Quantcast
PplWare Mobile

Retirar o carregador e os EarPods da caixa do iPhone rendeu muito dinheiro à Apple

                                    
                                

Autor: Pedro Simões


  1. David Guerreiro says:

    O único motivo é esse, o lucro. O que querem que os clientes pensem é que é por razões ambientais. Vai chegar o dia em que o smartphone é entregue na mão do cliente apenas envolto numa película plástica, sem cabo, sem caixa, sem mais nada. Aí ainda poupam mais.

  2. C says:

    E fazem muito bem. Há que sacar o máximo possível aos fãs eheh

  3. Pty says:

    “Causas ambientais”?!?! Quem é que acreditou que essa era a verdadeira razão, e não poupar nos custos e gerar mais receita??
    Esses que acreditaram nisso também acreditam que a Russia invadiu a Ucrânia em missão de Paz….

    Pena, é a Apple tomar uma medida destas, e haver outras empresas que vão atrás, só porque a Apple fez….

    • Asilva says:

      Pena? Menos desperdício e tu vens falar de pena! Tens um bom remédio, não compres.

      • Amílcar Silva says:

        O desperdício continua lá todo. Não faz sentido a Apple dizer que está preocupada com o ambiente quando lança novos modelos todos os anos para promover o consumismo.

      • Miguel says:

        Qual menos desperdício, fizeram retoma?
        Incentivaram a não comprar com um preço mais barato?
        Não aumentaram a carga possível nos telemóveis? obvio que se alguém quiser ter acesso ao que comprou terá de adicionar um carregador ao carrinho

        • Tadeu says:

          A questão é que olhando para o suposto dinheiro gerado, só cerca de 7% das pessoas é que tiveram a necessidade de comprar um carregador da Apple… Se 93% das pessoas não compraram carregador da Apple, acho que podemos assumir que muita gente não precisou de novo carregador, logo menos desperdício.

          • Miguel says:

            Bem visto, então o meu único reparo seria dar a opção de comprar o telemóvel com carregador e se não precisasses faziam um desconto no mínimo equivalente ao preço do carregador.

          • r41m31 says:

            Ou compraram mais barato da concorrência…

          • Tadeu says:

            Miguel, e quem é que te diz que para a Apple já não estão a vender com um preço que contempla a ausência de carregador? Já tentaste ver como é que os custos de produção evoluíram? eles foram aumentando.

          • Tadeu says:

            r41m31, certamente não acreditas que todos os 93% dos clientes foram comprar carregadores de outra marca quando o carregador da Apple custa 19$? Parece óbvio com base nesses valores que há gente que não vê a necessidade de comprar um carregador novo

          • Miguel says:

            Tadeu enquanto não tiver a opção default com carregador a um preço e depois dar opção de retirar poupando dinheiro não estão a incentivar, estão a lucrar.
            Se efectivamente fazem como dizem continuam mal, não estão a ser transparentes. Até porque efectivamente pelo que me lembro dos preços, eles não baixaram…

          • Tadeu says:

            Miguel, se os custos de produção aumentaram porque é que haveria de diminuir o preço? As pessoas parece que fazem muita confusão com haver menos um objecto num novo produto, pensando que isso iria implicar que preço teria que ser menor que o produto anterior, como se não pudesse haver mudanças noutros custos de produção.

          • Miguel says:

            Tadeu, ainda não percebeste, vou tentar explicar melhor.

            A BOM do IPhone 13 Pro aumentou de facto face ao anterior, mas com 48% de lucro, o preço é estupidamente alto.
            No entanto esquecendo o Pro Max e voltando aos IPhone normais, o custo da BOM passou de 415$ no 12 para 407$ no novo.

            No entanto, neste momento o que acontece, é que o preço é exactamente o mesmo que a versão anterior, mas agora sem o carregador.

            A minha opinião é que ao comprar um IPhone, poderias optar por retirar o carregador e ficava mais barato, no entanto por defeito devia vir com o carregador, pois o preço é o mesmo do ano passado.

            Assim incentivavas a tirar o carregador e ajudavas o ambiente, mas não prejudicavas o cliente final. Da maneira que está actualmente apenas a Apple tem benefício, como mostra esta notícia.

          • Tadeu says:

            Miguel, a transição (retirar carregador) foi entre o iPhone 11 e o 12, não 12 para 13. A Apple ter lucro (que não é de 48% – BOM não representa os custos todos) em nada altera a questão do preço – não podes exigir que para além de aumentar os custos ainda baixe o preço de venda!
            A pessoa escolher devolver o carregador na caixa beneficia o ambiente de que modo? Parece que não consegues ver que conta de preços se faria da mesma maneira… Estás demasiado preso à ideia de que o preço com o carregador teria que ser o mesmo que o actual, como se não pudesse o preço actual mais o preço do carregador!

  4. jorge santos says:

    Bem jogado Apple.

  5. Joao Ptt says:

    Alguém disse: mandamos só o smartphone e não metemos mais nada, e ainda ganhamos uma fortuna. Dizemos que é para ajudar o ambiente, mas os nossos dispositivos em vez de durarem 15 a 30 anos com suporte nosso, continuam a durar uns 5 anos na mesma.

    • João Pratas says:

      Duvido que a partir do iphone 12 dure tanto tempo. A bateria é de fraca qualidade (a não ser que a troquem de ano em ano – continua a ser lucro). 1 ano de uso normal e a usar o carregador que tive de comprar à parte (mais lucro) e a bateria já vai nos 82%… Parece que nem foi feita pra durar uns meses a mais além da garantia nem nada…
      Well done Apple mas só me enganam uma vez…

  6. Asilva says:

    Obrigado Apple, o ambiente agradece e os acionistas também 🙂 Por acaso as vendas diminuíram? Não! As pessoas continuam a comprar Iphones como se tratassem de pãezinhos quentes. Apple, para quando a redução de mais componentes e acessórios entregues em cada caixa do Iphone, isto em função de um planeta melhor, claro. Mais uma vez OBRIGADO!

  7. Marco Duarte says:

    Próxima ideia é comprar apenas os Iphones de exposição pois assim acaba se as caixas lol

    • David Guerreiro says:

      Ou então ir à China buscá-los à porta da fábrica, assim não precisa de caixas, nem transporte. Claro que isso tudo, com um mero aumento de 10% no preço, para “incentivar” o cliente.

  8. Miguel says:

    Mentira, beneficiou o ambiente!

  9. Tadeu says:

    há cada um! Uma medida poupar dinheiro não quer dizer que no fim se tenha muito mais lucro com isso, já que ao mesmo tempo que se poupa dinheiro com um componente, pode se estar a gastar mais dinheiro noutros componentes. É olhar para os estudos de custos de componentes dos iPhones e ver como o custo subiu apesar de terem retirado o carregador.
    Também não se entende muito bem como é que acham que poupam tal quantidade de dinheiro [isso implicaria mais dinheiro por carregador do que o preço oficial de venda ao público (31 dólares vs 19)].

  10. mlopes says:

    as grandes questões são:
    é lógico e razoável que não se carregue cada embalagem de um smartphone com acessórios que muitas e muitas vezes são completamente supérfluos? é.
    ambientalmente o mais correto é eliminar o que é supérfluo e evitar o consumo desenfreado? é.
    a normalização ajuda à proteção do ambiente reduzindo o consumo? ajuda.
    com esta medida conseguiram-se os dois primeiros pontos.
    o terceiro seria outro sobre azul ao que seria de acrescer a simplificação das embalagens e a utilização nas mesmas de materiais 100% reciclado/recicláveis.
    as marcas ganham com isso? claro que sim. poderiam partilhar o ganho com o consumidor? podiam e deviam.
    mas isto é o neo-liberalismo no seu melhor. não se queixem porque no fundo adoram-no, embora na maioria dos casos, nem percebam que são os maiores prejudicados por ele…

  11. Filipe says:

    Pagar mais por menos. É esse o lema da apple

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.