Quantcast
PplWare Mobile

É até rebentar! Carregamento de baterias nos smartphones vai chegar aos 150W (em breve)

                                    
                                

Autor: Maria Inês Coelho


  1. Realista says:

    Nitpick: há uma gralha no texto. “séticos” escreve-se com “c” => “céticos”
    Em “Os consumidores continuam séticos (…)”

  2. HB says:

    Eu tenho o Xiaomi 11T Pro que carrega a 120W. Simplesmente brutal e não sobreaquece.
    Em 17 minutos carrega dos 0 aos 100%.

  3. Golo says:

    E mesmo ate rebentar! 150W para que? A malta carrega o smartphone a dormir durante 8h…20w chegam e sobram. Mas o meu iphone 13 pro dura 3 dias de bateria , incrivel autonomia!

  4. RM says:

    Eu acho que as mascas não vão ganhar para as substituições de bateria. A partir do ano que vem na europa as garantias vão passar a ser de 3 anos. Com este andamento a bataria não dura 2…

    • Gil Reis says:

      Tenho ideia que as garantias das baterias são apenas 6 meses por ser um “consumível” portanto ser 2 ou 3 anos, no caso das baterias, nada se altera

      • Jamaral says:

        Isso dos “consumíveis” foi uma falácia que algum espertalhão lançou e que depois alguns pouco elucidados como tu replicaram como se fosse verdade.

        A Lei, em termos de garantias, faz apenas duas distinções, bens móveis e bens imóveis. Ponto final, parágrafo.

        Agora, em terra de cegos que têm olho é rei. Por isso haverá sempre alguém que rejubila de alegria por haver anjinhos como tu.

      • Jamaral says:

        Consulta o Centro Europeu do Consumidor

        https://cec.consumidor.pt/gestao-ficheiros-externos/guia-das-garantias-versao-atualizada-2015-pdf.aspx

        Guia da Garantias da Compra e Venda


        11. E aos bens perecíveis e outros bens consumíveis?

        O diploma aplica-se a todos os bens de consumo, mesmo os bens perecíveis e consumíveis.
        No entanto, a aplicação do diploma terá de ser adaptada à natureza destes bens.

        Exemplos:

        – Bens perecíveis: aqueles que têm uma duração limitada, como o iogurte, que tem prazo de validade, ou a fruta.

        – Bens consumíveis: aqueles cujo uso regular implica a sua destruição ou alienação, como o óleo ou as pastilhas dos travões.

        Portanto, a não ser que estejas convencido que o uso regular de uma bateria implica a sua destruição ou alienação, como bem móvel que são, todas elas são abrangidas pelos actuais dois anos de garantia.

        Quem te disser o contrário está a ver se te come por parvo!

  5. Porto says:

    Tanta coisa e dps toda a gente deixa o tlm a carregar durante a noite…..coisas a chinesa so para dizer que tem numeros grandes e dps nem as cameras de 108 megapixels chegam para fazer concorrencia aos 12 megapixeisl dos iphones de 2015.

  6. Porto says:

    Tanta coisa e dps toda a gente deixa o tlm a carregar durante a noite…..coisas a chinesa so para dizer que tem numeros grandes e dps nem as cameras de 108 megapixels chegam para fazer concorrencia aos 12 megapixeisl dos iphones de 2015.

  7. Marco says:

    Não vejo necessidade de tanta velocidade de carregamento, se não carregar 100% carrega 60% ou80% ,para mim 18w está bom.
    Se for como no galaxy s8 que o utilizador tem a opção de escolher a velocidade de carregamento nas definições, tudo bem,agora obrigar o utilizador a usar essas velocidades é para bateria não durar 2 ou 3 anos.
    E existe powerbanks.

  8. SANDOKAN 1513 says:

    “Não se sabe associada a que fabricante poderá estar nem em quanto tempo será capaz de carregar uma bateria de 4500 mAh, mas será certamente menos que os 15 minutos.” Então não é evidente que será a Xiaomi ?? Ai,ai,ai… 🙂 (P.S.-já agora a construção da frase está errada).

  9. says:

    Daqui a pouco o carregador é maior que o telemóvel.

  10. wtvlol says:

    Depois a bateria degrada-se mais rapidamente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.