Quantcast
PplWare Mobile

Procura por smartphones recondicionados não para de crescer e o futuro é promissor

                                    
                                

Autor: Maria Inês Coelho


  1. Mano says:

    Já se Vendem Bons smartphones recondicionados, mas eu prefiro comprar Novo, mas mesmo assim Algumas marcas já trazem Malware embutido, através das aplicações de Origem e os recondicionados não sabemos o que já passou por lá, com tanta Porcaria que se Descarrega da Net e das Próprias Lojas Oficiais .
    Tudo é Possível e Tudo pode Acontecer, Dados Roubados e Muito Mais
    Obrigado
    Mas prefiro Novo

    • Luis Henrique Silva says:

      Pois mas para isso é que existe o hard reset certo? Pois não é desculpa, ainda por cima há marcas que premito repor uma rom mais arranjadinha.
      Por isso tudo se arranja.

      • Fim do mundo says:

        O hard reset, não é solução para tudo, e rom’s alternativas, depende do tipo de uso, mas não compensa já perder tempo com isso, há funcionalidades que se perdem ao recorrer as roms alternativas, originais são originais.

        • Miguel A. says:

          Mas também se ganha. Desde que coloquei uma ROM do pixel num xiaomi o telemóvel ficou outro, nem sequer equaciono voltar a colocar de origem.

      • Yamahia says:

        O hard reset não o livra de eventuais programas maliciosos que já estejam na raiz do telefone!

    • secalharya says:

      Eu também não sou fã de aparelhos recondicionados. Novo é sempre novo!

  2. mc says:

    O problema dos recondicionados é a marca não oferecer os updates após algum tempo.

  3. Luis Henrique Silva says:

    Para quem quer arranjar um modelo que seja caro novo, vale a pena.
    Embora eu não gosto de comprar recondicionados ou usados.
    Prefiro novo.

  4. IKAROS says:

    Para a família só compro iPhones e iPads recondicionados e tem corrido muito bem. Sorte? Talvez.

  5. Fim do mundo says:

    Por muito interessante que seja o mercado de usados\recondicionados, até pode servir para muitos, mas eu prefiro comprar novo, uso e abuso do smartphone e quando justifica face a limitações, é reformado para recurso e compro outro novo.

  6. deeppurple says:

    E servidores recondicionados. Para produção mesmo. O que recomendam?

  7. Nuno Amorim says:

    O Futuro dos Smartphones vai ser como os carros, comprasse um novo e da o antigo como retoma…

    • Fim do mundo says:

      sim claro, só com uma ligeira diferença um carro ainda ao fim de 2 \ 3 anos tem um valor comercial considerável e uma esperança de vida na ordem do 10 anos no mínimo, já os smartphones, nem por isso, tem uma vida mais curta, são caros novos, ao fim de 2 \ 3 anos estão ultrapassados e o seu valor é residual para não dizer nulo.

      Isto para dizer que não foi a melhor comparação carros e smartphones, nada haver mesmo.

      • secalharya says:

        Os veículos elétricos dizem olá!
        Ao fim de poucos anos a bateria já perdeu parte da capacidade de carga. Fica muito dispendioso troca-la fora da garantia (8 anos geralmente).

        • Pai de santo says:

          O que é poucos anos? 2? 5? 20? E que o meu carro electrico tem 8 anos e queria saber por entendidos na materia quando é que a bateria vai à vida…

  8. Insider says:

    Qual o modelo do Xiaomi e qual a ROM?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.