Quantcast
PplWare Mobile

Pessoas vacinadas não disseminam a COVID-19, diz estudo

                                    
                                

Autor: Ana Sofia


  1. Paulo Ferreira says:

    Se calhar o termo mais correto será “transmitir” em vez de “espalhar”!!!!
    https://dicionario.priberam.org/transmitir
    7. Comunicar por contágio.

    “transmitir”, in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/transmitir [consultado em 02-04-2021].

  2. Luís Silva says:

    Pessoas vacinadas podem não transmitir o vírus; mas podem voltar a apanhar?

  3. wq says:

    Poderiam dizer onde é que foram buscar este título?
    Lendo o estudo ele não diz que pessoas vacinadas não disseminam.
    O estudo fala sobre o nível de eficácia da vacina para prevenir a infecção de pessoas vacinadas em larga escala. Isso não implica que pessoas vacinadas não disseminam, eles não abordam essa questão. A única coisa que se pode assumir é que havendo alta eficácia o risco de infectarem outras pessoas é muito menor do que com pessoas não vacinadas!

  4. Manuel António says:

    No Programa Nacional de Vacinação (PNV) o utente(x) ao ser vacinado para o VASPR (vacina contra o sarampo, parotidite epidémica e rubéola), o(a) utente vacinado pode ou não transmitir a a doença?! (ironia)

    • wq says:

      Pode dado que há casos de pessoas vacinadas que ficam infectadas. Mas são doenças diferentes, vacinas diferentes, riscos diferentes. Não se pode pegar nuns para tirar conclusões definitivas sobre outros tipos de doenças e vacinas!
      Falar com ironia neste tipo de assuntos acho que é contraproducente.

      • Manuel António says:

        Uma pessoa vacinada para a doença (x) pode transmitir a mesma? amostra de comparação (Covid-19)

        Com esta ? pode agora simular um modelo que pode ou não responder a seu resposta.
        Ex: Uma pessoa vacinada para a “gripe sazonal” pode transmitir a mesma?
        Validação Afirmativa ou Negativa

        Uma pessoa vacinada para a “sarampo” pode transmitir a mesma?
        Validação Afirmativa ou Negativa

        Dependendo da resposta qual o modelo que melhor responde á resposta, até que apareça outro modelo.

        Nota: Quanto mais dados tiver no seu modelo mais “fina” será resposta.
        A ironia é que no meu modelo já me deu a resposta eu valido a mesma, independentemente da noticia.

        Lei de Lei de Murphy ‘/..

        • wq says:

          baboseiras! as doenças não se propagam todas da mesma maneira, os agentes infecciosos não “atacam” todos os mesmos alvos no corpo humano, a eficácia das vacinas não são todas iguais, e a forma como as vacinas induzem resposta também não é a mesma! A título de exemplo há doenças infecciosas que nem se propagam entre humanos apesar de poderem causar doença… A biologia é demasiado complexa para se dar a mesma resposta a tudo!

  5. Rafilda says:

    Para quando o afinal é ao contrário? Já está preparado o texto? É óptimo publicar estudos da chacha para depois publicar mais outro a desmentir só para terem algo para falar.

  6. supersilva says:

    Boas notícias? Mas não é o obvio? Senão pra que serviria a vacina? Igual quem já pegou falarem que continua transmitindo! E pra pegar, só se for outra variante. Tem pesquisa pegando plasma de quem já foi infectado para criar soro. É de uma incoerência as informações disseminadas.

    • wq says:

      A vacina serve para melhorar a resposta imunitária das pessoas em caso de contacto com o agente infeccioso. Não é uma garantia de que todas as pessoas vacinadas não possam ficar infectadas nem que nenhuma possa propagar a doença. Vai depender da “doença”, da vacina e também da pessoa!

  7. informado says:

    Segundo o que li noutro artigo cientifico as vacinass dão protecção só durante 5 a 6 meses!

  8. outra vez ?! says:

    Existem outros estudos que dizem o seu contrário… Bem o outro também disse que o Iraque tinha armas XPTO mas depois afinal era mentira e já sabem a história… Vamos ver com o tempo qual dos estudos foi mais bem feito….também já não é o primeiro medicamento que metem no mercado de certos países quando até o proíbem no país de origem.Depois de matarem e ganharem trilioes pendem desculpa e ficamos amigos na mesma… É ver a história …. Beijinhos

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.