Quantcast
PplWare Mobile

Minerar um Bitcoin custa agora apenas 13.000 dólares, o valor mais baixo desde setembro

                                    
                                

Fonte: CoinTelegraph

Autor: Marisa Pinto


  1. Anti Mercados says:

    Esta actividade é terrorismo ambiental. É um esquema em pirâmide que só serve para especuladores, criminosos, e destruidores do planeta. Tem de ser proibido! Que se f*da a bitcoin!!

  2. Manuel da Rocha says:

    Depende dos países.
    Cá em Portugal para minerar 1 BTC custa mais de 80000 euros, além de 6 milhões necessários para o equipamento, para conseguir esses valores. Qualquer coisa abaixo, são mais de 100000 euros por cada minerada. Agora em países como a Tailândia, onde se paga 0,000000000001 euros por kwh usado, aí sim, dá.

  3. Manel says:

    Crítica construtiva off topic: Este sistema de comentário padrão do WordPress é totalmente arcaico. O ecossistema WordPress tem sistemas melhores, atuais, com possibilidade de classificação dos comentários, etc etc. Acho que está mais que na altura de melhorar isto e oferecer um pouco melhor à vossa comunidade. Longa vida ao PPLWARE.

    • Vítor M. says:

      O sistema que existe é simples, serve a todos e classificar comentários, não acrescenta nada. É preferível as pessoas comentarem “de viva voz” em vez de deixar um like 😉 que não serve absolutamente para nada. Ter um comentário com muitas estrelas vale tanto como ZERO. É mil vezes preferível as pessoas dizerem que não concordam e a razão dessa posição. Portanto, é verdade que existem N de coisas muito interessantes do ponto de vista “visual” mas… na prática, não servem para nada. Preferimos dar voz aos utilizadores, é muito interessante ler o que pensam.

      Abraço. Bom fim de semana Manel.

      • Manel says:

        Caro Vitor a questão não é só essa.. Os sistemas atuais permitem por exemplo, dar mais destaque aos debates com melhor classificação, trazendo-os para topo, por exemplo.
        A sua ideia de ter de comentar para indicar que o comentário não vale nada, também é válida, mas eu pessoalmente preferiria passar por cima de comentários que tivessem muitas classificações negativas.. Isso também iria permitir filtrar alguns utilizadores indesejados e aumentar a qualidade dos debates dos vários temas. Enfim são opções.
        Seja como for contém comigo. Sou fã do projeto desde o seu início.

        • Vítor M. says:

          Prefiro o diálogo e a opinião das pessoas. Hoje é fácil as pessoas classificarem a opinião das outras com um “deslike” por ignorância, bulling ou por simples falta de interesse.

          Um caso paradigmático é o assunto criptomoedas. Se falas algo a favor… levavas logo strick 😉 mas por pura ignorância ou bulling. Assim como outros.

          Gerir opiniões das pessoas é cada vez mais complicado 🙂

      • David S says:

        o teu comentário merece o meu “Like” 🙂

      • Paulo says:

        Não estou de acordo. A classificação de comentários existe por um motivo. E esse é dar valor atribuído pela comunidade aos comentários na pagina.

        • Vítor M. says:

          Temos opiniões diferentes (gosto disso). Contudo, com base na minha experiência, continuo a achar que temos um método razão
          Avó com controlo total. E, acima de tudo, com muitas opiniões dos nossos leitores. Sabes, não temos milhões de visitas mês por acaso, é por termos seguidores fantásticos. 😉

      • Amilcar Alho says:

        “Preferimos dar voz aos utilizadores”
        Oh Vitor, deste um tiro no pé, homem! 😉

    • secalharya says:

      Boa sugestão.

    • R!cardo says:

      Dava mais jeito ter opção para editar os comentários do que os likes nos comentários

  4. SANDOKAN 1513 says:

    Baixou 11.000 dólares num mês só para minerar ?? Isto das criptomoedas ainda vai ter um fim triste.

    • Zé Fonseca A. says:

      Baixaram os custos de mineração, isso é uma coisa boa, significa que a capitulação dos mineradores é bastante inferior, isto tudo porque a dificuldade de mineração reduziu bastante.

      • SANDOKAN 1513 says:

        Mas diga-me uma coisa.Primeiro de tudo devo dizer que sou um completo leigo nesta matéria.Segundo sei,parece-me que só há cerca de 1 milhão e tal de bitcoins para minerar.O que será deste negócio quando se acabar de poder minerar ?? Será tudo uma espécie de “trading”,onde se comprará e trocará este tipo de moedas ?? Quero eu dizer,depois de não haver mais bitcoins para minerar o que vai acontecer ?? Sinceramente não percebo. 😐

        • Manel says:

          É simples.. quanto todas as Bitcoins forem mineradas, o que se espera que venha a acontecer por volta do ano 2140, os mineradores continuarão a receber as taxas de transações. Haverá sempre motivação para continuar.

          • SANDOKAN 1513 says:

            2140 ?? Não me faça rir.Então se todo o resto foi minerado em alguns anos e agora ia-se demorar mais de 1 século só para se minerar 1 milhão e pouco de bicoins.Olhe,beba água.Eu posso ser leigo mas não sou burro.

          • Manel says:

            @SANDOKAN 1513 ou seja.. vc admite que é leigo, mas acha que mesmo assim o seu conhecimento sobre esta matéria é válido. Ou seja nem sabe o que é um halving nem os ajustes de dificuldade e pede para eu beber mais água. Vai investigar se quiser saber mais

          • Luis Costa says:

            @SANDOKAN 1513 tens de ir ler um pouco sobre o Halving e as taxas de mineração. ao longo do tempo as taxas vão sendo sempre cortadas para metade o que faz com que minerar 1 bitcoin passe a demorar mais tempo do que há 10 anos atrás e assim sucessivamente.
            É como ires num veiculo a 10km/h e começares a reduzir a velocidade para metade sucessivamente. Nunca paras mas demoras muito mais tempo a chegar ao fim.

  5. Helena Santos says:

    Estes estudos que são criados para os jornaleiros venderem jornais e não são reais.

    O custo de minerar depende essencialmente do valor que se paga pela energia…. e isso depende de cada um. Não existe um valor por minerar uma bitcoin porque isso varia com o valor que cada pessoa tem de pagar pela energia, uns pagam menos e outros mais, mas depende muito para se ter um valor padrão. Mesmo dois vizinhos podem ter contractos diferentes, ou usarem tipos de energia diferentes.

    • Zé Fonseca A. says:

      Trata-se de valor médio, há quem consiga minerar abaixo desse valor há quem minere acima.
      Depois em cima disso covém incluir os restantes custos como aquisição de hardware, contentores, manutenção, salarios, etc.
      Os custos de energia são muito reduzidos, rondam entre os $0,02 e os $0,08, e o facto desta noticia surgir deve-se apenas ao facto de a taxa de dificuldade ter descido porque existem menos farms a minerar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.