Quantcast
PplWare Mobile

Onde está a estrela irmã gémea do nosso Sol? A terrível Némesis terá matado os dinossauros

                                    
                                

Autor: Vítor M.


  1. Joao Ptt says:

    Falando em sóis, aparentemente nas próximas décadas o nosso Sol será substituído por um outro Sol, porque o actual está em fim de vida, e é preciso substituí-lo para possibilitar a vida humana na Terra por mais algum tempo.
    O processo será digamos que muito tremido, porque virá acompanhado de um gigante cometa-planeta que deverá tapar a vista do processo em si e permitir manter o planeta +/- estável durante a mudança, mas quem estiver vivo nessa altura pensará que é literalmente o fim do mundo de tanta coisa catastrófica que irá acontecer durante esse período de mudança.

  2. José says:

    O artigo, começa com um erro, além das especulações, que necessitam de provas, caso contrário não se faz ciência, mas previsões já que como hipótese tem sido levantada de vez em quando, mas até hoje, nada. O erro está logo qiamdo falam na cor que dizem que o Sol tem. Ora a nossa estrela-mãe não é amarela, mas branca! Qualquer amador de astronomia, sabe disso. Não é nada bom cometer um erro tão básico. O resto, está ainda por comprovar, apesar de ser normal as estrelas terem uma companheira, mas no caso do Sol até ao presente momento dos estudos, as provas não têm aparecido.

    • Vítor M. says:

      Meu caro, antes de dizer disparates, que tal ganhar um pouco de cultura e pesquisar sobre o assunto?

      Segundo a NASA, malta que me parece perceber do assunto, a nossa estrela é classificada como Yellow Dwarf.

      https://solarsystem.nasa.gov/solar-system/sun/overview/

      Continuação de um bom fim de semana.

      • Lama says:

        Bah, para quê tentar sequer instruir tamanho vazio ?

        • José says:

          É naturalmente uma perda de tempo. por mim, com certas pessoas, é melhor deixar como está. Sempre evita uma brutal dor de cabeça para os menos dotados de massa cinzenta, mas de lingua viperina muito rápida. Poupe-se.

          • Swappie Guy says:

            Não diria melhor, quem acha que a cor do sol é amarela são os mesmos que acreditam que a terra é plana, que o homem nunca foi à lua, etc…deixá-los viver na sua ignorância.

      • José says:

        Meu caro, estudo desde que comecei a interessar-me por astronomia aos 11 anos, que estou atento a todos os fenómenos relativos à Astronomia como ciência! Hoje como astrónomo amador e, ultrapassado mais de meio século de vida, sei muito bem o que afirmo e como o afirmo. O Sol é uma estrela branca, e no sítio da NASA está mal classificada, não me custa nada em afirma-lo a pés juntos! A nossa estrela nas reacções nucleares produzidas como em todas outras – apesar de existirem por aí algumas exepções à regra, que seria demasia longo estar a explicar num espaço tão curto -, produz todos os comprimentos de onda do espectro-electromagnético do qual temos ondas de desde os perigosos raios gama aos infravermelhos. Neste espectro, passam por todos os comprimentos de onda, inclusive os da luz visível, do violeta ao vermelho (aproximadamente entre os 400nm a 600nm), onde estão incluídas, obviamente, as cores que vemos e que os nossos olhos permitem ver… na Terra – é de facto genéricamente amarelo do pondo de vista da superfície terrestre, note, não no espaço onde este nos aparece na sua real cor, o branco, a cor de uma estrela na sua idade e temperatura média. Aí no espaço podemos verificar que na realidade é essa a cor que nos apresenta, e é aquela que vêm os astronautas, e não, de como a vemos na Terra após ser filtrada pela atmosfera terrestre (e que, vai inclusive até ao laranja avermelhado como já vi em África, e uma vez aqui). Cor essa que um efeito provocado pela atmosfera da Terra que filtra grande parte do espectro, fazendo com que determinadas ondas formam a luz solar sejam aos nossos olhos invisíveis, além de dispersarem as cores do intervalo azul-violeta-violeta-violeta vindo do Sol – a nossa atmosfera também se nos apresenta, normalmente como azul, não é? -, além das ondas que vão do infravermelho ao ultraviolenta, etc etc, como se sabe – ou não… Se há temas onde sei algumas “coisitas” e falo com algum à-vontade sobre os conhecimentos obtidos até à presente data, é na astronomia, já que além da História, Geografia, Direito, Fotografia e imagine-se Informática. São áreas que ao longo da minha vida me formei e onde por sinal até sou pós-graduado em algumas delas. Imagine as baboseiras que ouço todos os santos dias! Para azar de alguns, sou daqueles que jamais deixam de estudar, talvez por essa razão, prefiro ficar muitas vezes anónimo, pois sei que vivo num mundo em que todos sabem de tudo. São os chamados “tudólogos” mesmo que jamais tenham pisado uma sala de aula, assistido a conferência, feito algum tipo de curso ou realizado sequer qualquer tipo de investigação. Já agora, se é necessário apresentar sítios na Internet onde nos informam sobre o tema, também lhe posso humildemente recomendar a leitura deste: https://eclipse2017.nasa.gov/what-color-sun Curioso paradoxo, não é? Apesar de a NASA – com quem me correspondo desde a longínqua década de 70, altura em que simpaticamente oferecia diapositivos e fotografias aos jovens investigadores, amadores ou não, e que passados quase 50 anos, ainda guardo com todo o carinho e cuidado redobrado esses registos. Aposto que 99,99% das pessoas aqui, não sabiam desta. Bastava terem falado com o falecido e saudoso Eurico da Fonseca. Sabem quem foi? Procurem bem lá no Google, o vosso salvador de “falhas” -, A NASA apesar desse trabalho meritório, não é o único repositório de ciência no Planeta, caso o saiba: Não concorda, e acha “disparates”, paciência, deveria, contudo, ter mais atenção ao “precipitar-se” na crítica. Aos “amigos” mais abaixo, sempre tão “voluntariosos” na avaliação sobre o que notóriamente não sabem, e que como habitualmente a aproveitaram a “deixa” para vir para aqui exibirem com vaidade e arrogância a sua deselegância cognitiva, avaliando, mal, os conhecimentos de outrem que, não conhecem de lado algum, recomendo-lhes a leitura de uns bons livritos e ler e quiçá frequentar até mesmo uns cursos livres – há muitos, inclusive promovidos pela própria NASA ou A ESA -, vão ver não faz mal, nem deixa ninguém traumatizado e na realidade acaba por ocupar muito espaço vazio há por aí, paradoxalmente, mais do que nunca.

      • Atanásio Pinto Fagundes says:

        Por acaso, caro Vítor M., seria bom seguir o seu próprio conselho e pesquisar mais um pouco sobre o assunto. Na verdade, a grande maioria das Yellow Dwarfs são brancas, entre as quais se inclui o Sol. Estas estrelas emitem radiação que se estende a diferentes gama de frequências, cobrindo na totalidade o espectro visível. A combinação de todas essas cores perfaz a cor branca ao olho humano.

        A confusão de cores, que resultou na classificação errónea, existe porque, vistas da terra, estas estrelas aparentam ser amarelas, devido à dispersão de Rayleigh causada pela atmosfera terrestre (por esta mesma razão é que o céu é azul, laranja ou vermelho ao longo do dia).

        Apesar de não descortinar a que parte do artigo é que o José se refere quando menciona a ¨cor que dizem que o Sol tem¨, a verdade é que ele tem razão quando afirma que o Sol tem a cor branca.

        • Vítor M. says:

          A informação, correta, científica, deixada no artigo, refere que o nosso sol, tal como a NASA refere – entidade desprezada pela vossa desatenção, refere que o nosso sol é uma estrela anã amarela.

          Portanto, era interessante, no momento, irem corrigir a NASA, que, segundo V.Exas, está enganada.

          • Bruno says:

            Vitor n confundas a designação com a cor do sol…estas a tentar defender o erro quando podias simplesmente corrigir e acabar com a discussão.
            O peixe espada n tem uma espada…podíamos estar o dia todo a dar exemplos de nomes que n coincidem com as características do objecto/animal etc..
            A Nasa n diz em lado nenhum que a cor do sol é amarela, ou melhor, a frequencia que emite é amarela….pq n è

          • Vítor M. says:

            A NASA no link que deixei classifica o sol como uma estrela anã amarela. Ponto. É isso que é dito é está correto.

            Podem divagar sobre tudo, sobre a cor, tamanho, temperatura, etc… porque isso na foi abordado no texto.

          • Swappie Guy says:

            Até podia ser a “estrela anã cor-de-rosa com pintinhas amarelas”…foi a denominação que deram ao sol.
            Provavelmente deram essa denominação numa altura em que ainda não se tinha visto o sol através do espaço e nunca mais alteraram essa denominação…poderá não ser esta a razão mas por alguma razão foi.

            No entanto a verdade é que, mesmo que o sol fosse denominado de “estrela anã cor-de-rosa com pintinhas amarelas” a verdadeira cor do sol é branco tal como o José disse, epá, o que o José disse da cor do sol é verdade e ponto final.

            A seguir vem o senhor com estes argumentos:

            “Vítor M. 12 de Dezembro de 2021 às 05:17
            Meu caro, antes de dizer disparates, que tal ganhar um pouco de cultura e pesquisar sobre o assunto?

            …”

            “Vítor M. 12 de Dezembro de 2021 às 10:38
            Eu a falar de ciência e tu de técnicas para ensinar as crianças a pintar o sol. Aiiii senhorrr….”

            Portanto o senhor não foi capaz de admitir que a verdadeira cor do sol é branco e ainda fez torça (fica muito mal para um administrador).

            De resto se prefere continuar a viver na ignorância o problema é seu, não tente é levar os outros para a ignorância juntamente consigo.

          • Vítor M. says:

            Swappie Guy eu não tenho de admitir nada, isso é devaneio de sua parte. Eu apenas tenho de cingir-me às evidência científicas do assunto. O nosso Sol é uma estrela anã amarela, conforme refere a NASA e outras entidades.

            Portanto, a cor que quer ver, isso é outro assunto, até poderia ser cor de rosa, mas o caso aqui apenas diz respeito à designação da estrela.

            A NASA explica muito bem essa parte da classificação das estrelas, basta dar uma volta pelo material da agência espacial que vai ver muita e boa informação sobre a anã amarela que nos ilumina e aquece.

          • Quem? says:

            Bem… Amarela… daqui da Terra sim… parece-me amarela mas a luz emitida é branca. A luz mais natural que existe…. na Terra. Estive a ler os comentários não chego a conclusão nenhuma, cada um a tentar levar um “pedaço” porque diz aqui e diz ali…

            Pelo que aprendi tudo o que vemos em nosso redor (quando há luz) são reflexões de luz, em que um objecto vermelho absorve todas as cores excepto o próprio vermelho, daí vermos o vermelho. Agora não faz sentido uma lampada azul emitir luz branca como não faz sentido uma estrela amarela emitir luz branca (digo eu).
            Agora… ser amarela aos nossos olhos na Terra ? Sim. De dia o céu é azul e universo não deixa de ser escuro na realidade… mas na Terra o céu é azul durante o dia.

          • Vítor M. says:

            A classificação dada ao sol é de estrela anã amarela. O tipo de estreia é o assunto, não a cor da sua luz. É essa a classificação atribuída ao nosso sol.

  3. Fernando Bernardo says:

    Nemesis: Viajando na maionese

  4. Mente aberta says:

    Segundo afirmam várias pessoas de consciência transcendental, alguns encarnados e outros são entrantes, que o nosso sistema solar é trino, compos por 3 sois: o nosso Sol que é o maior, uma ana vermelha Némesis, e uma ana castanha Herculobos. A estrela Herculobus ana castanha está prestes a passar por dentro do sistema solar e passará relativamente perto da Terra, esta estrela tem alguns planetas, entre eles o famoso Nibiru. Esta informação é exposta em muitos sites e livros, onde também afirmam que a origem da Terra é a constelação de Lyra, onde seu sistema solar foi destruuido na guerra de Lyra, e trazido para este sistema solar trino que se chamava “satik”, bla, bla, bla … … …
    Não precisam de acreditar nestas informações, cada um retira a informação que lhe interesse e que sintonize consigo, e descarte o resto …

  5. Manuel da Rocha says:

    Há muitas teorias… a mais simples é que Júpiter atirou com algum cometa grande contra a cintura de asteróides, que despejou pedras para os planetas interiores. A nossa Lua defendeu parte da Terra mas, alguns passaram, um (ou vários, segundo outras teorias terão sido 6 a 7, num espaço temporal de 10 a 40 dias, em vários pontos do planeta) fez levantar tal camada de poeiras e os sismos levaram a erupções vulcânicas monstruosas, que obscureceram a atmosfera por 100 a 300 anos.
    O termos a Lua, evitou que a Terra ficasse como Vénus…

  6. PJA says:

    Na verdade a cor do Sol é branca. E também é verdade que a NASA a classifica como yellow dwarf, para minha supresa, pois a temperatura da cor é de 5777k.
    Esta classifcação da NASA aparentemente deve-se a razões historicas.

  7. Carlos dias says:

    https://youtu.be/C9MdbxPCSYw

    Explicação de um dos mais conceituados astrofísicos da atualidade neil degrasse tyson

  8. Pedro says:

    Correctíssimo. É branco.

  9. AlexX says:

    Nemesis creio ser conhecido também como sendo o Sol Negro (Black Sun), deus da destruição. “Agitar as coisas” é um termo meigo se imaginarmos ventos hipersónicos, tsunamis varrendo continentes, terramotos >10 Richter, chuvas de ácidos etc… Nemesis está muito provavelmente bem mais perto que se pensa, e isso também se reflete no comportamento humano.
    Debatem a cor do sol, ninguém pode negar que agora e mais que nunca, aparenta ser branco. No entanto recordo perfeitamente que até finais dos anos 80 tinha um tom ligeiramente amarelado durante todo o ano mesmo ao meio dia solar. A grande altitude (+ de 4km), visto de avião ou montanha maior, esse tom amarelado era menos perceptível mas ainda assim presente e visível a olho nu. Nos anos 90 começou a desaparecer e sumiu de vez ao virar da década passada (~2011/12), ficando desde então branco (a olho nu e ao nível do mar). As mudanças no campo electromagnético da Terra talvez possam justificar essa alteração na aparente cor do sol.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.