Quantcast
PplWare Mobile

Estudo revela que o maior mega terramoto da história atingiu 9,5 na escala Richter

                                    
                                

Autor: Vítor M.


  1. Pedro O says:

    Eu soube há poucos dias – e não confirmei se é verdade ou não – que o Japão tem um “super” terramoto de 100 em 100 anos. E que a cada 300 anos, em vez de “super” é “mega” terramoto. Acho que o último foi em ~176? Estes “mega” terramotos, pelo que percebi, atingem uma magnitude acima de 9 na escala de Ritcher.

  2. Há cada gajo says:

    No titulo atingiu 9,5 e depois no texto “…uma magnitude entre 9,4 e 9,6…” …

    • Vítor M. says:

      Lê.. antes de comentares, lê tudo.

      • IUR says:

        Podia ter sido de 9,59 …..

        • Vítor M. says:

          São coisas diferentes. Um foi de 9.5 e foi o maior, no conjunto da devastação (rutura, devastação provocada pelo tsunami, etc…). O outro, entre 9.4 e 9.6, teve um impacto menor. São coisas diferentes, mas só lendo, é que se percebe.

      • Há cada gajo says:

        Li, percebi o que percebi e por isso comentei. Entendo que o texto e o titulo estão confusos.

        • Vítor M. says:

          Não entendo isso, até porque está tão bem explicado quanto isto:

          Até agora, o maior terramoto de sempre foi o terramoto de Valdivia de 1960, que atingiu o sul do Chile com uma magnitude entre 9,4 e 9,6, matando 6.000 pessoas e enviando tsunamis através do Oceano Pacífico.

          A rutura que causou o terramoto de Valdivia foi enorme, estendendo-se até 800 km. Mas, como os cientistas detalham na investigação publicada a 6 de abril na revista Science Advances, o recém-descoberto mega terramoto antigo foi ainda maior, vindo de uma rutura com cerca de 1.000 km

  3. AlexX says:

    Há quem alegue que o terramoto de Lisboa 1755 que teve o seu epicentro bem longe, possa ter alcançado os mesmos 9,5 de magnitude. Se o tsunami que daí adveio atingiu costas tão distantes como Brasil, Estados Unidos e Reino Unido provocando estragos, não será difícil imaginar que Marrocos e metade da Península Ibérica tenham sido varridos e posteriormente colonizados de novo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.