Quantcast
PplWare Mobile

Apple foi processada por uma empresa da China que luta pelas patentes da Siri

                                    
                                

Autor: Vítor M.


  1. Jota says:

    Não me admirava nada! A Apple deve ser a empresa que mais pratica o roubo de propriedade intelectual!

  2. Antoninho Pitágoras says:

    Esperam esta empresa teve está patente registada agora, há quantos anos Google e Apple activam o seu assistente por um comando de voz?
    Além do mais o que poderia estar em causa será a tecnologia usada e como é activado, agora ser activado por um comando de voz ser protegido por patente?

  3. Rrrrrr says:

    Pedir não custa…

  4. PauloT says:

    Vamos a ver, a empresa chinesa apoiou no fabrico da siri, e até agora a Apple não registou no centro de patentes chinesa a siri, logo a empresa que apoiou no fabrico, usou o conhecimento adquirido para registar uma patente idêntica à um produto já existente e assim ganhar uns cobres.

    É a mesma coisa que alguém ir a um centro de patentes registar um retângulo com 4 rodas a data de hoje, é pode processar os fabricantes de automóvel, por usarem a tecnologia. Isto tem piada. 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.