PplWare Mobile

Apple: Tim Cook diz que não estaria na situação de Zuckerberg


Tomás Santiago

A tecnologia e aquilo que é possível fazer com ela sempre foi algo que me cativou bastante. Estudo Ciência de Computadores na Faculdade de Ciências da Universidade do Porto. Adoro programar e desenvolvimento de aplicações móveis, principalmente para iOS. É a escrever para o Pplware que partilho os meus conhecimentos. Sigam-me no Twitter: @mrtomasantiago

Destaques PPLWARE

47 Respostas

  1. Cortano says:

    Eheheh, este está a arranjar lenha para se queimar

  2. LG says:

    Muita coisa vai mudar com a Regulamento Geral sobre a Proteção dos Dados Pessoais que no dia 25. Maio entra em vigor na UE e mais…

  3. Helder says:

    Perguntem o mesmo ao Sundar Pichai e ao Satya Nadella.

      • Pedro F. says:

        Tu ainda não percebeste que nessa situação foram os utilizadores que não se acautelaram? Falas sempre no mesmo e nem sabes do que se tratou. Isdo até tornou o iCloud ainda mais seguro. Mas eu sei que desconheces o que é a prática de dois factores de segurança.

        Não há mesmo empresa que tenha tanta atenção ao dados e à privacidade como a Apple, para o bem e para o mal, tu próprio não andaste a dizer que a Apple deveria dar os dados sobre o caso do terrorista? Eras tu e outros como tu, malta com as ideias enviesadas e que normalmente estão nos votos do NS/NR quando se pergunta algo.

        Pelo menos vai ao fundo da questão e mostra que lês as parangonas dos títulos. Ninguém é perfeito mas a Apple simplesmente não comercializa os dados PONTO. A google faz, o Facebook faz, a Microsoft faz mas a Apple não. Se te custa aceitar isso, pelo menos cala-te que ajudas a filtrar o ruído. Mania de dizer borrada só para se sentirem vivos.

        • Mota says:

          Tens a certeza do que estás a afirmar? Devia-te lembrar a forma como as senhas foram obtidas? Sabes o que é brute force? A icloud simplesmente deixou que fosse testadas várias senhas sem nunca alertar os seus utilizadores do possivel ataque, obvio que a isto se adicionou o facto das pessoas terem senhas patéticas claro!!! Mas.. A Apple teve culpa no cartório e não foi pouca.

        • Não Interessa says:

          Sim li,

          “Um script Python surgiu no Github e parece ter originado o acesso a utilizadores mal intencionados, recorrendo à ‘força bruta’ obtendo uma senha de uma conta do iCloud da Apple, graças a uma vulnerabilidade no serviço Find My iPhone”

      • Mota says:

        +1
        Ora.. Exatamente o que pensei. Tanta segurança mas depois quando se abrem falhas são falhas gigantes.
        Isto é tudo igual ao litro. Google, Fb, Apple. Nada muda

        • Helder says:

          Não, não abrem falhas nenhumas.

          A falha foi das celebridades de darem a sua password da Apple a quem não deviam.

          • Não Interessa says:

            “Um script Python surgiu no Github e parece ter originado o acesso a utilizadores mal intencionados, recorrendo à ‘força bruta’ obtendo uma senha de uma conta do iCloud da Apple, graças a uma vulnerabilidade no serviço Find My iPhone”

            Retirado do link do artigo

          • Helder says:

            Provas de que ESSE script foi utilizado NESSE caso de invasão de privacidade?

            Nenhuma!

            São precisos SÉCULOS para esse script funcionar numa password decente!

            https://techcrunch.com/2016/03/15/prosecutors-find-that-fappening-celebrity-nudes-leak-was-not-apples-fault/

            Prosecutors find that ‘Fappening’ celebrity nudes leak was not Apple’s fault

            Hacker Ryan Collins pleaded guilty to stealing a number of nude photos — including ones of Jennifer Lawrence — from Apple’s servers. He was snared by the FBI, and in the process of the trial, it became clear that the hack didn’t involve Apple’s services being compromised through brute-forcing or password cracking, but rather that they were the result of social engineering, in the form of a phishing attack.

    • Cortano says:

      Provavelmente serão mais inteligentes e dirão: “Não comento”.
      Todos têm telhados de vidro e todos sabem que é perigoso mandar pedras ao vizinho.

    • Cortano says:

      Pensa lá um bocado porque é que o Tim Cook não ataca a MS no que toca a provacidade, mas sim a Google e FB!
      Achas que chegas lá ou queres uma ajuda?

      Eu dou-te uma dica: Modelo de negócio

      • Helder says:

        O Tim não está a atacar a Google.

        A Google é outra que tal, só que opera a um nível mais difícil de perceber pelo comum dos mortais.

        • Cortano says:

          Se lesses a entrevista toda do TC e se lesses as opiniões dele no passado sabias que ele sempre atacou o FB e Google.
          Tu, o fanzasso cego nem sabes a postura da Apple neste assunto?
          Cum carai….

    • Toni da Adega says:

      Esses não são da Apple é obvio que não são de confiança e muito provavelmente más pessoas

  4. rb says:

    diz o lobo sobre a ovelha…

  5. carlos p says:

    o pplware para quando vai apagar a sua conta do facebook?

  6. jose pedro says:

    Ai sim, então a Apple não analisa o perfil dos seus utilizadores para lançar produtos vendáveis? e será que não compra milhões de base de dados de utilizadores para fazer o seu markting? Não vende os que tem, mas compra os que não tem.

    • Toni da Adega says:

      Fazem recolha de dados, doutra forma nao é possivel ter “machine learning”nos seus produtos.
      Basta uma pesquisa que está disponível no site da Apple.
      Fazem recolha de dados na Siri, Safari, iOS, Mac OS.

      • Helder says:

        Mentira!

        O machine learning é feito no próprio aparelho, por isso não faz recolha de dados.

        @jose pedro

        Informa-te, a Apple utiliza técnicas que os outros podiam utilizar (até foi inventado pela Microsoft) mas que não usam para terem um alibi para recolha de dados das pessoas…

        Chama-se privacidade diferencial…

        https://images.apple.com/privacy/docs/Differential_Privacy_Overview.pdf

        • Toni da Adega says:

          A Apple faz recolha de dados, e eles sao os primeiros a dizer.
          Aparentemente não sabes o que é privacidade diferencial, isso simplesmente é uma técnica de recolha de dados, não significa que não seja feita

          • Vítor M. says:

            Fazer faz, alias a Apple tem a maior base de dados do mundo de cartões de crédito ativos. A Apple tem milhões de contas ligadas ao iTunes Store, App Store, iBook Store, iCloud, Apple Music e muitos outros serviços. Ao nível escolar, a Apple tem milhões de utilizadores no seu programa de Developers e muitos outros milhões como não escolares. Portanto, uma coisa é teres dados, porque as empresas trabalham como identidades, outra coisa é comercializar dados sem que o utilizador e dono desses dados saiba o fim dado à informação.

            Mas gerir dados e não os vender é uma coisa, gerir dados e ganhar dinheiro com eles (vendendo essa informação) é outra.

          • Joel Reis says:

            “gerir dados e não os vender é uma coisa, gerir dados e ganhar dinheiro com eles (vendendo essa informação) é outra.”
            Qual é a diferença significativa? A “gestão” que eles fazem desses dados não é também para lucrar com eles (ainda que modo menos directo)?

          • PL says:

            @Joao Reis, o governo tem todos os dados, gere e usá-los para estatística e aplicação de impostos, contudo não os vende.

            Sim existe uma diferença quando eu dou os meus dados a alguém e esperar que os usem para os fins que eu dei ao invés de alguém os usar para que um político os use para de forma fraudulenta me direcione uma campanha política ou uma empresa comece, sem que eu peça, a enviar publicidade.

          • Joel Reis says:

            PL, estás a misturar as coisas, o governo, ao contrário da Apple não tem fins lucrativos. As empresas usam os dados para os fins que informam previamente, não podes é ignorar essa informação e depois “esperar” almoços grátis.

  7. Enfim... says:

    E muito engraçado vir este falar de privacidade quando a Apple ja foi apanhada a sacar a localização dos utilizadores mesmo quando estes davam ordens para nao as enviar para a Apple…
    E engracado falar de confiança quando foi apanhado a programar iphones para serem mais lentos mesmo depois de anos sempre a desmentir e no fim vem o admitir…
    Este tim ” micro ” cook gosta muito de falar de assuntos e dar uma de certinho quando ele mesmo ja fez borrada…
    E de facto ele tem razão… Ele tinha cobrado bem para virem comprar as info a eles, e tinha processado e despedido quem o fizesse correr este risco… e nao teria sido passivo como o Zuckerberg tendo abafado tudo…
    Isto e so uma opniao, nao sendo um comentário anti-apple, mas toda a gente fala que a Google sera a seguir com um caso destes, mas vejo muito mais a Apple a ser a proxima… e que a Google recolhe mas diz que recolhe, mais que avisa o utilizador disso e nao cobra pelos seus servicos, logo a google nisso sempre foi muito directa embora muitos nao queriam saber dos avisos, enquanto a Apple se for apanhada nisto… embora os ifans viesse logo dizer que ia estar tudo bem como sempre…

  8. Vitor Correia says:

    Que idiota chapado … com telhados de vidro a atirar pedras

  9. censo says:

    Mas…a informaçao do tal terrorista não foi obtida? Como foi obtida é que deveria preocupar o Sr .

  10. Joel Reis says:

    Acredito que ele precise de usar muito o modo de navegação anónima… Ia ser chato estar a fazer uma apresentação pública e aparecer lá publicidade… Menos própria. Eu agradeço que em vez de publicidade aleatória, a produtos para aumentar o… Nariz, ou cálcio em pomada para os ossos me apareça publicidade que me interesse.
    Pouco me interessam os dados que recolhem sobre mim de forma anónima, o que me poderá preocupar é o que fazem com os mesmos, se isso me afetar. Não estou disposto a trocar a minha “privacidade” (a mesma que a maioria escarrapacha gratuitamente nas redes sociais) por pagar tudo e mais alguma coisa a la Apple.

  11. Mycustomeressay says:

    Tanta hipocrisia. A quebra de privacidade é permitida pelo próprio utilizador que resolve partilhar os seus dados, sejam eles quais forem na rede. Culpa-se a tecnologia pelos dados que nela partilhamos. Devem é culpar-se os utilizadores. Privacidade é não partilhar o que se quer privado. Uma vez na net, para sempre na net.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.