Quantcast
PplWare Mobile

Rússia irá legalizar as criptomoedas como meio de pagamento “mais cedo ou mais tarde”

                                    
                                

Fonte: Reuters

Autor: Marisa Pinto


  1. lucas says:

    claro … é para isto que a criptomoeda serve
    bandidagem, crime e brincar ás apostas

    • Rafael Cardoso says:

      E o dinheiro físico serve para quê? Bandidagem, crime e brincar ás apostas.
      Ao contrário do dinheiro físico, a blockchain da bitcoin têm todas as transferências visíveis a qualquer pessoa, é impossível Rendeiros e Salgados fazerem “desaparecer” milhões.
      A culpa da mentalidade igual a sua é dos medias, que vos vendem informações erradas e pessoas como a senhor aceitam como correto.

      • Sabe-se lá says:

        É impossível fazerem desaparecer milhões? Até ao dia….

      • :-) geek ??? says:

        “… é impossível Rendeiros e Salgados fazerem “desaparecer” milhões …” ??? ainda há dias, nesta mesma revista, estava um artigo sobre o roubo de criptocenas … portanto, não entendi o teu comentário 🙂

        • R!cardo says:

          É simples, sabe-se para onde foram roubadas essas cryptos mas não se sabe para onde foi o dinheiro roubado por Salgados e companhia.

          • :-) geek ??? says:

            claro que se sabe para onde foi o dinheiro “extraviado” das instituições bancárias lideradas por esses dois individuos … só não há vontade de recuperá-lo !!! porque será ??? a meu ver: alguém o anda a gastar e a distribuir 🙂

        • Rafael Cardoso says:

          Roubadas mas sabem bem para que carteiras foram enviadas essas moedas.
          E todo os dias são roubados milhões de moeda fiat e nunca é notícia, por quê? Todos os dias as moedas fiat são usados em crimes e nunca é notícia, por quê?

          • :-) geek ??? says:

            pelo mesmo motivo que a comunicação social de um dia para o outro deixou de “publicitar” o covid, i.e., as pessoas não têm interesse em saber 🙂

      • Daniel Paiva says:

        É verdade que as transações em bitcoin são visíveis mas se entrar numa grande “pool” pode-se perder o rasto, foi o que aconteceu com as 42000 bitcoins que serviam como backup da LUNA!

        • Rafael Cardoso says:

          Nesse caso foram transferidas para uma exchange, onde a carteira que guarda todas as bitcoins para todos os clientes deve ser 1 ou pouco mais.
          Mas aí existe a documentação e dados da exchange sobre o que foi feito com as moedas.
          Informesse antes de falar.
          Nenhuma BTC da empresa Luma foi “perdida”

          • :-) geek ??? says:

            @rafael cardoso: adoro os seus comentários relativamente às bitcenas, relembram-me os daqueles auto-intitulados especialistas em futebol, doenças, conflitos bélicos, etc., que se ouvem nas notícias e que são sempre as mesmas pessoas qualquer que seja o tema … esses, tal como o rafael, falam de tudo com grande convicção mas não conseguem explicar nada porque apenas entendem de limpeza aos caixotes do lixo … peace man 🙂

    • R!cardo says:

      Dizem os entendidos em barbaridades que o Pablo Oscobar já recebia pagamentos em cryptomoedas

  2. Profeta says:

    Ha pessoal que deposita muita confianca nas criptomoedas de alma e coracao, mas que e uma moeda que de vez em quando tambem da bronca disso nao ha duvidas e ate ha registos. Nao se enganem a voces proprios.

  3. Stanley says:

    Como eu digo para os pira loca: compre bitcoin em vez de drogas. Seu futuro agradeçe!

  4. Pedro says:

    acho muito bem, visto estarem a queimar milhões na guerra, que fabriquem moedas para recuperrar capital e já agora, que obrigem todos os países a pagarem com a USS virtual Coin em vez do Rublo. Viva o rei nu

  5. Redin says:

    O vosso pior mal está na pior oportunidade para estarem calados. Enquanto virem o bitcoin como uma moeda para enriquecimento e criminalidade, considerem-se cidadãos de 1980 e não de 2022.
    Valor é diferente de preço.
    Liberdade é diferente de amarras de estado.
    Ter controlo pessoal é diferente do controlo da banca.
    Deflação é diferente de Inflação.
    Contrafação é diferente de segurança total.
    and so on, and so on…

    • :-) geek ??? says:

      “… Ter controlo pessoal é diferente do controlo da banca …” ??? e quando esse dito controlo pessoal falha, o que é que as pessoas fazem ??? já sei, manifestações (como acontece com os gananciosos dos lesados do antigo bes) a reclamar para que o estado os indemnize porque, supostamente, existiu uma falha da entidade reguladora … por muito que este sistema bancário seja mau, sempre garante, em alguns produtos de baixo risco, o retorno do investimento 🙂

      • FAR says:

        Ora aí está. É fácil falar mal das amarras do estado mau, mas quando algo (seja serviço, bem ou produto) não é regulado e os interesses privados (capitalistas) manipulam mercados como bem lhes convém e os “pequenos” ficam a arder depois são os primeiros a irem chorar ao estado mau.

        A ideia por detrás da cripto-moedas é boa, mas a sua implementação, com provas dadas, nao é prática nem segura para o “peixe-pequeno”.

        Pense na seguinte ideia: seria, em boa consciencia, capaz de ter um salário em bitcoin (por exemplo)? E agora pense na renda que paga e no resto das despesas fixas que tem consigo e com o seu agregado familiar.

        Ainda continua a achar que as cripto são a “salvação”?

        • FAR says:

          nota: a minha resposta era para o Redin

        • andre says:

          @FAR
          os estados é que manipulam os mercados com as suas regras, criando barreiras de entrada anti concorrenciais que beneficiam as grandes empresas. Pois impedem a competição por parte de pequenas empresas.

          O estado vende ao povo que “tira ao rico para dar ao pobre”, mas o que o estado realmente faz é “tirar ao remediado e ao rico para dar uma migalhas ao pobre e uns milhões às grandes empresas”

          E eu alteraria de bom gosto o meu ordenado para cryptomoeda, por exemplo, aceitava 0.5 ETH por mês e nunca mais precisaria de ser aumentado.

      • Redin says:

        Só vêm mesmo o que vos interessa desde que seja para dizer mal.
        Não estava a falar desse tipo de controlo, (se bem que sendo esta uma mudança de paradigma, não faz sentido continuares a deixares nas mãos de terceiros a tua carteira financeira).
        Mas o outro controlo é o do poder do estado obrigar a uma instituição bancaria a bloquear os teus fundos e esta partilhar os teus dados de forma inconstitucional e sem ordem de tribunal.
        Olha só o caso do que aconteceu no Canadá. Pessoas que quiserem livremente oferecer ajuda financeira a familiares dos camionistas que estavam em luta, as suas contas foram permanentemente bloqueadas e rotuladas de terroristas. Um estado totalitarista que se diz democrático a chegar a esse estado… Pode ser cada um de vos no futuro.

      • ppp says:

        Es mesmo boneco…

      • andre says:

        @:-) geek ??? sabias que os Venezuelanos não perderam os seus investimentos? receberam os seus bolívares até ao ultimo cêntimo.

        Agora imagina que tens 10 000 euros no banco, há uma crise hiperinflacionária, os teus 10 000 euros estão garantidos, podem é dar para pouco mais que uma refeição num restaurante.

        aquilo que vos vendem como garantia nunca será a 100% pode sempre falhar e mesmo que esteja anos sem falhar tem um custo gigante a nível de impostos e inflação que vocês nem sabem calcular, caso contrario não teriam a opinião que têm.

  6. °0° says:

    Se toda a gente fosse inteligente a humanidade não evoluía.
    Comprem Bitcoin.

  7. LA says:

    Não Rússia é tudo legal. Até a morte de civis inocentes.

  8. Mauricio says:

    Eu só aceito “andar metido” nas bitcoins se me deram um montão delas primeiro, assim…só para eu experimentar 🙂
    Nunca vou por um tostão do meu guito, numa moeda virtual.

    • Eu says:

      Se te dessem um montão delas eu também não queria

    • andre says:

      @Mauricio o teu empregador ainda te paga em notas? é que se usas conta bancaria usas dinheiro virtual.
      A única diferença para esse dinheiro virtual e as cryptomoedas é que o euro virtual que usas é gerado pelo banco consoante o apetite.
      As cryptomoedas não podem ser geradas fora do algoritmo matemático pré estabelecido.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.