Quantcast
PplWare Mobile

94% concordam com o uso de bodycams pela polícia portuguesa

                                    
                                

Autor: Marisa Pinto


  1. batatinha says:

    Diria mesmo que as câmaras deviam estar sempre ligadas enquanto estão em serviço, já tive um policia a oferecer porrada por ter encolhido os ombros enquanto respondia ao colega dele que não me importava de soprar o balão, tipo, não bebo quero lá saber se tenho de soprar o balão, mas o homem ficou ofendido. Disse logo para parar a operação e chamar o responsável, ao qual questionei a ação do policia, ficaram todos a rir a mandaram seguir viagem, umas semanas depois recebo uma multa por passar 1 stop.

    Uns pontos sobre isto…
    1. As infrações só deviam ser aceites sobre prova documental e não do diz que aconteceu do policia, já apanhei vários mal dispostos a inventarem multas.
    2. Se existissem filmagem bem podiam acreditar que tinha apresentado queixa.
    3. Eles na sua maioria são um bando de frustrados que têm a mania que quem vive num bairro social é tudo *****, muito por culpa de eles estarem habituados a apanhar os criminosos e os juízes voltaram a manda-los para a rua, havendo prova documental isto deveria ter tendência a melhorar.
    4. Ambos os lados (policia e cidadãos) sabendo que estão a ser filmados têm uma tendência a portarem-se melhor, nos USA tem descido o numero de queixas onde as câmaras foram implementadas.
    5. Câmaras desligadas durante o serviço devia dar processo disciplinar ao policia, +50% dos elementos da operação com as mesmas desligadas devia dar direito a despedimento imediato dos elementos todos da operação, as câmaras deviam ter uma forma visual de identificar facilmente se estão a gravar.

    • Tonheco says:

      Aldrabão sou eu não aldrabo tanto!
      Esquece, ninguém além de ti vai acreditar nessas histórias.

      Por essa escrita toda tenho a certeza que bastava te portares como um homenzinho que resolvias essas azias todas.

      • batatinha says:

        Falas de barriga cheia, já tive vizinhos a levarem porrada porque tiveram o azar de irem a sair do prédio quando a policia ia a entrar para fazer uma rusga, isto há cidadãos de 1ª, de 3ª e os a que as leis não se aplicam, só não vê quem não quer.

  2. José Lopes says:

    O amigo tonheco disse tudo o que pensei ao ler o comentário enorme anterior…

  3. Luís Silva says:

    Qual privacidade qual quê?! Hoje ninguém tem privacidade nenhuma.
    Devia haver quanto mais câmaras melhor, nos lugares manhosos. Quem não faz nada de mal, não tem nada a temer. Os defensores da privacidade devem ser, só, aqueles que têm alguma coisa a esconder!

  4. Pedro says:

    Os 6% que tao contra sao os que sao vitimas de violencia policial e racismo lol

  5. Luís Costa says:

    Quem não deve não teme, toda a ação policial devia ser gravada, isto acontece há muito nos EUA e aí é que se vê bem os coitadinhos e vítimas a enterrarem se

  6. Vitor says:

    Para quê? Dêem primeiro a mesma liberdade que a polícia americana tem, à polícia portuguesa. Depois sim, uso da bodycam obrigatório.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.