Quantcast
PplWare Mobile

Coronavírus: Mutações revelam que não se tornou mais contagioso

                                    
                                

Autor: Pedro Pinto


  1. SANDOKAN 1513 says:

    Mas infelizmente ainda é mortal. 😐

    • Pirata das cabernas says:

      A gripe não é mortal? O cancro não é mortal? O excesso de peso não é mortal? Entre outras doenças que vão matar mais por falta de cuidados…

      • Já Foste says:

        Nem mais não podia dizer melhor.
        Mas agora é só covid e o povo come isso o dia todo….
        Povo enganado….

      • Bruno M. says:

        E qual a dúvida de que a gripe é epidémica e sazonal, e a população já tem imunidade de grupo há muito tempo, e existem vacinas e tratamentos terapeuticos que ajudam a relativizar os sintomas ao passo de que para este virus não?!?!

        É que dizer que a gripe também é mortal, é descontextualizar a situação!

        Não há, durante um ano inteiro, tantos internados por gripe muito menos em cuidados intensivos! Por Covid, no Verão,, houveram no país todo, entre 100 e 200 nesta situação (sem falar nos internamentos “normais”)!

        Portanto, esse comentário vale ZERO e demonstra total ignorancia do que estamos a lidar e uma tremenda falta de respeito pelos profissionais de saúde que estão a trabalhar com estes doentes e a desdobrarem-se em mil!!!

        • José Carlos da Silva says:

          Obrigado! Haja alguém com discernimento. Não é preciso ser-se nenhum génio para ver isto que foi escrito, no entanto, continua tudo com as teorias e a dizer disparates constantemente.

        • C.S. says:

          Ignorância é ignorar a gripe das aves que matou cerca de 5000 pessoas e não houve esta palhaçada.

          • É o burro sou eu says:

            Opaaaa
            Ainda digo mais – trabalho num dos magra dez hospitais em Londres onde nós quase não temos nenhuma pessoas com COVID no entanto o país tem 3x mais casos agora do que quando havia liberdade para andar por aí a fazer o que se quiser…

            Burro e só quem ouve as notícias e não pesquisa e lê por volta da Nidia

          • SP says:

            Carlos só espalhas desinformação. Andaste o verão todo a lutar com os números da gripe, agora que foram ultrapassados, têm de arranjar uma doença nova mas tens de arranjar fontes novas também, a gripe das aves matou cerca de 130 pessoas em Portugal e 19000 a nivel Mundial (acho que é uma boa comparação com o covid que já fez 4000 em Portugal e 1 milhão a nivel mundial…)
            E em segundo se tens mil e um cuidados com uma doença e mesmo assim essa doença consegue causar mais danos que outra em comparação devis ser sinal que é mais forte e perigosa também ou seja esse argumento nem faz sentido de todo.

          • Bruno M. says:

            @SP!
            Eles estão desfalcados em desculpas!
            Era a suécia, era a gripe e as pneumonias, agora é a gripe das aves!

            É que nem aí conseguem números fidedignos!!

            @C.S. és um iluminado que nem estatisticas sabes ler!
            O teu comentário VALE ZERO!

            @É o burro sou eu
            Falas que trabalhas e:
            Não dizes o nome do hospital
            Não dizes qual a tua função

            Esqueces-te de referir que aí como cá:
            houveram Manifestações (mais aí que aqui)
            o povo não acata as ordens

            Entre outras situações!

            Conheço alguns enfermeiros a trabalhar directamente com pessoas covid e a coisa que me dizem e entre eles e tu, o que me dizem, é bem diferente!

          • LR says:

            “Ignorância é ignorar a gripe das aves que matou cerca de 5000 pessoas e não houve esta palhaçada.”Ui, agora já não são os 3000 de gripe de 2019? Se os óbitos por COVID passarem os 5000, que números vais buscar? Os da Peste Negra, certo?

      • SP says:

        Sim e podes ter a certeza que com os hospitais cheios, então é que os números dessas doenças todas vai subir a pique…
        Pah em bom português,”o povo é estúpido que f***”, a começar pela corrida às praias quando se manda o pessoal para casa pq está um virus mortal e desconhecido a correr o país, às festas nas bombas de gasolina, á Nazaré…
        Com muita pena pelo pessoal que trabalha e que realmente precisa mas o povo fez questão de exigir estas medidas. O governo fez borrada em muita coisa, mas estas medidas pelo que vejo na rua (e em certa parte continuo a ver, se a máscara por exemplo tivesse um uso correcto se calhar ajudava um bocadinho)foram a pedido do povo

  2. Sardinha Enlatada says:

    Sim continua a matar a economia essencialmente. Obitos ate ao momento 4127.

    • José Carlos da Silva says:

      Que se f***am os 4127. Economia acima de tudo e todos. A vida humana vale zero seja como for. Bola prá frente…

      • Urtencio says:

        Tens bom ordenado não é mê lindo….
        Vais ver os que se vão f**** no próximo ano e seguintes…
        O meu vizinho recebe o salario mínimo e para o próximo mês já vai para o desemprego (ele e mais uns quantos), com a mulher doente… nem quero imaginar as dificuldades…

        Agora paramos tudo, rebentamos com as empresas todas… com empregos..
        em prol de que? de medidas que não sabemos se realmente tem algum efeito? sim porque os casos continuam aparecer..
        E dizes tu, mas temos de tentar controlar até aparecer uma vacina…
        E se a vacina demorar 2 anos????

        • Woot! says:

          Mesmo 2 anos não é o suficiente para me querer fazer levar a vacina. Mas a maioria do pessoal aqui implora pela vacina sem terem qualquer noção do que realmente estão a pedir.

          • Santos says:

            Fácil, estão a pedir imunidade de grupo, que enquanto não for atingida difícilmente vamos parar de andar num jogo de ping pong com o virus.
            O processo está a ser apressado sim mas estas vacinas têm a prioridade e por isso estão a passar à frente de tudo o que facilita e acelera alguns processos. E tens os casos da Aztra/Oxford e da vacina russa que qq dado mais duvidoso é posto em questão.

          • Bruno M. says:

            A vacina está pronta e foi criada com uma nova tecnologia e método!
            Esta é por RNA e leva muito menos tempo a ser criada!
            Foi criada uma aliança a nível mundial para a criação desta vacina através da partilha do conhecimento e usá-lo para a criação da mesma.
            Foi financiada com valores inéditos no investimento de novas pesquisas!
            Mesmo a quantidade de laboratórios a criá-la pelo mundo inteiro foi manifestamente grande!
            Houveram pesquisas a serem suspendidas em prol da descoberta desta vacina!!
            Os testes a esta vacina demonstram segurança e eficácia na mesma!

    • Santos says:

      Ai atum em lata, tu e o número de mortes…
      Primeiro, esse argumento é ridiculo e vou te repetir isto as vezes que forem precisas, pq se formos só pelo número de mortos então a SIDA e a tubérculose juntas “só ” mataram 600 pessoas no ano todo, então podemos deixar de nos preocupar com elas certo?
      Em segundo já tens reinfecções em Portugal (sim o povo sabe mesmo cuidar de si, no espaço de 2 meses e pouco) e pessoas a serem transportadas para hospitais de outros distritos e ainda estamos bem longe do pico do inverno. Mas pronto mesmo que os hospitais encham e os números dupliquem, o que é isso comparado com os 10 milhões neh?

      • Sardinha Enlatada says:

        Jovem Santos continuas com a mesma cassete carvalhas. O virus ha-de morrer primeiro e tu daqui por dez anos ainda has-de falar que o numero de mortes nao e importante. Entao o que e importante ? O numero de infectados ? Os hospitais cheios (informacao vinda dos media) Sempre os mesmos argumentos de bosta. Se esta toda a gente em panico e por causa que nao querem morrer nao e ? Mas depois vem a descobrir que foram infectados e olha nao aconteceu nada, estao seguros. Entao continuas com os argumentos descabidos que os infectados e que sao mais importantes que as mortes ? Epa faz-me um favor, ve se vais vender a tua cassete para outras bandas. A maioria do pessoal ja percebeu o embuste que este virus e, so tu e que nao, vais defender ate a morte os teus infectados. Santa ignorancia.

        • Santos says:

          Tu és uma personagem do caraças. O teu único argumento é o número de mortos mas tens a lata de acusar os outros de repetir os argumentos.
          Claro que o número de mortos é importante, não sei onde me vistes a dizer isso mas mais preocupante é nem estares no inverno e teres os hospitais a dizer que estão a fixar sem espaço. Até pq como tu já disseste e bem há milhares de outras doenças e milhares de doentes fora covid e sem o devido cuidado sim podemos ver outras doenças a ter mais impacto.
          Nas pronto continua a actualizar o número de mortos, ao menos vais informando o pessoal.

  3. SuperSilva says:

    E a fome, mata mais. Não é só economia, é sanidade também, ficar preso em casa. No Brasil só quem tá morrendo são pessoas com doenças pré-existentes e mesmo assim, que estão graves. Ou seja, é como gripe, os saudáveis tem de se contaminar e criar imunidade para ser uma barreira para os vulneráveis. Vacina natural e grátis! Policiais estão pegando e não morreram, médicos estão pegando e não morreram, os bares e restaurantes estão abertos e lotados (ou seja, o álcool protege), teve eleição com festa, passeadas e aglomeração… Empurrar uma vacina de 6 meses?!

  4. C.S. says:

    Ó SP o que vale é que tu és um poço de informação, se não fosses tu não sei o que seria dos virulogistas.
    Já ouviste falar do teatro higiénico?
    Ou aquele estudo dos chineses que agora dizem que os assintomaticos não transmitem o vírus?
    Ou também achas que é espalhar desinformação?

    • SP says:

      E o que é que isso tem a ver com o número inventado de mortes por gripe das aves que estavas a tentar espalhar?? Ao menos admite que estavas errado antes de tentar mudar de tema.
      Quanto ao estudo tu apresentas um eu apresento te uma dezena a dizer o contrario. Pelo sim pelo não e por ter familiares em grupos de risco eu nao arrisco agora faça o que quiser (aliás tem sido a atitude geral neh, por isso para quê mudar agora).
      Agora posso te dizer algo que é fado como garantido neste momento que é que a pessoa torna se altamente infecciosa no momento antes de se tornar sintomática, ou seja, podes passar uma manhã inteira a contagiar pessoas e só ter sintomas á tarde, daí a importância de teres cuidado com os “assintomáticos” de qq Maneira. Mas isso não interessa, não é um estudo que ajude a tua causa por isso deve ser falso…

      • C.S. says:

        Aonde é que os números da gripe estão ultrapassados ? Que eu saiba os 3200 que eu referi sempre eram dados de Outubro de 2019. Quantos mortos de covid haviam em Outubro de 2021?
        Tás-te a passar, é?
        E continuo a dizer, qual é o objectivo deste alarmismo todo?
        A unica coisa que aumenta nesta pandemia além da estupidez é a bufaria.

        • Bruno M. says:

          @C.S.
          1 ano = 12 meses
          De Março a Outubro 7 Meses (ou 8 se contarem com Março e Outubro Completos)!

          O pico da gripe é em Janeiro! E a maior incidencia gripal é entre Setembro de um ano a Março do Outro!

          Portanto a gripe é contada em 12 meses, Setembro a Setembro!
          Covid em apenas 8 meses já ultrapassou largamente os numeros da gripe!

          Deixem-se de ser tansos negacionistas e façam as contas!!

          • C.S. says:

            E onde é que metes os mortos entre Outubro de 2019 e Março 2020?
            E este ano não há gripe?
            Ó Bruno deixa de ser tanso, Informa-te porra, tens a net, mexe um bocadinho os neurónios, não sigas a manada.

          • Santos says:

            Há e houve até março. Após isso o número que pessoas que apresenta a doença é tão baixo que deixa de “produzir” percentagem. Algo que acontece todos os anos mas este ano os “open eyes” repararam nesse pormenor, esqueceram se foi de confirmar com anos anteriores (em que aconteceu exactamente a mesma coisa) antes de virem com teorias da treta

        • SP says:

          Passo me um bocadinho com pessoas que não sabem ser sérias e que discutem este assuntos de forma tão leviana.
          Começaste por dizer que quase 30% do número total de mortos por gripe das aves tinha sido só em Portugal, agora vais dobrar o número dos mortos por gripe como já vi por aqui a a espalharem também? Pelas vossas palavras e as coisas a continuarem assim a gripe eventualmente terá morto 10 mil pessoas só para ficar acima dos números do Covid.
          Repetindo algo que já disse se tens mil e um cuidados com uma doença e mesmo assim essa doença consegue causar mais danos que outra em comparação devia ser sinal que é mais forte e perigosa também ou seja esse argumento nem faz sentido de todo. O número de mortos é preocupante sim mas teres hospitais já a dizerem que estão a ficar sem vagas não é menos, pq agora sim estamos na altura da gripe, pnuemeonia e tal como vocês tanto gostam de repetir continuam a existir mil e uma outras doenças, que não vão ter o acompanhamento necessário se não houver mãos disponíveis.

  5. ProMac says:

    Engraçado como se fala de MORTES como se fosse algo comparavel, lembrar que cada numero é uma pessoa! Alguém que existiu. Influenza , H1N1, Coronas , tudo é pessimo e provoca MORTES.
    Comparação entre o coronavírus e a gripe comum tem é para minimizar a importância do novo vírus.
    Os dados da Covid-19 conhecidos até agora indicam se tratar de uma doença mais contagiosa e mais letal que a gripe sazonal. O número reprodutivo da gripe comum é 1,3 , o que significa que cada pessoa infectada passa a doença a 1,3 pessoa, em média. Esse número é o que se usa para medir o potencial da epidemia. Quando é superior a um, a doença tende a se espalhar. Foi o que aconteceu em 2009 com a pandemia de gripe H1N1, que tinha um número reprodutivo de 1,5 e não pôde ser contida. Atualmente, esse vírus é um dos quatro que causam a gripe comum. Os estudos disponíveis indicam que o número reprodutivo do coronavírus está entre 2 e 3. Ou seja, que, se não forem tomadas medidas especiais, a Covid-19 infectará mais gente que a gripe. O coronavírus também é mais letal que a gripe. Em Wuhan, cidade chinesa que foi o primeiro epicentro da epidemia, 2% dos doentes detectados morreram, e fora de lá varia entre 0,5% e 1%, segundo a OMS. São taxas entre 3 e 20 vezes maiores que a da mortalidade da gripe comum (0,13%) e da gripe H1N1 (0,2%).
    0,5% da População Portuguesa é nada mais que 50000 Pessoas! Quando alguém da tua familia morrer por Covid lembra-te da Influenza 😉

    • C.S. says:

      Em nove meses teve a evolução que teve, mas agora estes três meses que faltam para fazer um ano é que vai ser uma tragédia.
      E se alguém da tua família morrer sem ser de covid mas por causa do covid?
      É menos trágico é?
      Já morreram quase 9000 pessoas a mais em relação ao ano passado. Não achas que já chega de paranóia?
      É grave, mas não é caso para parar o país e fazer este teatro todo.

      • SP says:

        Não, e daí ser importante controlar a propagação e evitar enchentes nos hospitais, como dizem os americanos não é propriamente ciência espacial

      • ProMac says:

        Não sou a favor de Fechar tudo, e não sou de Abrir tudo, bem, não existiu NENHUM Governo que tenha lidado bem com esta pandemia, não estávamos preparados e acho que nem vamos saber lidar num futuro próximo quando existir pandemias idênticas. Exemplo é os dados que temos onde existem Homens ‘Grávidos’ e Pessoas de 134 anos! E claro a TOTALIDADE de mortes que somando tudo estamos bem piores do que a SUÉCIA, bem é o que temos. Mas não se deve colocar Corona vírus vs Gripe, porque não é UM OU OUTRO! é MAIS UM a somar a tudo!

  6. C.S. says:

    Ó Santos deixa de produzir percentagem porque estão a englobar a covid.
    Sabes qual é a diferença entre causa básica e evento final, não sabes?
    Não sejas totó e Informa-te.

  7. Sardinha Enlatada says:

    Acho piada voces andarem a discutir numeros com uma diferenca de 1000 ou mais mortos ou seja o que for. A verdade e que falar-se em pandemia com taxa de infeccao elevada, e depois numero de mortes reduzidos nao faz qualquer sentido. Alguem falou da gripe A e sabem porque terminou mais depressa e nao houve este teatro todo ? Porque entretanto comecaram com a palhacada da receccao economica dos paises, de eles andarem a pedir emprestimos. Isto desde o inicio que sempre foi por causa da economia. Cometeram esse erro precipitaram-se com a historia do virus. Mas pronto isto serve para aprendermos que proximos virus que vierem ja nao vai ter este impacto todo porque a maioria das pessoas ja percebeu a farsa disto. Voces veem os restaurantes cheios sabem porque ? Isto e uma forma de revolta e de resposta as pessoas por nao acreditarem nesta palhacada. E acho bem. So nao ve quem nao quer ver. Passar bem. Fiquem com a vossa ideia de panico que os outros ficam com a ideia deles da verdade disto tudo. Nao vale a pena andarmos aqui a arrancar cabelos. A vida continua com ou sem covid. Mas infelizmente ha uns mais medricas que outros e que contagiam outros tambem por manifestarem esse medo irreal. Acordem para a vida. A morte sempre existiu nao e de agora, faz parte digamos da vida. Agora usarem a tragedia de mortes por covid como se fosse o fim do mundo e estar a dizimar metade da populacao mundial, quanto histerismo e paranoia. Voces vao atras desse histerismo vao passar a ser escravos da comunicacao social e de tudo o que divulgam para voces. Sigam a verdade e a verdade vos libertara. Essa frase nao poderia ser mais verdadeira no contexto actual.

    • SP says:

      Tanta coisa para dizeres nada. Restaurantes cheios? Pah para fantochada, já chegam as tua teorias. Que me digas cafés ou Shoppings, esses já estavam e o mundo pode acabar ou podemos andar toda na banca rota que pelos vistos vão continuar sempre a estar. Os restaurantes (pela minha zona e pelo que vejo claro até têm sido fo melhor exemplo).
      Agora a questão da economia não não faz sentido, se me dissesse que isto está a acontecer na Coreia, na China, se calhar até no Japão, acreditava agora alguém acredita que os políticos iam arriscar se a perder “o poder” só para ter “controlo”? De que adianta esse controlo se as eleições estão ai á porta e muito dificilmente algum governo se manterá?
      Mas pronto realmente não vale a pena continuarmos, os vossos argumentos se vocês pensassem um bocado veriam que nem fazem sentido mas acho que deve ser pedir de mais. Fiquem bem, fiquem seguros!

  8. Sardinha Enlatada says:

    SP nao te pedi a tua opiniao, isto foi para o publico em geral quem quizer acredite quem nao quizer nao acredite. Para voces nem com desenhos, vao ser sempre do contra. Trabalham para o governo so pode. Porque passam a vida a contradizer a opiniao dos outros, entao uma vez mais fica com a tua opiniao que eu fico com a minha. P.S: Correccao de alguns restaurantes cheios, mas nao sao tao poucos pelo que vejo pelo menos na zona por onde passo.

    • SP says:

      Pah não pediste mas continuas a estar num site público, és livre de partilhar a tua opinião, eu sou livre de a discutir.
      Quanto ao resto nem vale a pena, estou a discutir com alguém que diz que só discute com virulogistas mas está á meses a fazer o contrário do que eles dizem
      Só te deixa uma pergunta, tu vais votar neste governo? De que adianta esse “controlo”, se daqui a uns meses muito provavelmente vao estar outros no lugar deles e muito por causa destas medidas? Mas pronto se isso faz sentido para ti, continua

  9. Sardinha Enlatada says:

    Jovem, qual e a parte que nao percebeste que as pessoas ficam infectadas mas depois acabam curadas ? (nao todas mas a maior parte delas) Se achas isso perigoso eu nao acho mas pronto deves ter uma visao mais limitada da coisa. E encerramos por aqui o assunto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.