Quantcast
PplWare Mobile

Apple terá vendido mais de 40 milhões de unidades do iPhone 13 durante o final de 2021

                                    
                                

Autor: Pedro Simões


  1. SANDOKAN 1513 says:

    É muita fruta e ao preço a que os iPhones são vendidos é uma coisa brutal.

    • Miguel says:

      Equipamentos certamente com custo de produção abaixo de 200€ a serem vendidos acima de 1000€.

      • xxx says:

        Mas eu acho que é isso que distingue uma boa marca, de uma marca que não vale nada. A politica deles é muito, mas muito forte. Eu tenho um e gosto bastante do tlm. Para mim, podem dizer o que disserem, mas eu sinto- me mais seguro a usar iphone com software de bancos e criptomoeda, do que com android. É o que é

        • vacinasfuncionam says:

          Eu não me sinto seguro cim nenhum sistema operativo… E agora? Acreditar que a Apple protege mais que os outros é ser ceguinho e acreditar no pai natal.

      • HappyNewYear says:

        @Miguel, o custo de produção não é abaixo de 200€, anda nos 450/460 segundo o que foi publicado, e corresponde apenas ao custo dos componentes, não considerando R&D, etc etc. Um telemóvel que seja vendido em Portugal por 1000€ já engloba IVA e outros impostos, além da margem para quem o comercializa. Será que é assim tão difícil fazer este tipo de contas para perceber que eles não tem 800€ de lucro em cada telemóvel que vendem?

  2. V.T. says:

    Quanto terá pago a Apple por esta publicidade enganosa… só acredita quem for ceguinho!

    • Vítor M. says:

      Andas a dizer isso há anos e o ceguinho aqui parece seres tu.

      • V.T. says:

        Do parecer ao ser vai uma distância brutal, já tu, és um fundamentalista da marca da maçã que nem disfarçar sabe!

        • Vítor M. says:

          Por acaso não sou, eu gosto bastante de várias marcas e sistemas operativos. Aliás, tenho uma coleção muito interessante de dispositivos não Apple, que foram importantes na aprendizagem. Tu não. Tu és dos que já disse que tinhas um iPhone X (só para dizer mal alegando que conhecias o SO e os produtos, LOL), depois afinal não tinhas….é conforme a maré, mas estás sempre a dizer mal os produtos e ações da Apple, sabes que existe uma linha ténue entre amor e ódio não sabes? 😉 😀

          Assume-te, és um devoto seguidor da Apple, mas tens um Samsung que não é exatamente o que querias ter. Se estivesses assim tão seguro das tuas opções, não chamavas os outros daquilo que vês ao espelho.

          • B@rão Vermelho says:

            @Vitor M, não me leve a mal, mas acho que au responder a este tipo de comentários não lhe fica bem, acho que é dar importância a algo que não tem importância nenhuma.
            Por muita rasão que tenha e deve ser difícil ver o fruto do seu trabalho e esforço posto em causa, mas é a vida o Vitor é vitima do seu sucesso 🙂
            Se em algum momento o meu comentário foi ofensivo de alguma forma, peço desde já desculpa, não é essa a minha intenção.
            Parabéns ao PPlware, pelo trabalho e partilha de informação

          • Vítor M. says:

            Apesar de lhe dar razão, pois o que diz esse leitor não tem qualquer valor, pois passa a sua vida a chamar de “carneirada, patinhos e afins” os que não comungam com ele, não se pode deixar este tipo de pessoas “à avontadinha na sociedade”. Ainda hoje, provavelmente leu ou ouviu, que há especialistas portugueses a receberem ameaças – até de morte – quando falam da covid-19. Portanto, este tipo de pessoas não pode usar os meios de opinião, as plataformas de contacto, as redes sociais como uma ferramenta de insulto.

            Mas de facto são pessoas com problemas com elas mesmo, só pode!

    • Tadeu says:

      ??? Todos os anos a Apple vende cerca de 70 a 80 milhões de iPhones no último trimestre do ano, de modo que não dá para entender onde é que é publicidade enganosa! É também sabido que os modelos novos costumam representar a maioria das vendas.

      • V.T. says:

        E é também sabido que no fim de contas quem vende mais é sempre a Samsung, a Xiaomi ou a Huawei (agora já não), mas as noticias sublinham sempre que é o iPhone aquele que mais vende, estando os outros classificados com 1% do mercado ou menos ainda…. em que ficamos? Ou afinal a marca que mais vendem há quase uma década seguida (Samsung) não é esta, ou então tem de haver algo errado nestes números da Apple ou de quem fez este “estudo” e outros que tais!

        • Tadeu says:

          V.T., nos últimos anos tem sido a Apple que vende mais no último trimestre, e é desse período que se está a falar! Quanto a Xiaomi é engraçado a dualidade de critérios já que ainda não se viu a Xiaomi a vender mais do que Apple em valores anuais.

          • V.T. says:

            Sim Tadeu tem razão, não me apercebi que era só referente ao ultimo trimestre do ano. Mas mesmo assim 40 milhões acho muito.

          • Vítor M. says:

            Lá está, tens de ler antes de partir para o ataque.

          • V.T. says:

            Vitor, não ofendi ninguém, nem sequer matei nenhum jornalista!

          • Vítor M. says:

            Os comentários que foram filtrados com insultos de facto esses, esses não chegaram não a ofender ninguém. Mas devias moderar a tua participação, podes dizer o que entenderes sem insultar as pessoas ou as escolhas delas. Aliás, já te disse isto uma dúzia de vezes.

          • Tadeu says:

            V.T., como é que se pode achar muito quando a Apple tem tipicamente chegado a vender 70-80 milhões nesta altura do ano (trimestre)?
            Da primeira vez que li até parecia pouco, só depois é que percebi que era só do mês de Dezembro (talvez mais a última semana de Novembro) que é quando costuma haver muitas compras de iPhones para o Natal!

          • V.T. says:

            Só peço mais isenção. É muito pedir?

          • Vítor M. says:

            Não é nada disso que queres, quando insultas as pessoas estás apenas a pedir outras coisas… que não se chamam isenção.

    • Jorge Tomaz says:

      Podes googlar, antes de lançar teorias da conspiração!! O maior mercado de smartphones é o Chinês, a Apple tem vindo ao longo dos últimos anos , a aumentar a quota de mercado na China!! Subiu para 8%, para 14% das vendas de smartphones! Sendo que no último trimestre foi a marca de smartphones mais vendida na China! Isto apesar da crise de Chips, ,,

  3. Damastor says:

    E trazem cancelamento de Ruído??

  4. B@rão Vermelho says:

    Estes números são só de Iphones 13 ou o conjunto de todos os modelos ainda em venda?
    Pelos vistos foi acertada a decisão da Apple retirar os carregadores, assim ficam mais leves e o pai natal consegue acartar mais uns quantos 🙂

    • Tadeu says:

      Acho que ele não especificou os modelos, mas ele fala apenas do período de compras de Natal, o que incluirá apenas o mês de Dezembro. Parece que ele também diz que são vendas recorde para esse período, o que permite supor que as vendas trimestrais possam facilmente ultrapassar os 80 milhões tendo em conta que a Apple vendeu cerca de 80 milhões no último trimestre de 2020.

  5. João Magalhães says:

    Fácil, só estiveram disponíveis no fim do ano….A minha namorada fartou-se de esperar e comprou o 12 Pro 512 500€ mais barato. Foi o melhor que fez porque dificilmente vai notar alguma diferença para o 13 e não pagou o preço absurdo que ele custa.

  6. O tal says:

    Os americanos na maioria usam Iphone, basta ver alguns vídeos do Youtube. 40 M num universo de 80 M de utilizadores, não se pode dizer que seja um exagero.

  7. PorcoDoPunjab says:

    Eu ouvi dizer que nos EUA os iPhones são quase oferecidos pelas operadoras, ficando a pagar uma pequena quantia mensal.
    Para mim, nem dado o queria.
    Mas,de qualquer maneira, 40 milhões de unidades vendidas em 3 meses é qualquer coisa.
    Razão tem o Santos Silva ao comparar o povo com gado…
    Não fui eu que disse, foi ele….Ou vou levar outra vez com o Lápis Azul? Se querem usar vão usar nele..

    • Vítor M. says:

      Tu, ao fazeres tuas as palavras dele, está no igualmente a ser provocador. Só para alertar.

    • Tadeu says:

      enfim… as pessoas realmente dizem barbaridades, tipo nem pararem para reflectir que falam sem saber…
      como exemplo, o Santos Silva não comparou o povo com gado, comparou as reuniões de concertação social com uma feira de gado… não é preciso fazer um desenho para perceber a diferença!
      outro exemplo, pasme-se, há anos que a Apple consegue vender mais de 40 milhões de unidades em 3 meses, aliás são poucos os trimestres em que não conseguiu vender mais de 40 milhões de iPhones nos últimos 7 anos.

  8. wtvlol says:

    Ainda há muita gente rica(ou não). Comprar smartphones a 1.000€…

  9. Antonho says:

    Se um iPhone incomoda muita gente… 40 milhões num mês, incomodam muito mais!!!

  10. Antonho says:

    Este pessoal não tem vida própria, o ódio visceral não deixa!! Eu venho aqui ver notícias da Apple, e do Andróide também, porque me interesso por tecnologia e aqui encontro boa informação . E as escolhas pessoais de cada um não me interessam. Cada um compra o que quer e lhe interessa. Mas estes auto proclamados guardiões, estão sempre à coca pra impor a vontade deles. Leiam as notícias e comentem se acrescentarem algo com os comentários. Agora só dizer banalidades e destilar ódios de estimação..

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.