Usamos cookies para garantir a melhor experiência de utilização no Pplware.com - Saiba mais sobre os nossos cookies
Ok

Free PDF Compressor 1.12

Boa tarde. Um amigo a quem recorri para me ajudar a resolver um problema informático recomendou-me o vosso site.

Preciso de reduzir o tamanho de um ficheiro, em formato pdf, resultante de uma digitalização, para depois enviá-lo on line, sendo que a aplicação em questão é o CITIUS, que suporta apenas ficheiros até 3 MB.

Ora o ficheiro que tenho para enviar tem 13,1 MB. Agradeço desde já a vossa colaboração.
Muito obrigado, Luís Rosa


Olá Luís Rosa. Existem várias aplicações que fazem essa função. Logo, na parte de digitalizar o Luís pode baixar a resolução que resultará num documento menor.

Mas já que está feito, aproveito e falo sobre o Free PDF Compressor que é uma aplicação que não necessita de instalação e é gratuita. Veremos se será uma opção para si.

Esta ferramenta tem um método de compressão que começa por remover objectos PDF duplicados. Depois aplica compressão utilizando as mais recentes especificações PDF, o que em muitas classes de documentos, consegue uma redução entre 30 e 60%.

Free PDF Compressor permite encolher o ficheiro PDF utilizando um algoritmo Flate ou RunLength compression (pode ver aqui as especificações desta codificação). Esta ferramenta permite que o PDF fique efectivamente mais pequeno.

Outro benefício desta aplicação é a possibilidade de descomprimir ou expandir qualquer ficheiro PDF para o seu tamanho original sem que este perca qualidades e propriedades. Isto permite-lhe converter para outros formatos sem qualquer problema.

Espero ter ajudado, caso precise de outra orientação veja este post.

Licença: Freeware
Sistemas Operativos: Windows 9x/Me/2k/XP/Vista
Download: Free PDF Compressor 1.12 [288.00KB]
Homepage: NicePDF



  •   
  •   
  •  
  • Pin It  
  • Imprima este artigo
  • Post2PDF


33 Comentários

  1. E não resulta numa perda de qualidade ou outra desvantagem menos aparente?

  2. Presumo que, e no caso concreto, o destinatário também tenha de ter o mesmo programa, para descomprimir…?

  3. Pode utilizar o luradocument pdf compressor (é pago), mas existe versão trial.

    website: http://www.luratech.com

  4. José Moreira eu não experimentei o programa mas suponho que continue a ser legível como PDF normal, só que usa métodos de compressão, imagine-se O CSS e HTML, a cada titulo poderá usar a mesma definição no html e repetir varias vezes código desnecessariamente, ou pode criar um CSS com um identificador que faça o mesmo que esse código, poupando em muito o espaço necessário para essa mesma pagina..

    - fui ver ao site e diz isto:
    “Compress PDF file and reduce the actual size of PDF document with this completely free PDF Compressor.

    Free PDF Compressor removes duplicate PDF objects, optionally takes advantage of new compression features of latest PDF specifications that for many classes of documents compresses 30 – 60% better than what is possible in PDF 1.5.”

  5. @José Moreira:

    Não, o resultado da compressão é outro documento *.pdf, totalmente legível com qualquer software que faça a sua leitura (Adobe Reader, Foxit Reader, …).

    Cumps,

  6. Estava justamente a ver uma aula num PDF assim um bocado para o pesadote… uma eternidade para mudar de página, o portátil não ia lá das pernas… Deu por acaso para ir ao RSS do pplware e nem de propósito! Às vezes parece que adivinham, livra!

    Obrigado pela recomendação, vou experimentar agora e ver se consigo mudar de página sem adormecer (embora seja difícil quando se está a ler uma aula de farmacologia… : ) )

    Abraços

  7. *Luradocument pdf compressor
    A versão trial adiciona uma watermark, com o logotipo da empresa.

  8. @maiden
    Obrigado, meu. É muito triste ser “infonabo”.

  9. Hmm, este artigo cai tão bem num que estou a escrever :)

  10. Apenas para avisar a malta que, no que me toca, este software infelizmente falhou rotundamente: 19,6 MB convertidos em 19,6 MB.

    (Testadas 4 combinações: as 2 formas de compressão nas variantes de compressão normal e máxima.)

    Se a alguém funcionar, avise. Abraço

  11. O melhor é mesmo ao criar o ficheiro reduzir o numero de DPI

    http://truquestelemoveis.blogspot.com/

  12. nao funcionou diz q nao e compativel com o tipo de pdf.

  13. Isto é uma coisa que me teria dado jeito anteriormente …
    aproveitei para fazer uma (mini) pesquisa sobre este assunto mas uma solução para acrescentar a algumas aplicações que desenvolvi que envolviam pdf de grandes dimensões (alguns chegavam a ter 40Mb) e descubri que que existe soluções destas com API… infelizmente não encontrei nenhuma free/opensource mas fica aqui uma das que achei interessante para os membros programadores ;)

    http://www.cvisiontech.com/products/general/cvista-api.html

    Tomos
    http://tomostb.blogspot.com/

  14. Testei em vários ficheiros PDF de vários tamanhos. De facto tive exito nalguns mas aconteceu que 2 ele não reconheceu e um ficou com o mesmo tamanho. Reparei que o que tinha imagens nem se mexeu, ficou do mesmo tamanho.

    Enviaram-me para o mail um link que descarrega um e.book de 35 megas sobre efeitos de ilusão com imagens. Descarreguei e testei… nem um kbs ele se mexeu.

    Em ficheiros de 5 e de 8 megas o sucesso rondou os 35% no entanto era de texto este PDF.

  15. Se o ficheiro não tiver repetições ou tiver imagens, provavelmente não consegue fazer nada é a mesma coisa que tentarem comprimir um .mp3 (já é um formato comprimido).

    Nem todos os pdfs estão “bloated” :) alguns ficam optimizados logo quando se criam.

  16. Realmente esse programa pode servir para situações em que os documentos tenham um tamanho pouco acima dos 3 MB… tipo, 4, 5 ou 6 MB, um pouco mais talvez até.
    Mas para o caso específico do CITIUS, mais vale fazer o que a Portaria prevê para o caso dos documentos e peças terem mais de 3MB, enviar pelo correio :D

    De qualquer forma, é um programa bem interessante…

  17. Não funciona! Ele diminui uns 3kb em cada arquivo, prefiro usar o winace pra compactar…

  18. Acabei de utilizar a aplicação que me recomendaram – o PDF COMPRESSOR -
    Resultou muitissimo bem. O ficheiro que tinha 13,1 MB, ficou reduzido para 1,79MB. É simplesmente espantoso. Muito Obrigado.Bem hajam pela vossa ajuda. Luis Rosa

  19. è preciso dizer que não experimentei o programa. Nem experimento, depois de ler os comentários. O que não diminui nem um nanomilímetro a confiança que tenho do pessoal do Pplware, que continuará a ser a minha bíblia (salvo seja!) diária.
    Vamos ao que interessa: enviar ficheiros até 100Mb, grátis (se for mais do que isso, é a pagar). Chama-se “Yousendit” (http://www.yousendit.com/) e julgo que resolve os problemas de comprime-descomprime. Não comprime, mas também não interessa.
    Ah. E não é preciso instalar.

  20. “Confiança que tenho NO pessoal…” obviamente.

  21. Citação do Vitor M, em comentário aos comentários feitos aos seu artigo:

    «Testei em vários ficheiros PDF de vários tamanhos. De facto tive exito nalguns mas aconteceu que 2 ele não reconheceu e um ficou com o mesmo tamanho. Reparei que o que tinha imagens nem se mexeu, ficou do mesmo tamanho.

    Enviaram-me para o mail um link que descarrega um e.book de 35 megas sobre efeitos de ilusão com imagens. Descarreguei e testei… nem um kbs ele se mexeu.

    Em ficheiros de 5 e de 8 megas o sucesso rondou os 35% no entanto era de texto este PDF.»

    Eram coisas como esta que deveriam ter sido ditas logo no artigo, e não apenas em comentário aos comentários entretanto feitos pelos leitores.

    Eis mais uma vez a prova de que é elementar erro fazerem-se artigos sobre artigos em que apenas e só se destacam os aspectos positivos de praticamente todo e qualquer software em análise…

    Até para não se induzir os leitores ao engano devem ser destacados tantos os aspectos positivos como os aspectos negativos ou menos positivos de todo o software ou produto em análise.

    Até porque, tanto quanto me parece, este blog existe apenas e só para satisfazer e ajudar os leitores/utilizadores, e não propriamente para agradar a autores de software ou produtos, sejam eles quem forem…

  22. Ligeiro Offtopic: Já que estamos na onda dos pdfs, conhecem alguma aplicação que dê para passar o pdf para .doc? E já agora outra dúvida, o Foxit dá erro ao abrir pdf’s com ~e caracteres do génenro no nome, alguma forma de solucionar?

  23. Zé do Pipo, queres que o Vítor te bata a porta com a botija da Galp ás costas e te instale o programa?

    Há coisas que não se detectam em fase de testes. Ainda mais num software de compressão.

  24. Oi pessoal, “Gordi” lembrei que um conversor maneiro era o Able2Pdf e encontrei pra download aqui http://cid-abca482211e95af0.skydrive.live.com/self.aspx/Soft/Able2PDF%205.0NEW.7z acho que funciona, portanto nao falte com o agradecimento a quem deixou ali…

  25. Eu nunca utilizo o formato PDF para documentos em scanner , para isso uso o formato DJVU, usando o Djvusolo para criar, leitores existem vários tanto para windows como para linux. A redução é significativa, estilo um ficheiro em pdf de 12MB, fica em djvu por 2MB ou coisa parecida.

  26. Muito obrigado George. Vou testar ja digo algo

  27. Obrigada pela, mais uma vez, preciosa ajuda!
    Infelizmente, e para pena nossa, o CITIUS apenas permite o envio de documentos em formato .PDF…
    Ou seja, ou o conjunto de ficheiros a enviar não ultrapassa os 3mb, ou temos mesmo de recorrer à portaria e enviar em formato de papel… :(
    Segunda-feira vou experimentar o programa, mas pelo que li, parece-me que, na maioria dos casos, a redução não será relevante, já que grande parte dos PDF’s são exactamente imagens (digitalizações de documentos) e apenas um é texto…
    Volto para actualizar o feedback!

    Bom fim-de-semana!

  28. No meu caso, tinha feito a digitalização de um acordão do Trib da Relação com 15 páginas. o ficheiro tinha incialmente 13,1 MB. Depois de ter usado o FREE PDF COMPRTESSOR 1.12, na opção de compressão máxima, ficou apenas com 1,79 mb. Já foi enviado pelo Citius e está perfeito.Recomendo por isso essa aplicação.

  29. Já vi mandatáros que para mandar um requerimento de injunção, que deveria ser elaborado em aplicação propria para o efeito, da qual resulta um ficheiro .xml com estrutura propria, utilizarem o word para fazer o req. á moda antida, e depois inteligentemente como é apanágio da nossa praça de juristas, alteravam a extensão de .doc para .xml reescrevendo somente a extensão no nome do ficheiro. !! BRILHANTE!!!!!!

    … e estas cabeças iluminadas acreditaram piamente que assim contornariam o sistema !!!

    o ke os senhores estão aqui a fazer é básicamente a tentar chegar a uma solução identica, com o mesmo resultado: disparates
    ok, então pretendem fazer o quê??

    1º – se comprimirem o ficheiro em ZIP RAR ou do genero utilidade = zero

    a extensão passa a ser .zip ou .rar e o sistema não o aceitará, e se mudarem a extenção para de zip para .pdf só vão mostrar nas secretarias judiciais até que ponto são info excluidos( ignorantes sim mas com artes de finório) que pouco abonará ás vossa imaculadas imagens. isso não é ignorancia, é imbecilidade mesmo.

    por outro lado se da compressão resultar um ficheiro verdadeiramente pdf porque para tal existe software, o compressor alterou irremediavelmente a estrutura do ficheiro da qual resultará a destruição da assinatura digital porque alterando o mesmo ( por segurança) a certificação digital é anulada e o ficheiro embora “diga” as mesmas coisa foi alterado na sua estrutura indo a sua fidedignidade pró lixo, porque simplesmente já não é o mesmo ficheiro e o valor judidico é o mesmo de uma peça processual não assinada

    Solução: Peguem numa infima parte dos chorudos honorários que cobram, dirijam-se a um especialista em informática ( esses putos que tem uma chafarica informática e com filhos que precisam de comer) PAGUEM PELOS SERVIÇOS que lhes prestam (que não chegará a um décimo ou vigézimo do que cobram por um simples processo súmario), e vão ver que em 3 megas de pdf cabem 3 biblias a obra toda do henry miller com a triologia que todos voces já leram e sabem de cor, e com jeito apertadinho ainda as listas telefónicas do pais e dois volumes da POLIS.

    resumindo, a questão será facilmente resolvida se deixarem de ser sumiticos, sovinas, e contratarem serviços especializados, da mesma maneira que os comuns mortais para irem a juizo tem que recorrer aos advogados , e não a foruns de internet como os senhores estão aqui estão a fazer, onde no minimo vão aprender tudo o que não serve para nada. e passar o tempo a ler e a escrever porcaria que é o que mais abunda neste tópico, e que vai gerar a recusa de um sem numero de requerimento dos quais dependem as vidas dos vossos clientes, e que fazendo os vossos processos arrastar-se, precludir prazos, desgraçando os mesmos porque deixam de poder contestar devido á vossa sovinisse para pouparm uns miseros trocados.
    os clientes nunca vão saber que perderam uma acção porque o advogado é poupadinho e não quer contratar um informático para lhes ensinar pequenos promenores, que eu me recuso aqui a descrever porque me cobraram 800 cts por um processo de cacaraccá que nem ao saneador chegou, que é exatamente o que eu pretendo cobrar para lhes ensinar a fazer isso :)

    vendo a solução que ocupa meia linha deste fórum e qualquer miudo de 12 anos conhece. por 4000€ (o mesmo que me cobraram num processo) envio a solução por e-mail.

    o que esse Luis Rosa escreveu é, treta, tanga porque o sitius só agora está a começar a ser implentado nas relações, e enviou porque é funcionário judicial e o texto não foi assinado digitalmente por ser expedente interno, o ke não serve para advogados solicitadores e afins quando submetem no portal on-line do sitius.

    se entendem que devem arriscar a qualidade do vosso trabalho recorrendo a foruns, lembro-lhes que a importancia da quetão é de tal ordem importante que não deixa de ser ridiculo a ligeireza com que esperam resolver isto num forum onde os interveniente voluntariosos nao conhecem as especificidades e especialidades da quetão em apreço, nem tem como conhecer por estar vedado somente a advogados…

    meus senhores não brinquem nem empatem ainda mais a justiça para no vir darem entrevistas tipo vitimas do sistema quando se apresentam aqui á procura de uma borla para uma quetão essencial do vosso trabalho.

    Beijos.

    PS: a parte de exigir 4000€ era brincadeirinha, mas xiça já não chega o sitius ser pro bono, á borlix…na se estiquem tanto que até fica mal.

  30. mas pronto como sou bom rapaz….solução:

    1 – passo – elaborar o texto (p.i, Costest. etc)

    2- passo – ao digitalizar os docs a juntar (à .pi. por ex.) é IMPERATIVO, essencial que selecionem formatos como .JPG, TIF ou png. garantem uma qualidade bem acima do razoavél com nivel alto de compressão espaço diminuto. E SEM SOFTWARE ADICIONAL. A opção de escolha (.tif, .jpg, Png,) existe certamente no software que opera o vosso scanner.

    2.1 – se não for assim (pouco provável) abrem as imagens no formato que sairem do scanner, abrem as mesmas no paintbrush que está aí no computador de certeza absoluta (os de linux e mac lá sabem), e guardam como .JPG, TIF ou png.

    (como exemplo: uma foto de um outdoor publicitário de 6m X 3m de 9 ou 10 megapixeis ocupa somente 3,2 megas)

    3 – no final podem “embrulhar” tudo num pdf que pouco vai reduzir ao tamanho final porque as imagens dos documentos juntos já tem compressão reduzindo apenas uns infimos kbits referentes ao texto do req.

    4- assinam digitalmente -> vão ao portal Sitius submetem e pronto

    5- ao próximo cliente levem faz favor mais barato 10% por via do tempo que aqui perdi :) , e por conta do que já me esfolaram quando precisei ;)

  31. Boa tarde, coloco aqui uma das minha dúvidas.

    Eu tenho documentos em pdf, mas gostaria de colocar-los todos num só documento na mesma em pdf.

    Será possivel? Qual o tipo de programa que necessito para esse efeito?

    Aguardo uma resposta, especialmente para o meu correio electrónico.

    Sem outro assunto de momento,

    Filipa Brás

  32. Também experimentei o PDF COMPRESSOR mas não consegui compressão nenhuma, entretanto depois de procurar encontrei um compressor online:

    http://convert.neevia.com/pdfcompress

    É um processo mais lento porque temos que fazer o upload de cada PDF que queremos mas resulta bem, sobretudo porque o que faz os PDFs que eu tenho muito grande são as imagens e neste site dá para definir a compressão que queremos dar às imagens e assim obtemos a exactamente qualidade que pretendemos.

    Se alguém encontrar um programa gratuito que faça o mesmo, diga por favor.

Deixe o seu comentário

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. O autor deste site reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.