Quantcast
PplWare Mobile

Primeiros testes de desempenho ao Snapdragon 888 batem concorrência e surpreendem todos

                                    
                                

Autor: Pedro Simões


  1. SANDOKAN 1513 says:

    Eu não vos dizia que vai ser o mais potente de todos ?? Pois é. 😉

  2. Hugo says:

    Eu gostava era de ver aqui um processador da Apple.. Falam falam que Apple é melhor. Mas só comparam processadores Android com processadores Android..
    Agora compararem com os da Apple não?
    Não comparam porque a Apple perde… Vale mais estes do que os da Apple. Sem que falar que existem molhe tos androids ou seja é difícil o processador obter uma performance top. Como acontece na aplle que é tudo hardware e software optimizado ao pormenor.
    Mas fica a pergunta. Se mesmo assim os processadores andorid são melhores que os Apple, como seria se fossem desenvolvidos só para um smartphone Android?

    • desinformado says:

      Um Android é uma VM que não corre diretamente por cima do HW. Logo nunca conseguirás ter a performance desejada. Por isso que têm de carregar no HW para que consiga ter desempenho comparável com outros. Enquanto apostarem no Android e na sua VM para dar suporte à gigante variedade de componentes, a performance dele terá de ser compensada no HW. E isso a Apple pode meter à vontade no seu smartphone, porque é uma questão de mercado (ou compra ou produz). Neste caso 6GB de ram chegam e sobram para o iOS… para o Android ter a mesma performance precisa de ter no mínimo o dobro para se aguentar das pernas com a VM e com as restantes apps. Por isso que na utilização regular, diária, os androids (no geral) levam empeno de um iOS. Agora que têm mais HW? não é novidade, sempre tiveram. Que aparecem aí nos benchmarks com gigantes números? aparecem e são realmente bons. Mas atenção que um smartphone é um todo, não um componente. E é aí que ainda muita gente não entendeu. Mas pronto, para quem gosta do “a minha é maior que a tua” é um bom exemplo para mostrar. Ah e não podes comparar benchamarks de sistemas operativos diferentes. É que nem as apps são iguais para obter o mesmo resultado. É o mesmo que meteres dois carros diferentes a fazerem o mesmo números kms em pistas diferentes. Comparar água e vinho. É preciso entender primeiro de como funciona uma arquitetura, seguido de um sistema operativo e posteriormente de desenvolvimento das apps que avaliam e lançam uns números. BTW, essa entidade pode também ter ali uma coisa como cpu == “xptocenas” ? score += 20000 : score += 5000; Para isso, basta que exista uma coisa chamada dinheiro que é dispensado pelo departamento de marketing. Isto tudo para dizer que: não compares coisas incomparáveis. Não te fies em tudo o que vês. Se queres um Android, usa um Android e não te compares ao iOS nem vice versa.

      • Nuno T. says:

        Muitas destas aplicações de teste não correm numa VM, correm em código nativo no Android.
        Quanto à memória mínima necessária a questão não é tanto com as aplicações do Android correrem numa VM mas com fazerem uso de “garbage collection” para gerir a memória, enquanto no iOS a gestão de memória usa o método de “automatic reference counting” que consegue gerir de forma mais eficiente a memória disponível, embora requeira mais cuidado no desenvolvimento das aplicações.

    • Jorge Fernando says:

      Geekbench o SD888 nem chega para vencer o A13 quanto mais o A14, como é que podes dizer que a apple perde?

  3. Marcia says:

    Ficam sempre atrás da Apple, ate o A13 de 2019 chega a envergonhar o melhor soc android de 2021. https://9to5mac.com/2020/12/18/apple-a13-14-snapdragon-888/amp/

  4. ... says:

    Até o A12X um processador de 7mn com mais de 2 anos humilha esta porcaria.
    Mas o problema não é os resultados, o problema é estes meios de comunicação tentarem enganar as pessoas menos informadas a acreditar nestas notícias.

  5. PGomes says:

    Sempre com a porcaria do Antutu…

  6. SSD says:

    Isto começa a parecer o Porto-Benfica aqui do sítio.
    Pah a Apple tem o melhor processador fantástico. Agora não sei porque é que tanta gente tem de quase andar a porrada para defender isso. Os processadores hoje em dia estão muito mais avançados do que as pessoas precisam. Por alguma razão o último pixel saiu com uma processador da gama 700 e não há queixas entre de velocidade ou fluidez. Raramente alguém vai conseguir puxar um topo de gama a sério. Eu tenho o Poco F1 com o 845 que agora está 3 gerações atrás e mesmo assim nunca tive qualquer problema. E posso estar a assistir a Netflix, YouTube, estar a ver jogos de futebol, ter 1001 aplicações abertas e mesmo assim sem queixas até agora.
    E pondo só um parênteses final o 888 perde para o a13 em single core em multi core até fica uns bons pontinhos á frente, ou seja só se vai sentir realmente a diferença se estiver a usar uma app mais pesada durante um longo período de tempo. E tal como diz no site do mac se o 888 conseguir superar o power consumption dos iPhones até pode acabar por ser superior para utilizações mais prolongadas.

  7. claudio says:

    A maltinha dá muita importancia á potencia dos processadores, e o da Apple é sempre o mais forte, mas as diferenças em tempo são mínimas e todos os Snapdragon mais recentes continuam a rodar as apps mais fortes quer em gráficos quer em desempenho de cpu, por isso esses resultados com numeros nao vejo nada de significativo, até porque os Apple podem ser muito fortes mas também só rodam apps que a Apple queira, nada é instalado por fora, não vejo grande vantagem, agora o Android que roda as apps sejam elas quais for aí vale a pena ter um excelente processador.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.