Quantcast
PplWare Mobile

COVID-19: Já ouviu falar em “supercontagiadores”? Eles existem…

                                    
                                

Autor: Pedro Pinto


  1. Alpha says:

    Continua a desinformação na ordem do dia…
    Calcular o Rt sem com um indice de assintomáticos acima de 90% e sem ter ainda a estimativa correcta de qual o real numero de infectados é simplesmente falacioso.

    Então Aquele gráfico em que tudo começa a demonstrar que já está na Europa desde Novembro… O pico de infecções terá sido em Fevereiro, dados serológicos apontam que só na região de Milão em no final de Janeiro já havia 4,6% da população infectada… 200.000 pessoas…

  2. Alpha says:

    E então colocar o fecho das escolas no gráfico, quando não há um caso confirmado de transmissão de crianças para adultos ou outras crianças e estas têm carga viral baixa…

  3. AP says:

    Vá, tudo aos magotes para a praia! Força! Vão lá aos montes a correr para comer o hambúrguer com molhaça! E para aqueles que comem no carro não se esqueçam: o caixote do lixo pode estar a 5 metros mas o que é cool é ser porco javardo, abrir a porta do carro e deitar tudo ali pró chão.

  4. Dark Sky says:

    Haja ou não haja supercontagiadores, o confinamento e o distanciamento físico são essenciais.
    Há dois dias as notícias eram que 40 pessoas tinham ficado infetadas por participar numa missa na Alemanha. Hoje, depois de testes aos contactos, são 107.

  5. jeton says:

    Fixe for ver os tugas ontem na praia todos com 20 cm de distancia como manda as regras…

  6. Dark Sky says:

    NOTÍCIA DE ÚLTIMA HORA:

    Cumpram as regras em vigor. Se o fizerem a: “OMS considera “cada vez mais” improvável segunda grande vaga do novo coronavírus”
    https://expresso.pt/coronavirus/2020-05-25-OMS-considera-cada-vez-mais-improvavel-segunda-grande-vaga-do-novo-coronavirus

    • Sujeito says:

      Vai sempre haver segunda vaga. Não é mistério nenhum nem nunca foi. Principalmente havendo confinamento.

      Se se dizem tão adamantes da ciência, o mistério é porque é que a negam.

      • falcaobranco says:

        A OMS não sabe do que fala… hoje diz gelado, amanhã diz gelo… é quase a mesma coisa mas nao tem nada a ver uma coisa com a outra… não sabem o que fazem nem sabem o que dizem…

        Eles deviam ser os primeiros a receber testes e a fazer testes a todo o mundo e concluir… não é mandar achegas para a fogueira… entre tantas… primeiro dizem que as superficies podem reter o virus durante dias… dias depois vêm dizer que não é bem assim…

        Em relação ao tema…sempre houve e sempre vai haver até haver uma vacina estavel…porque vacinas existem…não são é totalmente estaveis!

  7. Sujeito says:

    Vejam os testes da vacina da Moderna. Tornou quase a totalidade das cobaias em supercontagiadores.

    Curioso esta notícia ter aparecido agora, a seguir a esses testes.

  8. Algo says:

    Tanta gente a desmascarar essa pandemia, desde médicos, enfermeiros, vencedores de prémio Nobel. Númeras mortes e despedimentos aos que ousaram revelar a verdade e mesmo assim essa narrativa ainda continua a ser puxada. Enfim, está bem.

    Já agora, estão a planear uma segunda ronda a partir de 11 de Novembro. Veremos…

  9. SF says:

    Mas quando vão perceber, que vai haver segunda vaga e é positivo, porque o vírus já ficou, e vai “andar por aí” fechem os países e a economia por anos ?
    Ok, não pode ser todos ao mesmo tempo, para não haver USA ou Itália..

    o 1º SARS (2002/2003) foi-se embora com o verão, nas suas manifestações graves mas era distinto deste…
    Este causou uma Pandemia, logo já ficou, e as manifestações graves vão diminuir com o passar dos meses…

  10. Pérolas says:

    Alguém tem opinião sobre a sobrevivência do coronavirus em temperaturas de congelação (-15 a -19)?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.