Quantcast
PplWare Mobile

Lisboa testemunhou inovadora cirurgia de remoção de cancro com reconstrução de veias

                                    
                                

Imagem: CNN Portugal

Autor: Ana Sofia Neto


  1. lunatic says:

    Excelente noticia. E tudo num hospital público! Pena que os sucessivos governos nada tenham feito para melhorar os restantes serviços e evitar a sangria de profissionais da saúde do sistema público.

    • Miguel says:

      Das duas uma, ou isto facilitou umas luvas ou foi mesmo um trabalho arduo e excepcional de alguns profissionais excelentes que batalharam até conseguirem fundos e condições para fazer isto acontecer.

      De ambas as razões, parabéns aos médicos e todos os que fizeram acontecer.
      Se foi razão de corrupção, espero que o apanhem (a esperança é pouca)

  2. KeyboardWarrior says:

    Excelente notícia

  3. Rafael says:

    Uma excelente notícia. Que continue a existir avanços nestas soluções

  4. Mr. Y says:

    Óptima notícia! Apesar das falhas que existem, o SNS continua a inovar!

  5. Filipe Espiga says:

    Excelente notícia!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.