Quantcast
PplWare Mobile

Agência Europeia do Medicamento: Vacina da AstraZeneca é “segura e eficaz”

                                    
                                

Autor: Pedro Pinto


  1. rui says:

    pessoal a criticar e inventar em 3…2….1….

  2. David Guerreiro says:

    Prefiro tomar essa do que uma chinesa ou a russa.

  3. JS says:

    O facto de terem suspendido por uns dias a vacinação, só me faz pensar mesmo que a AstraZeneca não consegue produzir aquilo que prometeu.
    Fora disso, não vejo outra explicação. 5 milhões de vacinados, e existem 30 e pouco casos de tromboses, o que se traduz em 0,0006%… Vamos deixar de vacinar dezenas de milhões de pessoas por 0,0006% terem tido uma trombose ?

    • Bruno Mota says:

      Se você estiver incluído nessa ínfima percentagem, irá mudar radicalmente de opinião…

    • Oiii says:

      Abrindo uma caixa de Pandora que não deve de ser aberta… mas qual é a taxa de mortalidade por Covid? Falou-se várias vezes que era inferior a 1% ( não sei números em concreto) e no entanto parou tudo devido a esse 1% , se se pode para tudo devido a uma pandemia que tem um índice de mortalidade inferior a 1% ( e sim paramos para o número não ser maior) então porque é que não se deve suspender a vacinação desta vacina, existindo outras consideradas mais seguras?

      • rui says:

        Boas
        Não sei qual é a taxa , mas um dos principais problemas é que a Covid é muito infecciosa, e começa a fazer pressão sobre os hospitais, pois deixa de haver vagas nas enfermarias, e passa se a ter de fechar outras especialidades para aumentar a capacidade para Covid.
        Depois a partir dai, sobrecarga nos cuidados intensivos e consequentemente mais mortos.
        As piores semanas que passamos foram com muitos mortos, e trabalhando num hospital, digo vos que o que foi mostrado na tv não foi nada comparado ao que os hospitais passaram.

        De qualquer forma, mesmo que seja de apenas 1%, mesmo assim é uma percentagem MUITO maior do que os “possiveis” problemas associados a vacina.

        Todos os efeitos adversos devem ser comunicados e verificados.
        Agora faço eu uma pergunta:

        Apenas a vacina da AZ teve efeitos adversos?
        Todas devem ter tido, mas não foi tão empolgado..

        Sei que pessoal que levou já a segunda dose da Pfizer por exemplo foi muito duro.

        Eu já tenho a primeira da AZ, e passei muito bem. Vamos ver na segunda dose…

        • oiiiii says:

          Eu compreendo isso tudo o que dizes (concordando), agora temos de ver as coisa de outra maneira.
          todas as vacinas tem efeitos secundários? muito provavelmente
          agora o que aconteceu com a AZ é que as noticias sobre os seus efeitos saíram a “publico” o que podem ter causado uma certa insegurança nas pessoas em tomar a vacina (eu incluído). Não achas que neste momento as pessoas precisam de estar de uma certa forma descansadas e não ficarem reticentes em tomar a vacina? (e nisto a midia tem uma certa culpa devido a estar a bombardear as pessoas com noticias relacionadas com o covid)

          • rui says:

            Pois. tens razão. Todas devem ter efeitos indesejáveis, mas esta saiu primeiro ao publico. Vamos ver as outras.
            O que eu acho é que isto foi demasiado empolgado.

            A suspensão foi uma decisão politica e mais nada.
            Isto não ajuda nada em convencer as pessoas a tomar as vacinas.

            Como disse eu tomei, e vou tomar a segunda dose sem qualquer problema.

            A probabilidade de ter algum problema com a vacina é muito menor do que eu possa ter se apanhar covid.

            Eu já tive um tromboembolismo pulmonar massivo bilateral, anos antes de tomar essa vacina.

            Como profissional de saúde, continuo a achar que é a melhor solução.

            Cumprimentos

          • oiiiii says:

            Rui, muito obrigado por tudo o que tens feito por nós

      • SSD says:

        Passado um ano haver pessoal que acha que a mortalidade é o único risco é que é preocupante. Mas a principal diferença é que tu não vais espalhar os efeitos a outras pessoas e o número de reacções é o normal numa vacina, só que agora anda-se muito mais em cima do assunto e sabe-se rapidamente os números, mas são números “normais”

        • oiiiii says:

          Repara, eu não disse que a mortalidade era o único risco, apenas falei nesse risco. se começarmos a enumerar todos os riscos da covid (desde os riscos de saúde até aos financeiros) em cada comentário qualquer dia temos de elaborar quase um artigo cientifico para podermos falar acerca de um só um ponto, acho que isso não se justifica no meu comentário, dai não ter falado sobre tudo e apenas só sobre a taxa de mortalidade. Se leres a minha resposta ao comentário do Rui irás perceber melhor o meu ponto de vista

          • SSD says:

            Percebo mas a grande diferença entre a vacina e o vírus é que com o vacina o risco é individual, com o virus já não é assim.
            Claro que se os números continuassem a crescer tinha de se investigar a fundo, sendo a amostra tão pequena, entra na normalidade das vacinas e tal como outro utilizador disse parece ter sido mais para pressionar a AstraZeneca do que outra coisa

          • oiiiii says:

            Basicamente estamos de acordo

    • Fernando Silva says:

      Morrer por morrer prefiro morrer com o virus. Digam o que disserem o corpo é meu morro como eu quero

      • iDroid says:

        E se morreres de acidente de automóvel (por exemplo) e não estiveres à espera disso? Morreste como querias?

        • Fernando Silva says:

          Apenas e só estava a fazer a comparação entre morrer de virus ou com a vacina. Porque todos nós temos de morrer, mas quanto mais tarde melhor, até pode me dar o treco agora mesmo

  4. Há Cada Gajo says:

    Naturalmente que será segura. À medida que vai sendo administrada, maior a probabilidade de novos efeitos secundários, pois maior é a amostra da população a quem é administrada. Isto é lógica da batata, mas que ninguém entende. O Ben-U-Ron também tem efeitos secundários comprovados.

    • MACnista says:

      … isso continua a ver o telejornal e a acreditar nisso tudo, depois vai-se a ver e… é aquilo que nós sabemos, que afinal…, mas…

      • KodiakShadows says:

        mas o quê?
        Eu tomei a AZ sem receios e efeitos secundários mesmo que leves nem os tive, a não ser na zona onde levou a picada e ao fim de 2 dias nem sentia.
        A AZ é segura e recomendo quem não quiser que apanhe o vírus e se for dos fortes até se borram pelas pernas abaixo.

        • j says:

          Seja qual for que venha ela que eu a tomo, agora meter chip é que não.

        • Spoky says:

          Adoro esses comentários KodiakShadows.

          Vamos la ver se METES uma coisa na cabeça, como é que podes alegar que é segura?

          Se NEM sabem o que causa certas DOENÇAS AUTO-IMUNES, se NÃO sabem a razão, o motivo, a causa das doenças auto-imunes.

          Como é que podes garantir que não existe uma reação adversa na toma da Vacina?

          É isto que chateia, mas há estudos para todas as doenças auto-imunes com a toma da Vacina? Não não há.

          Logo NÃO É SEGURO para pessoas com doenças auto-imune.

          Ponto.

          • ToFerreira says:

            E a covid, é segura para pessoas com doenças auto-imunes? Não sabemos as consequências (todas) das vacinas, mas sabemos as consequências da covid.

          • rui says:

            sim sim
            E a Covid? Segura ?
            Achas que todos os que têm Covid se safam? Para já só em Portugal tens MUITAS famílias que irão discordar….
            A crer naquilo que dizes ( e eu não acredito) tens de escolher entre o mal menor…. e pessoalmente acho que a vacina (seja qual for) é o mal menor.
            Ninguem sabe como vai reagir da Covid, por isso….

          • KodiakShadows says:

            Ela é tão segura ou mais que as outras. AZ 30 casos, Pfizer 39 casos. Só um arsehole é que não viu que foi uma atitude política e irresponsável. Deixou com isto um atraso na imunização e uma desconfiança desnecessária nas pessoas. Quem não gosta da AZ que não tome, e espere na fila para os últimos. O Paracetamol também tem contra indicações/efeitos secundários e ninguém fala e todos continuam a tomar. Se não tomastes ainda a vacina, pelo menos na SC onde vivo, fazem uma série de perguntas por precaução e só depois é que vacinam. Quem me garante que essas pessoas a quem foi dado a AZ foram confrontadas com essas perguntas? Ou muitas se esqueceram de alguma resposta, qual o historial clínico dessas pessoas. Vamos lá ver se ENTENDES as coisas. Eu não adoro as tuas respostas, DELIRO com elas. 😉 Continua assim que sempre tiro um sorriso pela manha. capisce

          • Rui says:

            Tudo dito.
            Não se sabe o que provoca doença autoimune.

            Pode ser a comida (com tanto produto que é colocado nela), pode ser algo que se bebe.

            Agora uma coisa que não percebi:
            No teu texto afirmas que as vacinas provocam doenças autoimunes ou que quem já tem vai ter problemas maiores?

            Logo da mesma maneira que afirmas que pode ser da vacina, podemos afirmar que é de outra coisa qualquer.

      • SSD says:

        Aquilo que nós sabemos, ou seja a existência de cerca de 30 casos de reacções graves em 17 milhoes de vacinados. Ou seja cerca de 0,000018%.
        Se isso é caso para este filme todo, já estou como o outro utilizador mantenham-se longe até de ben u rons.

        • rui says:

          17 milhoes sem contar com a UK (que a EMA já não tem dados)

          • A says:

            Mas quem disse que a EMA não têm os dados da MHRA – Uk, têm sim senhor e o inverso é verdadeiro, hoje há um sistema que é quase mundial…
            Há risco em tudo, mesmo nas vacinas russas ou chinesas que pelos vistos vêm com condicionantes atrás ou então porque se anda a comentar que a china não aceita outras vacinas para o seu continente (Macau e HK são á parte..)
            já agora não conheci nenhuma vacina sem riscos, apesar de termos praticamente toda a população vacinada com diversas vacinas…

          • rui says:

            Desculpa, mas acho que estas errado. A OMS tem os dados todos.
            A EMA apenas analisa os dados da UE e a UK já não faz parte.

            Penso eu, mas não vou insistir que tenho razão. Talvez tenhas tu razão.
            Essa é ideia com que fiquei.

            Abraço

  5. j says:

    “Agência Europeia” não sabe de nada. A melhor é a Sputnik.

  6. Sardinha Enlatada says:

    Porque e que nao se usa o medicamento de Israel para combater o virus ? Ja estao contratos feitos com as vacinas obviamente. Nem sequer falam disso na comunicacao social.

    • SSD says:

      Porque o medicamento é para ser usar em pessoas que já têm o virus, a vacina é para prevenir que as pessoas o apanhem, não tem nada a ver.
      Mesmo Israel não deixou de vacinar as pessoas, nem reduziu o ritmo de vacinação mesmo tendo esse medicamento.

  7. Antonio says:

    Pergunta: se é “segura e eficaz”, porque é que a farmacêutica não se responsabiliza?

  8. ToFerreira says:

    Vamos ver a opinião dos especialistas aqui nos comentários…

  9. Eu sei lá says:

    Se quem tem a obrigação de saber diz que é segura, não vale a pena andar a inventar.

    Há é uma coisa de que não se tem falado: a AstraZeneca é a única vacina vendida ao preço de custo e a mais barata. Eu sei lá, mas às tantas são os outros fabricantes a ajudar à confusão.

    • ToFerreira says:

      Pois, as questões políticas que muitos invocam podem passar também por aí.

    • Eu sei lá says:

      O post diz que não se sabe quando é que a vacinação vai ser retomada.
      A DGS já esclareceu que é na próxima 2ª Fª.

    • rui says:

      Exactamente. Ou se confiar na EMA ou não. Pelo que eu sei, a EMA é muito competente e reconhecida internacionalmente como isso mesmo.
      Agora:
      – A vacina da AZ é a mais barata. A quem interessa que tenha problemas?
      – Tambem se pode falar duma pequena “vingança” pelo brexit (uma vez que a AZ é inglesa)

      Pode ser muita coisa.
      Pessoalmente Não em interressa muito o porquê. Foi revista e qualquer notificação desta ou de outra vacina será revista (como acontece com TODOS os medicamentos)

      Eu em Maio vou levar a segunda toma da AZ, e estou preparado e desejoso disso.

  10. Eduardo says:

    Pelos vistos a UE conseguiu o que queria. Devem ter chegado a acordo, para que a AZ cumprisse e entregasse o combinado desde início. Menos desvio para o Reino Unido, que anunciou hoje a desaceleração no programa de vacinação deles.

  11. informado says:

    é como o jogo da roleta. Pode ser que tenha sorte ou pode ser que tenha azar. Os políticos fazem questão de enviar esta para o povo enquanto eles tomam outra!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.