PplWare Mobile

Apple anunciou o novo OS X 10.10 Yosemite


Pedro Pinto é Administrador do site. É licenciado em Engenharia Informática pelo Instituto Politécnico da Guarda (IPG) e obteve o grau de Mestre em Computação Móvel pela mesma Instituição. É administrador de sistemas no Centro de Informática do IPG, docente na área da tecnologia e responsável pela Academia Cisco do IPG.

Destaques PPLWARE

  1. int3 says:

    vi toda a conferencia e achei muito bom. RIP windows, RIP visual studio 😀

    • André Furtado Coelho says:

      Lol. Exacto.

      • ptpedropt says:

        acho que o Jobs teria vergonha do nome que deram ao sistema..
        nao tenho nada contra quem vive em Yosemite, mas que eu saiba a apple não está a fazer propaganda à cidade
        a apple é pro em enganar as pessoas com marketing simples (ipod, iphone, ipad, ?yosemite? WTF) e esta nova direção vai estragar tudo, felizmente..

        ?RIP Windows? sem comentarios..

        • Nunes says:

          Yosemite não é uma cidade, é um parque natural na California, muito famoso e de grande beleza
          Não sei onde é que está a grande mudança de estilo face a um nome como OS X Lion
          O Jobs teria adorado a ideia

          • ptpedropt says:

            o Jobs tinha despedido o gajo que teve a ideia para esse nome, se calhar o mesmo que teve a ideia para Mavericks

            Yo Se Mi Tee

            para mim estes nomes dizem muito das ideias da empresa.. mas vamos esperar para ver
            se bem que vocês já aceitam tudo..

            quem é que precisa dum smartphone com mais de 4”, agora a apple vai lançar 2
            voltamos aos velhos tempos..
            já tá atrás da google

          • ptpedropt says:

            ..em nº2

          • ptpedropt says:

            até já se discutia por causa do nome Mavericks
            quanto mais “yo yo..” já não me lembro

            http://forums.macrumors.com/showthread.php?t=1593205

          • Nunes says:

            @ ptpedropt
            mesmo???? para quem nem sabia o que era Yosemite, tens muita lata…
            todos os produtos da Apple indicam “Designed by Apple in California”. Dar um nome forte dum local natural da California tem tudo a ver com o que a Apple sempre foi, e com o que Steve Jobs fazia

            Mas explica lá o que te põe mal disposto com o nome? para além de ser dum produto da Apple

          • ptpedropt says:

            esquece, não percebes nada de marketing..

            mas vê o link que deixei atrás

          • Nunes says:

            @ ptpedropt
            e imagino então que sabes mais de marketing do que a Apple?
            o link que deixaste é sobre o Mavericks não o Yosemite, para o qual não encontras uma discussão dessas no forum passados tantos dias. Encontrarás sempre fans que não gostam de algum nome, mas continuam a instalar. A comprovar isso está o facto de o Mavericks ter sido a versão com a adopção mais rápida.
            Estás a esquecer duma parte fundamental do marketing, a força das imagens!!! Mavericks, Yosemite, são “forças” da natureza

    • Nunes says:

      não vi, mas do que li fiquei muito, mas muito surpreso pela positiva!
      Tanta coisa anunciada… e muito boas ideias
      E a mudança no UI do OS X parece muito mais pacífica/suave do que receava, depois de tantos rumores

      • Link says:

        Achei o mesmo apesar da continuar a não gostar de certas opções como aquelas cores vibrantes, cores violeta, e transparências na minha opinião mal conseguidas.. Tal como no IOS7, a sorte é que as novas funcionalidades compensam isso tudo..

        • Nunes says:

          “cores vibrantes, cores violeta”
          não sei por onde é que passaste os olhos, mas não encontrei nada disso no OS X.
          Há contudo mais transparências, um pouco a voltar à primeira versão do OS X, mas não parece “atrapalhar” tanto como nessa altura

    • sérgio says:

      RIP Visual studio? Quando conheceres um IDE melhor avisa-me!

    • EyvindPT says:

      RIP Windows? Há com cada uma… Percentagens de adopção de W8 pouco me dizem, número total já é outra coisa

    • Malic X says:

      Vái sonhando.

    • Carlos says:

      Perá lá, em que parte da apresentação é que disseram que se vai poder instalar o .10 em qualquer PC?

      Isso sim, é uma grande notícia!

  2. Berna Mix says:

    Incrível! Adorei! Muito fixe a liguagem Swift. Parece-se um bocado com C e Haskell.
    Funcionalidades incriveis!

    • Nelson says:

      Parece-me Python, mas com estrutura do C, mais umas funcionalidades de outras linguagens, como construir strings como se pode fazer no PHP… óptimo!

      Acho que vou aprender já!

      Acho-a linda, e o livro gratuito fantástico!

    • Andre says:

      É uma mistura de tudo que já vi. De haskell tem muito pouco por o pouco que vi (haskell é puramente funcional).
      Mas tem bocados que vão desde javascript até prolog(variáveis anónimas no Swift são representadas com ‘_’ tal como no prolog por exemplo).

      Confesso que tinha um certo gosto pelo Objective-C, no inicio a sintaxe parece confusa para muita gente mas descobri que prefiro estar 4 horas a olhar para objective-C do que 4 horas a olhar para C++, Java e mesmo javascript (callback hell). Objective-C é bastante legível graças ás ‘named variables’ que felizmente foram mantidas no Swift e que eu adoro.

  3. Lumia 920 says:

    Aqueles 14% de windows 8 são 10 vezes mais que aqueles 51% da apple, Tim Cook a tentar enganar os apple fans.

    • Root says:

      são dados falsos então se os computadores que se vendem mais no mundo são lenovo lol queres ver que vêm com OSX 🙂

      para não falar em empresas quem usa osx conta -se pelos dedos.

      • Nunes says:

        Não são dados falsos, são dados com significado sobre o nível de adopção dos sistemas, sobre o “entusiasmo” dos consumidores nesses sistemas e nas vantagens que isso pode trazer para o desenvolvimento de aplicações em cada plataforma!
        Os programadores não são parvos, e sabem perfeitamente distinguir entre grau de adopção e número de utilizadores, e a importância de cada um desses dados!

        • erreee says:

          são dados falsos, dado que entre o Windows 7 e Windows 8 não há grandes diferenças para o utilizador normal, logo não há razão para fazer “upgrade”, as actualizações são pagas, logo a taxa de aceitação é menor do que a dum sistema operativo que tem uma versão “nova” anual e de carácter gratuito…

          • Nunes says:

            em que media concluis disso que são dados falsos???? Apenas estás a arranjar explicações para a situação, não para os possíveis efeitos da situação.
            São informações com um significado para os programadores. O que parece é que não percebes o significado ou queres assumir mais coisas.

          • Nelson says:

            Esquece pá, é uma conferências para pessoas que não estão no teu nível……..

            São pessoas muito mais ignorantes que isso! LOL 😀

      • Marco says:

        Não são falso, como programador sei que posso evoluir a minha aplicação para a o ultimo SO da Apple, pq vou ter massa critica para o usar. No caso da Microsoft, já não é assim, não posso evoluir a aplicação para windows 8 nativo (html, js, etc) pq não vou ter tanta massa critica, se calhar continuo a programar em xaml/forms e mando o metro passear mais um bocado.

        Dai a importancia dos números apresentados.

        • Carlos says:

          Eu sugiro-te que a) estudes estatística e b) te informes melhor.

          Se bem que, não ajuda o facto da Apple ter deliberadamente falseado os números.

          O Windows 8.x não tem 14% do mercado Windows, tem 14% do mercado global de PCs. O mesmo mercado em que o OS X tem pouco mais de 4% de quota.

          Agora se achas que 175 milhões de utilizadores do Windows 8.x é menos que os 50 milhões do OS X 10.9…

          Além disso, como no Windows tens aplicações universais, a mesma aplicação com exatamente o mesmo código — na maior parte dos casos basta redesenhar o interface, a não ser que sejas um perito em XAML e/ou HTML+CSS e nesse caso nem isso — podes juntar aos 175 milhões do Windows 8.x os 80 milhões do WP 8.x. E aí não estou a contar com as 2 pessoas que usam o Windows RT 🙂

          E ainda!

          Toda a gente sabe que as aplicações universais também vão funcionar na Xbox One.

          Ou achas que é por acaso que a Disney já está a lançar jogos, tens o Malévola Free Fall por exemplo, como aplicações universais? (O que, curiosamente, esclarece uma dúvida que tinha ficado no //Build sobre se é possível desenvolver jogos universais. A resposta é sim.)

          • Nunes says:

            :S
            desculpa mas parece que não estás a entender a questão, e até a entrar em negação – mesmo que o Windows 8 fosse 14% no global, o ajuste segundo os teus números seria para 15%, o que não altera nada na perspectiva.
            O significado do grau da adopção não é pelo número de utilizadores no Mac e no Windows, mas na definição das prioridades dos programadores em cada plataforma.
            No Mac os programadores irão acompanhar mais depressa as novidades introduzidas, já que mais de 50% está no sistema mais recente. No Windows terão que escolher se vale a pena já apostar nas novidades, já que a maioria dos seus utilizadores ainda está no Windows 7 ou anterior.
            Percebeste a diferença?

          • Marco says:

            não me fiz entender, qd falo em massa critica é dentro da plataforma em questão. não estou a comparar que os 80%(inventemos) da Apple são superiores aos 3% da MS. Assim como o TC não diz isso, diz que dentro da plataforma em questão há maior adopção dentro da Apple do que na concorrência.

            Qt às aplicações universais é um grande trunfo da MS.

        • erreee says:

          é óbvio que a taxa de aceitação é maior vs. win8 , pois se quiseres continuar “seguro” ao usar um mac, tens de fazer actualização para o sistema operativo mais recente, e sendo esta actualização gratuita, porque não? virtualmente qualquer pessoa q tenha um mac com osx 10.6 pode passar para o 10.9 directamente, sem ter de pagar nada por isso… e se este não tiver grandes entraves em termos de requisitos de hardware, na wwdc do ano que vêm vão haver gráficos com 200% adoption rate. e depois a apple é que é fixe!

    • Hugo Soares says:

      Sim, até porque os Apple fans são todos atrasados mentais /sarcasmo. Percentagens são percentagens e a plateia não era propriamente composta por crianças… jesus christ!

      • Carlos says:

        Bom, da maneira como aplaudem algumas das banalidades anunciadas, fica a dúvida…

        Mas também estou na dúvida se os tipos no //Build não eram zombies, tendo em conta a forma como não reagiram a algumas das novidades lá apresentadas.

      • Root says:

        lol até na sic pagam para estares na plateia a ver as tardes da Júlia por isso não admira nada que aconteça o mesmo numa empresa como a Aple 🙂

      • Nelson says:

        Aquilo não é para Apple fans ou para jornalistas.

        É só para programadores Apple, e estão agora a decorrer mais conferências e workshops.

  4. JDP says:

    boas, alguem sabe as 22 linguas novas no siri?
    grande abraço

  5. Glink says:

    link para um vídeo a conferencia se fosse possível, queria vê-la 🙂

  6. Mario Junior says:

    Finalmente deram uma repaginada no visual do OSX! ALELUIA!

  7. Anónimo says:

    Alguém sabe se eles estão a pensar atualizar os macbook pro retina agora ou brevemente ?

    Obrigada 😀

  8. João Brito says:

    Se essa versão do Mac OS X fosse compatível com Macs mais antigos é que era de valor. O meu Mac é do final de 2006 e não há dinheiro para outro. 🙁

  9. ADMS says:

    A montanha pariu um rato. Como sempre ….

  10. Carlos says:

    Alguem sabe os requisitos para este no SO?

  11. tito says:

    Boas.
    Sou desenveloper no iOS 7 e agora o 8, mas ao visitar o site
    desenveloper da apple, pude ter acesso ao download do OS X 10.10 Yosemite, fiz o download, mas tenho minhas duvidas, será que poderei instalar e depois continuar atualizar as versões betas que vão surgindo? se alguém souber, por favor diga por aqui ou por email tonfloripa36@hotmail.com

    com os meus cumprimentos
    tito

  12. tito says:

    digo Developers *

  13. EacHTimE says:

    É curioso: A Microsoft largou as transparencias e os widgets no Windows 8 e o Mac colocou precisamente as transparencias e widgets no MACOSX

    • Marco says:

      o osx ja teve widgets, por isso é um retorno. Comigo estaram sempre desligados.

    • Nunes says:

      Widgets já existiam no Dashboard desde 2005, e ainda lá estão e parecem que continuarão
      Transparências sempre houve no OS X em maior ou menor grau. A primeira versão abusava bastante disso. Agora tem mais algumas

  14. Bruno says:

    Só espero que a expansão do monitor venha resolvida! Isto e com cada bug! }as vezes os monitores trocam de ordem por nada! Estava a arrastar para a esquerda e agora tenho de arrastar para a direita! E também podia redimensionar as janelas que estão com maior resolução quando o monitor é desligado do computador! Se algo na maximizado (não em full screen) no mac aparece com a mesma resolução do monitor, ou seja o “resto” da aplicação está escondida! Parece que não fizeram grandes testes nesta área!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.