Disney criou sala que carrega baterias de smartphones pelo ar


Destaques PPLWARE

18 Respostas

  1. RenatoNismo says:

    muito bom, quando essa tecnologia já estiver desenvolvida e para todos, nós chegamos em casa e o telemóvel automaticamente carrega até saírmos para o trabalho no dia seguinte.

  2. Azulnauta says:

    O pessoal deve sair da sala com uma dor de cabeça…

  3. Rui says:

    A palavra “contacto” no português europeu não perdeu o “c”.

  4. Carlos Santos says:

    E efeitos no ser humano? Parece demasiado bom para ser verdade, se bem que o Tesla supostamente conseguiu ter lâmpadas alimentadas de forma similar (o thumbnail do vídeo parece isso).
    Mesmo assim se a eficiência pode chegar a apenas 40%, isso pode inviabilizar a tecnologia

    • int3 says:

      não tem efeitos nenhum visto que as ondas não são energéticas o suficiente para causar efeitos às moléculas orgânicas.

      • Guiomar says:

        O que está ali em causa não é a radiação electromagnética mas a criação de campos magnéticos com alta frequência, e campos eléctricos não acoplados que obrigam a uma distância mínima de segurança para o poste central, segundo os próprios! A questão de exposição prolongada dentro daquela sala é relevante.

  5. Miguel says:

    Problemas de saúde em 3… 2… 1…

  6. Jonithu says:

    Criará problemas a pessoas c/ implantes eletrónicos pela certa, como pacemakers e afins. Mas a tendência no futuro será esta, s/ dúvida alguma.

  7. João Serra says:

    Assim talvez ja faca sentido usar wearables 😛

  8. CS says:

    Para quem está preocupado com a saúde é por isso que isto é um protótipo pode demorar anos até a isto ser seguro mas não vão levar com versões de consumidor até essa altura, deixem experimentar.

  9. Delta says:

    Mais radiação, muita radiação… Eu bem sei quem não tem interesse nesta tecnologia.

  10. JMSP says:

    Boa! Um microondas do tamanho de uma sala. O pessoal deve sentir-se bem quentinho lá dentro. Já só falta inventar a eletricidade em pó!

  11. David says:

    Devo sair de lá com um bronze às celulas que não é brincadeira, quem diz bronze diz cancro, quem diz cancro diz capitalismo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.