Quantcast
PplWare Mobile

Capacete médico para cirurgias de risco nasceu em Portugal

                                    
                                

Autor: Ana Sofia


  1. Miguel says:

    Boa! Pena que não tenhamos mais investimento ou capacidade de os produzir

  2. Alpha says:

    No entanto ainda se vive na ilusão em alguns países, em especial em Portugal, que com um trapo na cara protege de uma infecção de um vírus que se transmite por aerossóis 🙂

    Mas como sabemos a racionalidade morreu em Março de 2020.

    • ToFerreira says:

      São os burros que vivem na ilusão da ciência. Depois há espertos que vivem na certeza das teorias da conspiração sem fundamentos, mas com muita fé e convicção, uma verdadeira religião.

    • Memória says:

      Ainda estou para ver se a Ciência vai sobreviver ou se vai ser mais uma das fatalidades desta psicose de massa juntamente com todas as liberdades individuais e o próprio Estado de Direito

    • Memória says:

      Carl Jung, The Symbolic Life
      “Na verdade, está se tornando cada vez mais óbvio”, escreve ele, “que não é a fome, nem os terremotos, nem os micróbios, nem o câncer, mas o próprio homem, que é o maior perigo do homem para o homem, pela simples razão de que não há proteção adequada contra epidemias psíquicas , que são infinitamente mais devastadoras do que as piores catástrofes naturais. ”

    • Nuno Teixeira says:

      Qual é a tua sugestão como alternativa às máscaras? Andarmos todos com estes capacetes?

      Continuas a bater nas máscaras nem sei para quê. Nunca se disse que as máscaras são a solução mas sim como mais uma medida que reduz a transmissão do vírus.

    • just_saying says:

      Viver no mundo da ignorancia parece ser bastante divertido.

  3. Memória says:

    Algém se lembra desta notícia em Agosto 2021:

    Uma equipa de investigadores portugueses descobriu três compostos que podem ajudar a reduzir o impacto da covid-19 a uma mera “constipação”.

    A pesquisa foi toda “made in Portugal” e, para já, está no segredo dos Deuses.
    Cada um destes compostos descobertos pode, “em acção individual”, reduzir “60 a 70% a actividade do vírus SARS-CoV-2”, explica à agência Lusa a investigadora coordenadora da pesquisa,
    Cecília Arraiano, do Instituto de Tecnologia Química e Biológica da Universidade Nova de Lisboa (ITQB NOVA), em Oeiras.
    …..

    Que será feito desta descoberta?

  4. noka says:

    A 3M já tem isto há muito tempo. Não foi nada aqui inventado!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.