Quantcast
PplWare Mobile

COVID-19: Vai fazer um teste rápido em casa? Tem de saber isto

                                    
                                

Autor: Pedro Pinto


  1. Spoky says:

    Bla Bla Bla… Já estou farto de ouvir covid é todas as semanas a mesma cena! Haja paciência.

    O vírus existe, é conviver com ele e aceitar. Se estão em negação.

    • Vítor M. says:

      Já me fazes lembrar alguém… que tem o país a morrer aos milhares por dia… com esse discurso irresponsável. Não se trata de conviver com o vírus, trata-se de o retirar do corrente da vida das pessoas. É um vírus com potencial letal, de alta transmissão, que deixa mazelas graves, que mudou o conceito de liberdade de mobilidade no mundo moderno. Não se pode, é criminoso, deixar o vírus solto a matar os mais desfavorecidos, os mais expostos. Repara que mesmo com tudo o que se fez, o mundo continua a sucumbir à doença, agora imagina que todo o mundo tinha essa ideia do “aceitar”, morria muita mais gente, como se fosse uma guerra destravada.

      Não digas disparates.

      • antonio duarte says:

        Carto vitor a idade média das Mortes é acima dos 81 anos por COVID-19
        A idade média de vida em Portugal são 81.5 anos.
        Voçe é que não diga disparates, o virus é endémico e vamos ter de viver com ele para sempre.
        Se tiver menos de 60 anos tem mais probabilidade de morrer num desastre de automovel do que por infecção do SARS-CoV-2.
        Morrerem milhares de pessoas por dia é irrevelante se daqui a uns anos vão morrer milhões devido ao patético confinamento que a maioria dos cientistas é contra.
        PARAR IMEDIATAMENTE COM OS POSTS DE COVID NO PLWARE !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

        • Antonio Fuma menos says:

          Olha-me esta sardinha mal passada, “Morrerem milhares de pessoas por dia é irrelevante se daqui a uns anos vão morrer milhões devido ao patético confinamento que a maioria dos cientistas é contra.
          PARAR IMEDIATAMENTE COM OS POSTS DE COVID NO PLWARE !!” que dados tens para apoiar que vão morrer milhões? ou só estas a tentar justificar a tua falta de responsabilidade? eu espero que apanhes e a tua família e vejas todos a morrer lentamente para depois pensares no quão ridículo e pateta és por acreditares nos fake news, para ti a terra é plana.

        • A.F. says:

          Ora, aqui esta alguém com os olhos e mente abertos, e escreveu a realidade que temos que nos habituar.
          O Covid veio para ficar, e se eu morrer ou alguém da minha família é porque não temos resistência para enfrentar o que o Planeta Terra nos dá.

          • A.F. says:

            O meu comentário era referente ao comentário do “antonio duarte” , os outros efectivamente fumem menos e os que não fumam deixem de consumir Ansiolíticos.

        • Vítor M. says:

          antonio duarte, nem sabia que ainda existiam pessoas como o António. Primeiro, os posts sobre COVID de alerta e conhecimento não irão parar, porque há pessoas que querem ser esclarecidas e no âmbito social e da ciência nós queremos continuar a informar. Depois, se o António entende que as pessoas com mais de 80 anos morrem porque tinham de morrer, é de uma deselegância intelectual que dói. É mentira que há mais probabilidade de morrer de acidente que de covid, tendo em conta que mesmo confinados o vírus não deixou de matar, e confinados as pessoas não andam na estrada e, como resultado, os acidentes rodoviários caíram significativamente. Logo, não diga disparates.

          Enfim… é cada artista!

        • SSD says:

          A esperança média de vida para além de ser afectada por pessoas que acabam por morrer mais novas por diversos factores, para além de estar a aumentar, não quer dizer que alguém chega aos 81 e dá-lhe o fanico. Pode não ser caso geral mas até agora só um dos meus avós é que não chegou aos 90 anos. Tive um bisavô que chegou aos 103 e a mulher aos 97.
          Vocês é que têm de parar de dizer disparates e falar como se as pessoas mais velhas não fossem dignas de consideração. Ja para não falar que isto também deixa uns efeitos engraçados em pessoas bem mais novas. Pessoas de 30 anos que ficam cansadas a meio do dia por fazerem os mesmos esforços que antes faziam sem sequer dificuldade é muito normal, sem duvida.
          E não a maioria dos cientistas não é contra o confinamento, é contra o confinamento prolongado como uma solução. Agora em janeiro, por exemplo, foi consenso geral que era preciso.
          Quanto ao último ponto, wix.pt, 5 minutinhos e publica na sua pagina o que quiser (ou pode simplesmente ignorar os posts que não gosta, diria eu)

          • PTO says:

            Exato. Basta ir a um cemitério no funeral de alguém e olhando para as placas nas sepulturas a a maior parte morreu BEM ANTES dos 81 anos.

            Isso dos 81 anos dá jeito é aos governos para aumentar a idade da reforma e assim pagar menos.

        • PTO says:

          Porque não adiantas já o assunto e te atiras de uma ponte abaixo?

          É que para mim também era irrelevante tu ires com o c*r*lho e o mundo ficava melhor com menos um imbecil a polui-lo.

          Pensa nisso, provavelmente é e tua única hipótese de teres alguma utilidade neste planeta.

        • jorgeg says:

          +1
          na volta recebem pasta do costa para promover o virus da ccp!

          • SSD says:

            Ccp? O que é isso? Correios da Covilhã e Penafiel?
            Uma pessoa devia era receber por ter de ler as tuas teorias

      • Spoky says:

        Ok Vítor, vamos negar que o vírus não existe. E não anda por ai.

        Vamos permitir que as pessoas comprem testes rápidos que podem não ser fiáveis e se derem todos negativos, bora todos fazer uma festa la em casa! Siiga.

        Depois colhem-se os resultados. Quem sabe, este teste não seja tão fidigno e as pessoas usam este teste como forma de desculpa para criar festas, eventos, aglomerados de pessoas.

        Obviamente que é disparates, nunca passará esta ideia na cabeça de alguém.
        Até porque quando o COVID chegou, ninguém fez festas ilegais todos respeitaram.

        Por isso concordo é um disparate, ninguém fez nada de festas, nem nada semelhante.

        • Vítor M. says:

          Vamos ter mesmo uma conversa deste tipo? “vamos negar que o vírus não existe. E não anda por ai.”

          Sejamos honestos e objetivos: o vírus apareceu, matou milhões, obrigou a confinar países, destruiu negócios e causou um impacto social como nenhum outro vírus o fez. Negar isto, com um discurso do tipo “é uma gripezinha, ou o vírus existe, é conviver com ele e aceitar” é de uma desonestidade intelectual atroz.

          Depois continuas a usar argumentos sem sentido “Vamos permitir que as pessoas comprem testes rápidos que podem não ser fiáveis e se derem todos negativos, bora todos fazer uma festa la em casa! Siiga.”

          Tu sabes lá se são ou não fiáveis. Não sabes. Aliás, tudo o que for útil para a sociedade ganhar liberdade para voltarmos a uma vida “mais normal” é bem vindo. Há milhares de pessoas sem emprego, empresários em grandes dificuldades, pessoas que já não têm de comer. Todas estas ferramentas que possam ajudar, venham elas.

          Muitas festas ilegais, presumo, são perpetradas por pessoas que tinham a mesma ideia que tu, que tinham de conviver com o vírus e os seus comportamentos submissos espoletaram depois as crises. Crises essas que depois são pagas pelo erário através dos orçamentos dos hospitais.

          Pior que isso tudo é outras pessoas que, como podemos ver, dizem disparates aos montes, como se as mortes das pessoas acima dos 80 anos fosse uma obrigação, pessoas de uma desonestidade que até assusta.

          Sejam responsáveis até nas ideias que partilham.

    • LR says:

      Estás farto, mas vens logo a correr comentar em todos os posts que falem sobre COVID. É um pouco incongruente, não?

    • j says:

      Quanto andam com estas palhaçadas não vejo os do brasil a investigar a amazónia contaminada com essa doença e só pensam que foi a china, e isso foi mentira.

    • PTO says:

      Se fosse paleio sobre futebol se calhar não te queixavas.

  2. Sardinha Enlatada says:

    O problema deste virus e que o pos-covid nada vai ser como antes. Convencam-se dissso infelizmente. Antes era questao de seguranca nacional tudo era permitido agora e um virus que permite que se facam as coisas mais barbaras na humanidade nas pessoas, e tudo isto controlado pelos media que nao aceitam outro tipo de criticas. Apenas a verdade deles interessa, e esta-se a ver o resultado na populacao, por isso continuem a acreditar no pai natal. Ainda gostava de saber a opiniao de especialistas, em relacao ao virus criar mazelas. Entao o Ronaldo ficou infectado, entre outros desportistas, e o gajo corre que nem um cavalo. Alguma coisa estranha se passa, foi sorte nao ter criado mazelas ? Me engana que eu gosto.

    • SSD says:

      https: //maisfutebol.iol.pt/internacional/inglaterra/pogba-apos-recuperar-da-covid-19-corria-e-parecia-que-asfixiava#/

      Claro, porque toda a gente tens os mesmos cuidados e a mesma capacidade física de um desportista profissional. Contudo deixo-te ai outro exemplo que não correu assim tao bem e que demorou bem mais a recuperar.

      • Sardinha Enlatada says:

        SSD es engracado, noticias de opinioes de outros medicos fora dos sites oficiais sao mentira. Noticias de futebolistas de sites que nunca ouvi falar ja sao verdade. Certo. Entao explica-me la porque esse futebolista ficou com mazelas e o Ronaldo nao ? Se conseguires obviamente.

        • SSD says:

          Oi? O que é uma coisa tem a ver com a outra? Mas se quiseres ponho-te a entrevista original em inglês para veres.
          Da mesma forma que eu curo uma gripe em 2 dias e se calhar a minha mãe demora uma semana e mesmo assim não fica a 100%. Da mesma forma que houve jogadores que ao final de 4, 5 dias já tinham curado o vírus e o próprio Ronaldo demorou 3 semanas. O mesmo virus ataca diferentes pessoas de modos diferentes.

  3. Sardinha Enlatada says:

    Hoje em dia o photoshop faz milagres ahaha. Me engana que eu gosto. Next.

  4. j says:

    “Tem de saber isto”
    Não tenho de saber nada, quero a vacina já e calem-se!

    • Alvim says:

      Ofereço-te a minha AstraSoneca para de teres sono eterno.

      Queres? Envia mail.

      • A.F. says:

        “j” não levas uma nem duas ,mas sim três pelo preço de uma, também podes ficar com a minha. Espero que fiques corado até ao final dos teu dias.

    • A.F. says:

      “j quero a vacina já” não levas uma nem duas, mas sim três pelo preço de uma. Espero e desejo que fiques imune até ao fim da tua vida com as três vacinas.
      Contacta-me porque estou ser sincero com a minha oferta.

  5. Alvim says:

    Há uma coisa que não percebo.
    Se eu tiver algum sintoma falo com o meu médico e ele dá-me acesso a um teste covid PCR GRATIS.
    Na farmácia uma caixa custa 300€ tens de fazer a ti próprio e caso sejas positivo tens de fazer um outro teste PCR. Se for negativo não serve de prova em lado nenhum que o exija.

    Por isso pergunto…para que servem estes testes além de ser para gastar €€€€€€ ?

    • Nightingale says:

      Para calar os chatos que queriam os testes por tudo e por nada, para ganhar algum dinheiro com IVA e para as pobrezinhas das farmácias e empresas farmacêuticas ganhar uns “trocos”.
      (Tenham juízo e liguem para a linha de saúde 24 que ela agora está vazia. Se não prescreverem o teste, é porque a probabilidade de estar infetado é pequena. Os enfermeiros que estão lá sabem bem quando precisam ou não de prescrever os testes)

    • PTO says:

      300€? LOL
      Que andaste a beber?
      É cada ignorante!

  6. C.S. says:

    Mandamentos covid.
    – Teme a covid acima de todas as coisas.
    – Nunca duvides do que dizem os especialistas.
    – Acusa e condena ao opróbrio quem pensa e age de forma diferente.
    E isto digo eu:
    – Perdoai-lhes Senhor pelas parvoíces que publicam.

  7. Nuno Novais says:

    Eu raramente venho venho aqui fazer comentários, mas cada vez mais incomoda-me, inquieta-me e até enoja-me as formas de ver esta pandemia aqui como em vários sitios por aqueles mencionados como ‘negacionistas’ ou como eu chamo-lhes simplesmente de idiotas. O mal é que cada vez eles são em maior numero aqui como um pouco por todo o mundo. Do alto da sua cadeira onde pesquisam ávidamente sites e foruns supostamente cientificos, começam a criar uma opinião, uma visão deste mundo completamente baseada em teorias da conspiração, seja a ligeireza com que tratam a Covid-19 (já houve grupos a invadirem UCI’s para ‘provar’ que era tudo fake!!! enganaram-se…), outros alimentando-se do movimento Qanon acham que os socialistas em todo o mundo são pedófilos e que andam a papar criançinhas e Trump seria o salvador e libertador, outros afirmam preto no branco que o 11 de setembro foi criado pelos americanos, que nunca fomos à lua e como se isso não fosse suficiente, temos de lidar com os terraplanistas que estão convictos que a terra é plana!!! havendo casos de pessoas a meterem-se em barcos para o provarem ou a fazer fundraisings para o provar numa expedição não sei muito bem aonde…. isto tudo para dizer que meto esta gente toda no mesmo saco, e fico atónito com a evolução cientifica agora começe a haver cada vez mais gente nestes grupos.
    Quanto à Covid-19 que alguns daqui desvalorizam, ou que é algo que temos de lidar sem os miseraveis confinamentos, doa a quem doer, sobretudo aos velhinhos apenas deixo alguns apontamentos:
    1 – Isso de dizerem ridiculamente que Ronaldo teve Covid e corre como um cavalo é um caso, quantos desportistas ou pessoas normais ainda lidam com o cansaço meses depois da doença? perguntam ao Pogba, ao Pizzi, e a muitos outros…
    2 – Apesar da maior mortalidade ser nos mais idosos, os quais por tudo o que fizeram na sua vida têm os mesmos direitos e mais alguns e serem olhados como seres HUMANOS, a verdade é que as sequelas em todas as faixas etárias que estão ocorrendo, no futuro serão bem mais graves que mais onerosas de se tratarem, desde problemas respiratórios, problemas do foro neurológico, problemas cardiacos, pessoas a necessitarem de fisioterapia… junto isso à muito maior taxa de mortalidade da Covid face à Gripe, ainda querem comparar as duas doenças???
    3 – Se com o confinamento agressivo como este, conseguimos baixar duma situação verdadeiramente explosiva onde morriam 300 pessoas por dia em portugal vitimas de Covid-19 para a situação em que estamos agora, onde já não tinhamos capacidade de tratar mais pacientes Covid, quanto mais pacientes com outras patologias, ficou provado que resulta o confimaneto, ah! e as mascaras como para aí também afirmam de forma catedrática que não funcionam, porque será que a gripe este ano simplesmente não existiu??
    Portanto, para além de criticarem e falarem como pseudo epidemiologistas, gostava sim que dessem ideias de como resolver a equação… que fazemos então? deixamos o virus andar livre e fazemos a nossa vidinha? Em que estado ficariam então os hospitais? tratariamos apenas os que supostamente teriam mais hipoteses de sobreviver e diriamos à maioria : ‘Temos pena mas voçê não preenche os requesitos necessários para dar entrada no hospital, agora por favor regresse a casa para morrer que temos mais pessoas para dizer o mesmo’, quantos casos teriamos nós por dia? e as restantes patologias como seriam tratadas?
    Peço desculpa, eu estou a colocar esta questão apenas aqueles que acham que vivemos numa pandemia mal gerida, os que acham que isto tudo é uma encenação ou mais uma teoria da conspiração, que o Bill Gates é que está a encher os bolsos ou que a vacina introduz um chip para nos controlar, por favor esqueçam a pergunta….
    Apesar de como sempre, face a catástrofes, termos dado um grande salto cientifico, onde conseguimos criar vacinas com mais de 90% de eficácia (algo rarissimo de acontecer, a da gripe tem menos de 50%), onde essa mesma tecnologia foi acelerada e de futuro ajudará a criar tratamentos e vacinas contra vários tipo de cancro, vivemos numa sociedade cada vez mais bizarra, cada vez mais estranha, numa sociedade petulante o que no meu ver é uma regressão da sociedade face aos avanços tecnológicos e cientificos que vamos tendo…
    Já agora, gostaria de saber onde fica o estudio onde estão a gravar o filme do novo rover que anda por marte…
    Peace.

    • C.S. says:

      Podias falar da Suécia, já que és tão esperto. Lá não se estupidificou o povo e apresenta números finais melhores que os nossos.
      E quanto aos negacionistas penso que têm tanto direito a falar como os covidistas, ou só tu é que tens o monopólio da esperteza?

      • LR says:

        Ui, agora mudaste para a Suécia? Primeiro eram os números da gripe. Depois era o exemplo da Noruega. A seguir vem o quê?
        Tens razão quando dizes que os “negacionistas penso que têm tanto direito a falar como os covidistas”, mas a pergunta que fazes aplica-se também a ti, certo?
        Porque é que tu (negacionista) te achas mais espero que os outros (covidistas)? EM que te baseias para afirmar que a tua certeza é superior à dos restantes? Que dados científicos validados sustentam as tuas certezas? Provavelmente vais apresentar uma lista de “experts” como os “médicos pela verdade”, ou páginas de Youtube com origens “cientificas” )as aspas são propositadas).

        E, para terminar, utilizar o termo negacionista para os que não acreditam no virus, enquanto usas o termo “coviditas” para os que acreditam, não será um pouco parvo? Ou é reflexo da vossa maneira (sobranceira) de ser?…

      • LR says:

        Já agora, não rebateste nada do que o Nuno disse. Porque será?
        P.S.: se calhar, só se calhar, os Suecos são mais cumpridores das regras impostas, não havendo necessidade de ir mais longe em restrições. Ou, se calhar, não têm “médicos pela verdade” ou coisas semelhantes…

        • C.S. says:

          Pela tua argumentação vê-se que és um gajo esperto.
          Não tires as palas dos olhos, nem utilizes o neurónio que não vale a pena.
          Vai lá apanhar a astra soneca que é para não apanhares o vírus.

          • LR says:

            Vá, vai p’ra dentro, não te incomodes. Beijo no recalque…

          • LR says:

            E, para terminar, pelo menos tenho um neurónio. O que fizeste ao teu? Vendeste-o?…

          • Nuno Novais says:

            Enquadras-te bastante bem no perfil… um toque de agressividade, uma pitada de arrogância e tudo o resto que ‘desabafei’ acima.
            Para que saibas, não tenho monopólio de nada , todos têm o direito a exprimir a sua opinião, no caso da ‘gripezinha’ como voçês dizem, o grande problema é que a VOSSA opinião reflecte muitas vezes o comportamento social que têm quanto à doença! Lascismo, o não cumprimento das regras básicas de higiene e das regras impostas, e isso acima de tudo é criminoso porque foi por comportamentos desses que em muitos países, não só Portugal, morreram pessoas que não precisariam de morrer caso todos cumprissem as normas e não fossem no discurso acéfalo dos seus lideres como Brasil ou EUA… Porque será que a Ásia (olha que Ásia não é só a China….) passou incólume à 2ª e 3ª vaga? Sabes o segredo da Nova Zelândia e Austrália? Não te vou dizer, abandona os fóruns que respiras e procura….

          • Nuno Novais says:

            Já agora, ainda não vi um, um negacionista que propusesse uma solução alternativa realista, exequível e que não fosse pior a nível de infetados, mortos e pressão sobre os hospitais. Se calhar porque até as 900 camas que tivemos devem ter sido uma montagem…
            Por fim, de todos os negacionistas aqui presentes que ponham a mão no ar aqueles que tiveram algum familiar que morreu de Covid-19.

      • SSD says:

        Falas á tanto tempo da Suécia que já podias ter aprendido mais umas coisinhas sobre a mesma
        Sabias por exemplo que a constituição não permitia o confinamento fosse de que forma fosse, ou o condicionamento de horas de funcionamento de estabelecimentos por exemplo. Algo que eles alteraram entretanto, exactamente por verificarem a necessidade de medidas mais fortes.
        Compara com o resto dos paises nórdicos e a Suécia é um desastre em números, só que isso não convém porque esses paises também impuseram varias medidas nao é?

        E tal como o outro utilizador disse se o povo não quer ser estupidificado que não seja estupido, que não faça o que fez no Natal ou até no confinamento, que até festas swing a PSP teve de interromper… Mas deviam estar com protecção deve chegar…

  8. Nuno Novais says:

    Gostaria de saber porque o meu comentário ainda encontra-se em moderação quando muitos outros já depois da hora de envio do meu foram publicados….

  9. Alvim says:

    Ó Nuno Novais o que é que os teus posts tem a ver com testes na farmácia!!!!

    • LR says:

      O mesmo que os do C.S., do Sardinha Enlatada, do Spoky, etc…

      • C.S. says:

        Ó LR não ostentes mais a tua ignorância. Vai lá ver o que é um vírus e não abras mais a boca para dizer asneiras.

        • LR says:

          Olha lá, mas t conheces-me de algum lado? Andámos juntos na escola?
          Se alguém aqui anda a demonstrar um nível de ignorância crassa, esse alguém és precisamente tu!
          Inicialmente eras contra o confinamento porque, note-se bem, se tu estavas em layoff, todos tinham que estar. Até dizias que aceitavas todas essas medidas se todos as tivessem.
          Depois andavas para aqui a arrotar com os números da gripe, que as infeções e, principalmente, as mortes por COVID eram muito inferiores às provocadas pela gripe sazonal. Quando a realidade demonstrou que estavas errado (infelizmente), passaste para os óbitos por outras enfermidades (faltou-te ir buscar os números da peste negra).
          Depois, em pleno amuo, foste buscar os números da Noruega. Entretanto, andaste desaparecido por uns tempos (espero que tenha sido por teres voltado profissionalmente ao ativo).
          Agora, como os números da Noruega já não são exemplo, apontas as baterias ao comparativo com a Suécia. Quem vem a seguir, o Burkina Faso?
          No fundo, andas desde o inicio a demonstrar a tua total ignorância nesta matéria.
          Não sei o que fazes, mas que fazes mesmo a mínima ideia do que andas para aqui a cacarejar, isso já toda a gente apanhou. Outros haverá que sabem do que falam, com bases cientificas (independentemente de se concordar ou não), mas esse não será o teu caso.
          Foste daqueles idiotas irresponsáveis que andou hoje à tarde a manifestar-se contra as medidas em vigor? Os tais negacionistas que dizem que isto é tudo uma grande mentira?
          Posto isto, não voou gastar mais a pele dos dedos contigo. Um burro só é burro enquanto lhe derem palha, e eu não me apetece dar-te mais palha. Pode ser que assim fiques menos burro (com as devidas desculpas ao animal, que é bem mais inteligente que muitos que por aqui andam)

      • C.S. says:

        Eu logo vi que eras um burguês do tele trabalho, por isso falas de barriga cheia.
        Estão os desgraçados dos confinamentos a pagar o teu ordenado.

        • SSD says:

          Os “desgraçados” do confinamento que, muitos estão a receber uma parte do estado é que estão a pagar o ordenado do pessoal que está em teletrabalho que está a receber normalmente e por consequente a descontar normalmente?? Nem é o meu caso mas acho que quanto muito era o contrário que acontecia

        • LR says:

          Não, uma vez mais, estás completamente errado. Nunca estive em lay-off nem em tele-trabalho.
          Continuei a exercer a minha profissão como sempre, durante todo este tempo. Sem receber mais nada do que o sempre recebi e recebo.
          E, mais uma vez, dentro do teu registo habitual medíocre, na falta de argumentos reais tangíveis, passas ao ataque pessoal e ao insulto.
          Mas isso não é nada de novo em ti, não é?
          Pronto, já te dei mais um pouco de palha. Agora tenta arranjar palha por ti próprio, está bem?

    • Nuno Novais says:

      Tens razão, no meio do desabafo esqueci-me de falar sobre os testes… a meu ver sem sentido nenhum de serem feitos em casa à medida do freguês que passa no continente e mete um no carrinho… com a recomendação de comunicar um resultado positivo ou inconclusivo? esta parte é de rir!
      Deveriam estar disponíveis à venda em apenas farmácia, sendo feito por farmacêuticos e comunicados os resultados pelos farmacêuticos, isso sim.
      Isto é demasiado importante para deixar nas mãos do tuga comum fazer bem, fazer assim assim e dizer ou não dizer, isto não é um teste de gravidez em que o sns quer lá saber o resultado que dá…

      • SSD says:

        Pois a segunda parte é que é preocupante. A pessoa pode ter o teste positivo e “cagar e andar”. Ou se tiver um contato pede para a mulher, filho, gato fazer o teste e anda com um “falso negativo” por aí com o virus positivo.
        De facto disponibilizar o teste em farmácias por exemplo seria uma ideia muito melhor, com um especialista a fazer e a consultar o resultado. Infelizmente já tive mais fé na responsabilidade do Zé Povinho.

  10. Sardinha Enlatada says:

    Querem ver as mentiras a comecarem a desmoronar-se ? Nao falaram que os asmaticos e os diabeticos eram doentes de risco ? Doentes de risco significa o que ? Que vao cair nas UCI ? Se for isso porque e que eu conheco uma diabetica que apanhou o virus. Alias nem sei se apanhou mas fez teste e deu positivo mas nao tem sintomas e nao lhe aconteceu nada. Nao estou a entender o que a comunicacao social anda a dizer as pessoas. Entao essa diabetica teve sorte foi ? Enfim sao so mentiras que se veem na televisao, e aqui tambem, ha uns artistas que em periodo de confinamento vem para aqui a continuar a alimentar a mentira.

    • SSD says:

      Então nem tens a certeza se ela apanhou o virus mas já poes tudo em causa porque uma pessoa que pode ter apanhado o vírus ficou bem. E ainda perguntam porque questionam os negacionistas…
      Para além de haver vários tipos de diabetes (se a tua amiga não tiver crises ou seja tiver os valores controlados, corre pouco mais risco que uma outra pessoa normal), depende do impacto que o vírus tem no sistema dela, pelos vistos está assintomática ou seja a carga viral será mais fraca apesar de tudo. E por fim tens a questão da idade.
      Ou sim, é tudo mentira e a TV e o governo estão-se a divertir a pregar uma partida a nivel mundial ao povo, o que fizer mais sentido para ti

  11. Sardinha Enlatada says:

    Tu tens sempre resposta para tudo neh ? Pagam-te para andar a dizer disparates ? Entao agora o virus e selectivo para os diabetes ? Entao nao venham dizer na televisao que essas pessoas sao pessoas de risco. Nem sabem o que inventar mais. Sao isso e as mazelas. E como e que tu sabes essas coisas dos diabeticos ? Es medico por acaso ? Ou so gostas de lancar a tua opiniao ?

    • Nuno Novais says:

      “Se for isso porque e que eu conheco uma diabetica que apanhou o virus. Alias nem sei se apanhou mas fez teste e deu positivo mas nao tem sintomas e nao lhe aconteceu nada.” “Entao agora o virus e selectivo para os diabetes ? ” UM caso não é lógicamente o todo, isto é quando se diz que pessoas com comorbilidades como diabetes, obesidade, problemas cardiacos ou respiratórios são doentes de risco significa que têm uma MAIOR probabilidade de ter a doença no seu estado mais grave, não é um atestado de morte. Vou explicar-te duma forma mais simples, vais numa estrada nacional a 140 Km/h, tens maior probabilidade de ter um acidente certo? no entanto se fores a 50 Km/h tens muito menos probabilidade, no entanto nada impede que venha um louco de frente e te mande pro hospital, como também se todos forem a 140 Km/h muitos terão acidentes mas um ou outro lá terá sorte de não ter…. acho que é facil de perceber o conceito, podes também aplica-lo às vacinas, é tudo uma questão de probabilidades versus amostragem, 30 tromboembolismos em 300.000.000 de vacinas (300 milhões) , é NADA.
      Por fim se duvidas que a senhora diabética tinha contraído algo então responde-me:
      No pico da nossa pandemia quem ou o que estava a ocupar as 900 camas de UCI e 6700 camas de internados e se eram realmente pessoas, qual era a sua doença?

  12. Sardinha Enlatada says:

    Voces nao entenderam a questao do meu comentario ? Mais uma vez tenho de fazer desenhos. A comunicacao gosta de brincar com as palavras, dizem que os doentes de risco sao asmaticos e diabeticos. Nao falaram que uma percentagem de diabeticos e asmaticos sao doentes de risco. Entendem a diferenca ? E assim gostam de enganar as pessoas com meias verdades. Quanto as camas ocupadas no UCI vai la nos hospitais e pergunta aos medicos.

    • Nuno Novais says:

      Isso é uma anedota certo?? Tenho familiares e amigos quer médicos como enfermeiros que encontram-se em unidades Covid numa luta diária para salvar vidas! Neste caso vai TU, pede uma visita guiada, sem máscara como voçês defendem, e aí talvez o karma funcione! Desisto, há pessoas que realmente gostam de viver enlatadas dentro da sua própria visão distópica no mundo, da sociedade….
      É por casos como este que defendo o aborto e a castração quimica…

      • C.S. says:

        Ora aí está um comentário esclarecido e esperto.
        Se o aborto fosse proibido não tinhas nascido.

        • LR says:

          Nuno, não vale a pena. Enquanto que o Spoky e o Sardinha Enlatada defendem a negação do virus e suas consquências, sem ofender ninguém (às vezes resvalam, ok, mas é raro), o C.S. limita-se a destilar ódio a todos os que não condenam a 200% as medidas de confinamento, fazendo ataques pessoais de nivel boçal, seja aqui seje no Facebook ou nos comentário das noticias do SAPO. E tudo porque, como esteve/está em lay-off, acha que todos deveriam estar também nas mesmas condições dele, todos em lay-off, porque assim é que deveria ser. Só que se esquece que há quem não possa estar em lay-off, e/ou nem sequer possa estar em tele-trabalho. E que a parte do vencimento dele suportada pelo estado vem das contribuições fiscais de todos, principalmente daqueles que não estão em lay-off (seja em tele-trabalho, seja em atividade normal).
          É o tipo de pessoa conflituosa, ressabiada e frustrado, com um sentimento de inferioridade acentuado, sentimento esse que tenta compensar com a sua postura (pseudo) agressiva. Ou, em português corrente, tem a mania que é o maior da aldeia dele, quando na realidade é precisamente o inverso. Acho que daria um interessante case-study psiquiátrico.

        • C.S. says:

          Tens razão os meus pais não puderam. A tua mãe teve mais sorte, foi a Espanha para te fazer,porque cá era proibido.

    • SSD says:

      Como é que estão a brincar com as palavras quando os diabéticos são o segundo grupo com mais mortes por Covid? Tu negares isso porque uma pessoa ficou bem é que é brincar com a palavras.
      Dizer que os mais velhos, obesos e cardíacos são os principais grupos de risco, não quer dizer que vão todos automaticamente falecer por apanhar o virus. Quer dizer que vão ser os que vão passar por mais dificuldades, por norma.

  13. Sardinha Enlatada says:

    Ah e ? Entao e onde andam esses numeros ? tabelas, graficos, ou so tu e que tens essa informacao ? Bonito era a comunicacao social divulgar as mortes anuais com e sem covid, ou para ti so te interessa o covid ?

    • Nuno Novais says:

      Sardinha, continuas sem responder às perguntas que faço-te, sei que é dificil. Mesmo assim, respiro fundo e prossigo, tabelas, faz tu a pesquisa, há vários sites fidedignos com essa informação, SNS, INSA, OMS, EMA e afins. Já se sabe e foi divulgado pelos famigerados media as mortes anuais com e sem covid, o INSA faz isso muito bem, e lógicamente que tivemos um acréscimo de mortes sem ser covid, talvez ainda mais que as mortes por Covid, porque simplesmente o SNS não consegue acudir todos, os maiores hospitias do país ficaram quase em exclusivo a funcionar como unidades Covid, consultas, exames ficaram aos milhares por fazer, e isso lógicamente reflecte-se na mortalidade agora e pior, vai-se refletir na mortalidade nos próximos anos. Agora, imagina se deixássemos circular ainda mais o vírus, não usarmos mascara, não fazermos confinamento, não termos as regras de distanciamento social e etc, seria como um palheiro a arder!! Iriamos certamente competir com o que se passa na Amazónia neste momento ou ainda pior (Se é que não achas que lá é mais uma montagem dos media….), e então aí é que ias ver os números de mortos fosse a patologia que fosse subirem em flecha! Juro, não sei como não conseguirem perceber isto…

      • Sardinha Enlatada says:

        SSD uma pergunta basica, consegues perceber a diferenca entre um site de noticias com a divulgacao de numeros numa tabela ? Acho que nao.

        • SSD says:

          E tu precisas de desenhos para conseguir retirar informação?? Se nem a notícia de um hospital é suficiente para ti, não vou estar a perder á procura de informação que tu vais arranjar qualquer argumentação para refutar. Mas tem piada para os negacionistas, o eu “conheço alguém que” é prova que chegue e os outros têm de acreditar e aceitar, agora os outros têm de apresentar gráficos, tabelas e tudo muito bem explicado se não não serve. Tal como diria um amigo meu, que gosta de brincar aos advogados durante a semana, o ónus da prova está do teu lado, tu é que estás a tentar lutar contra um facto “estabelecido”, tu é que tens de provar que esse facto é falso.
          Eu também conheço alguém que adorava saltar da ponte da aldeia dele e hoje anda bem, mas não responsabilizo se tentares fazer o mesmo e correr mal que é o equivalente ao que te estás a dizer.

  14. Nuno Novais says:

    Sardinha, continuas sem responder às perguntas que faço-te, sei que é dificil. Mesmo assim, respiro fundo e prossigo, tabelas, faz tu a pesquisa, há vários sites fidedignos com essa informação, SNS, INSA, OMS, EMA e afins. Já se sabe e foi divulgado pelos famigerados media as mortes anuais com e sem covid, o INSA faz isso muito bem, e lógicamente que tivemos um acréscimo de mortes sem ser covid, talvez ainda mais que as mortes por Covid, porque simplesmente o SNS não consegue acudir todos, os maiores hospitias do país ficaram quase em exclusivo a funcionar como unidades Covid, consultas, exames ficaram aos milhares por fazer, e isso lógicamente reflecte-se na mortalidade agora e pior, vai-se refletir na mortalidade nos próximos anos. Agora, imagina se deixássemos circular ainda mais o vírus, não usarmos mascara, não fazermos confinamento, não termos as regras de distanciamento social e etc, seria como um palheiro a arder!! Iriamos certamente competir com o que se passa na Amazónia neste momento ou ainda pior (Se é que não achas que lá é mais uma montagem dos media….), e então aí é que ias ver os números de mortos fosse a patologia que fosse subirem em flecha! Juro, não sei como não conseguirem perceber isto…

    • Sardinha Enlatada says:

      Nuno tu e muitos como tu usam o mesmo argumento para justificar as medidas contra o virus. Ah e tal se nao houvesse confinamento o numero de mortes eram maiores. Onde e que eu ja ouvi isto ? Ou sabe-se la poderiam ser os mesmo. Nao sabes enquanto o pais nao passar por situacoes diferentes do confinamento. Isso mais parece as previsoes do estado do tempo. Umas vezes acertam outras e ao lado.

  15. informado says:

    A covid 19 mata. Acho estes testes uma coisa inútil. As pessoas metem a zaragatoa pelo nariz acima e comos abem qaundo chega ou que duração tem ? Quem tem de fazer estes testes são os enfermeiros ou médicos. Uma pessoa tem os conhecimentos técnicos para fazer o teste?

  16. Nuno Miguel Rocha Novais says:

    Não são previsões do estado do tempo, se bem que eles acertam muito mais do que erram.
    Repara, o que aconteceu desde o Natal para cá responde precisamente à tua dúvida. Senão ora vejamos, antes do Natal estavamos semi confinados mas os numeros mesmo assim acima do que era desejdo e expectável, mesmo assim o 1º Ministro passa um livre passe para o Natal, tudo seria permitido, resultado: casos e mortes disparam, volta o confinamento aos bochechos no inicio do ano, resultado: os casos e mortes não abrandam, face a isso regressamos ao confinamento total com escolas a fechar, e, magia…. os casos começam a descer abruptamente até agora. Que outra forma poderia haver? eu canso-me de fazer-te perguntas sem respostas.
    Como já disse mil posts acima os paises que melhor se safaram, asiaticos, nova zelandia e australia foi por uns fazerem confinamento agressivo e outros por fazerem confinamentos e por um enorme respeito pelas normas impostas, coisa que está-lhes no sangue asiático.

  17. Alexandre says:

    Os anormais e irresponsáveis que têm comentários do tipo “é só uma gripezinha, temos que conviver com o vírus..bla bla bla, deviam era ficar no desemprego; não ter que comer; perder negócios; ter um filho ou outro familiar infetado e em estado grave, internado no hospital…etc etc. Ai, queria ver se a opinião não mudava logo. Tenham vergonha e ganhem juízo! Não estamos a falar de uma brincadeira qualquer, isto é sério. E com muita pena minha, de pessoas que pensam desta forma e que não se protegem a si para poderem também proteger outros, Não tenho pena nenhuma. Deixem de ser estúpidos, a saúde não tem preço. Esta doença mata ricos e pobres e sabe-se lá as consequências que os vivos infetados terão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.