Quantcast
PplWare Mobile

Tweet NFT vendido por 2,9 milhões de dólares foi agora revendido por apenas 277 dólares

                                    
                                

Autor: Marisa Pinto


  1. To Canelas says:

    Se ele quiser dou 3€

    • Tim says:

      compra antes uma peça de fruta com esses 3 euros, que te faz melhor

    • Paulo Carvalho says:

      Se souberem quem o comprou, eu dou 300 e ele já ganha qualquer coisa. Tenho a certeza que o revenderei por mais de 300, nem que seja daqui por uns meses. O primeiro tweet do twitter inicialmente avaliado em 2,9 milhões, por mais altos e baixos que haja no seu valor devido a especulações absurdas, de certeza que valerá bem mais do que 300€ se vendido na hora e no local certo. Quanto mais não seja um “colecionador” de artigos referentes à história da internet, estará interessado na primeira publicação de uma das maiores redes sociais do princípio do milénio.

  2. Patati says:

    Deixem-me adivinhar.
    Da primeira vez, quem o comprou o NFT foi quem o vendeu.
    Agora resolveu fazer uns trocos com isso, vendendo a terceiro.
    O que mais falta é disso 😉

    • Rui Silva says:

      Comentário ignorante. Só o autor do Tweet é que o poderia ter vendido o NFT. E o autor do Tweet em questão, é o Jack Dorsey, fundador do Twitter. O comprador é um empresário iraniano chamado Sina Estavi.

      • rjSampaio says:

        “Só o autor do Tweet é que o poderia ter vendido o NFT.”
        Isso, ou quem fez o mint primeiro?

      • Miguel says:

        Lol não fazes ideia do que é uma NFT.

      • Manuel da Rocha says:

        Quem criou o NFT foi um rapaz de Inglaterra.
        O mesmo fez 874 milhões de dólares, a vender nft´s de tweets de pessoas famosas. Como não usou fotos, vendeu as “imagens” a partir de um catálogo livre. E é por isso que os valores se afundaram… é que basta adicionar uma flor e tens 30000 NFt´s diferentes, baseado naquele e não pagares nenhum direito.

  3. jorgeg says:

    lollll…. compro e o do Musk quando ele fizer um Tweet a dizer que e o dono do twatter!

  4. Rafael Cardoso says:

    Mas ele já tinha ofertas de 3,3eth

    • Manuel da Rocha says:

      Foram feitas por carteiras falsas. Quando validaram as ofertas aquela era a mais alta e que podia pagar.

      • Paulo Carvalho says:

        Só não compreendo é como é que ele não colocou um valor inicial para o artigo no leilão. Se ele colocasse um valor inicial de por exemplo um milhão, ao se iniciar o leilão, se ninguém estivesse disposto a pagar esse preço, não havia ofertas e o artigo não era vendido.
        Ou então sou completamente ignorante no que toca a este tipo de assunto e estou a dizer uma barbaridade sem pés nem cabeça.

  5. Secadegas says:

    lol… NFT só mesmo para quem não tem de trabalhar e não sabe o que fazer ao dinheiro, porque um .jpg vale exactamente zero.

    • João Ferreira says:

      Um .jpg não vale zero. Por exemplo se eu quero uma caricatura minha e quem me faz tal serviço me dá em formato JPEG, esse JPEG vai valer o custo do serviço que me prestou mas se publicar na internet e alguém quiser usar e guarda rno seu PC pode fazer de borla.

    • Paulo Carvalho says:

      Existem sites de vendas de imagens, sejam elas jpeg, png, gif ou outros. Eu nunca usei, mas malta do departamento de design onde eu trabalhei já pagou para poder usar uma imagem qq. Quanto mais não seja podia valer apenas 1€.

    • Francisco says:

      Diz isso à Getty Images

  6. SANDOKAN 1513 says:

    Foi como descer do céu à terra. 🙂

  7. Saldanha says:

    Vou ali comprar uma lata com “ar de Fátima”, pode ser que consiga vender a algum maluquinho…

  8. Pensador says:

    Quem vendeu é um chulo já para não chamar um nome mais simpático como vigarista e quem comprou não passa de outro vigarista… tenham juízo nessas cabeças e já que têm dinheiro invistam em algo que ajude a economia e as pessoas, mas é triste ver milionários sem cabeça…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.