Ultima hora – Responsável pelo TugaLeaks constituído arguido


Destaques PPLWARE

97 Respostas

  1. O Rui limita-se a escrever “noticias”, para tal basta seguir facebook, twitter, irc dos “hacktivistas”. Não entendo onde está o crime..

    Se uma jornalista estiver presente num assalto ao banco e mais tarde escrever a noticia sobre o mesmo também deve ser culpada…

    • Vigilante says:

      Concordo plenamente o Rui escreve sobre os acontecimentos e as verdades. Talvez o crime esteja em quem não quer ler essas mesmas verdades.

    • Tomé Mendes says:

      Uma coisa é certa! Aposto que, quem mandou ir vasculhar a casa do Rui já teve informação pessoal divulgada no Tugaleaks. Ou quase…

      E antes que ele publique algo mais…querem cortar o mal logo pela raíz 🙂

      • A publicação/divulgação de informações pessoais, não autorizada é considerada crime sabiam?

        Defendem-se tanto pela justiça e usam métodos ilegais, isso é o que eu considero errado e completamente não ético…

        • Tomé Mendes says:

          Claro. Ainda há quem prefira ser roubado às escondidas pelos ‘superiores’ e deixar andar…

          Cada um sabe da sua 😛

          • Mas roubar o quê? Eu realmente tenho de achar piada e em certos pontos achar que a grande maioria das pessoas são mesmo ingénuas ao ponto de descartarem a realidade em que vivem!

            Sou roubado, posso ser isso impede-me de ser uma pessoa íntegra? Não muito pelo contrário, sou honesto pago o que tenho a pagar mesmo que seja muito, mas prefiro isso a sujar as mãos como os “superiores” o fazem, isto não é uma questão de cobardia ou de relaxação, muito pelo contrário na minha opinião e se calhar na opinião da grande parte das pessoas honestas, é o que se chama uma chapada de luva branca…

          • Tomé Mendes says:

            Calma jovem. Eu só estava a dizer que a nossa sociedade vive o dia-a-dia sem se preocupar com o que realmente se passa no estado português.

            Impostos sobem. Epah, que havemos de fazer??? Vamos fazer mais um esforço extra…normalmente é assim que reagimos. E não tem mal nenhum.

            É como as mudanças do Facebook. Mudam várias vezes a estrutura das coisas e não é por isso que deixamos de passar por lá. É praticamente uma questão de hábito. :d

            E na realidade também é assim que funciona. Vamos habituando-nos às mudanças que os tais ‘superiores’ fazem.

            Agora não podem é ‘castigar’ alguém que decidiu tornar público outras informações que nos podem ser úteis para perceber o actual estado em que estamos.

  2. Mario says:

    Mas ainda perdem tempo com este tipo de pessoas?
    O que ele quer é protagonismo e estão a fazer-lhe a vontade.
    Onde é que o homem que seduz vai fazer mal a alguém? Hehe

  3. Anónimo says:

    grande parte do grupo policial portugues tem mentalidade de javardola, entram para a PSP porque nao se distinguem pela inteligencia de um engenheiro nem sequer pela astucia de um pedreiro, sempre que são necessarios pecam na intervençáo mediocre e pouco ortodoxa.

    • André says:

      You Sir, Make my day! 🙂

    • Br6435 says:

      Quando fores assaltado, chamas os bombeiros…

      • Paulo Ferreira says:

        Por vezes mais vale, porque pelo que tenho conhecimento, os bombeiros são bem mais rápidos a responder, mesmo quando a esquadra da PSP ou GNR fica na mesma rua do crime.

      • NT says:

        Boas….

        A policia de certo que não… Já fui assaltado a cerca de uns 50 a 100 m de um policia. Depois fui ter com o policia e ele perguntou-me o que me tinham roubado, eu respondi que foi dinheiro (para pagar a prestação da carta de condução) e ele faz a pergunta mais OTÁRIA que acho que podia fazer… ‘ O Sr. tinha as notas marcadas?’… Bem aṕós isso desci bastante, mas depois de ser assaltadao em frente ao policia e depois essa resposta pelo o Sr. ‘AUTORIDADE’não estava digamos bem disposto.
        Não sei mesmo o que pensar/dizer. Felizmente também já apanhei bons exemplos, mas ficam-se pelas operações STOP porque quanto ao resto….

  4. Ricardo says:

    O teu “crime” é pôr nu a tirania desses fascistas…
    Hoje, curiosamente, ainda não há nenhum comentário… porque será??

  5. António luis says:

    É esta a democracia camuflada em que vivemos. Tudo aquilo que vocês vêem que é do Estado é corrupto. Acreditem eu sei o que falo. A PSP, GNR, FINANÇAS, CGD, EDP, ASAE etc… Conheço bem a corrupção destas entidades.

  6. Muita Bom says:

    gostei especialmente da foto que puseram dele, obrigado pplware pelas gargalhadas.

  7. Zé Tolas says:

    É desta que o homem arranja namorada… Agora que é arguido, fica com uma faceta de “Bad Boy”. As pitas costumam gostar…

  8. Vítor M. says:

    Assaltam-me algumas questões pertinentes: será que o que ele escreve é a verdade? Será que as supostas verdades dele estão a incomodar alguém da elite dos “barões”, será que há alguma verdade que ele sabe e que não querem que ele escreva?

    Se não houvesse indicios de fogos, porque razão estão a querer apagar a toda a força este fumo?

    Tudo isto é estranho, mas mais estranho é gastar recursos por… nada… mas será que ali “há apenas NADA”?

    Estranho…. muito estranho.

  9. José Miguel says:

    O Rui também já habituou quem o conhece há mais tempo a ficar-se pelas meias verdades.

  10. Navyseal says:

    Tugaleaks similar à wikileaks? Muita coisa então mudou na wikileaks… O seu blog de similar não tem nada e peca pela isenção.

    Quanto à visita é normal que a façam, é preciso é que tenham mandato para tal.

  11. Paulo Seichinha says:

    Estou desconfiado que o Rui Cruz pertence a uma rede de assalto a multibancos… só pode.

  12. ZES says:

    Em portugal isto é Como dizia luis de Stau monteiro “Cortam-se as Arvores para não fazerem sombra aos arbustos” com meias verdades ou insinuações a carapuça serviu a alguem de uma secreta ou algo “Ocultado” talves um processo que esta a ser abafado pela justiça dos ricos ou a fazer-se cair na no estado civil solteiro da culpa… Agistaste muito o barco estas perto de algo com importancia, para varias pessoas o que é não sei mas deve estar algures nas tuas noticias. Para a PJ ir a casa sem se identificarem e remexerem em tudo durante 4 horas… há gato escondido com rabo de fora. Com meias verdades ou nao portugal precisa de quem apresente factos e contra factos não há argumentos.

  13. Jonas says:

    Mas agora dao tempo de antena a esse infeliz? oh meu deus..

  14. Não sei quem escreveu este artigo, mas quem o fez, deveria rever algumas questões:

    1 – O tugaleaks não é um wikileaks, não estamos perante a “retransmissão” de dados que eram confidenciais e verificados, mas sim perante um relato de Robin Hood que fazem deface aos ricos(?corruptos?) para fazer rir os pobres(?povo português crédulo?)

    2 – Não se sei se quem escreveu o artigo alguma vez visitou o tugaleaks, para mim não passava de mais uma maneira de ganhar dinheiro através de Adsense, na minha humilde opinião quem abraça uma causa como esta, não precisa de poluir o site com anúncios da Google, que supostamente é renunciada pelos senhores da Anon.

    3 – A que é que isto dá origem? PageRank para o TugaLeaks, logo por conseguinte aumentamos a popularidade das pessoas, resta saber, na credulidade da defesa da causa, eu até posso acreditar que o Rui é apenas um relator da causa dos Anon, mas no tipo de sociedade que vivemos todos somos suspeitos incluindo os Anon e os seus respectivos porta-vozes.

    4 – No conseguinte da Lei, o Rui pode ser constituido arguido por obstrução há justiça, se existir (mais uma vez reforço o SE) contacto entre os Anon e o Rui, mais que o seu dever como cidadão deveria ser denunciá-los às autoridades competentes.

    5 – Perante a constituição podemos sim manifestar-nos, não podemos pisar a Lei para o fazer, e se queremos Justiça, e transparência, devemos ser nós próprios a mostrá-lo primeiro.

    • Pedro Pinto says:

      Boas Pedro,

      Respondendo as tuas questões:

      1) não digo no texto que um é o outro mas em PT.Digo que é idêntico
      2) Raramente visitei o site (falta de tempo)
      3) 4) 5) O resto do texto é do próprio Rui Cruz.

    • Tiago Lopes says:

      Concordo com aquilo que escreveste e identifico-me com a tua posição!

      Não é crime difundir conteúdo noticioso, OK. Mas será menos correcto difundir conteúdos confidenciais estatais, difundir ataques a instituições estatais e governamentais. O dever de qualquer PT deve ser defender a integridade do país, e a difusão deste conteúdo logicamente atenta contra a integridade e união do país.

      Não sei se terá alguma ligação directa com os Anonymous ou não… Talvez se venha (ou não) a descobrir. Mas, independentemente disso, o que ele fez até agora (difusão de ataques, documentos, etc), é suficiente e justo para ser constituído arguido!

      Poderemos comparar com um facto similar como a difusão de imagens de violência ou pedofilia… Quem o faz é criminoso, mas quem o difunde não será também?!

      • says:

        Tiago, obrigado pelos preciosos bitaites.
        Agora vai mas é estudar direito a sério.
        Isto é válido não só para ti como para os outros bitaitenses de gema.

        • Tiago Lopes says:

          De nada, Zé!
          Como não sabes, não estudo direito, nem o tenciono fazer.
          Acho, simplesmente, que se existe alguém que se demonstra suspeito, por difusão de informações relacionadas com actividades ilícitas, deve ser considerado arguido!
          Como também não deves saber, Arguido é diferente de Culpado… Um arguido é alguém potencialmente suspeito, que poderá fornecer informações para o desenvolvimento de um caso.
          Mais uma coisa, Zé… Se não quiseres participar neste ‘debate’ de forma pró-activa, deixa de ser inútil (como demonstras ser com este tipo de comentários) e vai trabalhar!

      • LuiSousa says:

        Claro. Concordo plenamente. Se há segredos/documentos escondidos que provem corrupção de entidade estatais, entre outros crimes, deve ficar tudo caladinho em nome da integridade do nosso país.

        • carlos fernandes says:

          “O dever de qualquer PT deve ser defender a integridade do país”, julgo que todos os portugueses o fazem…..ps:os politicos que actuam em portugal não são portugueses.

  15. Android2.2 says:

    Look at my care cup is empty [_]

  16. Watt says:

    Bem vejo muita coisa escrita na informação divulgada pelo Rui Cruz, mas na pratica é uma laranja sem sumo.

    Uma sugestão ao PPlWare… não percam tempo com este tipo de coisas… Mantenham o vosso nível…

  17. Joca says:

    O mal é o site ter __leaks no nome…. Ele não anunciou os ataques antes de ocorrerem, ele simplesmente escreveu sobre isso. Se o prenderem a ele, têm que prender toda a gente que escreveu sobre o assunto.

  18. Serva says:

    Boa tarde ,

    Sinceramente fico muito triste com o País que eu Amo e luto com toda a força que tenho para quando estou no estrangeiro , promover este quintal a beira mar plantado , mas existem coisas que começam a ser insuportáveis de tolerar , não vou me referir a austeridade , porque senão teria de fazer um testamento , falo claramente dos direitos dos nossos cidadãos que são colocados na lama por erros da justiça e muitas vezes empoladas pelos media , foi assim com o caso Casa Pia e com tantos outros processos que estão nas mãos dos nossos tribunais e que se arrastam anos e anos destruindo por completo a carreira a imagem das pessoas envolvidas , revelando uma falta de sensibilidade para com os cidadãos .

    Estes tiques de censura que começamos a ver um pouco por todo o lado deixam-me muito apreensivo quando a isenção das nossas autoridades que com facilidade e aparentemente com total legitimidade nos destroem a nossa vida .

    Cumprimentos

    Serva

  19. O Zé says:

    Rui Cruz, figura mítica da PTNet sempre pelos bons motivos, surge mais uma vez numa posição de destaque.
    Ele devia estar contente pela PJ lá ter ido a casa, é sinal que alguma coisa que ele faz consegue chamar a atenção.
    Mas o que mais me faz escrever nem é o Rui Cruz mas sim os Anonymous (PT) e(ou) LULSEC (PT). <- O que é isto ? Esta tudo doido é ? Que eu sabia os anon somos todos nós. Nao somos PT nem EN nem US. E os lulsec PT <- ??? O PDF que seguem sobre o que devem fazer para o deface ter resultado já lhes permite auto intitularem-se como LULZ (PT) <- ?
    Tenham juízo.

  20. chups says:

    toda a gente sabe que o rui cruz tem um passado com miudas mais novas…..

  21. pikus says:

    offtopic:

    Boa tarde, alguem me pode dar uma luz de como instalar as drivers graficas (ATI) no linux deepin? Ja andei a procura em foruns, sites e afins e nao chego a algo que me permita ter instaladas com sucesso e “sem” problemas as drivers para a minha grafica. Gostaria mesmo de obter alguma ajuda neste aspecto.

    Se houver alguem que me possa dar uma ajuda, agradecia.

    Cumprimentos, pikus

  22. Freud2004 says:

    Fizeram os mesmo na altura do Btuga, com PCs apreendidos e acusações sem fundamento.

    Resultado !!!! Nunca mais ninguém viu o material apreendido ( informático no valor de centenas de Euros ) e até hoje, não existe acusação, não existe arquivamento, nada. Apenas silêncio, o normal em Portugal, apreende-se o material como forma de intimidação e depois deixa-se o tempo passar porque não existe suporte legal para executar as apreensões.

    Um abraço Freud2004

  23. Anonymous says:

    essa do tugaleaks ser um projecto idêntico ao wikileaks… tem piada tem. alguém escreve a m####a e depois é copy paste.

    • LuiSousa says:

      Se tivesses mais respeito por quem tem o tempo, paciência e conhecimento de partilhar informação com todos nós era mais bonito. Se não gostas deve haver mais sites na internet (acho eu). Não falo em nome do PPLWARE, mas penso que se dispensam comentários idênticos ao teu. 😉

  24. Luís Figueira says:

    ÚLTIMA HORA? Há quantas horas é que a noticia está no publico.pt?

  25. Newbie says:

    Infelizmente justiça é um termo relativo.

  26. anonimo says:

    só tenho uma coisa a dizer, “rui cruz o homem que seduz.”

  27. Sergio says:

    Este Rui Cruz faz-me muito lembrar um amigo meu. O rosto é super identico, o cabelo, a estatura (parece-me alto e forte), mas acima de tudo as expressões faciais, o sorriso. Estou a olhar para a foto e parece que ele está à minha frente. Até a expressão japonesa é algo bem ao genero dele. Só que nunca o vi como hacker. Quer dizer…sei que tinha um amigo que era hacker e daqueles que pertencia a grupos internacionais e trabalhava como freelancer para o estrangeiro e fazia coisas malucas. Pelo menos foi o que sempre nos “vendeu” e eu nunca dei muito crédito.

  28. Zé-Povinho says:

    Deixo aqui uma pergunta:

    Qual será o direito de o estado incobiri a “CACA” que eles fazem com o NOSSO dinheiro e saem impunes… nunca me lembro de ver um politico preso por “apropriar-se” de milhões ?!?!?! nunca vim um alto cargo a assumir a responsabilidade de nada e pagar do seu bolso !!!

    Mas ao contrario já não tem problema… alguem dever dinheiro ao estado e este publica as dividas no portal das finanças… alguem que fassa um comentario mas aspero é logo calado…

    Veja-se por exemplo:

    Quantos cidadãos dizem a boca cheia que os politicos deste pais não prestam ??? mutios !

    Quantas estações de televisão entrevistam cidadãos e estes dizem que os politicos não prestam e são curruptos ? alguns

    Quantas vezes apareceu nos telejornais uma entrevista INTEGRAL em que se veja alguem a dizer todas as verdades sobre os politicos deste pais ??? NENHUMA !

    O que se vê são pequenos Sketch´s mt suavisados para não ferir ninguem…. coitados!

    Justiça ??? onde ??? em portugal ??? hahahahah!!!! essa é boa !!! O CCB foi construido com base num orçamento, o seu valor final foi 3x sup ao esperado … NÓS TODOS tivemos de pagar… e ninguem que assinou a autorizou o docomento/despacho foi preso ou despedido….

    Que vergonha !

    e mais não digo!

  29. Pisca says:

    Como grande parte será ainda jovem, um bem para eles, vou-lhes contar o que me sucedeu em “tempos”

    – Havia uns espectáculos onde iam cantar uns amigos, bom a coisa era um bocado escaldante, e um dia, apareceu um senhor muito educado, que mostrando o seu cartão de funcionário publico, Direcção Geral de Segurança/PIDE, foi calmamente identificando cada um.
    – No meu caso, teve o cuidado de me lembrar, “o Senhor ficou livre da tropa por ser ampara de Mãe”, eram os dias da guerra colonial, ano de 1971 se não erro
    – A todos disse que só ali estava porque tinha sido mandado ter uma “conversa”

    Simples e claro, em giria chama-se “um apertão”, no caso do Rui, sem ser um frequentador do seu site, a forma e conteudo é o mesmo.

    Na ideia de quem manda está a forma de agir e “meter na ordem” que apesar de tudo não mudou só passou de protagonistas e tem seguidores, mais do que possamos imaginar

    Aliás alguns comentários por aqui são reveladores dessa forma de estar na vida, “Atentos, Veneradores e Obrigados”, se forem ainda jovens é uma tristeza como envelheceram tão rápido

    • Gerardo says:

      Tens toda a razão. No outro dia estava a dar um filme que não conhecia, e é revelador da facilidade com que o governo vos pode lixar a vida, só porque sim. Nem precisam de ser culpados de nada. Como alguém dizia, basta ir lá casa e levar o material todo que tanto vos custou a comprar. Vão pensar 2 vezes antes de voltar a escrever alguma coisa, mesmo que seja verdade. E se não chegar inventam outras maneiras de ir lixando a vida, e como disse nem precisam de ser culpados de nada, nem de nunca ser provado nada.

      Aconselho a verem:

      http://www.imdb.com/title/tt1073241/

    • Paulo Ferreira says:

      Essa táctica do “apertão” nunca deixou de ser utilizada pelas forças de segurança nacional, mesmo quando quando a PIDE/DGS deixou (???) de existir.

      Não vou dizer que os factos descritos no artigo sejam verdade na sua totalidade, ou em parte. No entanto, olhando um pouco à minha volta, vejo com preocupação o ressurgimento de determinadas práticas que pensava à muito terem desaparecido.

      Infelizmente, e não sendo algo exclusivo de Portugal, receio que estas situações de atropelo aos direitos dos cidadãos passem a ocorrer cada vez com mais frequência, ao mesmo tempo que as liberdades fundamentais comecem também a ser gradualmente suprimidas.

  30. TugaLouko says:

    Que policia mais idiota. Se o objectivo era dar visibilidade aos movimentos activistas, parabens conseguiram. Voltem para as vossas caves masónicas.

  31. Jack Bukowski says:

    Se fossem todos à rua exigir aquilo que os políticos podem fazer, mas não fazem porque senão iam ter de xatear muitas influências, que é de duma vez por todas acabar com os glutões económicos.

    Porque raio ganha um admnistrador de uma empresa 600 000 €p/ ano…? e as facturas dessa empresa vão aumentar.

    Um bocado contra natura nao acham?

    Venham muitos Ruis Cruz para continuar a pressionar o sistema 🙂

  32. Razgritz says:

    Já agora, mandato, foi apresentado? é que se não o Sr. Rui pode e muito bem levar isto a tribunal. Portugal, um país onde se riposta justiça com justiça.

  33. Atento says:

    Há quem critique este senhor por ser um “attention whore” e pelo conteúdo das mensagens que divulga. Atenta-se assim contra o mensageiro.

    Duvido que seja o responsável pelos acontecimentos relatados no tugaleaks ou o promotor dos mesmos.
    O que ele divulga são ocorrências, e contrariamente à comunicação social, fortemente condicionada por interesses económicos (publicidade, ou grupos proprietários) e ainda por legislação que protege mais o infractor do que o lesado, esses conteúdos podem ser ali divulgados.

    A verdadeira indignação deveria estar focada quando o Estado gasta milhões em infraestruturas e software de primeira linha (ou não) e depois não sabe configurar e manter convenientemente esses bens, apesar de pagar bem aos funcionários e consultores, expondo a qualquer entidade (Script kiddies nacionais ou outros de fora com interesses bem piores do que o simples desafio), os dados sensíveis de todos nós.
    Se bem se lembram, o próprio white-hat foi recentemente proibido (penetration tests).
    O que importa ao Estado, pelos vistos neste caso, é calar o mensageiro e não combater as próprias falhas.

    Leva-me por isso a crer, perante alguns comentários, que o respeitinho ainda é muito bonito!

    • NoFait says:

      Eu quase podia apostar que o “Atento” é o Rui Cruz… Anyway… Quem conheçe o Rui desde o momento em que ele pôs a vistinha na PTnet sabe bem que o “puto” sofre da falta de atenção. Eu não me admirava nada que isto fosse g’anda bullshit (o gajo deixa a PJ entrar porta dentro, revirar a casa e não exige identificação? – wtf? … E levaram uma agente para? O revistar? :))

      Ph34r the mighty Cruz… Acho que estão todos a dar demasiada atenção ao cachopo! Fico chateado se efectivamente a PJ lhe fez uma visita, porque estão a gastar indevidamente o dinheiro dos NOSSOS impostos! >:| Shame on you PJ!!!

      Au revoir 🙂

  34. Diogo says:

    O Rui Cruz tem que aprender a ler. Assim, já pode ler os mandatos de busca. Inteligência e bom senso é tabém algo que peço para que o Pai Natal lhe ofereça todos os anos, mas o pobre coitado, nem do Pai Natal tem atenção…
    Depois de ter promovido a usurpação de direitos de autor (promover e facilitar um crime é em si um crime), cometeu o crime de divulgar correspondência e ainda o de incentivo à prática de diversos crimes informáticos. Pode ser que desta vez a justiça funcione e que ele seja de facto punido.

  35. Flávio Nóbrega says:

    Tenho uma foto dos anonymous no PC tambem vou preso por isso? LOL… qualquer dia vamos ao google escrever “…Download” e temos a PJ a porta -_- não percebo porque é que ele é arguido, talvez para fazerem-lhe chantagem e dizem se não disseres quem faz parte disto e disto, vamos acusar-te disto! penso eu bahhh vontade de rir Este país!

  36. Tiago Correia says:

    Aqui, vejo umas autoridades frustradas. Uma vez que não encontram os verdadeiros causadores dos respetivos ataques informáticos, procuram por quem os divulga, o que não me parece que seja ilegal porque no fundo é essa a função da comunicação social, só se me escapou qualquer outro motivo que levou a constituir-lhe arguido. Por esta lógica, é melhor informar a todos os jornalistas que a sua profissão está condenada pela lei. Um bocadinho cómico.

  37. João Carvalho says:

    Grandola Vila Morena…

  38. El Lentinho says:

    Não conheço este Sr., confesso.

    Mas não será mais lógico darmos todos o benefício da dúvida à justiça e esperarmos pelo fim deste processo para depois criticarmos ou aplaudirmos?

    Hoje em dia é muito fácil influenciar a opinião pública…

    Ficam as dúvidas.

  39. A justiça é cega, não funciona para todos de forma igual. Mais um inocente que é usado como bode expiatório.

  40. jack says:

    Tanta MORALIDADE e IMORALIDADE, eu li aqui nos coments, já tenho uma idade avançada e existem certas coisas que passam ao lado da maioria dos cidadãos, por exemplo, o que está escrito no Tugaleaks sobre a Parpublica é autentico e como neste caso temos em Portugal um País minúsculo muitos casos, o que não me admira porque a esmagadora maioria da População também tem mente Minúscula,Obrigado

  41. CM says:

    Não sei qual é o prolema… Viviemos num país que não se pode saber as verdades… Força Rui..

  42. eblase says:

    Este tipo pede atenção desde 08/2002….! lol

  43. diogo says:

    força Rui
    estamos contigo, mas deixa o legado para alguém continuar com o teu trabalho!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.