Quantcast
PplWare Mobile

Pílula anticoncecional masculina? Poderá iniciar testes em humanos ainda este ano

                                    
                                

Autor: Ana Sofia Neto


  1. sergio says:

    efeitos secundários (certamente serão omitidos) porque a indústria movimenta milhões $$$.
    O esperma humano já perde qualidade, cada vez há mais infertilidade (devido a químicos e pesticidas nos alimentos), há estudos sobre isso.
    Essas pílulas vão “ajudar” o esperma a perder mais qualidade ainda, e daqui a umas décadas andamos todos estéreis.

    • Sim sou macho says:

      Tens 3 filhos e resolves fechar a produção…
      Vais exigir à tua mulher uma laqueação de trompas?

    • Filipe Rocha says:

      Falas de esterilidade e reduzir a população mundial como um problema quando essas duas coisas são uma autêntica benção.

      • Samuel MGor says:

        Se entendes como bênção então proponho o seguinte cenário:
        Uma doença mais contagiosa e mortal que o covid mata 90% da população. Os governos implementam o casamento obrigatório onde é obrigatório ter, pelo menos, 2 filhos e quem não cumprir passa o resto da vida na prisão fechados na cela e a pão e água.
        Pergunto-te: Neste cenário vais querer casar e ter filhos ou passar o reto da vida na prisão?

        • Samuel MGor says:

          *resto*

        • Sim sou macho says:

          Isso não faz muito sentido, o planeta está hiper-populado e já tiveste exemplos de controle de natalidade forçado (ex China)

          Portanto sim, estou com o Filipe, se a partir do momento que não quero ter filhos ou “escandalo dos escadals” quero ter só um, venha essa esterilidade

          • Honorato says:

            7 mil milhões de pessoas cabem todas na América do Norte juntos. Não estamos hiper população o mundo inda cabem muito mais. A Índia e a China são onde há mais gente no mundo num área pequena comparado com o planeta num todo

          • PML says:

            A questão não é a densidade populacional – é sim colmatar a necessidade dos seres humanos – comida, transporte, vestuário, etc. para uma sociedade em que o consumo é cada vez maior. Neste momento usamos os recursos de 1,7 planetas, ou seja, estamos a consumir mais do que podemos produzir.

      • deeppurple says:

        és mesmo naïf por acreditares nessa narrativa “científica” de excesso populacional. Tu e tantos outros.

  2. Godlike says:

    Já vão tarde!
    A Pfizer, Moderna e afins já resolveram o “problema”.

    • :-) says:

      Vais citar artigos científicos, ou isto é mais propaganda anti-vaxxer? Só falta dizeres que a “operação especial russa” é para libertar os Ucranianos dos nazis e drogados.

    • Fait says:

      Estou vacinado com 3 doses da Moderna e descobri há 1 semana que vou ser pai. Lamento Moderna, o vosso plano não resultou comigo!

  3. Vrael says:

    Como causar infertilidade masculina… e chamar lhe pílula… quando e um outro atuam de maneiras completamente diferentes… daqui a bocado começamos a castrar os cães e gatos e homens tudo junto no veterinário… que altura de m**** para ser homem

  4. Wilson says:

    “A deficiência de Vitamina A tem repercussões que afetam as estruturas epiteliais de diferentes órgãos, sendo os olhos os mais atingidos”

  5. Sim sou macho says:

    Eu só não faço vasectomia porque, como não há qualquer compartecipação, o valor da cirurgia é alto. Antes de começarem a mandar bocas, sou homem, hetero, caucasiano e de direita.

  6. marketeer says:

    Tanta revolta, ao ler os comentários até parece que vai ser obrigatório tomar.
    Será que vão pedir certificado de toma para entrar em alguns espaços”?

    É bom haver várias opções, toma quem quer… eu não tenciono tomar, mas apoio o seu desenvolvimento, pode interessar a muita gente.

  7. Miguel says:

    As taxas de fertilidade no mundo moderno estão como estão e andamos preocupados com este veneno hormonal. Usem preservativo.

  8. SANDOKAN 1513 says:

    Mulher para o homem à noite: “Ó filho,já tomaste a pílula ??” Kkkk. 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.