Quantcast
PplWare Mobile

Surge a primeira falha de segurança do iOS 15 e consegue passar o bloqueio de ecrã do iPhone

                                    
                                

Autor: Pedro Simões


  1. Pedro says:

    Este iOS deixa muito a desejar. Além de muitos breaks em algumas apps , a bateria vai num instante

  2. SED says:

    nosso IOS é impecavel! jamais tera falhas!

    android trava!!!

  3. Marco says:

    Features 😀

  4. jota says:

    Faltam aqui as palavras mágicas que costumam usar como quando é com o Windows, que são ATENÇÃO FALHA GRAVE NO iOS!!!

  5. Eu sei lá says:

    Lê-se o post e diz que o artista desbloqueia o iPhone.
    Vê-se o vídeo – e o que consegue é enviar uma mensagem com o iPhone bloqueado.
    Eu diria que não é a mesma coisa 😉

  6. Júlio says:

    Novidades IOS é uma piada..O que não falta são falhas… Mas se fosse no Android era o fim do mundo, aqui é pequena falha.
    LOL já viram pequenas falhas no Android? Destas basicas? Se falham nas básicas pensem nas graves.. Ninguém fala é nelas… Continuem a acreditar na auto intitulada segurança Apple, continuem….

  7. Ze says:

    Tou a pensar fazer um retrocesso para o 14.8 vou esperar mais uns dias

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.