Quantcast
PplWare Mobile

COVID-19: Portugueses desenvolvem teste de saliva ultrassensível

                                    
                                

Autor: Pedro Pinto


  1. ervilhoid says:

    agora falta aprovar..

    no início vimos portugueses desenvolverem ventiladores baratos e depois vemos autarquias a comprar ventiladores por balúrdios e agora nem funcionam

    • Miguel Gomes says:

      Acontece muito não saberem trabalhar com os ventiladores por causa da documentação estar em língua estrangeira (chinês muitas vezes…).

      Esses ventiladores baratos sabia-se que nunca iriam chegar ao mercado, qualquer aparelho medicinal tem de passar por um longo processo de testes e aprovações que custam muitos €€€€, ou os criadores têm muito dinheiro ou algum investidor vê ali uma oportunidade de negocio e trata de toda a burocracia e custos.

      Também foram milhares de projetos a aparecer em simultâneo, pois o mecanismo e conceito do ventilador é bastante simples até, é uma espécie em ambu automático (conceito em que a maioria dos projetos se baseava), mas um ventilador moderno faz muito mais que isso, são máquinas extremamente complexas.

      • ervilhoid says:

        Os ventiladores no Algarve também estão parados por falta de requesitos de segurança, deviam ter verificado isso 1º

        já agora os ventiladores portugueses e baratos, não seria melhor do que nada numa situação crítica?

    • joao silva says:

      “Portugueses desenvolvem teste de saliva ultrassensível” Portugueses não.
      Investigadores do laboratório de Medicina do Genoma do Instituto de Biomedicina (iBiMED) da Universidade de Aveiro (UA).
      Há que dar o mérito a que trabalha e merece.

  2. Helio says:

    Em setembro passado, quando fiz o teste com zaragatoa, foi-me também feito um teste experimental com gargarejo de agua.
    O laboratório foi a Synlab

  3. MaduroFDP says:

    Estão vcs a divagar.

    Isto é consequencia direta das informações que sairam ontem por causa dos testes a covid por via anal.

    Nos os tugas aplicamos o ditado popular ….. “Quem tem cu tem medo”… e traaazzzz .. teste sem ter de nos ser enfiado palito nenhum por orificio nenhum… petaaaaaaaaaaaculo!!

  4. Antonio says:

    Achei alguma graça à “robusta tecnologia de RT-PCR”.
    Serão daqueles que dão positivo à Coca-Cola, Papaia ou óleo de motor?
    Até a OMS tem algumas dúvidas na eficácia: https://www.who.int/news/item/20-01-2021-who-information-notice-for-ivd-users-2020-05

    • p_t says:

      Essa nota da OMS é só um conselho técnico que funciona como chamada de atenção. Não põe em causa a tecnologia, nem dá nenhuma novidade.

      Não sabes do que estás a falar, mas vens mandar postas de pescada sobre o que achas que a OMS pensa do assunto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.