Clonar um cartão de crédito/débito…



  •   
  •   
  •  
  • Pin It  
  • Imprima este artigo
  • Post2PDF


16 Comentários

  1. Tenha medo… muito medo.

  2. Vou começar a exigir a ser eu a passar o cartao , e mai nada :D, como disse o Newbie, tenha medo.. muito medo..

  3. QUE CENA!! ficamos com o cartao clonado em 10 segundos!! incrivel!!

  4. Qual a novidade disto…???

    Agora com o novo chip é que a coisa parece melhor um pouco… pelo menos os cartões são mais caros… LOL

  5. @vdias

    Yah, com o novo Chip a coisa pode apenas “complicar” um pouco… é uma questão de quebrar o algoritmo de segurança!

    A Carris também pensava que os Cartões também eram seguros, mas é possível activá-los no mercado negro e andar de Metro e Eléctrico á borla, o pior é quando o Pica/Fiscal aparece e nós temos o cartão activado mas não temos a senha do passe, ai é que são elas!

    LOL

    Por isso se os Passes da Carris usam o mesmo sistema que os novos cartões de multibanco… a única coisa que se vai ter de fazer é adaptar software, e talvez um pouquito de hardware, nada que o pessoal mais g33k e que trabalhe dentro da empresa não saiba e depois passe cá para fora.

    CUMPS

  6. Em portugal, um cartão clonado de pouco ser se não souberem o código. Pagar portagens e fazer chamadas em cabines e pouco mais…

    Por isso, basta ter cuidado ao introduzir o pin…

    Ahh, os cartões de crédito/débito, na barra magnética, têm gravados dados em 4 faixas diferentes, mas os cartões das fotocopiadoras (pelo menos há uns anos) só usavam uma…
    Teoricamente, dava para passar o cartão por uma cabeça de leitura de cassetes com uma velocidade constante e gravar o som. Depois era aumentar esse som (através de uma mesa de mistura ou algo parecido) e voltar a passar o cartão pela cabeça de gravação com a mesma velocidade e já está, fotocopias para todos!

    Isto era o que se dizia pela net em 1996 ou 97… Nunca testei.

  7. Afeee, quanta maneira de se clonar um cartão hein !

    o.Ô

  8. dc
    arranjas leitores/gravadores de banda magnetica a bom preço?
    e de quantas pistas?!

    antes q mandem alguma boca, nao… nao kero fazer nada ilegal….
    mas estou a implementar um sistema de segurança para um projecto, e queria usar RFID e cartoes de banda magnetica, mas os preços q tenho visto por ai assustam :|

  9. Os “leitores” vêem do Brasil, creio que o máximo é leitura de 3 bandas, eles podem variar o preço consoante a memoria, tamanho, peso e leitura de faixas.

    Mas por cerca de 100 a 150€ arranja-se um bacano… o pior é passar na Alfandega.

    CUMPS

  10. Talvez aqui não seja o melhor local para se aprender/ensinar isso…

    Mas, basta ir ao Google e há centenas de páginas a explicar isso.

  11. Levantaram da minha conta 500 euros (150,160,100,100)

    O cartao estava comigo e esteve semre comigo , logo foi clonado.

    Nao ha registos videos dos levantamentos.

    O banco é obrigado a devolver-me o dinheiro?

    Respondam para halvitorhugo@hotmail.com sffv.

    • sim claro a o brigaçao de se protegerm contra esse tipo de ato ai e do banca e nao seu e so acionar o procom e seu advogado e requerer um ressarcimento do banca e se ele nao der rapido entra com uma açao por danos morais que ele da um geito rapidinho……

  12. Artur sim faz queixa no teu banco que a sibs deverá fazer o reembolso do valor.

  13. SE EU CLONAR UM CARTÃO DE CREDITO
    UTILIZAR PARA FAZER COMPRAS PELA INTERNET
    FORA DA MINHA RESIDENCIA
    TEM COMO OS DONOS DESCOBRIREM QUE FUI EU QUE UTILIZEI?
    FICA ALGUM RASTRO?

    • o rastro q fika é o pc q vc utilizou para comprar esses itens da internet mais eh muito dificil de rastriar o principal problema é q depois q vc comprou pela internet demora uns dias para chegar o produto,ele pode ser confiscado ou o dono do cartao pode rastrear o dia e o local da entrega eh pega vc com a mao na massa^^

  14. so gente a querer viver a custa dos outros..

Deixe o seu comentário

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. O autor deste site reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.