Tesla fecha negócio para construir fábrica na China

Por Tomás Santiago para Pplware.com

Destaques PPLWARE

30 Respostas

  1. int3 says:

    mão de obra barata. 5*-
    9/10 ‘d.

  2. Hugo Freitas says:

    Não creio que seja na mão de obra barata que esteja o ganho, primeiro pq a mão de obra na produção de um carro para as massas está muito dependente da automação e robotização e não da mão de obra humana. Depois porque a mão de obra (qualificada) chinesa não é assim tão barata como era no passado. O que vai no entanto acontecer é ter acesso directo e local ao maior mercado de veículos eléctricos do planeta. Isso sim, parece-me uma vantagem tremenda. A China quer/vai saltar uma geração e passar diretamente para veículos movidos a energia eléctrica, por isso ter o mais conceituado fabricante em seu solo é claramente uma “win-win situation”.

  3. Rui says:

    Lá está o tipo a enganar o pessoal, tem uma fábrica gigantesca nos EUA que não consegue produzir nada vai abrir outra na china para quê? Este gajo é um embuste! Muita gente vai perder dinheiro com este senhor!

    • Célio Cerqueira says:

      Ou ganhar rios dele! Tal como aconteceu com Bill.

    • JP says:

      Rui,
      relembre os feitos e conquistas deste “gajo”, compare-os com os dos seus ídolos (não digo consigo por razões óbvias, com todo o respeito) e partilhe connosco onde está o embuste.

    • TugAzeiteiro says:

      Que loool…

    • Daniel says:

      E os milhões que ele poupa á humanidade a colocar satélites em órbita com foguetões que voltam a aterrar na terra? Embuste obviamente não é?

      • Sergio says:

        “…à humanidade…” ????
        essa agora! nao é ás empresas (clientes) que a empresa dele poupa?!
        a nós, humanidade, não poupa nada: os foguetões do Musk continuam a utilizar combustivel e a poluir, como qualquer outro.
        E talvez até mais, tendo em conta que queima combustivel 2 vezes por cada viagem (os da concorrencia só fazem 1 viagem)

        • TugAzeiteiro says:

          A sério!? E pensar um pouco mais? Não? Sim poupa à humanidade.. porque se os clientes dele poupam dinheiro a lançar os seus satélites, nós consumidores também vamos ter preços mais baixos! E quanto aos foguetões reutilizáveis… já viste o enorme disparate que disseste?! Então é preferível construir um foguetão, utilizar uma só vez e mandar para o lixo, gastar mais matérias primas e poluir mais… isto claro em vez de reutilizar o mesmo foguetão poupando assim matérias primas e o ambiente!? Yah…. tu vê lá se utilizas a cabeça para pensar, em vez de só dizeres disparatas!!

        • Daniel says:

          Não acredito no que estou a ler. Ó Sergio, tu informas-te minimamente antes de vires aqui lançar postas como essas? Não tens filhos? Não achas que é vergonhoso poluires a internet com falsa informação que os teus filhos possam vir a ler?

        • JJ says:

          Certamente já poluíste mais em toda a tua vida, em proporção, do que todos os lançamentos de foguetões que tenham ocorrido durante igual período. Basta para isso, andares em veículos de combustão fóssil (automóvel por exemplo) todos os dias.

        • TeKnoFreak says:

          Boa… treta… Eles não poluem assim tanto como pensa, informe-se primeiro, veja as toneladas de detritos que não ficam em órbita, aconselho que veja o site http://stuffin.space/ e lembre-se que todos os pontos cinza são lixo, que eventualmente bloqueiam raios solares enquanto estão em órbita, e mais, vão acabar por cair, e uma outra coisa, os SpaceX do Elon Musk usam oxigénio líquido, vulgo O2 e querosene, são em 10 lançamentos o equivalente a 9 bilionésimas partes do total de gazes poluentes lançados para a atmosfera, e com os automóveis já vendidos pela Tesla, isso representa um décimo da poluição anual que seria causada pelo mesmo número de viaturas a combustíveis fósseis (entenda-se que falo se os Tesla fossem a gasolina, e apenas falamos de pouco mais de 250000 carros, e nesse número de viaturas, falamos de mais de 2.300.000 de toneladas de CO2 não lançados para a atmosfera, basta ver o site da Tesla que têm lá tudo, carros vendidos e CO2 não lançado), além que se calhar não sabe que a primeira viatura que apareceu no mundo, sem ser a carvão era elétrica, e apareceu em 1881, e como sei ler livros custa para alguns, aqui fica o nome do senhor – Gustave Trouvé, o senhor Karl Benz apenas lançou o avô do carro moderno em 1885, e voilá, o primeiro carro era uma viatura de 3 rodas elétrica, o do sr. Benz também tinha 3 rodas, se o primeiro foi elétrico, porque não os últimos? E aonde está o embuste? Em Portugal existem viaturas elétricas há anos, um gajo que gasta milhões numa fábrica, que produziu e vendeu 250000 viaturas, que tem problema com a produção de baterias ( por isso não fabrica mais), esse tipo é um embusteiro? Poupem-me. E não se poupa com foguetes reutilizáveis? Até a fábrica do SpaceX é equipada com painéis solares, e não fica em milhões de cada vez que se lança um foguetão… pois os custos de fabricação de um são mais de 70% do custo de lançamento. Leiam e aprendam.
          E mais, é tão embusteiro que até nós em Portugal já temos vários carros da Tesla, e as outras marcas? Renault, Citroen, Nissan… também andam a enganar o povinho com os ditos elétricos? E 250000 carros não é nada??? P**a que pa**u, acho que alguns senhores ainda acham que existem dinossauros em stock para fazer mais crude para refinar… e as reservas debaixo do solo são infinitas e mais além… e temos mais mundos para habitar. Cresçam!

    • korh says:

      Eles tão a precisar de um gajo como tu para meter aquilo na ordem. Nota-se que és um génio de gestão e industria….

    • João Santos says:

      Rui, explica lá isso de considerares o Elon Musk um embuste. Falha prazos sim, tem tido dificuldade em entragar os carros porque tem tido problemas na produção, mas onde é que está o embuste? Ele é apenas o fulano responsável pela mudança dos automóveis virem a ser eléctricos e no espaço está a revolucionar com a reutilização dos foguetões.

      • Rui Afonso says:

        Desculpe João, eu sou da mesma opinião do Rui. Posso estar enganado, mas para mim Musk é o novo Bernie Madoff, esperemos para ver. Digo que quem estiver a “shortar” (apostar na queda das acções em bolsa) na Tesla quando a “bolha” rebentar, irá ficar mais rico que Musk (isto se ele próprio não “shortar”).
        Concordo que o futuro automóvel poderá/deverá (atenção ao hidrogénio…) ser elétrico. Informe-se pois, creio que em 1890 os táxis de New York já eram elétricos, por isso Musk só é responsável por embelezar o “pacote”, daí a inventar vai uma grande diferença.
        Quanto à reutilização de foguetões, sim foi Musk. A NASA reutilizava o Space Shutlle e desperdiçava os propulsores. Daí até reutilizar ou incorporar na nave seria um pequeno salto. Quanto à viagem a Marte que só será para milionários, há que ter em conta que só a viagem de ida são 200 dias, mais a estadia e a volta. Diria que serão 430 a 450 dias, quem se dispõe a isso? E os riscos? Fora os problemas físicos inerentes a estar no espaço este tempo todo (perda de massa muscular, alimentação, etc).
        And so on, and so on…

        • Mateus says:

          Salvo erro a Nasa também recuperava os propulsores para reutilizaçao, o tanque externo é que não. E foi uma anilha de um desses propulsores reutilizados que fez o challenger explodir, salco erro.

          • Rui Afonso says:

            Tem razão Mateus, os dois propulsores (rockets) de cor branca tinham paraquedas, e era apenas o depósito laranja que se perdia.

        • JJ says:

          Mas quem disse que ele inventou os carros eléctricos? Essa tecnologia já existe a dezenas de anos, como referiste. Agora ele foi o único que teve a coragem de ir contra o lobby do petróleo e construir um marca de automóveis 100% eléctricos. Se não fosse isso, nem metade da oferta que existe de híbridos e eléctricos, existia.

          No que toca a viagem a Marte, ser só para ricos, é uma forma de trazer investimento e lucro para a empresa, porque são os ricos que tem dinheiro. Actualmente não existe uma corrida ao espaço, como ocorreu nos anos após WW2 para chegar a lua. Por isso, o dinheiro tem de vir dos ricos, porque de fundos públicos é difícil. E para isso, tem de se criar ofertas aliciantes para os riscos alinharem.

          No caso dos foguetões, é verdade que a NASA reutilizava o Space Shutlle e os seus propulsores. Mas, nos restantes foguetões de abastecimento ou de satélites, era quase tudo perdido. Os de Musk, são recuperáveis, o que permite reduzir o custo para as empresas que queiram lançar satélites, por exemplo. Isso, directa ou indirectamente, acaba por ser compensatório para o publico, pois muitos desses satélites vão ser úteis para serviços utilizados por nós quase diariamente.

          Ao longo dos últimos anos, ele tem mostrado o que tem prometido. Mostrando que esta a realizar os projectos que tem apresentado. Ninguém disse que era projectos a curto prazo, nem mesmo ele. No que toca ao atraso da produção dos Tesla, produzir em massa carros, que são produzidos quase a 100% por uma única fabrica, é muito complicado. E de destacar, que a Tesla, fabrica tudo ou quase tudo para o seu carro, tento pouca produção de terceiros. Isso dificulta muito atingir as metas que tinha sido projectadas. Se para a mesma quantidade de carros, as grandes marcas de automóveis, tem dezenas de fabricas a trabalhar 24h por dia a trabalhar, alem dos produtos encomendados a terceiros. Seria complicado a Tesla fazer o mesmo, praticamente sozinha.
          Mesmo assim a Tesla, até a data, já produziu mais carros 100% eléctricos, que todas as outras grandes marcas juntas. Isto quer dizer, que a produção de carros 100% eléctricos é mais lenta do que os restantes tipo de carros.

      • Rui Afonso says:

        A Tesla em bolsa tem sido quase sempre a subir, e fortemente, mas havia um suposto guru da bolsa que dizia: tudo o que sobe tem tendência a descer e tudo o que desce tem tendência a subir…
        2012 – valor das ações variam entre $30 a $35.
        2013 – Subida brutal até $190 e fecha o ano a $150
        2014 – Subida mais ligeira até $288 e fecha o ano a $225
        2015 – Perdeu parte da força, parando nos $288 e fecha o ano a $240
        2016 – Corrigiu até aos $148, mas inverteu foi até $267 e fecha o ano a $213. Ano em que Musk apercebe-se da ameaça da descida da ação, e bem fez em inverter essa situação. Atenção: Musk começou com um banco online (X.com) e depois associou-se ao Paypal.
        2017 – tem sido sempre a subir aproveitando sucessos seus mas também a anormal subida da bolsa americana, em Setembro foi aos $389, estando agora a $337 e vão querer fechar o ano a subir (para atrair incautos) devendo fechar perto dos $350.
        2018 – aparentemente após tantas e fortes subidas deverá chegar a altura de corrigir (descer), tal como deverá suceder com Wall Street, e não me admira que venha para os $100 a $150. sobretudo se houver um conflito USA / Coreia do Norte.
        Musk é um pescador, e para apanhar o “peixe graúdo” engoda com “ideias”, mas isso não dura sempre.
        Quando a impressa em geral só publica boas noticias e as más não recebem igual destaque algo de mal se passa.
        https://www.dinheirovivo.pt/empresas/tesla-recolhe-53-mil-carros-por-problemas-nos-travoes/
        http://www.autoportal.iol.pt/motores/novidades/tesla-recolhe-11-mil-model-x-por-problema-nos-bancos

        • JJ says:

          Problemas nos carros todas as marcas os tem! E é comum recolherem milhares de veículos devido a problemas eléctricos, de airbag, motores, entre outros. Basta pesquisar um pouco.

          Mas, será mais vergonhoso empresas com mais de 50/60 anos de mercado cometerem esses erros, do que uma empresa com menos de 10 anos no mercado.

          • Rui Afonso says:

            Logicamente que recolha de veículos todos têm, até as grandes marcas alemãs tentavam não as fazer mesmo havendo necessidade. E a Tesla é natural que as tenha. O que está em causa não é isso, é as boas e más noticias não receberem igual destaque na imprensa corrente.
            Para mim Musk é o novo Bernie Madoff, esperemos para ver.

        • TeKnoFreak says:

          E a Toyota que teve de recolher quase 6 milhões? Só em Portugal foram 31000 recolhas, e problemas graves, e a Mercedes com o primeiro Classe A? E muitas e muitas outras? Leiam um comentário que fiz acima, o primeiro carro foi eléctrico, não a motor de combustão interna, o de combustão do Benz foi em 1885, e o primeiro eléctrico foi em 1881, se nunca se investiu no desenvolvimento em larga escala de viaturas eléctricas claro que essas terão mais problemas, e até menos autonomia e outras coisas que tal… Se o sr. Karl Benz não tivesse criado o carro a combustível teríamos hoje se calhar um ambiente mais limpo, e os amigos do Sr. Trump que se acalmem, existem sim alterações climáticas, eu moro em Trás os Montes, e por aqui nota-se e muito, principalmente no Inverno, que o tempo de hoje não é o tempo de 20 anos atrás, sempre existiram alterações climáticas, mas nunca tão rápidas, existem provas geológicas disso. Já agora, a Tesla nem 10% representa do mercado de viaturas eléctricas no mundo… e a Nissan também está com problemas por causa das certificações de qualidade no Japão, e recolhas de viaturas são aos milhões… basta ver o problema do grupo VW também!

        • TeKnoFreak says:

          Já agora, leia bem as notícias sobre os recalls, de 53000 viaturas, apenas 5% destas apresentavam problemas, aqui transcrevo: ““Os travões elétricos instalados no modelo S e no modelo X construídos entre fevereiro e outubro de 2016 podem conter pequenas possas que podem ter sido produzidas com defeito por um nosso fornecedor”, diz a Tesla, em comunicado citado pela Reuters. A fabricante automóvel garante que não foram registados quaisquer acidentes relacionados com esta questão e que menos de 5% dos carros que estão a ser chamados de volta à oficina serão afectados por este problema. Além disso, a resolução é rápida e não demorará mais de 45 minutos a substituir os travões.”, quanto à segunda passa-se o mesmo, nos seus links, das 11000, cerca de 3% é que tinham problemas, mais uma vez transcrevo: “A tesla emitiu um comunicado a chamar para recolha em todo o mundo 11 mil veículos Model X devido a um problema nos bancos da segunda fila, que podem ser rebatidos.

          Segundo relata a «CNBC», referindo a AP, a recolha dos SUV inclui os veículos produzidos entre outubro de 2016 e agosto de 2017, dos quais a Tesla crê serem apenas 3% os que apresentam o problema.

          “Durante recentes testes feitos internamente, a Tesla determinou que um pequeno número de cabos nos bancos da segunda fila que podem ser rebatidos, em alguns veículos Model X de 2016 e 2017, podem precisar de ser ajustados”, revelou a empresa de Elon Musk em comunicado citado pela «CNBC».”. Pois, e em termos de acidentes, esqueceu os Tesla que pegaram fogo? Mas as notícias nesses casos são como as sobre arrebentamentos de phablets Samsung Note, em igual número de acidentes com viaturas envolvidas apenas a combustíveis fósseis, existiram menos 60% de fogos em carros da Tesla que nos seus congéneres. Os Samsung também não explodiam, inchavam e faziam curto-circuito, nos Iphones também já aconteceu, e em vários modelos, o célebre Batterygate, juntamente com o Bendgate, e outros tamtos gates… tenho um amigo que tem um Iphone 7 Plus, e tem menos funções que o meu Zenfone 2… Depende de quem está por trás, de uns falasse mais do que de outros, a Apple é uma grande empresa, falasse pouco, a Tesla não é uma VW ou Mercedes…

          • Rui Afonso says:

            Não ponho em causa a Tesla, mas sim Musk.
            Logicamente que recolha de veículos todos têm, até as grandes marcas alemãs tentavam não as fazer mesmo havendo necessidade. E a Tesla é natural que as tenha. O que está em causa não é isso, é as boas e más noticias não receberem igual destaque na imprensa corrente.
            Desconfio de Musk desde que se falou que inicialmente a Tesla comprava veículos a ela própria para “impulsionar” (inflacionar) as vendas.
            O resto são indícios nos actos/ideias de Elon Musk que vão sucedendo.
            Para mim Musk é o novo Bernie Madoff, daí a minha extensão explicação sobre as acções da Tesla em bolsa. Esperemos para ver.

          • JJ says:

            Essa comparação não faz sentido.

            Porque as empresas de Musk tem mostrado no terreno que estão a trabalhar e a desenvolver o que tem prometido. Ou seja, ele não esta a roubar dinheiro aos investidores. Os investidores veem trabalho, veem onde o seu dinheiro esta a ser aplicado.

            Se depois esses investimentos vão ou não ter retorno, isso já é outra conversa. Como qualquer investidor em bolsa, corre o risco de o negocio da empresa em que investe sofrer um revés.

            A questão que os investidores das empresas Musk, são grandes investidores, que tem todo o interesse em que os negócios corram bem, e por isso a probabilidade dos projectos do Musk terem sucesso é grande.

            Alem disso, Musk é o principal investidor nas suas empresas. A caírem, ele irá perder muito. Está ao mesmo nível que outros investidores, alias normalmente ele até é quase sempre o maior accionista das suas empresas, assumindo assim maiores riscos financeiros.

            Junta-se a isto o simples facto que ainda não houve nenhuma empresa/negocio fundado por Musk que tenha sido um fracasso… e já la vão 20 anos, desde que fundou o X.com que eu origem ao PayPal!

  4. Mac says:

    Pois, temos pena é que não nos toque nada e o Mr. TESLA não decida colocar aqui uma pequena unidade para fabricar e distribuir na Europa.
    Para os mercados orientais é uma grande noticia, uma vez que vão atalhar caminho, no que aos indices de poluição toca.
    Ficamos quase todos a ganhar!
    Exceto se o Kim J. se lembrar antes de nos correr a todos para outro planeta.

  5. afterplant says:

    chama-lhe embuste chama…Tem em mente/maos dos melhores projetos à escala mundial, mas é embuste porque lembraste-te de dizer que fábrica que tem nos EUA nao produz nada. enfim

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.