Quantcast
PplWare Mobile

Saliva da traça-da-cera destrói sacos de plástico em apenas algumas horas

                                    
                                

Autor: Vítor M.


  1. Grunho says:

    A questão é esta: e qual é o produto que resulta do trabalho dessa minhoca? E para que serve? É que se for tão poluente como o próprio plástico ficamos na mesma.

  2. PauloS says:

    Boa vamos todos acreditar que meia duzia de lagartas comem as 1000 milhoes de toneladas que produzimos por segundo de plastico. Para isso precisariamos de mais de 100 000 bilioes de lagartas que o mais certo era devorarem nos a nos dps. La vamos acabar com o ecossistema para comer o nosso lixo. Nao usem plastico! Nao usem nada de petroleo. Eu cá recuso me a usar plasticos! Tudo em vidro e aluminio!

    • Mr. Y says:

      Não é para fazer criação de lagartas mas sim criar uma solução (liquida, talvez?) que tenha essas enzimas ou que replique esse processo.

      Mas por muito me que custe há um ponto que concordo contigo. Se se quer reduzir a pegada do plástico a solução é usá-lo o mínimo possível. No meio de tantas barbaridades que dizes um dia havias de acertar 🙂

    • David Guerreiro says:

      A ideia é sintetizar essas enzimas em larga escala para aplicar em depósitos com plástico, etc, de forma a que o mesmo se degrade. Não é de todo uma solução, mas é preferível isso a irem parar aos aterros ou a serem queimados. Porque os sacos de plástico desaparecerem, nem tão cedo.

    • oh says:

      Paulo, eu concordo contigo mas parece-me demasiado extremista não?

      “recuso-me a usar plásticos” O equipamento que usas-te para escrever isso tem plástico. O plástico é algo extremamente útil, o problema começa quando usamos em demasia e o deixamos no solo.

  3. SPr says:

    Se destrói… então se eu ingerir saliva da traça vai destruir todo o micro plástico dentro do meu organismo em questão de poucas horas?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.