Quantcast
PplWare Mobile

Forte procura do iPhone 12 gera à Qualcomm a maior receita dos fabricantes de chips

PUB

                                    
                                

Autor: Vítor M.


  1. Bruno Amaral says:

    Sem dados das vendas do Q4 , a única coisa que se sabe é vendas em baixa para todas as marcas excepto Xiaomi +34.9% e Samsung +2.2%…. Estes sao os factos, o resto sao teorias…

    Ah e a Qualcomm vende modems para todos os androids que usam os seus chips….

    • Galo says:

      Exato. Ainda para mais essas duas empresas vendem mais que a Apple neste momento…

      E há uma coisa que não percebi. A Trendforce atribui a ascensão da Qualcomm a uma série de fatores, incluindo a entrada na lista de fornecedores da Apple no início de 2020, além do facto de cada vez haver mais adoção da tecnologia 5G.”

      Como é que isso se transformou em “Forte procura do iPhone 12 gera à Qualcomm a maior receita dos fabricantes de chips”?!?

      Ou há mais informação, que não consta neste artigo, ou algo está errado….

      A procura pelo IPhone 12 até poderia ser pequena que ia gerar receita na mesma….se antes recebia zero porque nao estava presente no iphone…qualquer coisa maior que zero é positiva…

    • Vítor M. says:

      Quem está atento sabe que no 3.º trimestre a Apple não tem qualquer lançamento, mas tem muitas compras de material aos seus fornecedores.

      Como tal, os outros players do mercado, que lançaram nessa altura equipamentos, têm algum ascendente, mas pouco. Tal como aconteceu ano passado, o resumo dos 4 trimestres mostrará um forte impulso da Apple e bons resultados no geral, até porque este ano, como os mais atentos viram, a empresa lançou o iPhone 12 (toda a linha), lançou o HomePod mini, lançou o iPad Air, lançou os MacBooks Air e Pro M1, lançou os AirPods Max, o Apple Watch 6 e isso será seguramente um grande impulso nas vendas do ano no total.

      A grande receita, contudo, segundo os analistas, será do iPhone 12 que estará a vender mais que os anos anteriores.

    • Vítor M. says:

      3º trimestre para a Apple não tem grande vantagem. Até porque os novos iPhones só foram lançados no 4.º trimestre.

      • bruno amaral says:

        loll Entao de onde vem uma noticia ” apple vende bem” ? pura especulacao? é que sem dados é pura invençao….

        • Vítor M. says:

          Não, quem o diz são as empresas e análise de mercado que têm indicadores de vários intervenientes. Não sabes, mas há forma de saberem o fluxo de vendas, pelos canais de terceiros usados na distribuição. 😉

          • Galo says:

            Mas então Vitor essa informação deveria aparecer no texto a suportar o titulo que escolheste colocar…

          • Vítor M. says:

            Nada disso. No texto e na análise da empresa que fez a recolha dos dados está tudo explicado. As vendas do iPhone 12 são o grande trunfo para que a Qualcomm tenha este números, pelo que é dito. Está corretíssimo como foi colocado.

          • Galo says:

            Vitor, não estou a por em causa de IPhone 12 vende muito ou pouco.
            Acredito que venda bem, como sempre acontece.

            Mas não sou parvo. ..

            No texto que aqui está escrito:
            “A Trendforce atribui a ascensão da Qualcomm a uma série de fatores, incluindo a entrada na lista de fornecedores da Apple no início de 2020, além do facto de cada vez haver mais adoção da tecnologia 5G.”

            Onde é que “série de factores” + “entrada na lista de fornecedores da Apple no início de 2020” + “mais adoção da tecnolofia 5G” = a “Forte procura do iPhone 12 gera à Qualcomm a maior receita dos fabricantes de chips”?!?

            “E o burro sou eu?” XD

          • Vítor M. says:

            Quem o dizes és tu. Pois claro, se todos os iPhones 12 têm 5G… essa parte do burro, nem quero anuir contigo.

          • Galo says:

            “Pois claro”…se todos os topos de gama (e mais outros tantos) de outras empresas têm 5g …com burrices, também não quero anuir 😉

          • Vítor M. says:

            Então não continues a dizer o mesmo sem saberes. É que estás a dizer burrices.

            Qualcomm’s remarkable performance is attributed to the following: First, Qualcomm returned to Apple’s supply chain earlier this year;

          • Galo says:

            Hahaha, volto a dizer o mesmo: e o burro sou eu?

            “Qualcomm’s remarkable performance is attributed to the following: First, Qualcomm returned to Apple’s supply chain earlier this year;”

            É que essa frase indica “o regresso da Qualcomm à lista de fornecedores da Apple como uma das razões para o excelente desempenho da empresa”. Nada te diz acerca das vendas do iPhone 12!
            O Iphone 12 até poderia estar a vender metade do que o seu antecessor, que ia ter, na mesma, um peso positivo relevante nas receitas da Qualcoom!

            Metade de muito é muito na mesma…acima de tudo quando antes para a Qualcoom era zero!

            Volto a dizer que não coloco em questão se iphone 12 vende muito ou pouco. Provavelmente está a vender muito, e tu até podes ter saber disso por outras fontes de informação. Agora uma coisa é certa…o titulo deste artigo não encontra sustentação no texto 😉

          • Vítor M. says:

            Isso 🙂 dá uma volta à mesa para chegares ao mesmo lugar.

            Como é óbvio, foi o iPhone 12, que tem em toda a sua gama 5G. Segundo o que diz o texto e a fonte, a Qualcomm foi das empresas que mais chips vendeu no período, graças, em primeiro lugar, ao facto “Qualcomm returned to Apple’s supply chain earlier this year;” Simples.

          • Galo says:

            Não dei volta nenhuma :D, não saí do lugar, a critica mantém-se. E tu pelos vistos também não avanças…continuas a insistir na falácia.

            “Qualcomm returned to Apple’s supply chain earlier this year;” não é sinónimo de “forte procura do iPhone 12”!

            Agora até fui espreitar o artigo original…E eles dizem:

            “Qualcomm’s remarkable performance is attributed to the following:
            First, Qualcomm returned to Apple’s supply chain earlier this year;
            second, its OEM clients had been aggressively procuring components due to the COVID-19 pandemic;
            and finally, 5G RF components gradually began contributing to Qualcomm’s revenue.”

            já agora que és tão bom a ler entrelinhas, ou fazer previsões, podes-me explicar, por favor, a razão pela qual as receitas da Nvidia, que são da mesma ordem de grandeza da Qualcomm, cresceram ainda mais que as desta ultima? 55.7 % vs 37.6 %.

            Temos Iphones equipados com este chip e eu não sabia ;)?

          • Vítor M. says:

            Estás a mudar o que é dito, diz claramente que “Qualcomm returned to Apple’s supply chain earlier this year;” diz claramente e desde que voltou que a Apple, perante o acordo que fez, usou os seus chips para o 5G está mais que referido isso. Estás a tentar criar um cenário que não existe.

            Apple’s new 5G-equipped iPhone 12 models appear to sport Qualcomm’s Snapdragon X55 modem…
            Estás a dizer disparates.

          • Galo says:

            Como posso mudar o que é dito, se apenas fiz copy-paste do artigo original :D?!?

            Pronto…percebi que não vale a pena..

          • Vítor M. says:

            Truncaste o artigo original. E não levaste em consideração outra informação relevante. Esta obtêm-se estando atualizado com as informações de mercado.

          • Galo says:

            Já disse que não vale a pena….quando começa a desonestidade o melhor é parar.
            Os leitores que já aqui comentaram demonstram quem fez truncagem

  2. greego says:

    Os adoradores dos aifones agora geram noticias em indícios…
    Tenham paciência e sejam mais credíveis…

  3. Paulo A. says:

    Já cansa esta guerra Apple – Androids não há mais nada para fazer na vida?

  4. iSad says:

    Quem bom, vamos todos ter um Natal melhor por isso…..

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.