Quantcast
PplWare Mobile

Crescem as queixas que o Firefox passou a consumir demasiados recursos

                                    
                                

Autor: Pedro Simões


  1. Informático amador says:

    Exacto. Infelizmente tive de o deixar ao fim de muito tempo de usos, e começar a usar o novo Edge, com o Vivaldi como segundo browser. Além de “puxar” recursos, mostrava-se mais lento, e por dá cá aquela palha, não carregava paginas, às vezes nem por falhas de segurança graves, meros pormenores. Vou esperar que a Mozilla recomece o bom trabalho, ou então… Fico com os que uso agora.

  2. Hélio Musco says:

    Também tenho notado isso. Tenho um Surface com uns 4Gb, e o bicho começa a patinar quando já tenho uma dúzia de tabs abertas.
    Sei que RAM livre é RAM desperdiçada, mas quando tens uma aplicação a comer logo metade, coitadas das outras que querem um bocadinho para se contentarem.

  3. Jota says:

    Não será devido à janela flutuante? É que o firefox tem esta opção que dá muito jeito para os tempos atuais. É uma opção que permite estar a trabalhar e ter uma janela, “always on top” com o tamanho que se quiser, a dar um video/tv qualquer ali no cantinho do monitor! Provavelmente está muita gente a utilizar esta janela flutuante e isso realmente consome recursos!

    • Henrique says:

      Houve mesmo varias alterações nesta ultima versão, a janela flutuante foi uma delas, mas também foram as alterações à barra de endereços, assim muitas alterações visuais como ligeiras animações dos menus. Tudo isto acaba por ter o seu peso.

      Sinceramente acho que a firefox devia apostar num publico diferente dos restantes browsers, acho que teria imenso sucesso se todos os esforços fossem dirigidos para a simplificação do browser e aumento da privacidade (neste ponto até têm feito um bom trabalho).

  4. whatever says:

    Deixei o Chrome e fui para o Firefox por esse motivo. Até às data, não tenho razão de queixa.

  5. João says:

    Honestamente que não tenho queixas.
    Será FUD?

  6. rikardo pereira says:

    Neste momento uso o Opera, é o que menos recursos consome.

  7. SANDOKAN 1513 says:

    Pale Moon e toca a andar. 🙂

  8. Samuel MG says:

    Não tenho nenhum problema com o firefox. Não será um problema relacionado com a versão para o Windows?

  9. Edson says:

    Aqui o consumo continua baixo, mesmo com uma quantidade bastante razoável de extensões. Acho que preciso duvidar do conteúdo da matéria.

  10. Rui says:

    É verdade que o firefox com 6 ou 8 abas abertas, consome 800Mb a 1Gb, mas não tenho grandes razões de queixa. Utilizo desde à muitos anos como o browser principal.

    Mas infelizmente nos dias que correm, não podemos depender de 1 só browser. Eu para aceder a todas as plataformas obrigatórias (portais de impostos, portais de informação financeira, etc), tenho de utilizar o firefox para tudo o que puder, o IE para as plataformas mais velhinhas do Estado (CGA por exemplo), o Google Chrome para a plataforma financeira…….
    Continuo a achar o firefox melhor que os outros. Mas é verdade que há muitos sites, em que o velhinho IE ainda é o mais funcional.

    O Chrome emperra demasiado se quiser ser rápido a escrever na plataforma, mas infelizmente tenho de utilizá-lo porque o portal foi optimizado para o chrome! No aspecto da rapidez, o firefox para windows x64, está a anos luz à frente do Chrome!!!! E estou a falar de uma máquina com 16Gb de memória, disco SSD 512Gb….. e o Chrome consegue a proeza de se engasgar por exemplo no portal da Ordem dos Contabilistas Certificados!!!!!!! Para a próxima tenho de montar uma máquina de 128Gb de memória e discos em raid zero SSD de 2 Tera, para ver se é mais rápido!!!!!!

  11. Manuel says:

    O meu esta na mesma ja algum tempo nem da para ver filmes e pena a tanto tempo que uso nos dois no Windows e no Linux kit

  12. AM says:

    Boas, alguém sabe o nome da barra que aparece colada á barra de tarefas quando passamos o rato numa hiperligação? Era branca mas agora é preta!

  13. Paulo Silva says:

    Proponho que façam o seguinte: 1) Ir a https://www.mozilla.org/pt-BR/firefox/new/ e clicar em “Opções avançadas de instalação e outras plataformas” e depois escolher a opção de 32 bits caso tenham a de 64 bits instalada.
    A sugestão servirá para qualquer browser que tenha a versão de 32 bits. Este “roda” num sistema de 64 bits. Verão alguma diminuição no consumo de recursos.

    Também existe uma aplicação chamada firemin que foi feita para “poupar” recursos.

    Outra possibilidade é fazerem alterações no about:config que levem ao menos consumo de recursos (CPU e RAM)

    Também existem extensões que poupam recursos, por exemplo “great suspender”.

    Nota: Convém relembrar que um browser de 64 bits será sempre mais seguro que um de 32 bits mas se a segurança não é o foco principal julgo que poderão experimentar O downsizing para um navegador de 32 bits por vossa conta e risco, claro.

    • João Bernardino says:

      talvez queiras corrigir esse pt-BR para pt-PT
      E firefox de 64 bits é simplesmente melhor, não sei para que estás a dizer para correr a versão de 32 bits.

  14. Joca says:

    O Chrome com muitas tabs abertas (>10) chega ao 1GB na boa, só com 2/3 extensões.

  15. Nuno Lopes says:

    Há muitos anos que perderam o comboio. Tenho pena.

  16. Honorio Santos says:

    Desde há muito que sou fã do Firefox, mas ultimamente já comecei a notar alguma lentidão e breaks.
    Instalei o novo Edge e fiquei espantado com a rapidez com que trabalha e sem breaks.
    Se a Mozila quiser mudar o rumo do Firefox volto para ele, mas por agora fico no Edge.

  17. Carlos says:

    ..Mas o Ubuntu tem estado a consumir cada vez mais memoria RAM . O problema parece ser transversal tanto ao Firefox como ao Ubuntu.
    No Windows o Edge está a ser atrativo por ser mais leve e parecido com o Chrome

  18. Luiz says:

    Pra q ter 200 abas abertas se so vemos 1 por vez? So nao abrir 200, ou ter um gerenciador de abas…

    Alias, cada dia mais os PCs estao com mais RAM, portanto nao eh nada q atrapalhe.

  19. António says:

    Uso o Firefox e vou continuar, o meu computador é do mais fraco que há, no entanto, o Firefox continua a ser o mais rápido! Acho que agora nos querem fazer por aqui uma lavagem cerebral, primeiro fizeram publicidade ao Chrome, agora andam com a publicidade ao Edge, já usei ambos mas o Edge é igual ao Chrome! Vou continuar com o Firefox!

  20. Freddy Krueger says:

    Infelizmente deixei de usar regularmente o Firefox precisamente por se ter tornado tão pesado. Virei-me para o Edge também.

  21. Paulo says:

    Estou usar Firefox 75.0 em Linux Manjaro e sinceramente não noto que esteja a consumir mais do que aquilo que fazia anteriormente. Pessoalmente até me parece que está mais rápido.
    Será que só acontece na versão para Windows?

  22. Felipe Cardoso says:

    Usava o Firefox, mais com o tempo começou a não funcionar algumas páginas corretamente e dele fui para o Chrome e do Chrome para o Edge… MSFT realmente fez um excelente serviço no Edge Chromium.

  23. informado says:

    Uso o Palemoon que é muito melhor . Tem o look antigo do Firefox e é muito leve

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.