Quantcast
PplWare Mobile

COVID-19: Portugal está a vermelho no mapa europeu

                                    
                                

Autor: Pedro Pinto


  1. Luis says:

    Vejam a segunda vantagem no vídeo… é por isso que estamos a vermelho:

    https://www.youtube.com/watch?v=nq-Ykvsscg8

  2. Bruno Mota says:

    A situação é tão grave que há mortos espalhados pelas ruas, em edifícios, hospitais, por todo o lado praticamente.
    Os serviços funerários não têm mãos a medir com tanto serviço, de tal forma que milhares de empresas funerárias foram criadas desde o início da pandemia.
    E até às crianças são afectadas como diz o governo, há milhares de crianças mortas. A tal ponto que muitas escolas estão fechadas por falta de alunos.

    Certo? lol eh eh

  3. says:

    Está vermelho porque somos um povo benfiquista e o resto é treta.

  4. Nunnx says:

    Já deixou de ser somente um problema médico e passou a ser um problema de matemática.
    Não hajam duvidas de que teremos de ser todos vacinados para evitar os internamentos mas enquanto não estivermos todos infetados o problema não se resolve.
    E com vacinas ou sem vacinas… seremos todos infetados! Mais cedo do que tarde seria melhor.

    • José Machado says:

      Oi?
      Ficar infectado não lhe dá imunidade meu caro.
      Da-lhe anti-corpos durante 3-6 meses, depois pode ser infectado novamente.
      Fica aí o link para fazer o fact check.
      https://exame.com/ciencia/anticorpos-da-covid-19-duram-apenas-tres-meses-diz-oxford/

      • Nunnx says:

        Teremos de ser vacinados a cada 3 ou 4 meses até à formação de um cluster que contorne a doença grave e a morte, não a infeção per se.
        O modelo já estará a ser implementado em diversos países e é baseado no mesmo modelo que permite a contagem estatistica de estrelas num determinado quadrante da galáxia. Conseguirão asssim determinar o numero de internamentos e de mortes associadas.
        Daí a ideia da vacinação obrigatória, na Alemanha por exemplo.
        Tudo se encaminha para a adopção global deste sistema.
        Não gosto, acho de uma grande frieza mas a gestão dos grandes numeros é realmente fria e desapaixonada.
        Vamos ver…

  5. CRP says:

    Devemos ouvir todas as vozes para formar uma opinião, a imparcialidade tem que existir, se queremos 100% de vacinados.

    “Palhaços Pobres e a Historia da Carochinha.
    Passamos de uma sociedade aberta e livre para uma sociedade em que são os organismos do Estado a conceder a seu critério permissões de liberdade condicionada.
    Tratam-nos como palhaços?
    Vai ficar tudo mal?”

    vimeo.com/652534339

  6. Lucas says:

    “formação em massa’, um tipo de hipnose coletiva essencial para o surgimento de regimes totalitários.”

    https://www.youtube.com/watch?v=IqPJiM5Ir3A&t=10s

  7. Marco Duarte says:

    Mais um que faleceu da doença da moda “morte subita” é normal sempre morreu gente nao é verdade https://www.publico.pt/2021/12/03/sociedade/noticia/morreu-pedro-oliveira-exdirector-exame-informatica-1987336

  8. joao says:

    Fechem mas é a porcaria dos Estadios de Futebol. Querem ver jogos, vejam em casa, se não há concertos por causa do Covid, porque é que ainda há Futebol ???

    que falta faz, que falta…. tretaaaaaaa

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.