Quantcast
PplWare Mobile

Apple tem nova patente de ficha magnética que poderá substituir a porta Lightning no iPhone

                                    
                                

Autor: Vítor M.


  1. Vitor says:

    Continuo com a minha ideia…os cabos de carregamento (pelo menos estes) dos smartphones deveriam ser uniformizados e servirem para “aparelhos” de qualquer marca e modelo! Algumas marcas estão sempre a “inventar” e a “desculpa” é sempre a pegada ecológica…depois deixam de o entregar junto com a compra e obrigam a que o comprador os adquiram à parte! Passado algum tempo apresentam uma “evolução” do mesmo e “obrigam” o consumidor a mais uma compra.. e assim vamos “evoluindo”!

    • MACnista says:

      100% de acordo, sempre a inventar m….as!!!

    • sayWhat says:

      Nem devia de haver discussão.

    • Vítor M. says:

      O problema é esse para a Apple. A ficha lightning só apareceu porque o consórcio que estava a tratar do USB-C não conseguia um acordo. A Apple queria avançar e tratou de seguir sozinha. O mesmo acontece atualmente. O cabo USB-C é interessante, é verdade, mas era mais interessante a Apple continuar com MagSafe nos Macs, pois com o USB-C tirou uma das melhores proteções de segurança nos Macs. Assim como se levar esta novidade ao iPhone, é um acrescento ao lightning que conhecemos.

      Normalizar é interessante, verdade que sim, mas é limitador porque nem todas as marcas têm a mesma velocidade de evoluir.

      • José says:

        Lol. Mas qual quê? Apple não mete USB-C porque quer continuar a vender carregadores a parte, já que os tirou da caixa.
        Se usa nos Mac porque não usa no iPhone? Tretas..
        Magnet tb é uma treta… Só porque desencaixa facilmente.. Oh sorte..
        Faziam alguma coisa de jeito e se fizerem carregamto rápido sem fios… Não a lentidão que já tem só para vender capas balúrdios…
        Ainda bem que existe Android..

        • Vítor M. says:

          Visão errada a tua. Porque a Apple vende e venderá sempre os acessórios. Se fosse como tu dizes, não tinha há uns anos trocado nos Macbooks para usb-c, nem nos iPads Pro para usb-c 😉 mantinha como estava.

          Depois, não percebeste o conceito MagSafe, mas não faz mal.

          Quando usas usb-c no teu Android, e ainda bem sim que existe, usas tecnologia desenvolvida também com ajuda da Apple. Contudo, se essa tecnologia quiser evoluir, está dependente de todo o consórcio que investiu para que essa tecnologia exista.

          Já no caso da Apple, se quiser evoluir o Lightning, só depende dela mesmo. Não tenhas dúvidas que isso é um grande trunfo. Mas não é de agora, porque a Apple sempre desenvolveu fichas para os seus produtos, como, por exemplo, a ficha de 30 pinos do iPhone até á versão 5, e do iPad até à versão Lightning. Mais lá atrás na história desenvolveu a Firewire… entre outras coisas.

          Bom fim de semana.

          • john f. ram b.o. says:

            “Tecnologia desenvolvida também com ajuda da Apple” – Só passando pra lembrar que a poderosa Apple usa telas da Samsung nos iPhones 11 e da Samsung e LG nos aparelhos da linha 12. Que bom que todos se ajudam, mas nem todos enxergam isso…kkk. Abraços, padawan.

          • Vítor M. says:

            Como se tivesse alguma coisa a ver as fichas com os ecrãs 😀

        • eurodoid says:

          Santa ignorância!
          Os carregadores da Apple para o iPhone são USB-c.

    • Abreu says:

      Totalmente de acordo.

  2. Barbatos says:

    Depois para assegurar a conectividade dos cabos vai ser preciso ter um oficial da Apple, e já que agora não estão incluídos nos telemóveis é só mais talvez uns 50 € para comprar o cabo.

  3. Narciso Miranda says:

    Saudades do magsafe…

  4. claudio says:

    Não entendo a Apple em teimar nao querer usar o USB-C nos Iphones se usa no Ipad e no Mac …..que nóia, nunca vi marca assim, estão com medo do quê ? A segurança é uma coisa que não dura sempre, há sempre pessoas que descobrem com dar a volta, quanto mais limitados são mais perdem. O USB-C é do melhor, carrega, dá para ouvir musica, as transferências são rápidas….. Não consigo perceber porque as inovações deles já foram boas agora não acho nada de especial. Android e windows podem ter muitos defeitos mas não troco por nada da Apple, que marca atrofiada do juizo, para não falar que querem carros electricos mas nao atinam com uma marca, até a Huawei vai ser mais rápida e vai sair se bem de certeza.

  5. adbu says:

    Aqui já não há problema da pegada de carbono. Deviam todos usar o mesmo cabo. A ue devia obrigar a usar o usb tipo C.

  6. A maníaca says:

    Eu tenho Mac e fico super contente de ter quase tudo por USB-C/ TB3, inclusive SSDs de alta velocidade. Outra vantagem é que não interessa que aparelho, se um portátil ou SSD precisar de ser carregado ou conectado, USB-C é universal. Um amigo ou colega com um Dell ou Samsung pode carregar o meu macbook se carregar por USB-C. Ou ter hdmi via USB-C por exemplo. Fora isso é uma catástrofe de adaptadores, cabos, formatos etc.

    USB-C all the way

    • iDroid says:

      Sabes que o o USB-C começa a ter imensos protocolos, voltando a complicar algo que era suposto simplificar…

      • eurodoid says:

        O USB-c sempre suportou imensos protocolos, e isso ao, contrário do que afirmas, deveria possibilitar a simplificação já que uma única porta poderia servir para tudo, doutra forma são necessárias portas doutro tipo.

  7. Cortano says:

    Uma Surface connection?

    Numa altura que se pede uniformização de fichas, o que é que a Apple faz?.cria uma nova… LOL

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.