Bíblia mais antiga do mundo é publicada online

A British Library planeia publicar na sua totalidade o Codex Sinaiticus, um texto do século IV escrito em grego, no seu website. Outras partes como o Evangelho segundo Marcos e o Livro de Salmos também foram publicados. Prevê-se que todo o manuscrito seja publicado no prazo de um ano.

codex_01


Existem pela Internet imensas traduções do Codex Sinaiticus, mas nunca foi possível mostrar ao público as imagens do manuscrito.

O Codex contém tudo acerca do Novo Testamento, mas também parte do Velho Testamento e tinha originalmente todo o texto da Bíblia Cristã. O manuscrito contém ainda os Livros Apócrifos, 14 livros do Velho Testamento geralmente omitidos da Bíblia Protestante. Foram incluídos também textos cristãos muito antigos.

A British Library planeia demorar 3 anos para digitalizar o livro com 1600 anos, um trabalho duro já que as diferentes partes do manuscrito estão espalhadas por 4 países, Reino Unido, Rússia, Alemanha e Egipto, onde fotógrafos tiraram fotografias digitais para que esta publicação fosse possível.

codex_02

O texto completo jazia no Mosteiro de Santa Catarina, em Sinai, no Egipto, antes de ter despertado a atenção de um estudioso alemão, Constantine Tischendorf, no século XIX. Este levou partes do manuscrito para a Alemanha e Rússia. A British Library comprou mais tarde algumas centenas de páginas aos russos.

O site, a caminho de se tornar completamente operacional, irá mostrar fotografias de cada página do manuscrito, juntamente com traduções em inglês e alemão. Haverá ainda uma função para pesquisa. CNN

Homepage: Codex Sinaiticus



  •   
  •   
  •  
  • Pin It  
  • Imprima este artigo
  • Post2PDF


43 Comentários

  1. É interessante, visto que faz parte da História da Humanidade.

  2. Muito bem.

    Vamos lá agora fazer isto para mais livros!

    http://www.tagravado.com

  3. desgraçados dos tipos que traduzem estas cenas…. (a menos que gostem claro)

    • Por acaso é relativamente simples na maior parte dos casos. Claro que se passa uns anitos a estudar e tal, mas é como traduzir um outro livro qualquer que venha de uma civilização diferente. Sei lá, japonês para português.

      Há várias cenas que não se aplicam bem à nossa lingua, outras que têm contexto histórico, especialmente na bíblia, incluindo a formação das palavras. É uma formação linguística mas também histórica, claro.

    • Desgraçados é de nós, que às vezes por causa de um erro ou ambiguidade na tradução muda o texto completamente xD

      • É por isso que muita gente é enganada quando interpreta os textos bíblicos no sentido literal, e esquece-se que a Bíblia é um poço de metáforas, lendas, fábulas, como queiram, com factos verídicos e lições de moral a dar, disso não tenho qualquer dúvida.

  4. Aconselho a verem esta enciclopédia bíblica gratuita (tipo Diciopédia) em português de Portugal:
    http://www.mundobiblico.net/

  5. Gostei desta ideia, muito interessante :)

  6. Não tem interesse para quem não estuda isso.

  7. offtopic: Num minuto vendem-se 50 Bíblias no mundo inteiro
    .

    ;-)

  8. Bom post!
    Realmente curioso! Eu que tenho o Novo Testamente de 1618 já me achava grande! :D
    Com isto era excelente!

  9. Ora bem essa é que é a verdadeira Biblia, um dos melhores livros de sempre que vai além da religião. Toda gente deveria ler a biblia nem que fosse um bocadinho, devido ao seu conteudo, melhor que um de Dan Brown, ou um Crespusculo ou lá como aquilo se chama.

    • A sério? Huummmm… As pessoas gostam de ler o que as distrai e diverte, não sermões da bíblia e lições moral. :/

      • outros devoram os “artigos” sempre interessantes da playboy

      • E porque será que todas as grandes “cabeças” que houve neste País estudaram a Bíblia? Desde Camões, Pessoa etc.

        • porque a Playboy ainda n existia nessa altura… elementar :D

          • Concordo plenamente….. :D E também na altura o ensino era dirigido geralmente pelo clero (classe religiosa)…. No caso do Pessoa não sei se ainda era mas a religião na altura ainda tinha influencia….
            Bíblia e um livro ligado a fé… e uma obra diferente não deve ser comparada com outras obras….
            Hoje em dia vivemos numa época diferente…

      • Concordo plenamente contigo !!!

        As pessoas gostam de ler apenas o que as distrai.

        Por isso é que se vê a cultura das pessoas quando abrem a boca e opinam sobre assuntos que desconhecem!

    • vc esta serto pois a biblia é e sempre sera o guia de nossas vidas nao importa o que acontesa Deus esta em nossas vidas.Ame a Deus.

  10. Recomendo as obras do pesquisador Severino Celestino da Silva da Universidade Federal da Paraíba no Brasil.

    Uma grata surpresa.

  11. Antigo testamento, nao velho….

  12. Para quem desejar ter uma ideia de como chegaram até aos nossos dias as diferentes bíblias (há mais que uma e a que teve origem no Codex Sinaiticus é apenas uma delas): como aparecem e vingam os 4 Evangelhos, as alterações que foram sofrendo ao longo dos séculos, aconselho um livro: OS MONGES QUE TRAÍRAM JESUS, de Bart D. Ehrman,da Asa Editores.

  13. Nunca mais metem este tipo de livros na categoria a que pertence: ficção.

    • Porquê ficção?
      A Bíblia é o livro mais completo em termos de factos históricos.

      Só não sabe isso quem, por ex., passa a vida a jogar “Crysis”! :D

      • Herrr…
        Não quero lançar aqui o caos… mas FACTOS HISTÓRICOS?????
        Bem, lamento imenso mas discordo plenamente contigo, experimenta ler, por exemplo o Livro dos Mortos que é a bíblia dos egípcios, depois vem-me falar do “copy/paste” que a bíblia fez…
        Não deixam de ser histórias que todos deveríamos ler e entender porém são isso mesmo!
        Acreditam que o capuchinho vermelho existe? Ou o lobo mau?

        Bem, pensem, eu por cá “Graças a Deus que não sou religioso….”

        • SIM, a Bíblia apresenta informação com rigor histórico que outras áreas (geografia, geologia, arqueologia, antropologia, cronologia, biologia) já puderam comprovar há muito tempo… mesmo que tenciones em fazer birrinha e afirmares que não crês em Deus.
          O problema é teu!

          P.S.: A informação é vastíssima. Se quiseres vais encontrá-la. Agradeço a sugestão de leitura mas ao invés de livros de feitiços e de heresia recomendo que leias o Livro da Vida (A Bíblia Sagrada) que é capaz de te ser mais útil ;)

          • Não, a bíblia tem vários erros históricos. Começando pelo Homem feito à imagem de Deus, passando pelo dilúvio, passando pela discórdia entre 2 profetas sobre a data do nascimento de Jesus (Mateus e Lucas).
            Os “factos históricos” de que falas vêm de que a bíblia foi um livro escrito durante séculos por vários autores. Qualquer livro de ficção tem “factos históricos”, até Harry Potter.

            Ah, e antes de Crysis existir, já eu usava este nickname.

          • ó Crysis, prova-me que a Bíblia tem esses erros históricos que dizes?

          • Huh… Para o dilúvio ter acontecido seria preciso 3 vezes mais água da que existe na Terra, os Chineses dariam por isso e haveria imensos sedimentos numa camada terrestre recente e indícios de inundação a nível global, que não existem.

            Quanto a Lucas e Mateus. Primeiro não há certeza quanto a Jesus realmente ter existido, muito menos há provas dos seus milagres.
            Depois Mateus diz que ele nasceu durante o reino de Herodes que morreu em 4A.C., enquanto que Lucas diz que nasceu durante o reinado de Quirinus da Síria que só governou a partir de 6 D.C.

            Isto não é nada…

            O erro mais crasso é afirmar que fomos feitos à imagem dele, o que não pode ser a não ser que tenha forma de moléculas de RNA.
            Podes dizer que estou a interpretar mal, mas o livro é aberto a qualquer interpretação e a tua vale tanto quanto a minha.
            O livro é uma aberração e só alguém com necessidade de acreditar é que leva aquilo mais a sério que qualquer outro livro de fantasia, como o Al-Corão ou o Bagavadguitá.

  14. É importante lermos a biblia para tomarmos conta dos disparates que lá estão escritos, dou um exemplo:
    Gên. 19.30 –
    “Nosso pai já é velho e não há homem no país para ter relações conosco segundo o costume de toda a terra. Vem, demos de beber vinho a nosso pai e deitemo-nos com ele, e preservemos descendência a nosso pai.”

    @dajosova é este o rigor histórico de que tanto falas???

    • Em primeiro lugar há que saber contextualizar as coisas…

      Queres mesmo que responda ou estás só a demonstrar que existem pessoas que pegam em excertos isolados da Bíblia para fazerem afirmações como a tua???

      Quem tiver 2 dedos de testa sabe bem do que estamos a falar, mas se preferires tentar desviar a atenção para outras coisas, esquece. Não alimento ignorância.

      • Interessante que o “contextualizar” as coisas acaba sempre por ser, “inventar uma história absurda que acaba por desculpabilizar as asneiras de um livro de que tenho uma necessidade enorme em acredita como sendo dono da verdade absoluta”.

      • Em primeiro lugar há que saber contextualizar as coisas…

        Sim, tens toda a razão, só gostava de saber quais as justificações e contextualizações que dás para interpretar o que vem no primeiro livro da bíblia ( para começo de conversa…)

        Dei o exemplo de cima, pois foi o primeiro que me veio à cabeça, mas acredita que existem muitos outros, é só ler com um pouco de sentido crítico, e nem é preciso muito. Coloquei apenas uma pequena parte, pois toda a parte de sodoma e gomorra e é de fino recorte literário.

        “…Quem tiver 2 dedos de testa sabe bem do que estamos a falar, …”

        e estamos a falar do quê, de um conjunto de lendas e fábulas, que não devem ser interpretadas à letra?, é isso. Se for assim concordo contigo. mas diz isso aos milhões de crentes que acreditam que a terra foi feita em 7 dias.

        • O exemplo de Sodoma e Gomorra relata o pecado aos olhos de Deus que ali ocorria! E daí? O que queres mostrar? Querias que fizessem um desenho em vez do género literário??

          Admito que a Bíblia seja complexa. Mas devemos aprender e tentar compreender melhor o seu significado e a sua importância.

          Podemos somente zombar e pura e simplesmente pôr por terra tudo o que diz na Bíblia. Mas isso seria imprudente pois é como fechar os olhos para fingirmos que aquilo não passa dum mito.
          Os crentes ( os que têm fé ) não precisam de esperar pela ciência para provar tudo o que está na Bíblia.
          Os que têm mais dúvidas podem sempre pesquisar a internet por respostas da ciência que justifiquem os acontecimentos bíblicos.
          Agora, como ciência é o “conhecimento obtido pela observação ou prática” não se consegue provar muito do que nos é dado a conhecer.
          Os estudiosos da Bíblia passam uma vida inteira a analisar a Bíblia… não vamos nós agora dizer que é tudo uma aldrabice sem sequer fazermos o esforço de tentar perceber qual o propósito deste livro.
          Por exemplo, Antony Flew foi um dos maiores ateístas de sempre e mudou completamente de ideias. Ele ainda é vivo, podem perguntar-lhe porquê!

          http://pt.wikipedia.org/wiki/Antony_Flew

          Não pretendo entrar em colisão com nenhum de vocês. Só acho é que muitas vezes pegamos em pequenos pedaços de informação e com o limitado conhecimento que temos achamos que sabemos explicar tudo.

          Mas estamos aqui a falar da Bíblia: um livro antigo, não é?

          Há mesmo muita informação na internet. Posso referir imensos links que ajudam a compreender, mas deixo apenas um para começar:

          http://www.drdino.com

          Já pensaram que mesmo que tivesse havido um big bang do nada ( apenas energia e luz ) tudo está tão direitinho!! O equilíbrio do universo, da natureza, a programação das células… acham mesmo que foi obra do acaso ou preferem acreditar que a vossa “tia/avó” era uma espécie de lemur? Não terá havido um “designer” que nos criou e quer que nos aproximemos dele com amor? Na Bíblia diz que ELE disse que nos fez à sua imagem. A bíblia diz também que Deus é Pai, Filho e Espírito Santo ( 3 em 1 ). A Bíblia diz que nos deu o seu filho Jesus para nos perdoar o que havíamos feito. Daí, através dele podermos chegar ao Pai. Não precisamos de nos sacrificar. Apenas levar uma vida conforme nos é pedido na Bíblia.
          Podemos optar por negar tudo isso e não acreditar nos milagres que Jesus fez ( para se distinguir dos comuns mortais ) e dizer hoje que era um ilusionista. Mas… e tudo o resto? Não acham demasiada coincidência? Por mais que tentem ir para o outro lado haverá sempre um vazio; porque já diz a Bíblia que quanto mais estivermos próximos de Deus mais nos é dado a conhecer!
          Não seremos demasiado egoístas só pelo facto de não aceitarmos que pertencemos a Deus?

          Bom… que cada um faça a sua reflexão e escolha o seu caminho. Para tal, Deus deu-nos a inteligência e a consciência!!!
          Pois até no livre arbítrio Deus foi justo.

          • “Admito que a Bíblia seja complexa. Mas devemos aprender e tentar compreender melhor o seu significado e a sua importância.” Porquê?

            “Mas isso seria imprudente pois é como fechar os olhos para fingirmos que aquilo não passa dum mito.”
            Pelo contrário, é querer acreditar que aquilo é algo diferente que outros livros que lhe dá importância.

            “Os que têm mais dúvidas podem sempre pesquisar a internet por respostas da ciência que justifiquem os acontecimentos bíblicos.”
            Que não existem…

            “Os estudiosos da Bíblia passam uma vida inteira a analisar a Bíblia… não vamos nós agora dizer que é tudo uma aldrabice sem sequer fazermos o esforço de tentar perceber qual o propósito deste livro.”
            Apelo à autoridade não faz do livro mais do que ele é. Esses “estudiosos” são teólogos. E eles não seguem o método científico. E como os que estudam a bíblia, há os que estudam o Corão e outros livros “sagrados”.

            “Por exemplo, Antony Flew foi um dos maiores ateístas de sempre e mudou completamente de ideias. Ele ainda é vivo, podem perguntar-lhe porquê!”
            Mais um apelo à autoridade. E eu que comecei como testemunha de Jeová e hoje sou ateu?
            E os países mais desenvolvidos e educados que têm tendem a ser ateus?

            “Mas estamos aqui a falar da Bíblia: um livro antigo, não é?

            Há mesmo muita informação na internet. Posso referir imensos links que ajudam a compreender, mas deixo apenas um para começar”
            Não tão antigo como o zoroastrismo e dos textos egípcios de onde o cristianismo sacou ideias e adaptou e embrulhou como algo novo.
            Outra vez o apelo à autoridade/antiguidade.
            Se queres argumentar argumenta com palavras tuas. Não vais agora inundar os teus adversários com ideias e argumentos de outros.

            “Já pensaram que mesmo que tivesse havido um big bang do nada ( apenas energia e luz ) tudo está tão direitinho!!”
            Está? Não sei se reparas-te mas estamos ao lado de uma bomba atómica de tamanho estelar que daqui a 4 mil milhões de anos se vai transformar em uma gigante vermelha e a Terra desaparece. O nosso universo começou com caos e é para lá que caminha até ficar frio ou entrar em big crunch.

            “O equilíbrio do universo, da natureza, a programação das células… acham mesmo que foi obra do acaso ou preferem acreditar que a vossa “tia/avó” era uma espécie de lemur?”
            Bem, tu podes imaginar o que quiseres, mas há provas científicas de que a vida se formou naturalmente, sem necessidade de Zeus ou Krishna ou outra coisa qualquer que vocês inventam.

            Meh, nem vou destruir o resto. É demasiado fraco e já vi que tu nem sabes argumentar sem falácias.

            Nenhum crente consegue, sem apelar a emoções ou à ignorância. É por isso que teísmo está a morrer e a ser substituído pelo ateísmo, panteísmo e deísmo.

          • Sabes que mais… a internet ajuda… mas no teu caso não precisas dela. Pega na Bíblia que tens lá toda a informação. Se te custa fazer isso, permanece com as tuas próprias crenças. Já percebi que é mais fácil para ti convenceres-te que Deus não existe, certo?

            As tuas respostas é que são baratas, comuns e pseudo-científicas.
            Não sou contra a ciência, antes pelo contrário… mas dizer que daqui a meia dúzia de biliões de anos não sei quê… isso são teorias, não é ciência!!
            Deixa de ser preguiçoso e vê os vídeos do site que mencionei: http://www.drdino.com

            Os testemunhas de Jeová podem ser boas pessoas… mas são um mau exemplo, pois ainda seguem a Bíblia conforme a Lei do Antigo Testamento.
            Negam que Jesus é Deus e negam a Santa Trindade.
            Será que, por exemplo, em João 10:30-34 eles concordam com o que os fariseus afirmam?

            Em vez de te achares muito inteligente e moderno presta atenção
            A Bíblia é um guia.
            Se o homem ao longo dos tempos adorou outros deuses, estátuas, crenças… o problema é deles… e também teu!
            Se leres a Bíblia primeiro, em vez de vires tentar refutar tudo o que eu digo, compreenderás que este livro que aqui falamos não é uma história aos quadradinhos nem um episódio do National Geographic.

            Ri-te à vontade ;)

            Mas pensa só… podemos os dois viver cada um de maneira diferente.
            Eu acredito em Deus e tu não. Eu acredito que Jesus é filho de Deus e só através dele consigo a salvação para a vida eterna. Tu não.
            E eu peço perdão sincero pelos pecados que cometo. Tu não.

            Um dia, ambos morreremos. Pelo menos nisto deves concordar comigo ;)

            Premissa 1:
            Se eu estiver errado, … morro.. morres… puft…KO!

            Premissa 2:
            Se tu estiveres errado e eu certo… meu amigo, lamento informar mas estarás em maus lençóis!

            Pensa e diz o que quiseres, mas em última instância é o que a lógica diz!

            ;)

          • Bem, foi por lê-la, mas de forma não tendenciosa que cheguei à conclusão que não é mais que um livro de ficção. É a bíblia e é o Corão e o Bagavadguitá.

            Eu não me convenço que Deus não existe, nunca afirmei tal coisa. Apenas não existem provas suficientes para acreditar que um existe, muito menos que ele é inteligente e se importa connosco.

            “As tuas respostas é que são baratas, comuns e pseudo-científicas.”
            Prova isso.

            “isso são teorias, não é ciência”
            Teorias Científicas são um conjunto de Hipóteses científicas testadas e comprovadas em laboratório e em observações.
            Tu só consideras a teoria da evolução e do big bang erradas, não é? Então e a teoria da relatividade? E da aerodinâmica? E da gravidade? São só “teorias”.
            Ahah… fraquinho, tens muito que aprender.

            “Os testemunhas de Jeová podem ser boas pessoas… mas são um mau exemplo, pois ainda seguem a Bíblia conforme a Lei do Antigo Testamento.
            Negam que Jesus é Deus e negam a Santa Trindade.”
            Tu não és ninguém para dizer que uns interpretam a bíblia melhor ou pior. O cristianismo tem mais que 30 mil denominações diferentes, cada uma com interpretações diferentes e algumas com morais diferentes. Umas mais liberais, outras mais fundamentalistas.

            “A Bíblia é um guia.”
            Como foi Confúcio e Buda. Tu já vens tendencioso de trás e cresceste num país de maioria cristã, provavelmente. Se tivesses nascido na Índia serias Hindu, no Paquistão serias Muçulmano, no Japão não terias religião ou seguirias os conselhos de Confúcio.

            “E eu peço perdão sincero pelos pecados que cometo. Tu não.”
            Tu pedes perdão a um ser imaginário, eu peço perdão a quem magoei. Hipócrita.

            “Premissa 1:
            Se eu estiver errado, … morro.. morres… puft…KO!

            Premissa 2:
            Se tu estiveres errado e eu certo… meu amigo, lamento informar mas estarás em maus lençóis!”
            És nOOb. Aposta de pascal é demasiado fraca, pois não tem em conta que existem milhares de religiões e Deuses.
            Não é 50-50. É “quantas religiões houver”/”nenhuma religião”.
            Tu é que és arrogante e de visão curta o suficiente para dizeres que és o detentor da única verdadeira religião neste planeta imenso de imensas crenças.

            “mas em última instância é o que a lógica diz!”
            O problema é que a tua lógica está cheia de falácias.

          • “Não sou contra a ciência, antes pelo contrário… mas dizer que daqui a meia dúzia de biliões de anos não sei quê… isso são teorias, não é ciência!!
            Deixa de ser preguiçoso e vê os vídeos do site que mencionei: http://www.drdino.com
            Tu sabes que o Criacionismo não é ciência, não sabes? Sabes que isso é motivo de chacota no meio científico, não sabes? Tu sabes que eles queriam meter isso nas escolas dos EUA e foram completamente destruídos, não sabes? Eu esses argumentos já estou farto de ver.

            Vejo isso, quando veres o julgamento dessa tanga, disponível em formato documental aqui: http://www.pbs.org/wgbh/nova/id/

            O Criacionismo ‘aka’ Design Inteligente não é mais que um imenso Red Herring e apelo à ignorância.
            Puros argumentos falaciosos.

          • Estás muito enganado a meu respeito.
            Podes chamar-me de hipócrita ou até outros nomes que só vais demonstrar aquilo que és.
            Normalmente quando se parte para o insulto significa que os argumentos esgotaram.
            E como não quero discutir sobre mim… acha o que quiseres!

            Por outro lado como vejo que és um ser tão iluminado e como existem tantas religiões e tanta ciência que te faz pensar que estás certo… humm… pois… sem palavras! Mas tenho de avisar-te para seres cuidadoso!

            Desculpa se afirmei que não acreditas na existência de Deus.

            ——–
            Crysis says:
            14 de Julho de 2009 at 6:08 pm

            “E eu que comecei como testemunha de Jeová e hoje sou ateu?”
            ——–

            Por mim o assunto está encerrado. Podes ficar com as últimas palavras.
            “Juízo” ;)
            Cuida-te ;)
            Até sempre ;)
            Fica bem se Deus quiser! ;)

          • “Podes chamar-me de hipócrita ou até outros nomes que só vais demonstrar aquilo que és.”
            Desculpa? Deves ter-te esquecido quem disse isto, sem qualquer prova nem contra argumento:
            “As tuas respostas é que são baratas, comuns e pseudo-científicas.”
            Se para ti valem ad-hominems, então para mim também valem. Mas eu sei ultrapassar isso. Tu usas-te como desculpa para terminar uma discussão em que foste humilhado.

            “Normalmente quando se parte para o insulto significa que os argumentos esgotaram.
            E como não quero discutir sobre mim… acha o que quiseres!”
            Huh, não sei se reparas-te mas foste tu quem começou por me acusar de querer mandar abaixo a bíblia, quando sou apenas céptico. Se não medes as palavras e depois queres fugir com o pretexto de ad-hominems, quando foste tu quem começas-te, então tudo bem. Mas não precisas mascarar e fingir que não levas-te uma tareia.

            “Por outro lado como vejo que és um ser tão iluminado e como existem tantas religiões e tanta ciência que te faz pensar que estás certo… humm… pois… sem palavras! Mas tenho de avisar-te para seres cuidadoso!”
            Ciência só há uma e só alguém que não compreende o seu método pensa que podem haver 2 teorias para explicar o mesmo fenómeno. Se não conheces como a ciência funciona, então estuda. Se não compreendes determinada teoria, então estuda. Se não conheces as provas por detrás das teorias, então procura. Sabes o que são Peer Reviews? Encontra-me um que apoie o design inteligente. Não te faças de desentendido, nem tentes virar os meus argumentos ao contrário, porque eu sei o que digo ao contrário de ti.

            “Fica bem se Deus quiser! ;)”
            Fica com o Monstro do Esparguete Voador.

  15. Tudo o que for no sentido de disponibilizar o conhecimento para todos é sempre muito útil.
    A disponibilização destes textos antigos via web é muito importante para uma melhor compreeensão da história das religiões.

  16. Sabem que fui TJ por 14 anos, e que descobri que a sociedade sabe quem é o verdadeiro Criador este (Yaohu e filho Yaohushua ) e ainda assim admite que o jeová é errado, e vejam a desculpa escrita no cd da sociedade Watchtower Library 2011 – Português: como as ás pessoas já estão mais familiarizadas com o nome jeová não vemos nessecidade de alterar-mos nome, eles dizem e a escritura confirma isso que só quem invocar o nome original, visto o que sai dos teus lábios é o deus que adoras, portanto eles ao invés de adotarem o verdadeiro, não se importam com a impotância do nome, o que interessa é um nome, mesmo que seja de um demónio, e por acaso é, é da adoração do deus lua,é um deus destruidor, é por isso que é o que sabem fazer mais, pesquisem e vejam se estou a mentir ou não, e agora veja a outra desculpa pior que me fez abandor esta seita:). O objetivo das palavras é transmitir idéias; em português, o nome Jeová identifica o verdadeiro Deus, transmitindo esta idéia mais satisfatoriamente, hoje em dia, do que qualquer dos substitutos sugeridos. e estão aqueles pobres a pregar aí de porta em porta o impostor que o Yeshua (JESUS) avisou nas escrituras.

Deixe o seu comentário

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. O autor deste site reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.