Aprenda a instalar o novo Linux Mint 12 “Lisa”

Como é hábito da nossa parte, costumamos marcar o lançamento de algumas distribuições Linux com um pequeno tutorial com o processo de instalação. Dessa forma deixam de existir motivos para não experimentar e quem sabe ficar fã.

Depois de termos apresentado aqui as novidades do novo Linux Mint 12 “Lisa”, hoje vamos ensinar como à instalação deste sistemas operativo. Num período em que o Ubuntu tem perdido “força” devido ao Unity, o Mint lidera agora o ranking de de distribuições mais populares no site distrowatch.

mint_000

O Linux Mint é uma distribuição baseada no Ubuntu mas que apresenta de origem, um “look and feel” incomparável a outras distribuições. Para instalar o Linux Mint 12 “Lisa” procedi à criação de uma máquina virtual no virtualbox (Exemplo aqui). Tal como referido aqui, o Linux Mint 12 vem com as seguintes novidades:

  • GNOME 3.2
  • MGSE
    • Suporte para um painel inferior
    • Menu de aplicações
    • Lista de janelas
    • task-centric desktop – para transição simples entre janelas
  • Linux kernel 3.0
  • Mozilla Firefox 7.0
  • Mozilla Thunderbird 7.0
  • LibreOffice 3.4;
  • LightDM como gestor de logins
  • Melhorias a nível de Artwork (imagem seguinte do Linux Mint 12 com o tema Mint-Z-Dark )

Para instalarem o Linux Mint 12 “Lisa” no VirtualBox devem seguir os seguintes passos:

Passo 0 – Download o Linux Mint (Para este tutorial escolhi a versão em CD – sem codecs. No entanto quem pretender pode fazer download  da versão DVD (com codecs).  Façam o download a partir daqui

Passo 1 – Depois do Mint 12 arrancar via CD/DVD, devem carregar em Install Linux Mint para dar inicio à instalação do sistema no disco

mint_01

Passo 2 – Indicar qual o idioma de instalação

mint_02

Passo 3 – Indicação dos pré-requisitos

mint_03

Passo 4 – O próximo menu permite o particionamento simples do nosso disco. Como estamos a usar um disco virtual, vamos escolher a opção “Apagar disco e instalar Linux Mint”.Quem pretender instalar o Mint nativamente numa partição, deve escolher a opção “Mais uma coisa

mint_04

Passo 5 – Para dar início ao processo de instalação basta carregar em Instalar Agora

mint_05

Passo 6 – O próximo passo é indicar o time zone (fuso horário)

mint_06

Passo 7 – Vamos agora escolher a disposição do teclado (layout do teclado)

mint_07

Passo 8 – Vamos agora proceder à criação de um utilizador e definição do nome da máquina. Para isso devem indicar o nome completo do utilizador, nome de utilizador (username), password e nome da máquina.

mint_08

Passo 9 – Início do processo de instalação..A instalação demorou-me cerca de 30 minutos.

mint_09

Passo 9 – Depois de instalado, basta carregar em Reiniciar agora para que o sistema arranque via disco.

mint_10

Passo 10 – Depois de ter arrancado, colocamos as credenciais de entrada criadas no passo 8

mint_11

Passo 10 – E voilá….cá estamos nós no novo e bonito Linux Mint 12.

mint_12

Passo 11 – Antes de começarem a utilizar o sistema, convém que procedam de imediato à sua actualização. Para isso basta que carreguem no ícone azul na barra superior e em seguida Instalar actualizações.

mint_14

E está feito. Vamos agora explorar melhor este fantástico sistema operativo para trazermos brevemente mais artigos. Se alguém pretender colaborar é só enviar um e-mail.

Galeria de Imagens

(Enviado pelo nosso leitor @Serva)



altLicença: GPL
altDownload: Linux Mint-12 (DVD) 32 bits [1 GB] | 64 bits [1 GB]
altDownload: Linux Mint-12 (CD) 32 bits [620MB] | 64 bits [634MB]
altHomepage: Linux Mint





  •   
  •   
  •  
  • Pin It  
  • Imprima este artigo
  • Post2PDF


47 Comentários

  1. Aproveitando, tenho o meu pc em dual boot win7+ubuntu. Tal como muitos outros estou com bastantes dificuldades em me adaptar ao unity e já querendo há muito tempo, esta parece-me uma boa oportunidade para experimentar o Mint.
    Como procedo para o instalar por cima do ubuntu, correndo o mínimo de riscos na usabilidade e acesso à outra partição(win7)?

    • Se queres substituir o Ubuntu pelo Mint, primeiro faz CÓPIAS para um suporte externo (como disco rígido externo) de TODOS os teus ficheiros pessoais, e depois no instalador do Mint, eliminas a partição / do Ubuntu, e podes manter a /swap. Depois, instalas o Mint sobre o espaço livre. Isto assumindo que não tens os teus ficheiros pessoais numa partição /home separada. Se assim for ainda é mais fácil, mantens a /home e a swap.
      Pelo menos, era o que eu faria. Se alguém tiver uma sugestão melhor…

    • Quando iniciares a instalação ele vai perguntar-te que partições queres criar/eliminar. Se não me engano escolhes a 1ª opção que é substituir/eliminar o ubuntu 11.10 e ele elimina só os ficheiros do Ubuntu deixando o resto. Lê com atenção mas acho que é a 1ª opção.
      Eu já instalei. Está altamente. Abraço.

  2. Alguem conseguiu instalar na VirtualBox?

    • Já instalei a versão 64bits em Virtualbox, e já carreguei o Mint com muitos programas.
      Instalei em Inglês, depois experimentei mudar o idioma para Português (interface +- esquisito), quando quis reverter novamente para Inglês ficaram algumas coisas em Português. Possivelmente foi por ter adicionado tanta coisa lá para dentro, e por andar a remexer naquilo tudo… dai usar em Virtualbox que é para ir “estrampalhando” aquilo tudo…
      Resumindo, está a trabalhar bem, mesmo com os vários tipos de interface.

  3. Boa tarde ,

    Uma das distribuições que resolveu ouvir os utilizadores e cujo resultado final pode se considerar muito bom , não admira que tenha subido para nr1 do ranking da Distrowatch .

    Como já disse o mundo Linux vive o melhor momento da sua história , estabilidade , imenso software disponível nos repositórios oficiais , cada vez mais user friendly , estamos a chegar a um ponto em que se vai tornar o sistema mais fácil de usar , instalar aplicações etc .. esta distro a par de outras têm complementado o trabalho iniciado ela Canonical no sentido de tornar o Linux um sistema acessível a todos sem que o uso do mesmo esteja conotado com o ser GEEK .

    Claro que o Mint como muitas outras distribuições tem como base muito do trabalho feito pela Canonical , mas sente-se a cada nova versão que estão cada vez mais capazes de tomar conta do trabalho sozinhos e seguirem os seu próprio caminho , A Mint tal como a Canonical produz distribuições com outras interfaces gráficas e tem inclusive uma rolling distro baseada em Debian .

    Vamos ver o que nos preparam para a LTS do próximo ano .

    P.S – tal como a Mint outras distros estão a surgir com novas abordagens mito interessantes a próxima a ser lançada das que tem dado que falar é a Pinguy que está no 21º lugar ,mas que tem ganho cada vez mais adeptos , outra é a Sabayon que depois de ter feito uma má distribuição num passado recente em que se notava claramente falta de performance está outra vez em alta e encontra-se no 13º lugar , encontrou de novo o caminho esta distro em baseada em Gentoo.

    Aceitem os meus sinceros cumprimentos

    Serva

  4. Estas propagandas ao fundo do site poluíram muito o pplware.

    • A publicidade é um “mal” necessário para a manutenção do pplware como sítio de referência no panorama nacional, como julgo que todos queremos.
      Também não gosto, mas pelo menos ainda não chegou ao ponto de certos sítios com pop-ups que impedem mesmo a leitura dos mesmos.

      Quanto ao Mint, parece muito bom como sempre, mas acho que quando acabar o suporte à versão 10 que uso, vou instalar o Mint Debian, que é uma distribuição rolante, e assim, não tenho mais de fazer instalações limpas. Alguém já usa essa edição, ainda existem muitas diferenças entre o Mint baseado em Ubuntu e em Debian, em termos de estabilidade e “user-friendliness”

  5. Vou experimentar, gostei do anterior hoje já vou ver esta nova distro.

  6. Alucard ,

    Boa tarde , tenho a rolling distro baseada em Debian instalado no meu pc de testes , sinceramente a única coisa que pode pender para o lado da rolling é não teres que de 2 em 2 anos fazeres uma instalação limpa , mas por outro lado se pensares que o mundo Linux está em ebulição , eu talvez te aconselha-se a não optares pela Rolling , no entanto a sua estabilidade é fantástica e podemos sempre instalar novos ambientes gráficos e etc , mas considero que 2 anos ou 3 como máximo é perfeitamente aceitável que tenhas o trabalho de fazeres o backup da tua home e partires ara uma instalação limpa .

    Aceita os meus sinceros cumprimentos

    Serva

  7. sorry , estou a ficar sem bateria no teclado e algumas letras são literalmente comidas .

    Cumprimentos

    Serva

  8. Uma duvida para quem tem o Mint, conseguem instalar o Citrix Client?, O gestor de ligações tem suporte a VPNS Cisco?

    Se estas duas coisitas estiverem OK, eu vou testar. Pois eu trabalho com o Ubuntu e estas ultimas duas versões foram um tiro num pé (tipo Windows Vista)…

    Mas como trabalho no Linux, preciso de saber se isto funciona para não estar muito tempo sem portátil…

  9. Parece boa esta versão. Que vantagens tem esta do Ubuntu?

  10. Parece bantante boa essa distro. Que vantagens tem este em relação ao Ubuntu?

  11. Boa tarde. Estou indeciso entre o Mint 12 e o Caixa Mágica 17, ambas com Gnome. Gostaria de saber a vossa opinião. Obrigado.

  12. Bom Tarde,
    Tenho um problema com o Mint, o teclado e rato do meu PC são da microsoft, wirless 1000. o teclado funciona bem, mas o rato tem um pequeno defeito, por exemplo abro o firefox, a página pplware, quando tento deslocar a página para baixo com o scroll, a página anda de mais, passa mesmo informação que não vejo. nos jogos a funcionar com o zoom acontece a mesma coisa. Mas se for um rato microsoft mas com fio, funciona bem.
    Alguém já teve este problema? como posso resolver ou configurar o meu rato?
    Obrigados, cumprimentos
    luis simões

  13. Ou seja, português->next->next->next->next->next->login, password->next->next->next. E está instalado. ;)

  14. Ahah! A lista começa no zero, como todas as listas devem começar! :)

    E para quando o SlackWare?

  15. Alguém conhece alguma distribuição que dê suporte a Retroprojetores Epson(sem hdmi) via USB?. No meu notebook não tem saida VGA, apena HDMI e USB.

  16. boas. Estou com uma duvida, para ter esse look do sistema que aparece nessas fotos que ta na noticia, é preciso instalar o linux mint dvd, ou a versão de cd também da? é que baixa atraves deste links o linux mint versão cd e depois descompactei a iso e instalei atraves daquele programa que da pa instalar dentro do windows mas o look do sistema é o gnome como vinha antes no ubuntu 9.10 so que mais actualizado. Como posso colocar essa interface?

  17. Serva,
    Muito obrigado pela tua opinião. De facto, talvez não seja muito boa ideia. Eu é que tenho preguiça nas “instalações limpas” xD. Lembrei-me agora que o Mint 13 vai ser baseado no Ubuntu 12.04, que vai ser suportado por 5 anos.

    Fica com os meus melhores cumprimentos.

  18. Boas

    Como utilizador persistente do Linux e respectivo Ubuntu que aprendi a gostar l]a atr]as no tempo , comecei a ficar completamente incomodado com o caminho de interface do ubuntu ao ponto de desistir de fazer o upgrade , lá ia olhando e instalando o mint de tempos a tempos , definitivamente adorei o Mint 12 que ja instalei em 2 pc’s e colocarei em mais 2 de amigos que estão com problemas de momento (XP’s).

    A experiência è agradável , a usabilidade tambem e vindo já com software pré-instalado realmente só aumenta o quanto é agradavel o uso deste sistema.

    Realmente merece uma chance por parte de quem quer entrar neste mundo do Linux ou daqueles que ainda nao fizeram upgrade.

    Abraço aos leitores e à equipa que está por detrás da PPLWARE.

  19. Os drivers Ati/AMD para placas graficas da barraca ao instalar no linux mint, instalei quando reiniciei a interface ficou toda desconfigurada e cores esquesitas e o texto burrado e não dava para perceber, tive que desinstalar os drivers da grafica. Ha solução para isto?

    • Boas Paulo,

      o meu PC tb tem uma placa gráfica ATI/AMD e sofre exactamente do mesmo problema. Pesquisei na net e fiquei com a ideia que o problema está no driver proprietario (fxglr – penso que é este o nome).
      A solução que vi nos vários foruns foi remover o driver proprietario e usar o driver genérico que vem com a distro de linux. Ainda não experimentei esta solução pois necessito de usar o PC todos os dias para completar um trabalho para a minha tese de mestrado e não me apetece ficar “pendurado” por causa de problemas com a placa gráfica.
      Como consequencia vais ficar com menos performance gráfica (no meu caso não me faz muita diferença pois eu uso maioritariamente para navegar na net e office)

      Já utilizo linux (no meu caso ubuntu) há 3 anos e infelizmente esta questão dos drivers ATI/AMD sempre foi um problema, na minha opinião e da minha experiência (outros terão opiniões contrárias) o calcanhar de aquiles não é a falta de “gráficos bonitos” mas sim a falta de suporte/integração com algum hardware.

      de qualquer forma se tiverem alguma dica que me possam passar fico agradecido.

      um abraço

  20. Os drivers ATI/AMD placas graficas estão a dar problemas, instalei e as cores e textos ficaram tudos estragados. Tive que desinstalar. Existe alguma solução?

    deixo link de um exemplo que ja andam pela net. Comigo ficou igual
    http://www.hostingpics.net/viewer.php?id=246366IMG20111015164212.jpg

  21. Tenho uma dúvida!!!

    Tenho o Linux Mint “Katya” instalado. Há possibilidade de actualizar para este ou só desinstalando e voltando a instalar.

    Estou a utilizar como máquina virtual.

    Obrigado

  22. –atenção pesquisadores do google,este comentario não faz parte do artigo–

    eu gostaria de instalar num pen drive,corro risco de perder algum arquivo no HD?

  23. Boas, Por acaso embora não seja fã da edição principal do mint ( emvisto que é baseada ubuntu) usei durante um ano a versão baseada em debian. O projecto em si é bastante consistente, o que é honestamente muito bom. Agora tenho que admitir que esta deverá ter sido a primeira shell que não me deu nojo. Pois funciona sem requerer drivers com aceleração 3D elevada, permitindo que o people que advoga free software possa descartar os drivers proprietários da nvidia.. Portanto resta-me esperar pelo porte da shell para o lmde. Embora agora use debian sid ( e não tencione trocar ) acho importante que hajam formas mais fáceis de por o mint mais “free”(free as in freedom)…

  24. Caro Darcy-CidadeCool ,

    Boa tarde é uma grande verdade o que dizes , há tempos entrei numa discussão que acabou por ficar fora de controle acerca do Flash , o que dizes faz todo o sentido , quanto mais a comunidade ficar menos dependente de drives proprietárias melhor , penso que está a ser esse o caminho hoje para abrires um documento pdf não precisas da Adobe para nada e os exemplos sucederiam-se , penso que ficou a ideia .

    Cumprimentos

    Serva

  25. boa tarde tenho o mint e estou com prob na rede sem fios como reparar os drives porque a mensagem de erro diz que esta indesponivel nao encontro nada da e nao o consigo ligacao sem fios

  26. Olá boas,

    já agora, uma questão sobre dual screen …

    No fedora 15 e 16 o meu dual screen funciona na boa, drivers nvidia de origem, nada a fazer para resumir.

    Todas as distros que são baseadas em ubuntu 11.04, o dual screen nada feito.

    Palpites ?

    Agradeço a ajuda.

    \o/

  27. Viva Pedro

    É verdade, sou mais um dos que perderam a paciência com o unity e mudei para o mint. Acontece que não consigo por o ubuntuone a funcionar de maneira nenhuma. Já instalei, desinstalei e não há forma de funcionar. Alterei os ficheiros sources devido a um bug com o nome lucid ou oneiric, já nem sei. Apenas consigo arrancar o ubuntuone pela linha de comandos através do /usr/bin/ubuntuone-control-panel-gtk. Quando inicia recebo sempre a seguinte mensagem: Erro de Sincronização (org.freedesktop.DBus.Error.NoReply: Did not receive a reply. Possible causes include: the remote application did not send a reply, the message bus security policy blocked the message bus security policy blocked the reply, the reply timeout expired, or the network connection was broken.) É possível dar a volta a isto? É que neste momento já não funciono sem o ubuntuone. Obrigado e cumprimentos.

  28. Eu tenho o Windows 7 instalado e gostava de instalar o linux mint 12 porque o meu prof de IMEI disse que estava muito bom o unico problema é que tenho 3 partições primárias “sistema reservado”, “Windows 7″ e “Data” como posso instalar o mint neste caso?

  29. Boa tarde, eu tenho um problema ao instalar no meu Dell Latitude, o dvd arranca sem problemas e clico em instalar, selecciono as opções que pretendo e escolho uma partição no meu disco, para manter os meus dois windows, crio a partição de cerca 10gb e mais 4,5gb para swap, durante a instalação chega a um ponto perto do fim, creio eu, ele da-me um erro de leitura do dvd. Já gravei pelo menos 3 dvd’s e continua o mesmo problema.
    Agradeço a vossa ajuda. Obrigado.

  30. ñ consigo utilizar o linux mint sem o disco qual é a solução?

Deixe o seu comentário

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. O autor deste site reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.