HandBrake 0.9.6 – Um conversor de vídeo fiável

Quem tem um dispositivo móvel, certamente alguma vez já questionou a hipótese de ter um vídeo ripado de DVD com os respectivos capítulos por forma a se obter uma melhor navegação de procura?

Se sim, a solução que procuram é o Handbrake. Fácil, bom, fiável e grátis. Para complementar todas estas suas capacidades temos de realçar o suporte para um vasto leque de formatos e dispositivos.



Antes do que quer que seja, é importante passar para o disco rígido o conteúdo do DVD que se quer ripar, de forma a retirar as protecções CSS e afins, isto porque, o handbrake não faz esta tarefa. Para tal deverão usar o já velhinho DVDDecrypter, o DVD Fab HD Decrypter ou qualquer outro que faça o mesmo efeito. Isso fica ao gosto de cada um.

Tendo o conteúdo do DVD em disco, seja numa pasta com as Vob’s, Ifo’s e Bup’s ou simplesmente uma imagem em formato ISO, vamos lá então abrir o handbrake e meter as mãos à obra.

Neste caso, passei para o disco o conteúdo do DVD dos U2 “Zoo TV Live From Sydney” (original claro está, que aqui no pplware, não aderimos a piratarias, cof cof). Optei, neste caso, por passar para uma pasta completa. Mas poderia fazê-lo em ISO que também dá.

Na opção “browse” escolhemos a pasta em questão, e no caso em concreto escolhemos “folder” e não “file” (escolheriam “file” se tivessem ripado para uma imagem ISO).

Seguidamente, escolhem o título do DVD em “title”. Neste caso, para o concerto, vou escolher o que tiver maior duração, excluindo de parte os extras.

Em “destination” fazemos “browse” e vamos dar o nome que queremos ao nosso ficheiro mp4.

Do vosso lado direito deverá aparecer o menu de presets. Neste caso, como quero ver simplesmente no iPod, vou escolher a opção “iPod Low-Rez” que é o mais indicado. Poderia escolher “iPod High-Rez” mas o tamanho ia ficar maior e sem grandes melhorias visuais, porque lá está, é só para ver no iPod. Se for para ver na televisão através da TV-Out do leitor aí sim, já compensa escolher essa opção.

Em “Output settings” a minha preferência vai para “H.264 iPod” e “AAC”, mas cada um escolhe o que mais gostar.

Picture Settings: deixam tudo em branco excepto o crop que devem meter automático para remoção das partes pretas da imagem e meter o visto em “chapter markers” para ao fazer o encode, o programa colocar no ficheiro final mp4 os desejados capítulos de DVD. Agora, muito importante também, é se a fonte da imagem se trata de imagem em formato 4:3 ou 16:9. Caso seja 4:3 deverão deixar em branco a opção “Anamorphic Par”, se for 16:9 deverão colocar o visto.

De resto, as outras abas, podem e devem ser exploradas por forma a dar o uso que se entender por conveniente, no entanto, no meu caso, deixo estar como está, visto que a qualidade final já fica muito ao meu gosto. Não obstante, podem escolher a opção de encoding em 2 passos, baixar ou aumentar a qualidade de bitrate de som e imagem, escolher as legendas do DVD, entre outras coisas.

Após terem feito este trajecto todo no programa (parece difícil e demoroso, mas não é), basta clicarem em “Encode Vídeo”, aguardar que abra uma janela de linha de comandos (estilo MS-dos) e aguardar que termine o processo. No final, basta abrir o iTunes ou outro programa que gostem, e colocar o vídeo na vossa livraria do iPod.

Ao abrir o vídeo no iPod irão notar que a navegação por capítulos é possível e no caso de concertos ao vivo dá um jeitaço daqueles para procurar esta ou aquela música.

Espero que usem e abusem deste programa, porque a meu ver, vale e muito a pena, e dá certamente cabazada a todos os outros programas do estilo, nomeadamente todos aqueles que se têm de pagar para usar.

Novidades desta versão:

  • Actualização de vários codecs de áudio e vídeo
  • Actualização de vários codecs de descodificação áudio, vídeo e legendas
  • Inclusão de uma opção de instalação silenciosa no Windows
  • Melhorada a integração no Mac OS X Lion e fim do suporte para Mac OS X 10.5
  • Melhorias na painel de áudio na versão Linux
  • Melhorias gerais na interface Linux para optimizar a usabilidade

Podem ler aqui todas as novidades que a versão 0.9.6 apresenta

Licença: Opensource
Sistemas Operativos: Windows/Linux/Mac
Download: HandBrake 0.9.6 Windows 32bits
Download: HandBrake 0.9.6 Windows 64bits
Download: HandBrake 0.9.6 Linux
Download: HandBrake 0.9.6 Mac
Homepage: Handbrake





  •   
  •   
  •  
  • Pin It  
  • Imprima este artigo
  • Post2PDF


23 Comentários

  1. freemake é muito melhor, sem comparação

  2. Cof , cof ! é sim senhor um excelente programa então se for para converter para MKV , posso dizer k nunca consegui resultados melhores k outros que sejam tb gratuitos .

  3. @Maxim o Freemake está cheio de Ad ware , esses russos com sede nas caraíbas são do pior , faça uma busca no Google e veja do k eu estou falando .

  4. Já agora uma informação sff , qual é o melhor codec para Avi , é Divx , Xvid , H.264 ou outro ?
    É que tenho alguns ficheiros Avi k gostaria de por legendas na forma de Hardsubtitles mas gostaria k permanecessem Avi , qual é o melhor Codec em termos de imagem ( imagem ap não falo do tempo de encoding nem do tamanho final ) ?

    • O melhor codec para vídeo de momento é o H.264, embora não saiba se seja suportado pelo container AVI. Normalmente o container dos H.264 é o MKV.
      Além de que se o objetivo de manter em AVI for a reprodução no DVD de sala, aconselho o XviD por uma questão de compatibilidade.

      • Avi suporta qq codec, não faz é outras coisas

        H.264 é o melhor codec da actualidade com o VP8 a seguir.

        Luisa, atenção que ao meteres hardsubs vais fazer reencode ao filme e vais perder qualidade.

        • @Nuno , sei mas tvz não ! pois o software k tenho é do melhor , tenho é k utilizar o codec certo , e axo k no Xilisoft até dá para definir numericamente ( á mão ) o tamanho do ficheiro final , obg

      • @tfae , obg pela resposta , parece me k tenho H264 como opção para AVI tanto no Total video converter k no Xilisoft video converter ( tenho k confirmar )o H264 é o mais recente , não é ?
        Ap não o utilizei pk tinha na ideia k fosse mais para o Mkv , mas vou tentar e logo veio o k sai como ficheiro final.

  5. Boa noite, enviei um email pelos vossos contactos. Aquilo funciona?

  6. É pena que nessa nova versão exige framework 4…

  7. Excelente! Estou a estudar o código-fonte há uma semana, a versão para Linux feita com GTK+. O software está muito bem construido, pelo menos para Linux. Penso que a base é a mesma apenas usam C# em Windows. Recomendo!

  8. Bom dia ,

    A versão para Linux está do BEST , já conhecia , acreditem que tenho DVs musicais que entretanto não saíram no formato Bluray e que a imagem estava manhosa , tenho conseguido recuperar de uma forma surpreendente a imagem e até melhorei muito o som recomendo para quem usa Linux e não está para andar sempre a comprar os últimos formatos de multimédia que vão saindo este programa é fantástico .

    Cumprimentos

    Serva

  9. Desculpem o off-Topic

    Alguem conhece um algo equivalente ao AVIAddXSub (excelente freemake para inserir legendas) mas que de para o container MP4 ou MKV?
    Obrigado

  10. E do Format Factory Que acham ?! Nunca mais quis outro …

    • @E , o Format Factory é o tal clássico , mas actualmente já existem outras opções tão boas kt ele e k puxam menos pela CPU e permitem ficheiros finais de menor tamanho

  11. E para a PSP, que opções deverei usar?

Deixe o seu comentário

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. O autor deste site reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.