POP ou IMAP, qual o melhor?

Uma dúvida comum é quanto a que tipo de servidor usar: POP ou IMAP? Mas, afinal, o que é cada um e quais as vantagens deste sobre o outro?

E-Mail


POP
Para muitos sistemas, é inviável manter um sistema completo para uso de correio eletrónico: servidor de e-mail, verificações de vírus, servidor de caixas postais, etc. Além, é claro, de termos o factor conexão, onde nem todas as máquinas têm condições de estar permanentemente ligadas à internet.

Independente de todos estes factores, é interessante e muito útil a possibilidade de gerir mensagens de correio eletrónico a partir dessas máquinas e usar o cliente de e-mail (User Agent – UA) disponível para esta tarefa. São exemplos de clientes o Microsoft Outlook, o Mozilla Thunderbird, o Eudora, entre outros.

Para resolver esse problema de uso de e-mail em uma máquina menos poderosa, foram criados servidores (Messsage Transfer Agent – MTA) que disponibilizam mailboxes para e-mail. O protocolo POP (Post Office Protocol), na versão 3 (POP3), permite que as estações acedam a essas caixas de forma dinâmica e útil. Assim, o protocolo POP3 é usado para permitir que estações de trabalho descarreguem mensagens de e-mail de um servidor que as armazena.

O protocolo POP3 não tem por objectivo permitir a manipulaçãos de mensagens no servidor e por isso considera-se o seu funcionamento como offline. A intenção é permitir que as mensagens sejam descarregadas, exactamente como são, sem modificações, e só então manipuladas. Este protocolo é especialmente útil para utilizadores em que o em que o custo da ligação é proporcional ao tempo da mesma. A definição e regulamentação do protocolo POP3 é dada pela RFC 1939.

 

IMAP vs POP

IMAP
O protocolo IMAP (Internet Message Access Protocol), na sua versão 4, revisão 1 (IMAP4rev1), permite que um cliente aceda e manipule mensagens de correio eletrónico disponíveis num servidor.

Este protocolo permite a manipulação de pastas remotas, mailboxes, de maneira funcionalmente equivalente à de pastas locais. O protocolo IMAP4rev1 também disponibiliza mecanismos capazes de fazer com que clientes offline possam re-sincronizar as suas pastas com o servidor.

São disponibilizadas operações para criação, eliminação, renomeação de mailboxes; verificação de novas mensagens; remoção permanente de mensagens; pesquisa; recuperação selectiva de atributos, textos e partes de mensagens. As mensagens são acedidas individualmente através de números que são ou sequenciais ou identificadores únicos para cada mensagem.

O protocolo IMAP, assim como o POP, não pode ser usado para enviar mensagens, apenas para descarregá-las. O envio de mensagens deve ser feito com o uso de um servidor SMTP, como o Postfix, por exemplo. A definição e regulamentação do protocolo IMAP4rev1 é dada pela RFC 3501.

Estou a pensar criar um servidor, com que protocolo?
Se pretende instalar um servidor para uso pessoal ou dentro de uma pequena-média empresa, o protocolo IMAP é o mais aconselhável. Se o seu uso será mais abrangente, como o de um fornecedor de acesso, o protocolo POP é mais aconselhável.

O POP, devido à quantidade reduzida de funções e recursos é bem mais leve do que o IMAP. É por isso que a maioria das empresas não fornecem o serviço IMAP gratuitamente mas através de uma subscrição, paga.

 

Edição e Revisão: Ricardo Ferreira e Jorge Godoy





  •   
  •   
  •  
  • Pin It  
  • Imprima este artigo
  • Post2PDF


20 Comentários

  1. O exchange pode ser configurado para ter imap ??

  2. Grande Ricardo, parabéns pelo texto, sempre quis saber a diferença entre POP3 e IMAP mas nunca fui atrás.

  3. Subscrevo as palavras do Evandro

  4. Muito boa a explicação.

    Os meus parabéns Ricardo. A isto chama-se “cultura” Informática para todos.

    Pedro Pinto

  5. Mais uma grande lição do Pplware! A continuar assim, nem o Markl os apanha ;)

    ————————————
    http://www.revolucaodigital.net

  6. Muito bom!
    Aprendendo sempre aqui no Pplware.
    Excelente texto!

  7. Dizer mais para quê?
    Parabéns..

  8. José D. Sacuhama Garneira

    quero saber mais sobre estes codigos de servidores, esses tipos POP, IMAP e outros, como funcionam.

  9. Pergunta:

    O Webmail utiliza POP3 ou IMAP ou os dois?

  10. Muita lambeção para o cara que falou, falou, falou, desenhou e não informou qual a real diferença entre POP e IMAP, como: Como sincronizar? Como fazer se pego mensagens no micro e no Smartphone?
    Devo habilitar a opção de gravar mensagem no servidor? Se baixar no micro pelo POP não consigo depois baixar no Smartphone pelo IMAP????

    • Leia atentamente o texto e veja o desenho que todas essas suas dúvidas seram sanadas.
      Faltou interpretação de texto da sua parte meu amigo…

  11. obrigado! precisava mesmo de saber a diferença!
    Também precisava para mudar umas quantas configurações do e-mail do meu telemóvel!

    Muito Obrigado!

  12. Ótima explicação mas…
    Depois , meu gps com wifi me indaga a configuração do IMPA ou do POP,
    o que faço… que endereço coloco?…

    Pergunta leiga?… mas é de milhares de usuários.
    Nat

  13. Muito bom Ricardo!
    Explicação clara e objetiva sobre as diferenças.
    Quem não for leigo em informática, entenderá muito bem seu artigo.

    Muito obrigado!

  14. gostei muito e aprendi mas gostava de saber mas acerca do pop3 e imap.parabens bejinhos.

  15. Detestei esse tal de IMAP. Não é possível retirá-lo do servidor assim que é baixado no Outlook. Assim, deletamos no outlook e ele continua no servidor. Nada pático.

  16. Caro Ricardo Ferreira,

    Suas explicações foram muito úteis.
    Utilizo o IMAP com o servidor Terra (Windows Live Mail – WIN 7).
    Ultimamente estava aparecendo um erro “800ccc0f”.
    Fui buscar informações na net e verifiquei que estava com uma configuração da porta errada (143 sem SSL). Alterei a porta para 993 com SSL segura e a mensagem não apareceu mais.
    Fico grato ao amigo.

Deixe o seu comentário

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. O autor deste site reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.