Quantcast
PplWare Mobile

CEO da ASML diz que as sanções à China terão um impacto negativo nos EUA

                                    
                                

Fonte: Bloomberg

Autor: Marisa Pinto


  1. José Fonseca Amadeu says:

    Lógico, quem colocou a China no topo das maiores economias mundiais foram os americanos com a vontade louca de obter o máximo de lucro em bens de consumo.
    Agradeçam às nikes, Reeboks e adidas da vida que nos anos 90 iniciaram fabrico na China ou em países alimentados pelo PC Chinês.

    • RRR says:

      Há 4x mais chineses que americanos se os chinas trabalharem 4x menos que os americanos tem uma economia igual.

      • José Fonseca Amadeu says:

        Não tem nada a ver com trabalho, mesmo que isso fosse verdade a mão de obra é cerca de 30 vezes mais barata assim como a matéria prima utilizada.
        Baixa-se na qualidade para se obter margens de lucro máximas e conseguir crescer em escala. Além disso tem claro o facto dos chineses trabalharem 16 a 18h por dia, tudo impulsionado pela pressão que o PC faz nas empresas e seus colaboradores, já vi brainwashes menos agressivos.

  2. Luis Henrique Silva says:

    Isso já toda a gente sabe……o que os EUA andam a fazer vai trazer muitos problemas.
    Eu não sou fã da politica chinesa, mas assim nãos e vai a lado nenhum.

  3. JCR says:

    E se o sr. da ASML se preocupasse com a independência e segurança da UE, não seria melhor? Calma, eu sei que isso é utópico, dado o que ele quer, é vender a todo o mundo, mais a mais sendo monopolista, mas quem devia-se preocupar com isso, é quem manda na UE, mas estão a assobiar para o lado há muitos anos, para mal de nós todos!

    A UE devia ser proteccionista, e proibir a ASML de vender também para os EUA, só vender para os países da UE, dado, como disse, tratar-se da independência e segurança digital da UE, mas também escusam de dizer que o proteccionismo não é solução, porque basta ver o quanto nós, 450 milhões de Europeus da UE, sofremos à conta do proteccionismo indirecto, dos EUA e China, dado que, toda a tecnologia na área digital, principalmente, computadores e telemóveis, vem desses 2 países, e pasme-se o ridículo de toda esta situação, empresa da Holanda a vender processo de fabrico de chips na medidas que foram referidas, indo depois nós pagar o que pagamos, sem haver qualquer tipo de desconto, e portanto, há muito que está na altura de, em situações de indepência e segurança Europeias, sermos proteccionistas, porque os EUA e a China, não querem saber de nós, querem só saber deles, e por isso, temos todo o direito de pensarmos também só em nós, os 450 milhões de cidadãos da UE, mas tal, devido aos corruptos de Bruxelas, infelizmente não tem sido possível, tendo nós depois estas barbaridades, e estando a alimentar todos os chulos das áreas tecnológicas!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.