PplWare Mobile

Ainda precisa dos EUA? Huawei Mate 30 5G tem muito mais elementos fabricados na China


Fonte: Asian Nikkei

Autor: Pedro Simões


  1. Celso says:

    Pena é que acho que se eles se mantiverem mais 1 e meio sem GMS vai ser complicado

  2. Erasure says:

    Celso não sera tão complicado. Porque eles vendem mais na China agora do que antigamente. Aí perdem em um lado mas ganharam em outro. Na China não tem serviços Google e eles lá aguentam se

  3. Haadok says:

    Acredito que esta mudança ocorrerá também com outros fabricantes chineses.
    Os EUA com a política de guerra comercial do Trump, deram a certeza que as empresas chinesas (e outras) não podem confiar nos fornecedores dos EUA. É praticamente um tiro no pé o que o Trump está fazendo.
    Os chineses estão correndo para se livrarem também da dependência dos hardwares e softwares americanos para os seus computadores.
    Tem que ter em vista o mercado para estes seus novos produtos. Só o seu mercado interno, é quase 5 vezes maior que o americano.

  4. Raúl says:

    Os Estados Unidos demonstraram não serem parceiros de confiança. A União Europeia que abra a pestana. Temos que começar produzir na UE e não estar dependentes dos Estados Unidos e da China.

  5. José António Ventura da Silva says:

    Por isso é que lançaram o P 30 edition 2020 sem poderem melhorar o hardware para ter apks google.

  6. Abreu says:

    Vou ter em atenção não comprar produtos chineses se tiver alternativa nem que seja mais caro. Próximo smartphone será Samsung de certeza!

    • Filipe Rocha says:

      São feitos na China na mesma, grande parte dos componentes também.

      • Abreu says:

        Tenho um ódio em cima da China que não e brincadeiras.

        • Samuel MG says:

          Tens um ódio mas tudo o que é tecnológico e não só é feito na china. Desde os smartphones passando por os computadores e acabando na Televisão é feito na china. Portanto comprar chinês ou não pouco importa vem tudo de lá.

          • Jorge Tomaz says:

            Samuel, nem tudo vem da China. Tens produtos que vem de Taiwan, Índia, Vietname, etc. 2 ) Existe diferença entre comprar marcas americanas, europeias, japonesas, e as marcas chinesas. Todas as empresas chinesas são controladas pelo Partido Comunista Chinês!! A China está fazer uma guerra econômica , roubo de tecnologia ocidental, subsídia empresas , vendem produtos mais baratos, ganham quota de mercado , destroem a concorrência,por isso já tens 7 marcas chinesas entre as 10 maiores do mundo. Sabes que o YouTube, Facebook, Twitter Instagram, Netflix, etc, ESTÃO PROIBIDOS na China! Não existe liberdade de expressão ou imprensa na China. Se alguém fizer uma critica ao Xi Jinping ou partido comunista vai preso ou desaparece! Na Europa , EUA tens liberdade de criticar gozar com o Trump, A. Costa, etc. A China quer até 2049 ser a maior potência do mundo! Porque achas que em Hong Kong , durante meses milhões de pessoas faziam manifestações , eles não querem fazer parte de um regime ditatorial, tal como Taiwan, prefere independência que reunificar com a China Comunista! Ocupação ilegal do Tibete. China já quer boicotar países que querem uma investigação livre sobre a origem do vírus. ( Austrália, Nova Zelândia, Suécia, Canadá) Se fizeres boicote a empresas chinesas , estás a diminuir o poder do Partido Comunista Chinês. Visto que a China é a fábrica do mundo. Empresas vão ter prejuízos, despedir empregados. Hoje calcula se que entre 80 a 100 milhões de chineses estão sem trabalho!

    • Nitro says:

      Eu venho de um OP6 e adquiri um Galaxy A71, com o qual estou satisfeitíssimo.
      Tem um desempenho quase ao nível do OP6, que tinha um processador Sd845. O Sd 730 é bastante rápido.
      Vem ainda com a vantagem de ter rádio FM e capacidade para cartão de dados, juntamente com dois cartões Sim, ainda que eu use apenas um Sim. A bateria dá e sobra para o que é necessário.
      A alternativa também existe para além da Samsung: Sony, LG, Google, quiçá Iphone…
      A déclic deu-se depois de eu ver o sentido da vida segundo Xi Jiping, depois dom que nos aconteceu com a falta de material na crise do Covid e acho que também por causa do escândalo do envio de dados da Xioami para os servidores chineses. Ainda no início da pandemia adquiri um Redmi Note 8T para o meu filho e cheguei a equacionar a possibilidade de mudar para a Realme.
      Estou contente com a opção que escolhi, sendo que o preço ficou abaixo dos € 500,00. Falta agora ver como a Samsung se vai comportar relativamente às atualizações.
      Quanto à falta de 5G, é algo que em Portugal ainda não existe, pelo que dentro de uma a dois anos veremos o que fazer acerca disso. Sem stress.

      • EDPRR says:

        Compreendo toda a lógica mas dada a gestão de COVID por parte do Trump (será que ele injectou WC pato ou inseriu a luz ultravioleta ?) ou o respeito dele pela vida dos outros (gestão da crise de migrantes etc etc) ou ainda o facto da NSA ter acesso quer aos routers domesticos fabricados nos EUA quer aos backbones empresariais localizados nos EUA, significa que além de não confiarmos na China, também não podemos confiar nas tecnologias americanas. Não haverá por aí uma startup do Mali ou do Botswana que queira começar a fabricar smartphones mais seguros ?

        • Nitro says:

          Não se trata de ser a favor ou contra o Trump, que é meio troglodita. Trata-se se ser realista e de se preocupar com a nuvens sombrias que começam a encobrir a nossa terra e o estilo de vida que é o nosso, com a ameaça à liberdade nas primeiras fileiras.
          Pensam bem: qual a principal realidade que os países autoritários tentam contrariar , eles que vivem uma vida na e sob a opressão: o direito à expressão, o direito à liberdade, o direito ao pensamento sem amarras!
          è uma questão intrínseca à própria subsistência e que condiciona o futuro dessas organizações politicas. Vivem com e sobre o exercício da força, pelo que a falta dessa força implica o seu próprio desaparecimento. Foi o que a aconteceu ao bloco do Leste com a queda do Muro de Berlim.
          Não é por acaso as tentativas dos chineses em fazerem tudo para que não se fale em direitos humanos. Porquê? Porque eles os atropelam todos os dias !
          E também não se trata de ódio contra a China e contra os chineses, trata-se de encarar a realidade com olhos de ver. E assim deveriam fazer os nossos governantes.

      • Jorge Tomaz says:

        Nitro ,Fizeste bem!! Infelizmente muita gente ainda é ingénua em relação a China.! Querem tornar se a maior potência até 2049. Estão a fazer uma guerra econômica silenciosa. Na China tá proibido o YouTube, Facebook, Instagram, Twitter, Netflix, etc. Na China vais preso ou desapareces se criticares o partido comunista, ou Xi Jinping. Tem 1 milhão de Uigures presos, oprimem os Tibetanos. Querem acabar com a democracia de Hong. Kong. Por isso milhões de pessoas tem estado a meses manifestar, não querem fazer parte de 1 China Comunista, tal como Taiwan, prefere ser 1 país independente a fazer parte da China. China tem feito ameaças , boicotes a países que querem fazer investigação livre sobre origem do vírus(Austrália,N Zelândia, Canadá, Suécia,etc). A China quer dominar o mar sul da China, está em conflito com todos vizinhos ( Japão Vietname, Tailândia, Malásia, Brunei, Indonésia, Filipinas). Boicote a produtos chineses, é uma maneira simples e eficaz de diminuir o poder da China!!

  7. José António Ventura da Silva says:

    O Iphone também e feito na China

    • Nitro says:

      Verdade. Mas segundo os padrões da Apple. Duvido que os Chineses consigam lá instalar uma back-door, permitindo o envio dos dados para servidores na China, sem que se saiba.
      E para que querem eles toda essa informação? Para quando conquistarem todo o ocidente tratarem da população…?!
      Em meados dos anos 80 eu li “1984”, que muitos não sabem o que é. Acho que hoje me dia o grande perigo relativamente à liberdade é quando se pode recorrer às novas tecnologias para a limitar, para perseguir, para controlar. Ora os chineses são especialistas nessa área.

      • RPG says:

        Especialistas ou vítimas nessa área? Falas como se 99% dos chineses limitassem, perseguissem ou controlassem lol… mas não, é ao contrário!! 99% dos chineses são controlados por 1% da elite chinesa lol.. se realmente leste 1984 devias ter uma pequena noção disso

      • EDPRR says:

        OS Chineses, os Russos e os Americanos. Todos têm acesso às informações. Toda a informação que colocamos nas redes sociais (e não só) e que é depois vendida … a quem ? para quê ? Onde pairam todos esses dados sobre nós ? A videovigilância em países como a China ou a Inglaterra é digna de um Orwell.

        • Napoleon says:

          Calma, que o Reino Unido ainda não chegou lá. Certamente que tem também fos melhoreservicos secretos. Também tem sistemas de vigilancia no exterior e nspos interiores, mas o aisyema inglês nao é comparável àquilo que o Partido Chinês implementou. Eu creio que nao teria dificuldade a adaptar-me à vida no RUnido. Já na China seria mwis difícil.

  8. Ricardo Marques says:

    Huawei prova assim a sua autonomia???

  9. Dark Sky says:

    Olhando para o gráfico no Mate 30 a Huawei, através da HiSilicon, fabrica:
    – o SoC (processador Kirin 990 (7 nm+) e GPU)
    – o modem 5G.
    É mais independente que outros fabricantes chineses, que os têm que ir comprar à Qualcomm.
    Mas precisa de semicondutores DRAM e NAND, fabricadas na Coreia e no Japão e de outros semicondutores para outros equipamentos – muitos deles produzidos fora dos EUA mas sob licenças de empresas dos EUA.
    O que se diz na India (obs: quanto pior para a Huawei, melhor para o fabrico de componentes, smartphones e outros equipamentos na Índia) é que os EUA anunciaram que iriam impedir esses fabricantes estrangeiros de vender semicondutores à Huawei – o que lhe lhe tem permitido contornar as sanções. Isso traria retaliações da China.
    As sanções à Huawei foram prolongadas por mais um ano. Nunca foram totalmente aplicadas, através de licenças de 90 dias e 180 dias, em muitas situações. Se a sua aplicação se intensifica ou abranda depende da evolução da “guerra comercial EUA-China”.
    Mas, com a Huawei, o cerne nunca foram os smartphones – mas sim o domínio da Huawei na tecnologia e equipamentos de rede e, recentemente, na tecnologia 5G.
    Pode ser que nos smartphones os EUA se fiquem por impedir o acesso aos serviços Google e à Google Play. Só por si, já causa um prejuízo bem grande à Huawei, quer fabrique ou compre os componentes, vende menos.
    https://www.thehindu.com/news/international/us-adds-new-sanction-on-chinese-tech-giant-huawei/article31598791.ece

    • Dark Sky says:

      Já agora … alguém é capaz de dizer que “o Android” não está sujeito a licenciamento sem se rir? Só o iOS é que é software proprietário? 😉
      P.S. Não confundam licenciamento com código open source, porque o IOS também disponibiliza muito código open source para developers, como não podia deixar de ser. Quanto à “comunidade” que examina cada linha de código do Android (menos o dos serviços Google), esqueçam, não existe.

  10. José António Ventura da Silva says:

    Ok. E a Samsung também sob os padrões da propria Samsung

  11. Bruno says:

    Tanto ódio contra produtos chineses e vamos a cada deles ver, é 80% é made in China.
    Huawei está a pagar pelo que fez etc etc e vamos a casa deles ver e quase todos têm xiaomi, com um altar para fazerem o culto a condizer.
    Hipocrisia.
    Pois eu irei dentro do possível comprar o que é nosso, mas em questão de tecnologia, Portugal tem pouco ou quase nada. Portanto vou continuar a usar Huawei como já faço a anos, sem qualquer problema. Mas se tiver de usar outra marca vou usar, como já usei Samsung, ou sharp, ou Siemens, e até mais recentemente Cubot, até à data um dos melhores tlms em termos de fiabilidade do hardware que tive e tenho.

    • Dark Sky says:

      Tens que ir além do ódio ao made in China que não existe, nem no governo de Trump..
      Tens que te focar na Huawei (podes-lhe juntar a ZTE pelos mesmo motivos) e separar os smartphones da Huawei (ninguém quer saber dos smartphones da Huawei neste assunto, a não ser por lhe causar prejuízos) da tecnologia e equipamentos de redes – que a Huawei domina, e a que quer juntar a de 5G.
      E juntar a acusação dos EUA de que a Huawei é uma extensão do governo e do PC Chinês – e, por isso, uma ameaça à segurança dos EUA.

      Depois podes voltar aos smartphones, Samsung, Sharp, Siemens, Huawei, tanto faz, porque esta história nada tem a ver com smartphones – embora nos posts possa dar impressão disso. A Huawei está a derrotar os EUA porque lançou um smartphone em que as componentes made in EUA são reduzidas! LOL … importância disso – zero.

  12. José António Ventura da Silva says:

    É verdade muita hipocrisia somos vigiados por todos Google, Microsoft, China que obriga as empresas tecnologicas a facultar os dados dos utilizadores, somos viguados pelas operadoras, pelo cartão multibanco, pelo numero contribuinte, mas ainda há pessoas a pensar que só os EUA é que vigiam. Para mim o grande problema da Huawei e das empresas Chinesas é que por lei são obrigadas a dar os dados dos utilizadores.

    • Jorge Tomaz says:

      José, existe uma grande diferença, vives numa democracia, onde tens liberdade para criticar, gozar com o Trump, B. Johnson, Antônio Costa. Na China se criticares o partido comunista chinês ou o presidente Xi Jinping vais preso ou desapareces!! A China e desde 1949 uma ditadura do partido comunista chinês, que tem como objetivo até 2049 serem a maior potência mundial. Na China não existe liberdade expressão ou imprensa. O YouTube, Facebook, Instagram, Twiter, Netflix etc, ESTÃO PROIBIDOS NA CHINA!! Porque achas que centenas de milhares estão a meses a manifestar em Hong Kong, ? Não querem fazer parte de uma ditadura, tal como o povo de Taiwan que prefere ser independente que viver sob o jugo Comunista. Mais de 1 milhão de Uigures está em campos de educação ( concentração), o povo tibetano continua ser oprimido.!! A China já se quer expandir no mar sul da China, está em conflito com todos vizinhos ( Japão, Filipinas, Malásia, Vietname, Taiwan) , China tem ameaçado com boicotes , para países que querem 1 investigação livre sobre a origem do vírus ( Austrália, Nova Zelândia, Canadá, Suécia,etc). Eles estão a fazer um guerra econômica silenciosa, com dumping ( ver produtos a custo mais baixo, para ganhar quota de mercado, por isso 7 das 10 maiores empresas de telemóveis são Chinesas, roubo de tecnologia ocidental, não existe direitos de propriedade, 80% de todas falsificações são feitas na China…!! Agora imagina se a China tornar a maior potência mundial. Boicote a produtos de marcas chinesas!!

      • Nitroglicerine says:

        Essa do dumping social já é velha: lembro-me que já se falava disso nos idos anos 80, quando eu era estudante. Pelo resultado, parece que compensou. E continua a compensar. Por isso, convém mostrar-lhes o cartão amarelo. Ou até o cartão vermelho, porque isso leva ao nosso empobrecimento: paulatinamente, mas sem qualquer dúvida…!

  13. José António Ventura da Silva says:

    Sim concordo so não entendo pk temos muitos ocidentais a defender a China (Huawei) na guerra com os EUA. O Trump é maluco mas tem alguma razão. E nos ocidentais deviamos defender a nossa tecnologia e colocar a Chinesa de lado.

  14. Sr. Atenção says:

    Comprar componentes fora dos USA é irrelevante, não há autonomia nenhuma. Este artigo de desinformação devia cair como a Huawei vai cair.

    • Napoleon Bonaparte says:

      Não apostes nisso!
      Podd.mantet-se fortf no mercafo interno, ainda que fors dz Chins as coisas se tornem dificeis.
      Não te esqueças que têm o Governo Chinês como ” sócio ” e isso yorna tudo muito diferente. Ou não achas?!

  15. Jonny says:

    Boicote a tudo o que vem da China incluindo as próprias chinesas. Maldito monopolio

  16. Nitroglicerine says:

    Essa do dumping social já é velha: lembro-me que já se falava disso nos idos anos 80, quando eu era estudante. Pelo resultado, parece que compensou. E continua a compensar. Por isso, convém mostrar-lhes o cartão amarelo. Ou até o cartão vermelho, porque isso leva ao nosso empobrecimento: paulatinamente, mas sem qualquer dúvida…!

  17. SD says:

    Eu não vou fazer este comentário para defender a China mas a verdade é alguém inocente neste mercado? A China é o bode expiatório mas 90% é produzido lá. E a verdade é que o verdade é que o lucro vai sempre falar mais alto
    Agora inocentes? Se calhar é melhor apoiaremos os europeus e comprarmos só Nokia, Wiko, Vodafone. Isto até descobrimos que eles também produzem na China e mantém os vossos dados á mão só para o caso. Acreditem ja trabalhei numa operadora é quase assustador a quantidade de dados que eles têm e sobretudo mantêm quer continuem como clientes ou não. Quanto ao coronavirus pah isso é outra história e quando outra fonte que nao os EUA (que devem estar cheios de inveja por não se lembrarem antes de tal) me disser que isto foi fabricado eu entro na demanda de exigir pescoços até lá, sento e espero pelos joguinhos que se seguem

  18. Enfim... says:

    Com isto tudo se esquecem que embora os processadores e afins sejam feitos na china, sao feitos sobre tecnologia ou maquinaria americana, logo mesmo as empresas sendo chinesas, podem ser proibidas de fazer para chips para a huawei.
    Nestes casos, uma empresa que estaria bem preparada para estas guerras seria uma Samsung, que produz muitos dos componentes com tecnologia propria, nao estando dependente em muita coisa, de mais ninguem.
    Agora a huawei depende muito dos outros porque praticamente nao fabrica nada, e andar a brincar com o fogo pode lhe correr mal.
    Nao que seja a favor destas brincadeiras china – eua, mas a Huawei nao tem assim tanta capacidade para estas brincadeiras, la se vai safando porque e chinesa e o mercado chines e enorme.. Isso e por se suspeitar que pertence ao governo. Se nao seria uma huafoste

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.