Quantcast
PplWare Mobile

Imagens de satélite sugerem que o coronavírus terá atingido a China muito antes do revelado

                                    
                                

Autor: Vítor M.


  1. Pirata das cabernas says:

    mas ja toda a gente sabe que a china mentiu e a OMS mentiu.. isto podia ter sido bem mais ocntrolado e evitar que tivesse saido da china

    • MAPRIL says:

      Pirata, nem toda a gente tem as suas certezas absolutas! Olhe, eu não sabia e continuo sem saber. E não será com propaganda bombardeada pelos dois lados que ficarei a saber!

      • José says:

        Só gente como você tem dúvidas! Curiosamente, essas certezas só apareceram após a China ter lançado esse disparate para a parede a ver se cola! Pegou com alguns, é pena.

      • AP says:

        MAPRIL, já somos dois!
        E que se lixe a malta seguidora deste e daquele político que idolatram. Vão, vão lá atrás do Trump, do Bolsonaro, do Madurto ou do Kim. Nenhum destes me conseguia sequer convencer a comprar um carro usado, quanto mais em decisões desta natureza!
        A saúde é primordial. Os clubismos que se danem!

    • ovingadorortográfico says:

      A verdade é que olhando hoje para os números as dúvidas sobre o que se passa na China são mais do que legítimas. Por exemplo : ninguém sabe quantos testes fizeram ou estão a ser feitos.

  2. Jorge Carvalho says:

    As falhas neste estudo são tantas …. Em 2018 contam coisas que em 2019 não , descartam o facto de o hospital ter construído um parque de estacionamento novo , não vão analisar os taxis …

    Enfim …
    Abc

  3. BlackFerdyPT says:

    A maneira mais inequívoca de determinar a origem de um vírus é analisar a propagação do mesmo, no que toca à sua variabilidade genética (sendo este um modo através do qual, por exemplo, se pode demonstrar que o ser humano teve origem em África).

    E, analisando a variabilidade genética (haplótipos) das diferentes variantes ou mutações (várias estirpes) deste novo vírus, as indicações são de que este terá originado nos EUA e não na China: https://twitter.com/zlj517/status/1238292025817968640 + https://twitter.com/zlj517/status/1238269193427906560

    (Já um alto representante da China e também o governo iraniano acusaram os EUA de estarem na origem dos surtos nos seus respectivos países: h*tps://twitter.com/Partisangirl/status/1238949967177191424 + h*tps://www.zerohedge.com/geopolitical/us-army-behind-covid-19-wuhan-chinas-foreign-ministry-levels-bombastic-charge)

    Mas, como vivemos num país dominado pela propaganda de certos interesses que controlam o Ocidente, certamente que quase ninguém sabe disto em Portugal.

    • saldoso says:

      Não fazes ideia do que dizes!
      Para que uma análise às mutações do virus demonstrasse uma origem nos Estados Unidos isso significaria um surto da doença, sem interrupção, na população dos Estados Unidos semanas antes da China, coisa que não se viu, sendo também algo bem diferente duma propagação deliberada da doença nesses países.

    • David Guerreiro says:

      50 cent army? O PCC já tem contratados em Portugal e não sabíamos

    • José says:

      Outro que delira!

  4. ThornC says:

    race.esa.int
    maps.s5p-pal.com

  5. Leonardo dos santos de Souza says:

    Então o Papa Francisco já sabia da gravidade da COVID19 quando deu aquele tapa na mão da Chinesa.
    não tenho mais duvidas.

  6. Vítor Silva says:

    Não posso! O governo chinês adultera e esconde informação? Estou em choque! Os números deles não batem certo com os de nenhum outro país numa clara impossibilidade matemática?! Não acredito! 🙂 Isto até é divertido.

  7. Carlos Teixeira says:

    Chineses e OMS cumplices nestes assassinios no mundo mundo.

  8. AP says:

    Tanta gente com doutoramentos tirados a ouvir os amigos, e tanta gente a decidir agir por uma simples razão: não têm pachorra para se preocupar e decidem que se estão a marimbar. Vivem às custas dos que se preocupam. Tipo os políticos.

  9. Ana Cristina Biléu says:

    Para mim é óbvio que a China é uma ditadura capitalista egemonica, mas para acusar é preciso ter provas. Essas ainda não são conhecidas, nem podem ser, se o país de origem não for Leal ao passar informação para a comunidade científica internacional.

  10. Joel Paiva says:

    Como é que alguém acredita em ditadores? Como é que alguém acredita em qualquer informação TRABALHADA que sai da China?
    Só não entendo é como que ainda hoje não existem sanções ao Governo Chinês, à OMS, etc.
    Fico furioso só de ver que a China, que causou esta pandemia (propositadamente ou não) é que está a lucrar mais com ela.
    Prefiram produtos nacionais acima de tudo e fujam de produtos chineses. Eu sei que é um pouco idílico mas se nada fizer-mos nada muda!

  11. Rui Martins says:

    Até pode ser verdade, mas a meu ver não ia alterar muito o estado da pandemia porque em janeiro já era conhecido mundialmente o que se passava na china, e o resto do mundo ignorou pensando que se fosse manter naquele continente a epidemia tal como outras no passado, basta ver as declarações dos nossos governantes nessa altura. Os paises só agiram quando começaram a ter os casos já no país. Ainda se gozou muito com os hospitais construidos em dias e etc… Falharam todos neste caso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.