recurso.

  19. Marcelo Barros says:

    Esta tecnologia será uma solução para complementar outras, nada mais.

  20. Roscas says:

    Boas…

    Não é nada de novo … quem já nao teve um telemovel com infravermelhos para comunicar com outros dispositivos??? Nao estou a ver como ás lampadas ja instaladas podem ser convertidas … bidireccional de dados nao me parece k foi tida em conta 🙂 Mas é um principio 🙂

  21. Rui Ferreira says:

    Acho simplesmente rídiculo,

    comparar uma tecnologia com alguns problemas (ondas-rádio) com outra com ainda mais problemas (luz)

    Talvez num futuro longínquo estes problemas sejam resolvidos e as ondas rádio substituidas por comunicações via luz.

    Para já esqueçam esta tecnologia.

  22. Sagit says:

    Ficou uma coisa por explicar ou pelo menos que dificulta mais as coisas…
    ora como disse o “Roscas” precisamos de um fluxo de informação bidirecional, para isto teríamos de ter uma uma luz no telemóvel, ate aqui como foi dito no vídeo temos o atual flash, mas teria de existir um receptor em cada lâmpada… implica mais investimento do que a vulgar lâmpada led.(para já não falar na posição que teria de ser colocado o atual flash)
    E será que esta tecnologia funciona num solarengo dia de verão?

  23. Francisco A. says:

    Depois vem as lâmpadas de 1Gb , 2Gb, 4Gb … 1Tb LOL

  24. Luis Gil says:

    Interessante o conceito, mas de pouco uso.
    É focada, uni-direcional, e pelo que percebi, a câmara para recepcionar as ínfimas variações da luz, não pode ser uma câmara qualquer, como as que temos a 50Hz, o que implica grandes custos de adaptação, não é só trocar as lâmpadas e colocar um adaptador modular.
    E como já foi indicado aqui, só funciona onde há lâmpadas.
    Ter o aparelho no bolso, desliga qualquer comunicação.
    Ter o aparelho ao contrário, desliga qualquer comunicação.
    Ter o dedo inadvertidamente sobre o receptor, desliga qualquer comunicação.
    etc…

  25. Tiago says:

    E se a Apple patentear a luz?

  26. kendimen says:

    Muito interessante! “Let there be light” 🙂

  27. Pedro Gaspar says:

    O inconveniente de redes sem fios por luz em relação a por ondas radio deve ser o facto de o emissor e o transmissor terem que estar em constante visual, a menos que eles usem infravermelhos ou raios gama (falando de cor alguns penso que passam paredes sem grande problema)… pelo que fico um bocado duvidoso em relação aos possiveis problemas de saude que isso poderia trazer..
    Redes sem fios atravez de luz ja não é um tema assim tão novo… se olharmos para as telemoveis antigos que funcionavam por IRda, eu inclusive ja acedia a internet atravez dessa tecnologia com o meu antigo samsung c100…

    Deixo aqui a minha ideia 🙂

    Cumprimentos

  28. Diogo says:

    Muito interessante, mas o facto de ter as luzes sempre ligadas nao fica nada barato, e penso que outro problema que ele tambem nao fala, ora se estiver-mos de costas para a luz teoricamente vamos interromper o fluxo de dados, ou com qualquer outra sombra, ou seja fica inutilizavel

  29. Tiago says:

    Isto é bom para aplicações específicas, mas para uso global tem muitos problemas…

  30. Guilherme Lino says:

    – O vizinho esta a roubar net! Apaga as luzes!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.