Tutorial Raspberry Pi – Primeiros passos


Destaques PPLWARE

80 Respostas

  1. R!cardo says:

    Vou ficar atento aos próximos capítulos :)

  2. Joaquim Pinheiro says:

    Muito Obrigado por irem postar esses Tutoriais.

    Gostava de aprender a trabalhar com o Raspberry Pi mas não sei vem por onde começar.

    Fico há espera :)

    • RcRuz says:

      Estava a pensar comprar um coisas destaspara o meu puto navegar na net e ver youtube. Que tal se comporta?

      • Semnome says:

        se comprares um bom cartão class 10 o desempenho é dentro do aceitável, em browser games a coisa desenrola-se um pouco ás prestações. XD

        O overclock ajuda um bocadinho, mas só o deves fazer se tiveres um dissipador, caso contrário aquilo aquece um bocadito.

  3. S Pimenta says:

    E um USB Hub? Com 2 portas para o Raspberry Pi e praticamente obrigatório ter um USB Hub.

    Recomendo vividamente também um cartão SD rápido. Atenção que nem todos funcionam, e o que importa mais é o tempos de acesso em Leitura e Escrita aleatórios (4k).

    Outro aspecto muito importante é a fonte de alimentação e o cabo USB, a fonte tem de ser boa (voltagem ideal 5.25V) (nada de chinesices) e o cabo USB deve ser bom porque alguns causam resistência e depois os 5V não chegam ao Raspberry Pi.

    Por acaso também encomendei um Raspberry Pi esta a semana passada pela RS Components.

    Vamos lá ver o que isto dá. Eu comprei porque para fazer simples tarefas e gastar menos energia (gasta entre 3-5W), o Raspberry Pi deve ser ideial, a factura da electricidade está cara e há que arranjar alternativas.

    • Pedro Pinto says:

      Sim, estive para incluir também o USB Hub na lista. Mas ligando o rato e o teclado as duas portas chegam. Se for preciso ligar mais alguma coisa é que um HUB é imprescindível :)

      • Rui Martins says:

        Mas o HUB USB dá mesmo jeito. Ligando o rato e teclado, se quisermos usar o adaptador Wireless … oops :)

        Eu uso o meu como MediaCenter, com o Raspbmc, sem rato/teclado. Para o puto e a mulher verem filmes e séries, é cinco estrelas :)

        • Pedro Pinto says:

          eh eh eh, pois :)
          Fica o registo, ainda hoje actualizo o artigo.

        • S Pimenta says:

          E o melhor Hub é que dá para ligar o Raspberry Pi ao USB (os que assim funcionarem), assim elimina-se uma tomada!

          • Semnome says:

            atenção que o HUB come “corrente” ou seja, se o vosso carregador tiver menos de 1A, por exemplo se for de 750mA, a amperagem n vai chegar. XD

          • lmx says:

            não quer dizer que chegue ou não…

            Isso tudo vai depender daquilo que estas a puxar por ele…dizem que o raspberry pi no maximo, gasta cerca de 5W, mas este consumo é relativo…

            o raspberry pi tem imensos perifericos como qualquer computador, e portanto o verdadeiro consumo maximo deveria ter sido calculado em função de estar a utilizar todas as portas e pinos(GPIO)…

            penso que não foi considerada a utilização dos GPIO e portas no consumo maximo(apenas a porta Ethernet, o chip que esta perto…gasta metade do consumo do Raspberry PI :S, deveria dar para fazer disable)…

            poder ter um carregador de 600mA, e estares em standby com ele ligado…

            A historia de um carregador de 1200ma, é para o facto de puxares por ele a fundo, consumirá cerca de 1A, pelo que um carregador de 1200ma ja serve bem…mas se ao mesmo tempo estiveres a usar as portas todas (USB,NET,GPIO), isso se calhar não te vai chegar…

            resumindo…tudo depende.

            Jogando pelo seguro seria uma power suply que te desse o maximo, usando dotas as portas… tipo 1,7A…

            A utilização do de 1A so te garante que no maximo a fundo podes usar a NET e processamento de video…pois ele aguenta 1.2A, se calhar se lhe ligares as usbs por exemplo a um disco e as CPIO ele “deita-se”…porque excedes o consumo…

            tudo depende daquilo que queres…

            cmps

  4. Nuno Mendes says:

    Comprei por curiosidade e baixo investimento, no caso de não gostar.
    Fiquei satisfeito com a performance e leitura, de filmes, imagens, navegação etc.
    Estou a ter problemas é na leitura de filmes, se puderem coloquem como ver ISO, pelo que li não é possivel :(
    Quer dizer que existe limitações a esta excelente maquina.
    Já agora se puderem mostrar como podemos ver TV no XBMC

    Obrigado e excelente artigo

  5. Luis Gonçalves says:

    O problema das enclosures é o acesso ao gpio :( Estou a fazer um projecto de media center (com xbmc), e no mesmo dispositivo um comutador de dispositivos à distância (via web)… a ver o desenvolvimento.

    • lmx says:

      Deu-me uma trabalheira…cerca de 1.45h a fazer uma abertura para o GPIO e ficou espectacular…parece que vem de fabrica 😀

      Mas no fundo saiu muito caro perdi muito tempo e o Xacto…as vezes passava-me perto dos dedos…se é que me faço entender :(, graças a deus correu bem.

      Problemas…

      Na placa tenho 4 conectores…

      ICSP(salvo erro, se for não o vou sar, penso que nunca ;))
      camera
      display
      GPIO

      Ora trata-se de uma má noticio…ainda so tenho saida pata GPIO, e a camera e display??? pois é…la vai o xacto bombar outra vez…haja paciencia, sorte(posso me cortar), e tempo…

      tens toda a razão…a maioria das caixas são protótipos e não productos acabados!!

      cmps

      • lmx says:

        para realizar isto…compra uma transparente…vai te ajudar a descobrir exactamente onde curtar com a caixa fechada 😉

        Boa Sorte(para a caixa lol, mas mais importante para ti…a fazer uma grande pressão num xacto…se aquilo foge…acho que nem eu nem tu temos a presepção do estrago que dali pode vir…)

        cmps

      • lmx says:

        na inmotion.pt parece que ja existe uma case que contempla estes cenarios…infelizmente ja tenho a minha :(

        cmps

  6. hm says:

    Boa iniciativa. Já agora, se aceitarem a sugestão, poderiam experimentar/analisar este projecto:
    https://plus.google.com/u/0/100118485453888118456/posts/W7aaFDVEmPE
    “Proudly introducing my Pi-project: Pi-Eye, the extremely low cost Gaze Tracker

    Gaze Trackers are devices that detect the movement of your gaze.
    Pi-Eye is a low cost, plug and play, user-friendly gaze tracker based on the Raspberry Pi model B platform by the Raspberry Pi Foundation. The aim of the project is to make such kind of device accessible to every family where a gaze tracker is needed for human-computer interaction purposes (think about individuals having mobility or neurologic-related problems). It’s based on linux-arm distros and deployed ready to use with a collection of accessibility software, the engine is based on Opengazer, a project by the Machine Intelligence Laboratory in the Cambridge University Engineering Department.
    In simplier words, Pi-eye would make an user write using the eyes, a paralytic subject whose oculomotor muscles are not affected by the paralysis would be able to communicate in a cheap/easy way.
    Sources and iso’s will be soon available on GitHub…. Free as in Freedom ;-)”
    Obrigado.

  7. Diogo says:

    Venha lá o raspberry para fazer umas brincadeiras!

  8. José Martins says:

    Assim só por curiosidade, é possível usar isto para navegar na net e utilizar sites de stream de series e afins sem problemas nenhuns na minha tv?

  9. Filipe Galego says:

    Boa iniciativa. Estou tentado a comprar mas se calhar vou para a concorrência (já falada por aqui) pois parece que já algumas máquinas um pouco superiores e como uma utilização seria para media center queria ter uma saída digital de audio…

    Fico à espera dos próximos artigos.

    • faustino says:

      Pois, mas a grande vantagem deste, até ao momento, tem sido a grande comunidade que existe em volta dele, o que faz com que apesar de parecer muito mais fraco do que alguns da concorrência, na realidade estes como não estão tão otimizados como o raspberrypi acabam por não valer a diferença, pelo menos é a opinião de várias pessoas pelos fóruns.

    • Redin says:

      Eu compreendo a tua preocupação.
      Apesar de uma saída hdmi ter sinais de audio digitais, apenas são úteis se tiver à partida um recetor A/V para poder explorar o potencial do audio e ao mesmo tempo uma saída desse recetor para um monitor/TV HD,
      Porque ligar o hdmi a um monitor, o som não tem nada a ver com a possibilidade de podermos usar uma saída digital individual.
      A não ser, claro, que existam adaptadores de cabo hdmi que separem o sinal de audio e de video para serem aproveitados individuante para equipamentos diferentes, mas desconheço que existam.
      Sendo assim, também lamento que o raspberri não tenha este requisito.

  10. Rascas says:

    Na “Comunidade Linux da PPlware” encontra-se uma imagem costumizada por mim, baseada no Raspbian. As principias alterações são a substituição do LXDE pelo XFCE mto parecido com o do Xubuntu, e a adicção do XBMC entre outros programas.

    La encontram as instruções e mais informação sobre este “projecto”.

    Experimentem e caso tenham duvidas podem expolas lá.

    Cumprimentos

  11. Zé António says:

    é possível ligar esta maquineta a um teclado/rato sem fio?

  12. António Almeida says:

    Pedro Pinto,

    Comprei o raspberry, já instalei o iceweasel, e o gnash.

    Sou muito principiante,

    O Youtube, não funciona muito bem.

    Podem-me ajudar a colocar o raspbian a funcionar com youtube?

    Obrigado

  13. Tiago Caneira says:

    Oi a todos, eu à relativamente pouco tempo adquiri um brinquedo destes. Efectivamente pretendia ter um media center em casa e, depois de muito ler resolvi experimentar. Adquiri apenas o equipamento e uma caixa, uma vez que todos os restantes requisitos já possuía. A rapidez do cartão é efectivamente importante, pelo que recomendo os cartões de classe 10 (vejam as especificações na embalagem do cartão). Relativamente ao SO a instalar, optei, por uma questão de simplicidade, pelo Raspbmc. Foi quase como uma solução out of the box, ligando-se directamente à internet, instalando SO e reconhecendo todos os equipamentos ligados antecipadamente (disco externo, hub usb de 4 portas, teclado bluetooth logitech). Até ao momento tudo funciona na perfeição, realizando actualizações de SO cada vez que se reinicia o RPi. Ainda não explorei em condições a instalação de um cliente de Torrents, mas já li que é possível, utilizando-se posteriormente a consola web para controlo. Até ao momento estou contente com a aquisição e recomendo.

  14. joao cavaco says:

    Boas Pessoal!
    Adquiri à INMotion um pack com o material acima descrito, mais um cartão mini SD de 16Gb e o adaptador para o mesmo, pois é mais seguro (ah e tal preciso de um cartão para a máquina fotográfica e já foste cartão SD) ter o cartão dentro da case. tive também de adquirir um conversor hdmi para vga pois não tinha nenhum monitor hdmi (comprei na lusodisco e custou mais que a placa do Raspberrry, 35€).
    Tenho um bichino a fazer de central telefónica (Asterisk e Freepbx) a bombar há 1 semana e meia sem quebras, com 6 IP Phones, 2 grandstream (http://www.grandstream.com/index.php/products/ip-voice-telephony/consumer-analog-telephone-adaptors/ht502)analógicos e 1 Topex Mobilink IP (http://www.topex.ro/en/products/mobilink_ip_-_voip-gsm_gateway)
    Ainda só consegui testar com 3 chamadas em simultâneo e não tive quebras de qualidade. Pelo que tenho lido, aguenta-se até 5 chamadas em simultâneo.
    Muito bom, e quando houver com 1 Gb de Ram então será muito mais bombástico.
    Sou adepto e vou comprar mais. Estou numa de optimizar o bichinho para centrais telefónicas.

  15. Pedro says:

    Eu tenho um ligado à minha TV.

    Até agora 5 estrelas. Grande parte do que vejo são séries a 720 e alguns filmes e ainda não tive problemas. Uma cena que acho muito bom no XBMC é não ter que descompactar os ficheiros .rar

    No youtube também é porreiro, dá para configurar a nossa conta, e ter acesso a várias opções, como histórico, ver mais tarde, favoritos, etc..

    Para controlar o XBMC utilizo um teclado media center sem fios e também tele Android + app Yatse.

    Muito Bom mesmo!

    Em principio vou comprar outro, para montar uma estação meteorológica..

  16. JoseM says:

    Saída RCA, televisão Samsung, formato 16:9, corta parte da imagem nos lados e em baixo.
    Apesar dos vários ajustes no config.txt ainda não obtive nenhum resultado satisfatório.
    Uso Raspmc e Raspbian mas o resultado é correctamente o mesmo.
    Alguma dica? (via HDMI tudo OK).

    • lmx says:

      boas…

      tens cor na imagem??

      eu não e a imagem aparece meia renderizada…mas não mexi no ficheiro txt…um dia destes vou tentar…

      cmps

    • PedroNGV says:

      Aqui acontece exactamente o mesmo, também com uma tv samsung.
      Não consegui resolver o problema e, entretanto, deixei de procurar solução, porque tenho usado o Rasp como webserver, acedendo sempre via SSH ou VNC.

    • Tiago Caneira says:

      O que têm que fazer é ir às configurações de imagem e conseguem mexer nos limites do ecrã para ajustar à televisão. Vão a settings -> system -> video output -> video calibration e depois têm que colocar o rato junto às laterais ou superior/inferior do ecrã para alterarem o overlap assim com a posição das legendas se pretenderem alterá-la.

  17. Luis martins says:

    também vou ficar atento a novos capitulos pois o meu conhecimento sobre este mini pc’s é muito diminuto.
    Obrigado

  18. Estou realizando diversos testes com o RB e postando em meu blog pessoal, segue o link abaixo:

    http://cleitonbueno.wordpress.com/category/raspberry-2/

    Unica coisa que trocaria deste kit, apesar não sei se a palavra certa seria trocar, mas ter um cartão SD acima da class4, de acordo com os SD’s suportados pelo Raspberry, pois notei uma performance significativa quando passei a usar um class10 e agora aguardando o meu SDHC 16G da SanDisk acho que é 100x ou 200x.
    Irei publicar isso em breve que foi a experiência que tive embarcando o linux.

  19. Filipe Pereira says:

    Muito boa iniciativa :) Lanço aqui uma ideia para um tutorial que podiam fazer para o Rpi – uma máquina arcade usando o Chameleon (http://chameleon.enging.com/)

  20. Daniel says:

    Tambem ando a brincar com um pi

  21. Shop says:

    Aguardo os próximos capitulos…

  22. mike says:

    Boas,
    e quanto ao meio de ligação GPIO, alguem me diz onde arranjar cabos ou algo que me permita ligar a uma breadboard??

    A ver se me dedico um bocado a isto.

    Cumps,

    • lmx says:

      tens que ter um flat cable 26 pinos, podes arranjar depois um conector macho macho, para ligar entre uma das extremidades do flat e a breadboard…ou comprar o conector ja feito…existem a venda..

      Atenção… o GPIO não é igual nas placas 256mb e nas de 512…
      E mesmo que o tenham melhorado…acho que poderiam ter feito um melhor trabalho…existem alimentações repetidas gastando conectores…

      cmps

  23. Dave says:

    Tambem ando interessado nisso,
    Esse pequeno kit fica por quanto?

  24. toxiside says:

    Boa iniciativa. Tenho a versão B, já há algum tempo e posso dizer que é uma maravilha. Neste momento tenho o RPI parado, pois ando a pensar que projecto irei fazer com ele. De certo que estes tutorials me vão dar alguma ajuda. Continuação de bom trabalho :)

  25. Filipe Nunes Rodrigues says:

    O Raspberry PI vem com 26 entradas/pinos, onde o utilizador poderá ligar os mais diversos equipamentos (em futuros tutoriais iremos explorar melhor essas entradas).

    Vou ficar a espera 😉

  26. Pedro says:

    Muito interessante.Quero ver os proximos!

  27. Rui B. says:

    Mais alguns aspectos de quem já possuiu um há vários meses:

    Transformador de 1000ma (1A);
    Cartão de no mínimo 2GB CLASS10 (aconselho a procurar reviews);
    Arranjem um HUB (aqueles baratos com publicidade chegam perfeitamente.

    Tenham também em conta que apesar do Raspberry correr vídeos em h.264, não descodifica DTS, nem o irá fazer, devido as instruções presentes no ARM.

    Podem também fazer OC até 1GHz sem qualquer problema, bastando para isso editar um ficheiro de texto ou na instalação dos Raspbian. Caso o façam experimentam baixar a voltagem do CPU, pois o valor colocado por defeito é, por norma, um pouco acima do necessário (isto faz com que o ARM aqueça menos).

    Depois tenham em atenção ao dongle WiFi comprado. Se comprarem na inmotion, não há problema pois o que eles vendem tem chip RTL8188CUS. Recomendo este chip pois o desempenho é bastante aceitável, para não falar que é bem barato e plug-and-play.

    Caso não comprem na inmotion, tenham atenção à intensidade da corrente do tranformador, ao desempenho do cartão (muito importante na minha opinião) e tenham em atenção ao chip usado.

    Mais info, aqui:
    http://elinux.org/R-Pi_Hub

  28. NeoXBlast says:

    Sempre fiquei curioso em querer um dispositivo desta categoria, o meu objectivo era ter algo a que posso acoplar a uma TV e poder ver vídeos (mais em streaming sites tipo wareztuga) e poder navegar na net ocasionalmente (facebook, noticias em geral…) mas como só trabalho em windows logo tudo o que envolva mexer noutros SO/ambientes deixa-me de pé atrás, alguém sabe-me dizer se um raspPI consegue realizar o meu objectivo e se existe algum tutorial para newbie (tipo raspberry PI para tótós XP)?? Ou o pessoal da pplware tenciona criar tutoriais desta categoria mais para maçaricos?? obrigado desde já por qualquer resposta :)

  29. eddy says:

    Eu tenho o meu Raspi com o debian wheezy, onde instalei o zoneminder para fazer um sistema de video-vigilancia caseiro com o eyetoy da ps3, porque passo bastante tempo fora de casa.

    Funciona impecável, faz detecção de movimento e grava os eventos e envia-me mail ou sms caso haja algo fora do normal dentro de casa. Podemos definir as áreas de interesse
    Próximo passo acho que vou comprar uma IPcam por wifi e uns candeeiros infravermelhos para alargar a visão nocturna.
    Depois tenho umas ideias, como adicionar um keypad ou leitor RFID para armar/desarmar o sistema ao saír de casa.

  30. jpng81 says:

    http://www.joaoguerreiro.net/index.php/raspberrypi

    Aqui fica o link de algumas brincadeiras que fiz com o meu segundo rasperry pi.
    O meu primeiro raspeberry esta a funcionar com o xbmc “openelec” é muito superior ao raspbmc em termos de velocidade.

  31. skysurf says:

    prefiro o mk808b … é mais rápido … vem com wireless … tenho o xbmc instalado e a funcionar como media center…

  32. Joao says:

    Boas

    Para que serve o cartão sd? Compensa investir mais no cartão? O que ele vai armazenar?

    Cumprimentos

  33. Miguel says:

    boas amigos,

    Já tenho o meu Raspberry mas o meu monitor é VGA, existe algum tipo de conversor?
    Como estava com o bichinho de experimentar liguei por HDMI à tv só que o teclado não funciona correctamente… Configurei tudo mas no entanto existem teclas que não batem certo.. Alguma dica?
    cumps

  34. Paulo Varela says:

    Em resposta ao nickname ” jpng81 ” e a todos quantos tiverem dúvidas quanto ao sistema operativo a usar no raspberry pi , sem dúvida que o openelec é um dos melhores mas,porêm ainda não é o melhor e quiserem o melhor de todos terão de estar preparados a moer a caixinha dos miolos porque o melhor de todos é : ” Arch Linux Arm ” e acreditem que já exprimentei tudo o que havia para exprimentar …
    Tenho o Raspberry Pi Modelo B e que está a funcionar como media center sem overlock e apenas installei o Arch linux Arm versão base e fiz as configurações relativas a tudo o que precisava para rodar como media center depois instalei o xbmc …
    Posso dizer que e muito mais rápido que o openelec a navegar entre menus a fazer download de info e capas e também a rodas video mesmo em alta definição e ao avançar nos videos não trava em nada e é rápido e aplicações tipo youtube e outras aplicções de stream’s de video também funcionam a 100% mesmo avançando para a frente nos videos não há travamento dos mesmos … Enfim para quem quiser o mehor dos melhores vai ter de moer a caixinha dos miolos , e quem não quiser se maçar pode optar pelo openelec e é baste rápido qb mas , com alguns travamentos na parte de video em alguns formatos em uma ou outra aplicação pois,exprimentei tudo o que havia para exprimentar como disse e falo por experiência própria …

    Estável e super rápido e o melhor sem overlock é mesmo o Arch Linux Arm …

    E se lhe fizerem overlock então ainda fica mais fluido …

  35. Ricardo says:

    Olá,

    Comprei uma raspberry a pouco tempo, no começo ela ligava normal e reconhecia na tv. QUando eu ligava ela na tomada aparecia a luz verde(inicialmente) e a vermelha.

    Agr não aparece mais, eu ligo e fica so na luz vermelha e numa intensidade menor, poderia me ajudar?????

  36. Mr Soares says:

    Boas.

    Alguem teve algum problema com os micro sd? É que com um de 8Gb class 4 funciona perfeitamente; com um de 8Gb class 10 já não funciona… começa a arrancar mas depois dá problemas e nem o rasp-config carrega.. Hellppppp

  37. carlos says:

    cabo 3.5 mm para rca serve no modelo b+?

  38. joao coelho says:

    ola gostaria de saber se era possivel rodar o windons no raspberry pi modelo b+ e se sim como poderei o instalar

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

*

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.