PplWare Mobile

NOS demonstra de que forma o 5G poderá ser um aliado na vigilância das praias portuguesas


Eduardo Mota

Redator. Apaixonado por Ciência, Tecnologia e Engenharia, aprecio a particular capacidade que estas três áreas do saber têm na evolução da Humanidade. Tento contribuir, diariamente, um pouco para esta tendência, com os meus artigos aqui no Pplware e o estudo na Universidade do Porto.

Destaques PPLWARE

  1. Oscar says:

    LOL, o surfista estava em linha recta e a 100 metros do drone. É só para enganar e sacar umas massas ao governo!
    Coloquem o drone a vigiar uma praia com 2 kms de costa, nem é necessário mais. E que digam quantas horas pode fazer, se consegue sinalizar todas as situações, pessoas no km 0 e 1 pessoa no 2º km.
    Qual o raio de visibilidade.
    Talvez seja o futuro, mas ainda não o é.

    • João Lopes says:

      Estamos na frente da Europa, somos os maiores no 5G, estamos na vanguarda, vão-se salvar muitas pessoas, isto é espetacular, o país precisa é disto, vamos investir nisto a toda a força, vai resolver todos os nossos problemas.
      Entretanto quando há incêndios morrem pessoas, ou se um dia houver uma grande catástrofe, não temos uma rede nacional de emergência (SIRESP) que funcione como deve ser para salvar as pessoas. Temos os transportes de 3º mundo. Temos um aeroporto que é dos piores do mundo….. etc

      • Mateus Pinto says:

        +1
        O tuga precisa é de net rápida, drones, surf, ondas, copos, comida, carros e roupas boas. O resto (saúde, segurança, protecção, educação) não precisa de fundos, já somos os melhores… (ironia).

        Infelizmente é assim. O tuga compara as tecnologias, mas comparar a educação e justiça de países como Alemanha, Holanda, Suécia, etc… nada.

  2. Ze pedro says:

    Tudo que é nós não presta

  3. avocunha says:

    qual o preço que a nossa saude vai pagar por este upgrade tecnologico???
    tudo isto para maior rapidez. tambem posso ir do Porto a Lisboa em metade do
    tempo se em vez de ir a 120km/h for a 240km/h mas vou certamente correr muitos perigos. pensem nisto.

    • João Lopes says:

      lol. Vais ter antenas de 100 metros em 100 metros a lançar uma radiação que até te vai deixar tonto.

      • Ana Sousa says:

        Não importa que se fique tonto. O Governo precisa saber quantas vezes coçamos o nariz na praia, quem sabe ou não nadar sem ter pé, quantas vezes na praia se dá um beijo ao namorado, quem quase se afogou mas lá conseguiu safar-se antes de chegar o salva vidas depois de nos ver no vídeo, etc, tem de saber não é!! Ficar ali tudo registadinho.

      • Ana Sousa says:

        @João Lopes, yá se não morrermos afogados adoecemos com a radiação das antenas… É aberrante

    • Mateus Pinto says:

      O preço não interessa, para 5G e drones há guito. Para um TGV ou 5G para mais câmaras de segurança? Zero.

    • Do contra says:

      Vamos esperar pela Anacom…
      Usem cabo de rede sff

  4. Do contra says:

    Vamos esperar pela Anacom…
    Usem cabo de rede sff

  5. Pedro says:

    Que risada. Estive na praia quando foi efetuado o teste do drone. O dito piloto deixou parecia que tinha aprendido a pilotar naquele dia. Além de ter quase deixado cair o drone na água não percebeu que para o drone funcionar tinha que colocar as baterias. Só 10mins depois é que percebeu que o drone não tinha baterias. 5G?? Nem o 4G está a funcionar em pleno na sua total capacidade quanto mais o 5G. Passado vários problemas de conexão com a rede 5G, que mais tempo passou inactiva lá conseguiram fazer a demonstração. Mas por pouco pq a rede estava a sempre a ir abaixo.

  6. nacho vidal says:

    SOMOS COBAIAS!

  7. Ana Sousa says:

    Video de alta definição na praia
    Faz lembrar o Sistema de Crédito Social da China, onde todos estão a ser monitorizados 24 horas por dia.
    Humans…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.