Todos os cartões num telemóvel?! Sim já é possível…


Destaques PPLWARE

65 Respostas

  1. Leonardo says:

    Espetacular e bastante util assim evitam de andar com tantos cartões nas carteira

  2. PJFonseca says:

    No market do Android(telefone da Google) o que não falta são aplicações que fazem isso, não vejo novidade nenhuma.

    Já uso o KeyRing á pelo menos seis meses e sempre funcionou na perfeição, as senhoras do Modelo até ficam espantadas.

  3. João Amaro says:

    Sim é verdade, mas esta é uma solução Portuguesa.
    O que traz outra luz ao assunto =P
    ehehe

    CumpZ

  4. Vítor M. says:

    De facto e porque é uma solução portuguesa acho que faz mais sentido. Não só pela questão da nacionalidade mas muito mais pela questão da proximidade, pelo ajuste ao mercado nacional. No fundo a marca que desenvolve esta aplicação, poderá tirar vantagens de termos um padrão diferenciado, em comparação com os povos de outros países.

    Vamos ver se esta ideia vinga… já andei a ver se existia para o meu smartphone… ainda não mas deve estar perto.

    • Malteseres says:

      Caro Vitor!

      Não sei se reparou mas sempre pode enviar um mail aos indivíduos do Cardomobili e eles aconselham qual a solução mais aproximada!

      “Se a marca e/ou modelo do seu telemóvel não aparecem nesta lista envie-nos um email para info@cardmobili.com e nós respondemos-lhe, num prazo de 48 horas, sobre a melhor forma de usufruir do serviço no seu telemóvel.”

      Cumps

      • Vítor M. says:

        Segundo o site, para o iPhone ainda não têm solução disponível. E penso que não há “solução aproximada” tendo em conta a especificidade do equipamento em causa, mas obrigado pela atenção.

        Gostava de facto de experimentar esta tecnologia.

  5. Malteseres says:

    Boa iniciativa!

    Embora exista pessoal que já usa outras soluções e à mais tempo, nós Portugueses devíamos de ser um pouco mais patriotas!
    Os “Nuestros Ermanos” não compram nem um Parafuso que não seja Espanhol, neste clima de crise devíamos fazer o mesmo!
    Comprar o que é Nacional porque também é BOM!!!

    Cumps

    • ricardo says:

      “Comprar” porque a aplicação é de graça lol.

      Mas concordo com o que dizes em geral.

    • Bicancas says:

      Concordo plenamente contigo.

      Tento comprar tudo o que é nacional. Temos por exemplo os chineses, EU NÃO COMPRO NADA NOS CHINESES e porquê???

      Os produtos deles não têm qualidade nenhuma. Mas os portugueses só querem comprar o que é barato, é esta a mentalidade nossa, apenas comprar o que sai mais barato, MAS, ao comprarem nessas casas os produtos duram muito pouco tempo, estragam-se com uma facilidade enorme, não têm durabilidade. Agora em vez de as pessoas comprarem vários produtos nos chineses se comprassem um ou dois produtos nacionais para substituir aqueles que compram nos chineses, o que vamos obter então?? O produto NACIONAL é durável, resistente, de muito boa qualidade, etc, o que se vem a traduzir no futuro numa poupança de dinheiro, visto que ao comprar um produto nacional, este vai durar muito mais do que se comprasse 2 ou 3 produtos dos chineses, logo o portugues teria feito uma poupança, MAS NÃO, o Português só olha para o dia de HOJE e não OLHA PARA O FUTURO.

      Havia ainda muito mais para se dizer, MAS QUERO FRIZAR QUE NÃO SOU CONTRA OS CHINESES (PESSOAS), MAS SIM CONTRA OS PRODUTOS DELES QUE NÃO VALEM NADA.

      Comprem o que é nacional, que a nossa economia agradece.

      Temos outro exemplo, a fruta, a grande maioria vem de espanha, mas os espanhóis compram a fruta nacional levam para espanha e voltam a coloca-la cá misturada com fruta espanhola ainda mais barata do que a compraram e com selo de que é fruta nacional. SERÁ QUE ESTOU ERRADO??? SE ESTIVER QUE ME DESMINTAM COM PROVAS.

      O QUE É NACIONAL É BOM. VAMOS COMPRAR O QUE É NOSSO E DEIXAR O QUE É ESTRANGEIRO PARA OS ESTRANGEIROS.

      Temos que incentivar os nossos produtos, tal como este tópico faz referência.

      Um por todos e todos por um.

      Bicancas

      • Vítor M. says:

        Concordo em pleno com o que dizes, mas o poder de compra dos portugueses e a oferta em termos de preços dos chineses causa uma “depressão” favorável aos chineses nesta transacção.

        Depois, podes não comprar aos chineses, mas compras nos “Shoppings” aos espanhóis. As marcas são quase todas espanholas que estão nessas grandes superfícies comerciais.

        O nosso governo deveria apostar na promoção e na valorização dos nossos têxteis, no nosso calçado, na nossa produção generalizada… acrescer de taxas os produtos chineses, conforme fazem os brasileiros e incentivar à produção nacional.

        Mas este país está estúpido: entram paletes de chineses porta dentro, acabam com a nossa produção, enviam o dinheiro para a China, compram tudo lá (tudo mesmo até suporte logístico). E o povo aqui fica contente por ter muitas lojas de chineses… tá tudo doido!!!

        Com este tipo de mercado, aumenta o desemprego, a insegurança social (matam ourives, matam comerciantes, matam cidadãos comuns, etc…) e o nosso governo dá rendimento mínimo, dá rendimento assegurado anti-pobreza… e consegue votos nas urnas!!! Tá tudo doido!!!!

        E trabalho? Não há quem arranje? Já não se usa trabalhar? Está fora de moda?

        • Cosme Benito says:

          Com os chineses nem há discussão porque o produto deles é de qualidade medíocre mas em relação aos produtos estrangeiros a conversa já é mais complicada. É que muitas vezes o produto estrangeiro tem a mesma qualidade e é mais barato. Referiste o exemplo dos têxteis e calçado mas eu dou-te o exemplo, já que estamos num blog de tecnologia, da Wii que comprei (nova) por 200€ vinda do UK quando cá custava 250€.

          É difícil pedir ao português para comprar nacional quando o nacional é mais caro, especialmente nestes tempos apertados.

        • Bónus says:

          E falta ainda referir, os benefícios fiscais que o governo oferece ao chineses.
          Se não estou em erro, penso que estão isentos de impostos por um período de um ou dois anos. Mas depois usam o truque de mudar de gerentes e de empregados para outros locais, e estão sempre a ter esse benefício.
          Se os portugueses são obrigados a pagar impostos, porque é que eles não pagam?
          Isto está tudo doido mesmo!

          • AirCrack says:

            Os Portugueses também estão isentos por o mesmo periodo.
            Achas mesmo que isso seria assim?

          • Bónus says:

            Pelo que tenho lido, em vários sítios na net, dizem que os chineses beneficiam de maiores incentivos do que os portugueses.
            O periodo que referi, afinal não é de um, nem de dois anos, mas sim de cinco.
            Daí a origem da frase do Alberto João Jardim: “Não quero chineses aqui na Madeira”.

          • AirCrack says:

            Ele é que é postal, e evita dar a explicação mais obvia… densidade populacional. Devia ser engraçado uma loja chinesa por 1km2 (do genero) … hehehehe

      • AirCrack says:

        Bicancas, a fruta nem chega a sair de Portugal…

        De resto camarada, tou 100% de acordo.

    • reimor says:

      e que fazer quando a escolha numa loja portuguesa fica mais caro 1500 euros numa simples compra de material electronico por exemplo?
      porque sera que as lojas portuguesas nao se satisfazem com o minimo e querem logo extorquir o maximo?
      porque serao diferenças tao grandes,muitas veses na ordem dos 60%?
      isso de ser nacionalista nao pode ser apenas para alguns!

      • ze_x says:

        “porque sera que as lojas portuguesas nao se satisfazem com o minimo e querem logo extorquir o maximo?”

        Porque as empresas/lojas portuguesas tem custos de funcionamento proporcionalmente superiores a muitas dessas tais “estrangeiras”?

        Porque se a electricidade, agua, combustíveis, comunicações, seguros, taxas, taxinhas e tachonas, são proporcionalmente mais elevados em PT logo o custo final dos produtos cá vendidos será também maior?

        Porque na UK, por exemplo, não se tem que sustentar um estado parasita que pesa 60% do PIB sem praticamente nada oferecer em troca?

        Porque na UK não andam a adjudicar TGVs, aeroportos e auto estradas à fartazana quando o Pais já está endividado até à ponta dos cabelos?

        Porque para abrir uma mini lojeca de bairro, avisando um auto emprego dito de subsistência, em PT os encargos fixos a pagar à cabeça para o sócio obrigatório (Estado) são completamente díspares da possível e previsível (pequena) facturação?

          • reimor says:

            pois é por isso essencialmente,mas as margens cobradas aqui sao muito maiores tb.

          • Bónus says:

            Sim, penso que é um pouco de tudo.
            Eu comprei há 4 anos, uma máquina fotográfica que custava aqui em Portugal 600€ (preço de tabela).
            Fui compra-la a Vigo (150 Kms) por 400€ (preço tabela em Espanha).
            Estamos a falar de um país aqui mesmo ao lado! É inadmissível!

        • kekes says:

          Para dizer a verdade achos os componentes electronicos ela por ela, na maior parte dos tempos sao mais barato em Potugal, eu vivo em Espanha e sei do que falo, já lá vao os tempos que… Agora com o € isto anda muito uniforme.

          Outra coisa por exemplo Andorra tem impostos baixissimos, e tal, mas apenas compensa lá ir comprar tabaco, alcohol e afins, coisas que pagam elevados impostos, poruqe? Porque os comerciantes em vez de ganahrem 5 querem 10 e assim o preço fica igual.

          Quanto ao que falaste em politica, nao vamos por ai, se es entendido na materia sabes bem como os Estados Unidos recuperaram do Crash da bolsa no seculo passado, e há que aproveitar os fundos enquanto a torneira está aberta depois aquilo fecha e nós temos de fazer a nosso custo se queremos estar ao nivel dos outros…

          • Bónus says:

            Já me tinham dito que Andorra já não compensava, mas eu estive lá o ano passado e os preços de alguns produtos, eram bastante mais baixos do que aqui em Portugal.
            Posso dar o exemplo de uma máquina Olympus, que custava aqui 560€, estava lá a 320€.
            Comprei uma bateria original para a minha máquina, que cá custava 55€, por 20€.
            Vi um capacetes Shoei, que cá custam cerca de 550€, por 230€.
            Ainda há muita coisa que é mais barata, principalmente em electrónica.

    • kekes says:

      Desculpa lá mas no outro dia comprei bolochas de manteiga portuguesas em espanha :D, aquelas naquela embalagem azul :P Bem boas :D

      Tou a brincar, isso é verdade mas não se pode levar ao estremo, há que ter juizo :P

  6. Helder Ferreira says:

    Uma óptima ideia e de realçar que é uma ideia TUGA.

    Pena ainda não estar disponível para todos os equipamentos mas lá chegará o dia em que isso vai acontecer.

    BOM ANO…

  7. alfredo says:

    Uma ideia bastante útil! Mas deixemos de nacionalismos porque senão é que o país bate no fundo. A exportação e o turismo é que ainda estão a aguentar a economia portuguesa – abram os olhos e consumam melhor ao mehor preço!

  8. Carlos says:

    Não é mais que guardar os números dos vossos cartões no telemóvel. Mas isso amigos, posso eu fazer nas notas se a aplicação não funcionar no meu telemóvel. E o cartão de Pontos da Galp? Não dá… E os outros cartões de pontos que eles precisam de ler? :P Já foste…

  9. Cosme Benito says:

    Experimentei e adorei. Uma excelente ideia e muito bem implementada. Ainda por cima é grátis e com selo nacional, não podia pedir melhor. Muito obrigado grande Vítor ;)

  10. softclean says:

    Vamos lá ver se percebi então: a pessoa regista-se, regista também alguns cartões e instala a aplicação.

    Quando chegar à loja , mostro o meu telemóvel. A partir daí o que acontece? O/A funcionário/a lê o número e regista-o na caixa? Qual é a diferença entre isso e um bloco de notas.

    Vi o vídeo e disseram que a empresa está ligada às outras e que o bloco de notas não chegaria para fazer a transacção. Mas se apenas precisam do número (meu entender), qual a diferença entre o papel e o que é mostrado no telemóvel?

    Já tentei procurar nas FAQ’s do site, mas não consegui perceber bem.

  11. Silvio Horta says:

    @Carlos
    “Se não encontra o cartão que pretende, a Cardmobili permite-lhe criar o seu. Preencha correctamente os dados e personalize os seus cartões.” Além do mais encontra-se em versão beta. Não compreendo como pedem logo tudo de uma vez, a sério, deixem as pessoas trabalhar. “Roma e Pavia não se fizeram num dia”.

  12. Noon_Ssibot says:

    Eu uso o ewallet. no PDA, e também da para o iphone, pode digitalizar os cartões onde não existam template, e crio um cartao de “imagem” (pesa é um pouco na base de dados. mas para quem nao tem tempo para fazer um template, para os varios campos disponiveis por cartão já vamos indo…

  13. Nuno Pinto says:

    Acho que está fantástico.
    Se não tiver o nosso cartão podemos criá-lo, ou então sugerir para eles criarem.
    Acabei de me registar e achei tudo muito fácil e intuítivo.

    Agora so resta o povo ajudar, para ajudar a implementar o conceito e a ideia.

    E é diferente de ter no notepad, podemos tentar fazer igual, mas só a trabalheira que isso dá. Aproveitem que nem sequer é pago.

    Ainda há-de ser daqueles casos que poderá ter enorme sucesso lá fora e esquecido no país de origem.

  14. Tiago says:

    1Password para iPhone e Mac. Querem melhor?

    Essa treta de não compro nada Chinês… Ó Vítor, onde foi o teu iPhone montado!? Na China! É muito bonito falar mas num mundo consumista como o de hoje, é praticamente impossível não comprar nada que, directa ou indirectamente, tenha a China como pano de fundo.

    Sobre o tópico, isto não passa de uma ideia (1Password – não que esteja a dizer que o 1Password é a ideia original) aprimorada para os telemóveis que os Portugueses têm.

    Eu gosto muito e apoio, mas já uso o 1Password há muitos anos e com a sincronização e nível de protecção Mac + iPhone, não vejo melhor (atenção que este serviço de que falo deixa-vos guardar tudo, não são só cartões: são logins, palavras passe, cartões multibanco, VISA’s, nº de identidade, segurança social, etc. e tal).

  15. Bónus says:

    Até que enfim que aparece um serviço destes!
    Em pleno século 21, não faz sentido andarmos carregados de cartões para tudo e mais alguma coisa.

  16. sight says:

    experimentei para o meu TMN Silverbelt, infelizmente não dá para alternar entre cartões. deveriam fazer uma aplicação especificamente para o Windows Mobile, não só garantiria compatibilidade como poderia fazer melhor uso de certas tecnologias como por exemplo o touch screen, o accelerometro e a fisica.

  17. Daniel C. says:

    Experimentei esta semana, mas não fiquei muito convencido… Acho perigoso, caso o telemovel seja roubado, o ladrão tem acesso a todos os nossos dados pessoais, isto porque esta aplicação não tem bloqueio com password. Também desconheço a adesão das lojas a esta tecnologia

  18. Mariz says:

    Eu no fórum há 1 ou 2 meses já tinha colocado um tópico sobre isto eu coloquei no dia em que deu no Futuro Hoje (sic), acho um programa bom e útil muita gente não vai dispensar

  19. Raul says:

    Tb é o netinho do Belmiro mete medo

  20. Sérgio Fangueiro says:

    Bem isto é de facto muito bom. Mas quando na reportagem se diz que o dinheiro veio de investidores portugueses, estão a enganar. Veio de um único investidor: Belmiro de Azevedo, pois o dono da Cardmobili é o neto mais velho deste senhor: Tomás Azevedo – filho do Administrador da Casa da Música – filho mais velho do xoné: Nuno Azevedo. E não é por acaso que se encontra disponível na app store da Optimus. Mas uma grande ideia sim.

  21. afonso says:

    http://www.youtube.com/watch?v=DQdGvfV4WnU

    segundo 45, isto sim é que seria uma boa ideia !

  22. Wilson Silva says:

    Era giro ver um americano com 2 mil milhões de cartões no bolso :P

  23. @Cosme Benito
    Obrigado.

    Aproveitem para comentar sobre o tópico, não sobre assuntos paralelos, comentem, critiquem, sugiram e façam o país andar para a frente não para trás.

  24. Pedro says:

    Não é por nada mas o neto do belmiro nao andava metido nisso tb ?

  25. Marcos says:

    @Pedro, que engraçado, encontrei uma coisa para ti, e nao está muito longe de ti http://pplware.sapo.pt/2010/01/04/todos-os-cartoes-num-telemovel-sim-ja-e-possivel/comment-page-1/#comment-268882

    LOL

  26. arcsystem says:

    @offtopic

    Pessoal!
    À pouco tempo comprei um Samsung s7330 e tentei por esta aplicação só que estou com alguma dificuldade…
    Alguém me pode ajudar?

  27. aver says:

    Alguns comentários:
    “Não é mais que guardar os números dos vossos cartões no telemóvel.” (Carlos)
    “1Password para iPhone e Mac. Querem melhor?” (Tiago). o 1Password guarda informação encriptada.
    “Já uso o KeyRing (no Android) á pelo menos seis meses e sempre funcionou na perfeição, as senhoras do Modelo até ficam espantadas”. (JPFonseca)
    Há mais alguns comentários do tipo fotografar/ digitalizar cartões.

    Acho que não é nada disso. A resposta mais elaborada é o do JPFonseca, com o ReyKing, que permite reproduzir o código de barras de um cartão. E se o cartão não tiver códigos de barras ? Fui ver os meus e a maior parte não tem. Têm autenticação por banda magnética. Por isso é que a ideia pode valer os 500.000 euros.

  28. Renato says:

    Vivam,
    O pplware deveria ser um pouco mais critico naquilo que publica. Ao publicar noticias como esta, está a fazer publicidade gratuita pura. Tinha muito mais valor se fizesse uma análise critica do assunto/produto em questão.

    Por exemplo, neste caso estranho que nem os autores, nem mesmo nos comentários, tenham levantado os problemas de privacidade que este serviço trás. Alguém já verificou se fazem cruzamento de dados? A simples cruzamento das compras feitas por uma pessoa tem muito valor comercial e permite tirar muitas conclusões sobre a pessoa.

    Eu, por mim, não quero este tipo de poder numa empresa privada.

    Cumprimentos.

    • Afonso says:

      “Pode registar todos os seus cartões de fidelização (cartão cliente, cartão de pontos) em que a informação do número do cartão é suficiente para se identificar na loja.” Então é a mesma coisa que pegar na camara digital tirar os fotos e mostrar à miuda da caixa?
      Não vejo grande utilidade nisto.

    • aver says:

      Se bem percebi isto só autentica “cartões digitais” no telemóvel. Não recolhe informação sobre o que comprei com o cartão.

      Em vez de mostrar na FNAC o “cartão FNAC” (físico) mostro a imagem do cartão dentro da aplicação no telemóvel. Ter lá ido parar significa que é autêntico (ou melhor, que foi lá posto pela Cardmobili). A Cardmobili fica a saber que tenho um cartão da FNAC, um da Repsol, um da BP, … Não me parece grande problema, embora a empresa tenha que ter uma política de privacidade, a cumprir.

  29. Afonso says:

    e não é o mesmo que tirares uma fotografia com o telemovel e mostra-la ?

    • aver says:

      Sem ser nenhum perito altero-te todos os dados da fotografia de um cartão: nome, número e data de validade. Ou tiro dez fotografias do meu cartão e ponho os meus amigos a usá-las e consigo os pontos que me dão (não sei o quê). É verdade que nestes cartões de fidelização as empresas não estão muito interessadas que seja o verdadeiro dono do cartão a apresentá-lo nas compras, por exemplo nas bombas de gasolina, mas penso que há limites.

      Com um cartão digital autêntico em princípio só o enviam para um telemóvel, embora tenha lido no site, que também se pode partilhar (não sei como, porque tenho um iPhone e para iPhone não há). Posso dar o cartão físico que está em meu nome para a minha mulher usar, como lhe posso emprestar o telemóvel (smartphone) com a imagem digital do cartão. Arranjar 10 é que não, como nas fotografias do cartão.
      Acho que é isto, mas já estou a inventar.
      Cumps.

  30. Afonso says:

    tb está disponivel para a tmn

  31. Tiago Reis says:

    Boas,

    visto que sou uma das pessoas que fez este produto queria aproveitar para agradecer as palavras de apoio que a maior parte fez :-)

    Para o pessoal do Pplware, foi muito bom ler num blog que sigo todos os dias, um artigo sobre a aplicação/serviço que ocupa todos os meus dias :-)

    Obrigado a todos pelas sugestões e críticas, já deu para algumas conversas/discussões na empresa e algumas ideias novas :-)

    Vou tentar (não prometo quando) dar uma vista de olhos ás dúvidas que foram pondo e tentar responder.

    Cumps

  32. Ricardo Antunes says:

    Aqui está um pedaço de código útil :)
    Já uso este serviço há algum tempo, até aproveitei na altura para fazer um pequeno guia para o fórum, quem estiver interessado pode ver –> http://forum.pplware.com/showthread.php?tid=4155

  33. Teresa says:

    Encontro-me a fazer o Doutoramento na Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto sobre o desenho de experiências de serviços móveis. Nesse âmbito, estou a desenvolver um estudo com os utilizadores Cardmobili, para perceber melhor a sua experiência de utilização do serviço, e gostaria de contar com a vossa participação numa entrevista individual ou integrada num grupo de outros utilizadores do serviço.

    Se tiverem disponibilidade, agradeço o vosso contacto por telefone ou email, e estarei disponível para qualquer esclarecimento adicional. A vossa colaboração será muito importante para o projecto de investigação e será igualmente importante para melhorar o serviço Cardmobili.

    Muito obrigada.

    Teresa Sarmento

    PRODEIG – Programa de Doutoramento em Engenharia Industrial e Gestão

    Faculdade de Engenharia do Porto

    R. Roberto Frias

    4200-465 Porto

    +351225081719

    teresa.sarmento@fe.up.pt

  34. Eduardo BR says:

    Este serviço já esta em testes em São Paulo, Campo Grande e Rio de Janeiro, e outras capitais de outros estados do Brasil..

    é um serviço muito melhor e descongestiona os caixas de pagamento.

    o bom é que uma passada com o celular em uma máquina que envia ondas de rádio, já paga a sua conta. é ótimo mesmo!

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

*

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>