Avast! Free Home Edition 7.0.1451, o seu PC longe dos vírus!


Destaques PPLWARE

56 Respostas

  1. SatoMew says:

    MSE (Microsoft Security Essentials) > tudo o resto. Ponto final, parágrafo. 😉

    • Tiago Soares says:

      Pensas tu. Deves ter o PC cheio de vírus. Falo por experiência própria. Usei-o, experimentei-o por uma semana e voltei ao NOD32 depois disso (porque o meu PC estava lento). Detectou 3 vírus. Ou seja, o MSE deixou entrar 3 vírus numa semana.
      O melhor antivírus free é sem dúvida o Avast, se formos para a liga dos pagos os melhores são o NOD32 e o Kaspersky.

      • SatoMew says:

        Então o MBAM também deve ser uma ferramenta sem qualidade, dado que não detecta nada de suspeito no meu PC, tal como acontece com o MSE. 😉

        • RaCcOn says:

          O pessoal pensa que por o antivirus não detectar nada, não há problemas…lol

          Depois quando alguém lhes diz, “Epah tens o teu PC infectado com virus” a resposta é…”Epah estás maluco, eu até tenho antivirus e tudo…ainda ontem fiz um scan e não tem nada…”

          Lol

          • SatoMew says:

            É óbvio que não significa que hajam problemas. Mas isso é uma possibilidade, não uma certeza, a qual só poderá vir a ser se se aplicarem outros mecanismos. Mais ainda, definir o UAC para o nível máximo no Windows 7, prestar muito bem ao software que pede elevação de privilégios, verificar por malware antes de efectuar downloads recorrendo a serviços como o VirusTotal e realizar outra análise, agora local, no PC são todos mecanismos de prevenção e de segurança que, aliados ao bom senso, ajudam a evitar as infecções. 😉

          • Miguel says:

            Verdade. Mas o MSE é um bom antivirus sim. Muitas vezes dizem que este e aquele não prestam porque depois do instalarem não tocam mais nele…nem o configuram sequer.

        • Hard Nipples says:

          O PC do meu patrão tinha o MSE instalado, ele disse-me que estava muito lento, confirmei se estava actualizado e fiz um scan completo, não detectou nada. Após uma pesquisa mais detalhada vi que era bem provavel que estivese infectado com um rootkit. Mais tarde vim a confirmar ao enviar uns ficheiros suspeitos para o VirusTotal. Como é que o limpei? Com o AVAST. O MSE nem dava conta de nada.

          • SatoMew says:

            E por que não experimentaste a versão grátis do MBAM? Corre on-demand e é suposto ser usado como um complemento do anti-malware actualmente em uso.

            O meu portátil, relativamente moderno e numa categoria ligeiramente elevada, e que corre o Windows 7 x64, ficava lento com o Avast, curiosamente. Assim que o desinstalei, voltou a estar rápido e funcional sem lentidões ou tempos de espera para realizar pequenas e grandes tarefas. 😉

      • Bruno M. says:

        Controlem-se por aqui:
        http://www.av-comparatives.org/images/stories/test/ondret/avc_fd_mar2012_intl_en.pdf

        AV-Comparatives… testes independentes aos A/V..

      • Jose says:

        Não venhas para aqui fazer publicidade desnecessária, se queres trolar vai para outro site.

        O avast está a km’s de ser o melhor, está tão abaixo como o AVG.

  2. Sr. Xis says:

    O MELHOR ANTIVÍRUS DO MUNDO.

    I ♥ AVAST !

  3. Emerson says:

    Recomendo, pois utilizo em casa e no trabalho.

  4. Álvaro Fernandes Saraiva says:

    Eu utilizo o AVIRA Free e até agora não tive problemas.

  5. almmpt says:

    Posso instalar nos pcs da minha empresa?
    Diz que e freeware mas deve ser só para uso doméstico.
    Alguém sabe ao certo a resposta?

  6. Emannxx says:

    É o antivírus que instalo em todos os computadores que passam pelas minhas mãos. É rápido, é simples, e é muito, muito completo :)

    Acho mesmo que é o único antivírus gratuito que fornece estas características que, noutras suites, só pagas.

  7. Eu says:

    Mse +malware bytes são os meus melhores amigos informáticos

  8. gpher says:

    @almmpt
    Podes instalar o Microsoft Security Essentials em empresas até 10 colaboradores.

  9. joelson0007 says:

    “Segurança é um processo, não um produto”. Segurança não é algo que você pega ou compra, como um produto, e coloca no seu sistema. Segurança é uma maneira de pensar, uma série de práticas e comportamentos que, somados, vão tornar seu sistema seguro.
    -Bruce Schneier

  10. carlos says:

    é o que uso e até agora só tenho a dizer bem dele apesar de as vezes ser um pouco chato com as suas notificações

  11. Rui says:

    Já experimentei quase todos os antivirus… I ♥ ESET

  12. corvo says:

    mse + spybot nunca me deixaram mal =] e ja fiz scan ao disco externamente e limpo

  13. RickPinto says:

    Uso há muito tempo, na instalação de Pc’s o MSE.
    Dantes usava o avast, mas nem dois meses passavam, e toda a minha “clientela” queixava-se do mesmo –> Virus.

    Desde que uso o MSE, raramente me aparece um. Nestes ultimos tempo, foi só mesmo aquele virus da PSP que apareceu a alguns…

    • Carlos Gabriel Lopes says:

      Concordo com a opinião, o Microsoft Security Essentials é o melhor antivirus grátis até agora… Agora AVG, Avast, só se quiser o meu pc infectado num ápice…

  14. Delf says:

    Presentemente utilizo o ZoneAlarm Free Antivirus + Firewall e está a portar-se lindamente… Por enquanto será a minha última opção.

  15. Valente says:

    O Avast, quanto mim é bom mas tem um inconveniente no ser gratuíto. Tem que se validar todos os anos. Veja-se o caso dos Magalhães dos miudos, vinha com o Avast, mas passado um ano fica sem antivirus. Os miudos não sabem, e se calhar os pais menos, que o têm de revalidar.

  16. Boa noite,

    Os melhores antivirus que usei foram o Avast e o Avira
    Mas gosto mais do AVAST

    Cumprimentos
    César Oliveira
    http://www.profissionalweb.net

  17. José Leite says:

    O Avast é um bom anti-vírus,sem dúvida.Como versão não paga é mesmo dos melhores.Pessoalmente utilizo como anti-vírus o Microsoft Security Essentials 4.1.204.0 Pre-Release(http://www.softexia.com/microsoft-security-essentials.html).Como protecção contra malware e spyware utilizo o Malwarebytes Anti-Malware,o Spybot e o SUPERAntispyware.Como complemento,ocasionalmente(uma/duas vezes por semana),faço também uma varredura com o Anvi Smart Defender,que também é óptimo e recomendo vivamente.Para limpar o computador faço uma varredura diária com o CCleaner.Nada é tão importante como a segurança e a manutenção do nosso computador.

  18. José Leite says:

    Desculpem,mas não publicaram o meu anterior comentário em relação a este artigo porquê?Fi-lo já há um tempo.Cumprimentos.

  19. Fernando says:

    A melhor suite que existe é o COMODO Internet Security.
    Antivirus + Firewall + sanbox + Defence+

    Mesmo que um virus seja criado hoje e o antivirus não o detete ainda derá que passar pelo Defence+. Não o deixa instalar porque bloqueia o registo ao virus. Se um programa é estranho ao comodo manda-o logo para o sandbox (executar em modo virtual). O avast copiou muito coisa do comodo. Querem saber mais, o comodo gasta uma media de 15 a 20 Mb de ram e terão toda a proteção que o computador necessita e custo zero. acreditem que até é melhor que muitos antivirus pagos.

    • Egas says:

      Concordo contigo, o comodo nunca me deixou ficar mal, para além de não teres problemas de registos e teres no PC uma protecção completa e gratuita. As desvantagens que encontro no comodo, isto para o utilizador menos habilitado, é de na primeira semana surgirem avisos cada vez que arrancamos um programa pela primeira vez. Recomendo esta suite também

  20. dc says:

    Por estes lados continuo a confiar no AVAST, mas atenção que isto é só metade da protecção!
    Se puderem ir às configurações e afinarem bem a coisa, ainda melhor, tenham atenção depois à performance, pois quanto mais rigorosa for a protecção, mais se irá ressentir no processamento de tarefas.
    O resto, é carregar onde não devem!
    Instalo este AV em todos os meus clientes, pelo facto de ser User-friendly e ter umas notificações bem explicitas relativas às acções do utilizador.
    As razões de queixa que tenho tido, não é de vírus mas é de sites e downloads que ficam bloqueados, mas quando faço a questão sobre o que andavam a visualizar ou a descarregar de uma forma mais “indirecta”, acabo por perceber que quanto mais o utilizador pensa que está protegido com um AV que o notifica por tudo e por nada, a avisar que o protegeu de A ou B, mais ele experimenta sites e links onde não deveria carregar à partida.
    Ora, se o utilizador deixa-se a analise para si, e não para o AV, metade das infecções não acontecia!
    Quanto à concorrência, reconheço que a solução da ESET seja muito boa, mas o facto de estar a usar um Crack num programa de AV, já levanta questões de até que ponto não poderá corromper a segurança do mesmo, e se posso usar uma solução gratuita e sem chatisses, óptimo!
    Tento optar ao máximo pelo Freeware e Open-Source para evitar “Cracks” e afins.

  21. Fábio André Antunes says:

    Como técnico de IT, o Avast faz parte do meu método de actuação sobre PCs potencialmente infectados, desde que comecei a trabalhar na área, pela simples razão de que nenhum outro me permite realizar uma verificação no arranque (Boot Scan) com a garantia de que a respectiva base de dados está actualizada.

    Esta funcionalidade do Avast, em conjunto com o ComboFix e/ou o MBAM, são as únicas ferramentas necessárias para limpar qualquer sistema, onde a eficácia das mesmas é, regra geral, de 100%.

    Falando no âmbito do utilizador, as funcionalidades que oferece (parte delas pagas em qualquer outra Suite) em conjunto com a interface simples, intuitiva e amigável, tornam o Avast extremamente completo e ao mesmo tempo ideal para o utilizador comum.

  22. Fábio André Antunes says:

    Em relação ao MSE, o qual eu pessoalmente utilizo praticamente desde que foi lançado, não pode, na minha opinião, ser comparado com o Avast. São ambos gratuitos sim, mas enquanto que o Avast é indicado para o utilizador comum, o MSE está direccionado para o utilizador mais avançado. Caso contrário, é quase tão mau como um AVG.

    O utilizador avançado conhece e domina práticas e comportamentos que quase lhe permitem a utilização do sistema sem a necessidade de um AV instalado. E digo “quase”, porque estamos a falar de ambiente Windows :)

  23. Fenando Machado says:

    Quantos antivirus fazem isto?
    http://www.youtube.com/watch?v=PX6eRvOAdbw

    Comodo é do melhor que pode existir.

  24. Deus says:

    Eu uso este anti-vírus e tenho a dizer que é do melhor que encontrei até hoje.
    Parabéns pelo artigo…

  25. Falconet says:

    O melhor antívirus é o “Senso Comum”. É grátis e tudo.
    O Avast sempre me protegeu. Às vezes fazia scans com o NOD32 ou o Panda ou o malwarebytes e nunca tinha nada.

  26. Quer me parecer que ninguém aqui conhece HitmanPro 3.6 Second Opinion Malware Scanner.

  27. wtv says:

    Já uso o Avast à bastantes anos e acho bom.
    O boot scan dá muito jeito em pc’s já infectados.

    Para complementar uso o Comodo Firewall e parece me um dos melhores free.

    Para spyware e afins uso o Malwarebytes Anti-Malware e o Spybot – Search & Destroy.

    Em casos extremos em que mesmo assim não apanhe os vírus etc…então uso o SUPERAntiSpyware. Este então foi me muito útil no estágio quando limpava bicharada de pc’s de clientes.
    E antes disso tudo usava o CCleaner.

    Mas o melhor antivirus está entre a cadeira e o monitor!

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

*

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.