Quantcast
PplWare Mobile

COVID-19: Avaliação técnica para vacinar crianças dos 5 aos 11 anos disponível

                                    
                                

Este artigo tem mais de um ano


Autor: Pedro Pinto


  1. Miguel says:

    “Poderá ser prudente aguardar por mais evidência científica antes de ser tomada uma decisão final de vacinação universal deste grupo etário”.

    Então foi uma decisão política e não técnica certo?

    No entanto até posso concordar com a parte que diz
    “crianças com comorbilidades consideradas de risco para a COVID-19 grave.”

    De resto não vejo vantagem nenhuma para uma criança saudável, vamos andar a dar vacinas experimentais as crianças de 5 anos de 6 em 6 meses?
    Anda tudo maluco!

    PS. Sou vacinado, porque pertenço a um grupo de risco.

    • xyr says:

      Meus deus , li uma grande parte destes comentários e fico admirado com tanta ignorância sobre vacinas e vacinação . Alguns comparam sarampo com C19 , quando não têm nada a ver . Quem quiser saber alguma coisa , e souber inglês , para além de paciência , são textos muitas vezes difíceis para leigos , pode informar-se em https://www.voiceforscienceandsolidarity.org/ . Geert Vanden Bossch um dos maiores , senão o maior especialista do Mundo em vacinas , e independente economicamente das farmacêuticas , juntamente , com outros cientistas , dá a sua opinião , sobre tudo o que está a acontecer . É a única pessoa conhecedora , e livre economicamente , para poder dizer o que pensa. Tem um green card oferecido pelos USA por ser uma pessoa de reconhecidos altos conhecimentos .Depois de falar por email , com uma jornalista da SIC especializada em saúde , diz ela , fiquei a perceber bem , que o problema reside na falta de informação independente . Caminhamos provavelmente para uma tragédia Mundial , devido á vacinação em massa . Há sempre uma probabilidade de não acontecer , mas a probabilidade é cada vez maior de acontecer :
      “Dada a contínua ignorância e falta de compreensão da pandemia e consequências prejudiciais da vacinação em massa pelas autoridades de saúde pública e global, as chances de que o desastre a que aludi anteriormente possa ser evitado são mínimas (3). A narrativa cientificamente corrompida provavelmente será alimentada por mais e mais casos de doenças que provavelmente ocorrerão em vacinados, uma vez que eles adquiriram Abs de curta duração direcionados à proteína spike de Omicron como resultado de infecção leve anterior. O último pode superar com mais facilidade os Abs inatos em vacinados, cujo treinamento foi interrompido como resultado de sua supressão imunológica pelo Abs vacinal. A rápida reexposição à variante Omicron, altamente infecciosa, pode torná-los muito mais suscetíveis a doenças. ” para quem não sabe Abs = antibodys

      • Manuel da Rocha says:

        Tanto tempo demorou a escrever que nem viu que o seu “super especialista” “super desviado do mainstream”, afinal foi despedido de 7 companhias farmacêuticas por ter ganho mais de 300 milhões de dólares, a vender dados de patentes a outros…

        • Rudi says:

          Também tem o Dr Robert Malone, o inventor das vacinas mRNA.

          Como contra argumento, uma pessoa que vende patentes de vacinas e outras, que ganhou muito dinheiro e diz que olha isso não vai dar certo, podendo ainda ganhar mais dinheiro tivesse estado caladinho, se não é preocupante não sei o que é!

          Ser despedido de farmacêutica deve ser bom no CV, algumas tem a espinha moral de uma água viva.

          Não sei qual a relevância do seu argumento, só dá mais força ao caso!

          • xyr says:

            Posso-lhe acrescentar , que Geert Vanden Bossch , é sim uma espécie de desalinhado …Tudo terá começado há uns anos , quando ele denunciou as aldrabices que eram feitas para garantir eficácia , ou segurança , já não me lembro bem , de 100% da vacinação contra o do ébola …os tais cientistas em que você confia diziam que a eficácia da vacina era 100% e que os estudos a partir dos 11 dias , quando a vacina diziam eles fazia efeito , era 100%….só que , se “esqueceram” de dizer , que as mortes ocorriam nos 10 primeiros dias…….para as pessoas já infetadas que eram vacinadas….

        • xyr says:

          Tanto disparate , e tanta mentira , depois daquela que o homem era exclusivamente veterinário . Afinal era mentira , o CEO da Pfizer é que é veterinário ,Geert Vanden Bossche começou por tirar vaterinária , antes de se doutorar em virologia na Alemanha e trabalhar em medicina molecular se não me engano , na verdade o currículo é tão extenso que tem várias páginas de trabalho internacional…agora vêm outras invenções , certamente de fontes muito credíveis ….quando não se têm argumentos atiram-se as mentiras para tapar os olhos … eu posso comunicar-lhe diretamente isso que você disse dele , mas desconfio que ele se está nas tintas para insignificantes como você ….Já agora , admira-me que ele ainda não esteja preso depois do que você disse que ele fez . Se fosse a si , ia agora a correr contactar a Interpol e avisar a embaixada dos USA para lhe retirarem o Geen Card

          https://www.interpol.int/ 🙂 🙂 🙂

      • Sergio says:

        fui pesquisar sobre o assunto, tenho te a dizer que 50% do que escreves sobre esse senhor é falso. Tanto na sua suposta imparcialidade por não estar ligado a farmaceuticas ou ter interesses, como na informação disponibilizada em video ou escrita.
        Em muitos casos até usaram o nome do homem sem consentimento delo, para assinar teorias.. que até o proprio poligrafo deu como falso.
        Mas acima de tudo, ele não é tudo isso que pintas.

        • Sujeito says:

          Em de procurares sobre o homem devias era procurar sobre o que ele disse. Está tudo invertido.

          • xyr says:

            Exatamente , ninguém dos que o criticam ,sabe exatamente o que ele diz , preferem mais a intriga pessoal …Mas é assim em todo o lado , a jornalista da SIC pareceu-me igual…até porque agora no blog , está associado a outras cientistas …Marian Laderoute
            Ph.D. Medical Sciences – Immunology , por exemplo , deve ser a próxima a dizerem que é veterinária ….

  2. O que sera, sera says:

    A pensar da tua maneira estamos numa ditadura…
    Entao vais dar vacinas que nao sabes os efeitos a longo prazo, e digo isto porque os tais ‘especialistas’ disseram que “Poderá ser prudente aguardar por mais evidência científica antes de ser tomada uma decisão final de vacinação universal deste grupo etário”… mas pronto vamos la todos pensar como tu 😉

    • Carlos says:

      Tem vosselência razão!
      Bom era quando morriam crianças com tosse convulsa, sarampo, difteria ou tétano.
      Isso sim, é que era bom.
      Depois vieram os chatos dos “cientistas” e dos “médicos” com a mania que sabem mais das crianças com vacinas “experimentais” e sem saber os efeitos a longo prazo e acabaram com isso.
      Os malandros!

      • diogo says:

        Não me digas que as crianças são vacinadas com vacinas feitas em poucos meses para “sarampo, difteria ou tétano”?
        E não me digas que essas crianças de 5 anos são vacinadas de 6 em 6 meses?

        Nem 8 nem oitenta pensem um bocado pela vossa cabeça e deixem lá isso dos negacionistas, pois tambem sou vacinado mas isso não invalide que eu questione estas medidas.

        • Carlos says:

          Chama-se progresso científico.
          Sequenciar o vírus HIV-1 demorou *anos*, agora consegue-se sequenciar os vírus SARS-CoV-2 em poucos dias.
          E empresas como a Moderna e a BioNTech já fazem “vacinas” com base em MRNA há anos, tipicamente são “vacinas” feitas à medida das células cancerígenas duma pessoa específica, mas aplicar a mesma tecnologia a um vírus faz todo o sentido.
          E já há muito tempo que se sabe que o corpo humano tende a não produzir imunidade duradoura contra alguns tipos de vírus.
          Calhou que os coronavírus estão nesse grupo.
          E bom, vacinas de reforço tens a do tétano e da difteria, que só não são mais frequentes por serem doenças raras por cá.
          Vacinas de reforço para doenças mais comuns tens por exemplo o caso da gripe, que é anual.
          E bom!
          Ainda ninguém sabe se é preciso reforçar a vacina de 6 em seis meses para toda a gente.

        • Carlos says:

          Esqueci-me duma coisa:
          Vai lá ver o teu boletim de vacinas para veres a quantidade de vacinas que tomaste nos 3 primeiros anos de vida.
          Ó aqui:

          À nascença:
          1ª dose da vacina contra a hepatite B (VHB)

          Aos 2 meses de idade:
          vacina hexavalente DTPaHibVIPVHB
          1ª dose contra a difteria, tétano e tosse convulsa (DTPa)
          1ª dose contra doença invasiva por Haemophilus influenzae tipo b (Hib)
          1ª dose contra a poliomielite (VIP)
          2ª dose da vacina contra a hepatite B (VHB)
          1ª dose da vacina conjugada contra infeções por Streptococcus pneumoniae de 13 serotipos (Pn13)
          1ª dose da vacina contra Neisseria meningitidis B (MenB 1)

          Aos 4 meses de idade:
          2ª dose de DTPa, Hib e VIP (vacina pentavalente DTPaHibVIP)
          2ª dose de Pn13
          2ª dose da vacina contra Neisseria meningitidis B (MenB 2)

          Aos 6 meses de idade:
          3ª dose de DTPa, Hib, VIP e VHB (vacina hexavalente DTPaHibVIPVHB)

          Aos 12 meses de idade:
          3ª dose da Pn13
          3ª dose da vacina contra Neisseria meningitidis B (MenB 3)
          vacina contra a doença invasiva por Neisseria meningitidis C – MenC (dose única)
          1ª dose da vacina contra o sarampo, parotidite epidémica e rubéola (VASPR)

          Aos 18 meses de idade:
          vacina pentavalente DTPaHibVIP
          1º reforço de DTPa (4ª dose) e de VIP (4ª dose)
          único reforço de Hib (4ª dose)

        • diogo says:

          @Carlos não dás vacinas da gripe de 6 em 6 meses a crianças de 5 anos!
          E não é por conseguir sequenciar um virus em dia que podemos fazer uma vacina em dias que podemos dizer que ela é segura, são anos de testes em todas as vacinas que conhecemos e que tomamos.

        • Carlos says:

          Aí é que estás enganado.
          Primeiro que as primeiras vacinas não tiveram nada anos de testes.
          Segundo que as vacinas à base de MRNA têm anos de testes.
          E ninguém, além de ti, disse que é preciso fazer um reforço da vacina de 6 em 6 meses.
          Poderá ser preciso em alguns casos, mas mesmo isso não é absolutamente claro.

        • Luís Alves says:

          @Carlos, “Sequenciar o vírus HIV-1 demorou *anos*, agora consegue-se sequenciar os vírus SARS-CoV-2 em poucos dias.”

          Se nem isolaram o SARS-CoV-2, como podem sequenciar um acoisa que não têm?

        • Rudi says:

          Carlos, as vacinas mRNA tem anos de testes em animais, já por varias vezes é dito por varias grupos científicos que não é 100% fiável devido as variações genéticas!

          A vacina não é igual às outras.

          Temos um caso no vietname, onde as crianças estavam a ter efeitos adversos de um LOTE da Pfizer, um LOTE!
          Se a vacina é sempre igual porque há reacções adversas a um LOTE!

          O que fizeram foi, bom o lote não serve para crianças, vai para os adultos.

          Não é uma vacina do seu todo comparável às outras.
          O proprio inventor das vacinas mRNA, Dr Robert Malone, dizia em 2020 que as vacinas não iriam ser eficazes, foi basicamente abafado e chamado de anti vacinas… agora sabemos que as vacinas realmente não são assim tão eficazes…

          Portanto com base em todo este historial, consigo concluir duas coisas, eu não percebo muito pouco do assunto, tu ainda pior, e a decisão é política e não é cientifica, porque a maior parte dos dados das previsões não são publicas, logo não tem revisão por pares!

          E eu tenho mais vacinas que a maior parte dos portugueses, especialmente quando tens de ir à consulta do viajante, levei 7 vacinas em 2 semanas, saia com os dois braços a doer.

          Mas uma coisa é a tecnologia provada e bem estudada, outra é esta que nem sequer sabemos problemas a longo prazo, fazer este tipo de estudos é ciência!
          Estás disposto a arriscar a vida das crianças numa opinião política com fraco suporte em dados?
          Se a coisa bem fantástico, e se a coisa corre mal? Quem é o responsável? Tu? O Costa? A Marta Tremido? A Pfizer?

          É porque a DGS espera que coisas corram mal com a vacina a curto prazo mas a longo não sabe!

        • Luís Pereira says:

          @Carlos, dizes que “…as vacinas à base de MRNA têm anos de testes.”, então vamos pensar juntos e esquecer a televisão.
          1. Se elas são testadas à bastante tempo, como não sabiam que a “imunização” baixava depois de 6 meses?
          2. Se são testadas à muito tempo, como só agora estão a adicionar vários possíveis efeitos colaterais das mesmas?
          3. Se foram testadas à bastante tempo, como não sabiam que quem se vacina ainda pode pegar a doença?
          4. Se foram testadas à bastante tempo, como não sabiam que quem se vacina ainda pode infectar os outros?

          E poderia ir por aí fora… mas penso que bastam estes para te por a pensar um pouquinho.

        • ervilhoid says:

          @Carlos ninguem disse que seria 6 em 6 meses.. por agora

        • Manuel da Rocha says:

          A vacina do Sarampo já vai para aí na versão 700000000 talvez mais que isso. A do Tétano, que 74% dos portugueses tem em atraso, tem mudado a cada 2 anos. Esqueceu-se da Rubéola, que é dada a crianças e a jovens mulheres que pensem em engravidar para ajudar o bebé a defender-se. Essa todos os anos é feita uma actualização das enzimas.

        • Rudi says:

          Manuel essas vacinas estão mais que estudadas e não são terapias genéticas, existe uma grande diferença.

      • ... says:

        Haja alguém ainda com lucidez nesta secção de comentários

      • andre says:

        Carlos, é simples, como diz essas doenças são letais para as crianças, tal nao acontece com o covid.

  3. Sardinha Enlatada says:

    Se o covid fosse comparavel a essas doencas sarampo, tetano, etc, ate poderias ter razao, mas nao e o caso. Covid e uma gota num oceano repleto de outros virus e doencas, que tem o seu niumero de mortes e nao passa disso.

  4. Alberto Campos says:

    Para além disto: “Poderá ser prudente aguardar por mais evidência científica antes de ser tomada uma decisão final de vacinação universal deste grupo etário”, o parecer também menciona o seguinte:

    “Em quatro meses (dezembro de 2021 a março de 2022), uma cobertura vacinal de 85% das crianças com 5 a 11 anos, assumindo uma efetividade contra hospitalização de 95%, e assumindo um cenário de incidência mediana idêntico ao registado no período homologo (entre dezembro de 2020 e março de 2021), estima-se que evitaria 51 (9 a 147) hospitalizações e 5 (1 a 16) internamentos em UCI. Neste período, assumindo uma taxa de ocorrência de mio/pericardites pós-vacinação com Comirnaty semelhante à registada para os 12-15 anos (1,3/100.000 doses), esperam-se sete mio/pericardites associadas à vacinação”, anotam.

    Portanto, ajudem-me a perceber:
    Mais vale evitar uma média de 5 criancas em UCI (média) mas é aceitável meter 7 criancas (média) com mio/pericardites (e mais sabe-se lá o quê a longo prazo)?

    Isto vai ser um tiro no escuro e de que maneira!

    • Rudi says:

      Atenção que a coisa é pior, não dizem se contabilizam crianças já com imunidade natural, que são no minimo 1/3 delas.
      portanto a DGS está numa de garantidamente dar problemas de mio/pericardites a 600 000 crianças a curto prazo, longo prazo não sabemos de nada, e talvez se as contas que não temos acesso estiverem bem feitas evitamos alguns internamentos com uma variação de 9-147 e UCI de 1 a 16…

      quer dizer isto não faz sentido, e quem é o responsável por problemas a curto e longo prazo das vacinas?

      tudo pânico, aproveitamento político e pior vão os histéricos atrás a dizer que é bom…

    • Guilherme Lino says:

      É o sacrificar crianças para os adultos se sentirem seguros

    • Manuel da Rocha says:

      Esqueceu-se que cada criança tem, mais de, 2000 contactos diários (directos e indirectos). Se a criança de 9 anos for infectada por um colega de escola, passa à mãe que passa à avó… que morre. De onde veio o vírus?

      • Rudi says:

        Mas os pais e avós é que transmitem à criança, estes estão vacinados certo?
        A vacinação não para a transmissão, isto é facto!

        Por favor pense um pouco!

        Ainda para mais está a tentar justificar não infectar um idoso (que infecta na mesma) podendo criar problemas graves a curto e longo prazo numa criança!

        Desculpe mas você está mal informado e não está a pensar bem!

        Vamos vacinar em nome de prevenir o contagio, que não previne!
        Em nome dos idosos que podem morrer, vai transmitir na mesma vacinados ou não.

        “Olha avó queres vacinar o teu neto sabendo que vai transmitir o virus na mesma para ti, e ele pode se mal com a vacina?”

        A serio… comentário de mais desinformado!

        • rjSampaio says:

          “A vacinação não para a transmissão, isto é facto!”
          Pois não, mas reduz, e isso é um facto!

          • Rudi says:

            A redução é de 40% para a variante Delta, ou seja baixa de um R de 6 para um R de 4, o vírus original tem um R de 3.
            A questão é que toda gente vai apanhar o virus o que importa é baixar as hospitalizações e mortes, nenhum dos casos esta provado que as vacinas são benéficas para as crianças.
            Pelo menos 1/3 das crianças já tem imunidade.

            Sem sabermos dos dados não sabemos se as contas sequer estão correctas.

    • Rudi says:

      Um estudo que ainda não levou peer review, mas vale tanto como os outros que supostamente estão se a basear sem peer reviews ou acesso publico.

      https://www.medrxiv.org/content/10.1101/2021.08.30.21262866v1

  5. Alberto Campos says:

    Parece-me que vamos criar toda uma geração de criancas frágeis onde os seus organismos não vão mais saber combater nenhum vírus ou bactéria. Joelhos esmurrados e a sangrar? Brincar no chão da rua? Meter porcarias na boca? No futuro tudo isto que faziamos será o início de uma infecção descomunal pois estas crianças estão a crescer num ambiente totalmente esterilizado tipo bloco operatório. Espero que corra tudo bem! Mesmo!

    • Manuel da Rocha says:

      Sim… o instituto das doenças super generalizadas e frente cívica, já fez um estudo de 70000 anos em que comprova que todas as mulheres vacinadas, vão ter 3 filhos, sendo que 2 terão 10 braços e 7 pernas, outras terão filhas com 3 aparelhos reprodutores e 4 cabeças…
      É super válido e foi aprovado pelos maiores especialistas na área.

  6. Marco Duarte says:

    @Tiago r Salazar começou com muito menos .

  7. Setokaiba says:

    Não existem vacinas feitas em pouco tempo… todas as vacinas têm por base décadas de estudos…

  8. B@rão Vermelho says:

    Nas crianças, acho que é um pouco exagerado a vacinação contra a covid, pelo menos para já, mas isto sou eu que não sou médico, crianças de risco sim devem de tomar as outras acho que um pouco mais de estudo não fazia mal a ninguém.
    Temos de ser sérios na analise que fazemos, sendo nos governantes que medidas tomávamos, atenção eu digo governantes, não oposição.
    Devemos proteger mais a economia ou as pessoas?
    Não há economia sem pessoas, nem pessoas sem economia, o governo não acertou em tudo, mas quem toma decisões sabe que nunca se acerta em tudo, mais uma vez apelo à vossa Sinceridade, aqueles que são pais, e olhando agora para traz, acertaram sempre na educação/escolhas que fizeram?
    Estes governos foram apanhados numa situação complicada, onde tomar decisões são sempre colocados entre a espada e a parede, olhando para o caso do Brasil, um país que por razões obvias é nos chegado e olhamos para a decisões tomadas pelo Bolsonaro, “Bolsonabo”, acham que é a forma correta de gerir a atual situação mundial?

  9. Pedro L. says:

    Já que vamos vacinar as crianças Portuguesas deviamos aproveitar e fazer um novo estudo . O unico que existe foi feito pela pfizer aos putos obesos Americanos. Assim pelo menos os outros países ficavam com melhores dados para vacinar ou não as suas crianças.

  10. Xpto says:

    Vi trabalhos do primeiro ano de faculdade mais completos do que este.

  11. Shout says:

    Ninguém toca nos meus filhos sem a minha autorização!….Os meus filhos só levam as vacinas que eu quiser!…

  12. Sardinha Enlatada says:

    Este tipo de debates devia acontecer tambem na televisao e nao apenas em foruns. PQP mais ao covid. Em vez de resolver algum problema na vida das pessoas, esta apenas a dividi-las e a criar mais problemas onde eles nao existem. Vacinas Covid nao fazem parte da solucao, fazem parte do problema. Porque nao se discute outro tipo de tratamento para o covid ? Porque so a vacina e evangelizada como a unica solucao para combater o virus ?

    • Memória says:

      Acordem
      Estamos em Guerra (com a China)

      As intenções da “Elite Mundial”:
      O Great Reset — por outras palavras — Sermos como a China

      O que perguntas tem uma resposta óbvia e directa. Tem pouco ou nada a ver com os (relativamente poucos) cobres que as vacinadeiras lucram com esta armadilha

      You will own nothing and be happy.
      We will own everything and be even happier!

      https://articles.mercola.com/sites/articles/archive/2021/12/09/how-china-controls-your-covid-life.aspx

    • Alberto Campos says:

      Ora nem mais! Não vejo insistência em informacão acerca de boa higiene e promocão de estilos de vida e alimentacão saudável! Já para não falar dos milhões que estão a ser investidos em vacinas (temporárias) em vez de investimento em unidades de saúde pública + formacão e contratacão de médicos, enfermeiros, pessoal de apoio, etc.

    • Manuel da Rocha says:

      E acha que a direita portuguesa, que controla 100% dos media, deixaria de aproveitar para lançar o pânico e as dúvidas, ao mesmo tempo que planeia extinguir o SNS, para proveito dos seus membros?
      Só estamos com esta situação por causa do PSD-CDS-Chega-IL quererem lançar o pânico e criarem dúvidas. Com os media a noticiarem 6000 milhões de mortos diariamente, conseguem os votos dos indecisos.

      • Rudi says:

        Você precisa de ajuda urgente!

        A esquerda marxista/comunista/socialista é que controla os media, e a alta corrupção, qual é o parente do Costa que é director de informação de uma cadeia de noticias?

        Comunismo é forte consigo!

  13. Rudi says:

    Tu precisas de ajuda, devias de ir ao psicólogo e a um advogado!

  14. xyr says:

    ” Vacinação das crianças é “desnecessária”, “desproporcionada” e falta “seriedade na discussão”: presidente de colégio da Ordem dos Médicos arrasa decisão da DGS ”

    https://cnnportugal.iol.pt/jorge-amil-dias/pediatria/covid-19-vacinacao-de-criancas-e-desproporcionada-diz-presidente-de-colegio-da-ordem-dos-medicos/20271231/61b1f36e0cf2cc58e7d6e85e

    • Manuel da Rocha says:

      Esse presidente também diz que o SNS é para extinguir e que cada português “pode pagar 7000 euros anualmente por um seguro de saúde assim com 3000 euros para um PPR”.

      • Rudi says:

        Pois o problema do socialismo é que espelha a miséria por todos e tenta acabar com os ricos, acho que deveríamos de acabar com os pobres!

        Mais uma vez o seu argumento só dá força ao caso, uma pessoa que é má para o SNS, tem dinheiro a ganhar quanto mais o estado gasta em vacinas e entretanto acha que não se deve e é desproporcional com base nos factos a que tem a acesso.

  15. Antonio says:

    O documento produzido pela comissão Técnica de Vacinação contra a COVID-19 (CTVC) e entregue à DGS, onde se encontra para consulta?
    A DGS não publica parecer, mas divulga “nota técnica”?
    Mas que raio de transparência.
    Anda tudo maluco!

    • Rudi says:

      Maluco, histérico, aproveitamento político… são os direitos de 25 de abril que batem no peito com muito orgulho a ser atropelados diariamente.

    • Manuel da Rocha says:

      E você tem 700000000 doutoramentos, feitos nas redes sociais, para conseguir ler mais de 10000 páginas, percebendo tudo o que lá está…

      • Antonio says:

        Há cada monte de ….
        Sim, sou daqueles que leio 10000 páginas, ao contrario de alguns que só debitam m….

      • Rudi says:

        Não tenho doutoramentos todos, mas tenho o direito a essa informação e a escolha de querer estudar ou não.
        sim leio muitos estudos, porque o pior que há para um governo autoritário é um cidadão informado.

  16. Rudi says:

    Informem-se que é o que fazem melhor do que ir nestas notas técnicas que nem valem o papel que são imprimidas.

    Pergunta estúpida para os demais que acham que se deve de dar às crianças a vacina ou que deve de ser obrigatória, visto que devem ser grandes cientistas de proporções magnânimas, podem ler a noticia abaixo e expliquem-me porque 120 criança tiveram efeitos adversos a um lote de vacinas se supostamente os lotes são têm de ser todos iguais.

    https://trialsitenews.com/at-least-three-children-die-120-hospitalized-by-pfizer-biontech-vaccine-in-vietnam/

    • Manuel da Rocha says:

      E?
      Sabe que nos EUA começaram a vacinar contra o sarampo, depois de 22 anos sem o fazerem, 3980 crianças faleceram ou estiveram internadas depois de serem vacinadas… em 37 milhões de vacinações.
      Consegue fazer uma conta muito mesmo muito básica, daquelas da escola primária, para ver o que é?
      E aprendeu a ler a bula (aquele papel que vai com todos os medicamentos) sobre os sintomas que podem surgir? 99,99999% das pessoas são como você, nunca o leram e acham que um vídeo do youtube dá mais informação.

      • Rudi says:

        Está a comparar uma tecnologia de vacinas mais que provada com uma terapia genética, duas coisas completamente diferentes!

        Se não sabe responder à questão que é legitima, você só esta a fazer uma coisa que é FUD (Fear, Uncertainty & Doubt)
        Portanto das duas, três, ou sabe responder à questão ou escusa de usar sentimentos como arma, não é científico muito menos facto.
        tenho mais vacinas que a maioria dos portugueses, coisa chamada consulta do Viajante!

        Eu sei fazer contas de matemática, e adoro fazer analise de dados, aliás eu monto bases de dados!

        Sim eu leio a bula!

        Ainda assim, você está a ser ridículo pois estamos num estado de direito, certo?
        Portanto eu como português, que é eleitor e paga impostos tenho o direito a saber tudo o que se passa, todas as informações e decisões que a DGS toma e com base em quê!

        quer me negar o meu direito? Ou você é comunista?

        • João says:

          Sabes que ao viver num “estado de direito” também tens deveres…. chamam-se a esses deveres os direitos dos outros e os espaços e liberdades dos outros. Não podemos meter a cabeça na areia e achar que vivemos sozinhos no meio da floresta. Quantos mais somos e quanto mais “juntos” vivemos, obviamente mais “liberdades” temos de perder. Bom seria que não, mas o ser humano é parvo, mesquinho, arrogante e não é capaz de conviver e cuidar do vizinho sem regras. E quanto mais aumentar a população, mais apertadas as regras têm de ser. Não deixa de ser um pouco triste, que tanta gente só fale nos seus “direitos” mas nunca abra a boca para pensar no bem dos outros. Vacinem-se seus egoístas. Vacinar é um ato de solidariedade também ou não?

          • Rudi says:

            Oh joão, tu leste alguma coisa do que disse?
            Eu já estou vacinado, eu servi de cobaia de forma bem consciente, mas eu sou responsável pelo menor que está comigo, não é o estado não é a pfizer, sou EU!
            Portanto se eu assumo a responsabilidade e problemas quer seja do covid quer seja da vacina EU TENHO DE SER INFORMADO!

            Remato o mesmo para ti, o teu dever é defender a ciência e os jovens, não há ciência alguma na DGS, apenas panico, logo não está a defender os jovens.

            Quem infecta as crianças são os ADULTOS VACINADOS!

            Portanto o meu dever é para o meu dependente, não posso meter o estado ou o vizinho acima dos meus direitos ou liberdades, isso tem um nome chamado de Fascismo, onde o Estado é Deus e tem a ultima palavra!

            Eu servi nas forças armadas e sei bem os meus direitos e deveres, se tu esqueceste dos teus o problema é todos, se o nosso servidores publicos/Governo esquecem-se dos seus então o problema é bem mais grave!

            Portanto vai chamar anti vacinas a outro, eu cumpri a minha parte, AGORA o governo tem de cumprir os seus deveres!

            Pede por transparência e menos corrupção, sua ovelha egoísta e ignorante, trocas a tua suposta segurança pela total perda de direitos e liberdades.

  17. Infinity says:

    Em tua casa mandas tu, ou entao talvez não. Se queres fazer experiencias faz em ti e deixa os outros de serem cobaias

  18. diogo says:

    https://vietnaminsider.vn/another-vietnamese-students-died-after-getting-pfizer-vaccine/

    Já vai na quinta criança a morrer no vietnam com a vacina, as agencias de noticias da Europa nada dizem sobre isto?
    Está espalhado por todos os meios de comunicação social do Vietname.

  19. Américo Mendes says:

    Coincidências…A Presidente da Comissão da UE, Ursula von der Leyen afinal até é cônjuge do CEO da Pfizer.
    Interessante. Quando ela já fala em vacina obrigatória e na UE só se fala da pfizer, “cadê” as outras vacinas?
    Enfim…mais do mesmo. Siga para bingo, já saiu linha!

      • Memória says:

        https://pt.wikipedia.org/wiki/Ursula_von_der_Leyen
        . . . .
        Em 1986, casou-se com Heiko von der Leyen, também médico, professor de medicina e
        diretor-executivo de uma empresa de engenharia biomédica.
        O casal tem sete filhos, nascidos entre 1987 e 1999.
        . . . .

        Mais sobre “The EU’s corrupt interest in vaccination”
        https://newsbeezer.com/bulgariaeng/the-eus-corrupt-interest-in-vaccination/

        A Espantosa e Brilhante carreira académica do A. Bourla:
        https://www.pfizer.com/people/leadership/executives/albert_bourla-dvm-phd
        . . . .
        Albert is a Doctor of Veterinary Medicine and holds a Ph.D. in the Biotechnology of Reproduction from the Veterinary School of Aristotle University
        . . . .

      • rui says:

        Heiko von der Leyen NÃO É Albert Bourla

        • Memória says:

          Já vi que nem sequer leste o artigo sobre a corrupção interna na E.U.
          relativa à vacina.
          Aliás que importância tem um pequeno erro de atribuição?
          Quanto a mim tanto pode ser um clone do Burla como um reptilian,
          “het zal aan mijn kont roesten”

          • rui says:

            ya ya ya
            Ja sabemos é tudo uma grande corupção e esquema para alguem ganhar dinheiro.
            A minha resposta é mais acima: Ursula casada com CEO da Pfizer…

            Aprende a ler o que eu escrevo e a quem…

        • Sardinha Enlatada says:

          Rui so uma pergunta curiosa se me e permitido fazer. Tu estas a defender concretamente o que neste site ? Ou es so do contra porque sim ? Ou queres justificar concretamente o que sobre a pandemia (falsa) ?

          • rui says:

            Desculpa mas não estou a defender nada.
            Foi colocado em como a Ursula era conjugue do CEO da Pfizer, e eu coloquei em como é falso.
            Eu sou a favor da vacinação e não acho que isto é uma farsa. Tu é que estas sempre a dizer isso.

            Não posso aceitar que coloquem falsidades para justificar as vossas ideias.
            Diz me onde eu foi contra a minha ideia? SEMPRE defendi que a Covid é grave, e vejo no Hospital onde trabalho.Só porque sou contra negacionismo já sou do contra porque sim? e Tu és do contra porque?

            SOU a favor da vacinação das crianças, e não vou discutir contigo o porque. Agora tambem ja disse que NINGUEM é obrigado a vacinar se ou aos filhos.

            Agora pergunto eu; Qual é a TUA ideia? Porque estas SEMPRE a afirmar que é uma farsa? que só existe corrupção no mundo etc etc

            Se não me engano, e o pplware poderá verificar isso, mas cada vez que aparece noticia Covid, é quase sempre os mesmos negacionistas a colocar o primeiro post a defender a ideia deles.
            Inclusive até numa noticia sobre vacina de cancro da mama vieram comentar em como são más por serem mRna.

            Estas vacinas foram feitas em tempo recorde, com tecnologia estudada há anos e voces vêm dizer que foram a pressa? que são condicionadas?
            Para a vossa informação; a EMA considera TUDO condicionado e esta a monitorizar TODOS os medicamentos. São feitas dezenas de reacções adversas a medicamentos. Só quem não trabalha na saude não sabe disso e faz afirmações completamente disparatadas.

            Ficaste esclarecido ou precisas de um desenho?

        • Tempo ao tempo says:

          Não davas para polícia.

          “Orgenesis has struck a deal to acquire Koligo Therapeutics. The takeover will give Orgenesis control of an autologous cell therapy treatment for respiratory disease caused by COVID-19. “

          • rui says:

            ya ya ya
            Mais um que acha que só existe corrupção no mundo.
            Se fores procurar bem ainda vais encontrar em como a Pfizer tem algo com alguma marca de carros e por isso jão não se pode comprar ou coisa assim….

            De qualquer forma voltemos ao inicio:
            Ursula é casada com CEO da Pfizer? NÃO , logo ou não se informou bem ou MENTIU para justificar seja o que for.

            Capiche?

          • rui says:

            Orgenesis já tem vários produtos.
            Já tem para linfomas, melanoma entre outros.
            É o mercado deles, terapia com monoclonais, e funcionam. Pesquisa e vais ver.

            Agora vão começar a pesquisar tratamentos sobre Covid e já inventam uma corrupção????
            Organesis foi criada em 2008, MUITO antes do Covid.

            Realmente tudo serve para a vossa narrativa. Não tarda vão dizer que eles é que criaram o Covid.

        • Tempo ao tempo says:

          A cura para as sequelas.

          “FDA Approves Orgenesis IDE for Pilot Clinical Trial of its Tissue Genesis Icellator2® to Treat ARDS Resulting from COVID-19 Infection”

          Fonte: bloomberg 6-5-21

          Resta saber se sequelas da doença ou do antídoto.
          Eles andam todos de mão dada. A menos que também lucres algo dessa joint-venture, resta-te aguardar serenamente pelos resultados da experiência feita à escala global, pela primeira vez em seres humanos.

          • rui says:

            Estas a distorcer as coisas

            Quais sequelas do antidoto? Onde estão as tuas fontes em como a Vacina provoca sequelas?
            Sequelas da Covid já sabemos.

            Escala global? primeira vez em seres humanos?

            Sabes o que são ensaios clinicos certo? São realizados em seres humanos em varios paises. Só depois é que podem vir a ser aprovado determinado tratamento ou medicamento.

            E agora ainda diz que posso ter algo a ganhar com isto? a serio?

  20. Rudi says:

    +1
    mas é isso mesmo, a pandemia actual não há culpados (PCC?), das vacinas ainda menos, eu como adulto aceitei ser cobaia, mas as crianças que nem sequer são estão em risco e comprovado não!

  21. Memória says:

    Para quem quiser estudar a evolução da mortalidade em Portugal nos últinos anos desde 2009 incluindo
    a data actual em 2021:

    Em https://evm.min-saude.pt/#shiny-tab-dashboard estão alguns dos dados importantes
    (segundo o site os dados são actualizados cada 10 minutos)

    Observando os dados deste site pode-se concluir que há um excesso de mortalidade com tendência crescente que não pode ser atribuido directamente a Covid-19

    Cada um pode especular sobre as causas, mas “coincidência” pode ser desde já excluída

  22. Sardinha Enlatada says:

    Estas vacinas nao passam de fontes de rendimentos para os senhores do crime. Sera que uma accao judicial colectiva contra essas empresas pfizer e companhia nao daria alguns frutos ? E que de facto eles tambem tem a lentidao dos tribunais a favor dele. Enquanto a sentenca nao sai continuam a morrer pessoas. Isto e um verdadeiro crime contra a humanidade, e os governos sao coniventes com esta situacao, porque dizem YES MAN a tudo. Os governos tambem deveriam ser levados a tribunal. Alguem tem de pagar com o que andam a fazer as pessoas, e agora as proximas vitimas sao as criancas, e nao ficam por ai. As empresas deviam atacar a DGS e exigir os relatorios e as bases que os levou a tomar medidas estupidas afim de congelar a vida das pessoas e se for caso disso pedir indemnizacoes ao Estado. Mas depois tambem temos por outro lado as lentidoes dos tribunais e entretanto muita coisa muda e nada se resolve. Triste sina a nossa.

    • Tempo ao tempo says:

      Respondi com o link da fonte mas nem sequer ficou a aguardar aprovação.
      Vai de outra forma.

      “Pfizer has been accused of “bullying” Latin American governments in Covid vaccine negotiations and has asked some countries to put up sovereign assets, such as embassy buildings and military bases, as a guarantee against the cost of any future legal cases, the Bureau of Investigative Journalism can reveal.”

      Fonte: The Bureau of Investigative Journalism 23-2-21

    • Sergio says:

      Daqui bocado as vacinas não ajudaram em nada, concordo contigo que por vezes se faz analises puramente matemáticas sem se olhar ao lado mais humano da questão.

      Mas pessoas como tu, tem que perceber uma coisa de uma vez por todas. Não é so a Pfizer, ou a Johnson que ganham dinheiro com isto. Eu ganho dinheiro com isto, tu ganhas dinheiro com a vacinação.

      O meu negocio esteve totalmente fechado 4 meses, e teve 7 meses sem faturar de forma correta por situações indiretas.
      Sem a vacinação já tinha fechado as portas, sabes o que isso significa?
      Significa que a minha empresa não iria descontar para o estado 10x mais do que aquilo que tu descontas como pessoa individual, e estamos a falar de uma PME com 4 trabalhadores.
      Experimenta multiplicar isto x100000

      Por isso meu rapaz, se o teu filho esta numa escola publica daqui uns anos, se tens o sns a salvar-te a vida, se tens saneamento basico em casa, é graças a ti mas também a todas as empresas que puderam voltar ao ativo.
      E acredita meu caro, este país pobre onde vivemos não é suportado por meia dúzia de empresas tecnologicas ou por pessoas que possam trabalhar em teletrabalho.
      É suportado pela sua mão de obra no terreno, seja ela extremamente qualificada ou não.
      Tu és o maior beneficiário da vacinação e não me estás a pagar fundo de desemprego graças a ela.

      • rui says:

        Parabéns pelo comentário.
        Concordo a 100%, e duvido muito que ele vai entender…
        Cumps

      • Rudi says:

        até concordaria contigo, excepto que no exemplo da Suécia que nunca teve confinamentos, apesar de ter tido muitos mortos no principio da pandemia, tem 1500 mortes por milhão de habitantes e apenas 67% da população vacinada.
        Nós temos 1800 mortes por milhão de habitantes e 88% da população vacinada.
        Gibraltar tem 100% da população vacinada e mais de 2000 mortes por milhão de habitantes.

        É verdade que correlação não quer dizer causalidade, mas estas questões têm de ter resposta.

      • Sardinha Enlatada says:

        Sergio deixa la ver se entendi o teu raciocinio. Entao alguem cria um problema (virus) e quer vender a solucao (vacina) e pelo meio empresas ganham e perdem dinheiro. Entao a solucao e optar pela vacina para equilibrar os impostos e tudo o mais e para contninuar a contribuir para o PIB. E eu pergunto, porque nao uma grande maioria de empresas se juntar e colocar esta gente em tribunal ? E obvio que sabemos que vai ser um processo demorado ate ser resolvido, mas todas as razoes e verdades estao do lado dos lesados. Agora se voces acham que optar por aderir a uma vacina so para salvar o negocio e tudo o mais, e melhor mesmo fechar as portas. Deviam era fazer braco de ferro contra estas empresas e governo e mover uma accao judicial colectiva. Poderia demorar anos (nao sabemos) mas tambem se aplicariam juros por isso. Porque a vitoria garantidamente esta do lado dos lesados. Governo anda a brincar com as empresas e pessoas e nao se passa nada ? DE uma vez por todas em vez de aderirem as politicas deles deviam fazer diferente. E certo que a mao do governo e pesada, epa mas dizer YES MAN a tudo tambem nao e solucao. E obvio que isso nunca ira ser feito porque os Portugueses nao se sabem unir, dai essa solucao cair em saco roto.

      • Tempo ao tempo says:

        A tua argumentação não é científica.
        A vacinação em marcha APENAS impede a infeção grave. Não trava a infeção nem o contágio. Por isso voltaram as restrições. A ciência não apela aos sentimentos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.