Street View chega ao Amazonas e Reserva do Rio Negro

A Google anunciou que, no âmbito de uma parceria com a Fundação Brasileira Amazonas Sustentável, passou a ser possível, através do Street View, visitar e passear pela Reserva do Rio Negro no Amazonas e respectivos rios, florestas e as comunidades locais e a sua cultura. A nova funcionalidade é disponibilizada no Dia Mundial da Floresta.

 


Deixamos o post publicado por Karin Tuxen-Bettman, Líder do projecto Google Street View no Amazonas. Neste link estão disponíveis imagens em alta resolução e vídeos sobre os bastidores deste projecto.

Visite o Amazonas e a Reserva do Rio Negro com o Street View no Dia Mundial da Floresta

No passado mês de Agosto, alguns membros das equipas do Street View Brasil, dos Estados Unidos e do Google Earth Solidário deslocaram-se, a convite, à bacia do Amazonas para recolherem imagens dos rios, florestas e comunidades da reserva do Rio Negro. Hoje, no Dia Mundial da Floresta, a Google disponibiliza estas imagens no Google Maps através do Street View. A partir de agora, é possível explorar a beleza e a diversidade do Amazonas.

Faça uma viagem de barco pelo Rio Negro e pelos seus afluentes mais pequenos onde a floresta é inundada. Passeie pelos caminhos de Tumbira, a maior comunidade da Reserva ou visite as outras comunidades que convidaram as equipas da Google para partilharem as suas vidas e cultura. Desfrute de uma caminhada pela Floresta Amazónica e veja onde é colhida a castanha do Brasil (castanha do Pára). É possível mesmo ver animais da floresta caso se procure com alguma atenção.

Floresta Amazónica

Para quem quiser fazer uma viagem guiada mais rápida pode recorrer ao Google Earth e fazer uma viagem pelo rio, floresta, ou pela comunidade de Tumbira.

Este projecto foi possível através de uma parceria com a Fundação Amazonas Sustentável (FAS), a organização de conservação não governamental local que convidou a Google a visitar a zona.

Para este trabalho foram utilizados os triciclos do Street View equipados com uma câmara com lentes fisheye — usadas habitualmente para recolher imagens no interior de lojas – para se obterem as imagens das paisagens naturais bem como das comunidades locais.

No total, foram tiradas mais de 2.000 fotografias para criar mais de 200 imagens panorâmicas imersivas de 360º.

Muitas das zonas do Amazonas, incluindo a Reserva do Rio Negro, estão sob jurisdição do Governo Brasileiro e com acesso restrito do público. Com este projecto, a Google espera que o Street View possa disponibilizar acesso a este local especial do planeta, que de outra forma não seria possível visitar e conhecer.

Em conjunto com a Fundação Amazonas Sustentável, a Google está muito satisfeita em poder ajudar a disponibilizar uma forma a permitir que todos, de investigadores a cientistas e curiosos de todo o mundo, possam conhecer melhor o Amazonas e como as comunidades locais estão a trabalhar para preservarem este ecosistema único para as gerações futuras.

Para aceder directamente à galeria Street View basta utilizar o Mapa do Brasil  e arrastar o ícone do Street View para o Rio Negro.

Post assinado por Karin Tuxen-Bettman, Líder do projecto Google Street View no Amazonas.





  •   
  •   
  •  
  • Pin It  
  • Imprima este artigo
  • Post2PDF


21 Comentários

  1. Esta tecnologia da Google é fabulosa :)

    • É, pode ser fabulosa, mas os ladrões em SP, RJ, MG e outros estados do Brasil estão usando a mesma tecnologia para marcar saídas e assaltos.

      Vira e mexe tem condominíos sendo assaltados e os ladrões com mapas do google maps, o mais recente aconteceu em sp, que os ladroes fecharam as duas saídas da rua, e a porta da delegacia mais proxima, para roubarem os caixas.

  2. IMPRESSIONANTE… STREET VIEW CHEGA PRIMEIRO AO AMAZONAS, DO QUE AO NOSSO PAÍS (EXCEPTUANDO LISBOA E PORTO),… TRISTEZA DA GOOGLE, PRATICAMENTE TODA A EUROPA OCIDENTAL TEM STRRET VIEW, E NÓS PARECEMOS QUE ESTAMOS NO 3º MUNDO… SE AS FILMAGENS ESTÃO FEITAS, DISPONIBILIZEM LOGO AS IMAGENS PÁ,TANTA COISA…. AGORA JÁ COM RELATIVO INTERESSE, POIS AS FILMAGENS JÁ TÊM PELO MENOS 3 ANOS,… ENFIM…

  3. Gostei de pormenor do jovem estar de bicicleta ;)

  4. Mas alguém tem dúvidas que vivemos no terceiro mundo num regime a que chamamos de democracia mas que de facto não é!

    E como somos um país de incompetentes (salvo algumas excepções) e não temos riquezas naturais ninguém nos liga nenhuma!

    Aliás, temos uma grande riqueza natural que são os nossos crânios mas esses ou emigram ou cá ninguém lhes dá valor!

    Continuamos a não nos saber impormos como país, como nação, como uma nação que deu mundos ao mundo!

    E como tal é o que temos!

    Bem hajam!

  5. Lisboa e Porto o caraças, que S.João do Estoril faz parte do distrito de Lisboa e ainda não está disponível no Street View.
    Irrita a vitimização constante que gostam de fazer em relação a Lisboa e Porto.

  6. Nem a google tem dinheiro para comprar um motor elétrico para a bicicleta, anda tudo a fazer pouco da gente.

  7. Boa noite ,

    Caro @Lagguna , concordo inteiramente com o teu comentário , infelizmente estamos a ser governados por um bando de mentirosos que mentiram antes de derrubarem o governo do PS e que prometeram na campanha eleitoral para as legislativas tomar decisões que levassem a boas práticas e a transparência na atribuição de cargos públicos e nunca vi tanto boyismo como agora , infelizmente estamos a ser governados por crianças mimadas que não têm alguma experiência na vida e estão a provocar o colapso do nosso tecido comercial (o pouco que já restava ) e das pequenas e medias empresas ao fim de quase ano no governo é que se anda a falar na possível ajuda ou a dita injecção de capital que a Europa disponibilizou aos Bancos e que serviria para injectar de novo o crédito as empresas que todos os dias sufocam com os problemas de tesouraria .

    Aceitem os meus sinceros cumprimentos

    Serva

  8. Imagino que a maior parte do nosso país esteja mapeada.. Já à uns bons anos que vi o Astra durante alguns dias em cidades mais pequenas do país.. Infelizmente não permitiram a publicação das imagens. Enfim..

    • Correto. Mesmo até cidades do interior já lá estão a muito, mas por enquanto só em uso interno da Google.
      Bem a mais de um ano que está emperrado por ainda “antigos boys políticos” que não deixam a coisa andar… …e a google não abre a bolsa para as “Caimão”…

  9. Caro @serva, não posso estar mais de acordo e creio que a montanha pariu um rasto. Parcerias, BPP, BPN vsi tudo ficr ns mesma. Temo que, sem medidas económicas estejamos perto do colapso mas, espero que, apesar de tudo as coisas melhorem!

    Bem, não me voou alongar muito se não o Victor diz que isto não é local para debates políticos! :)

    Bem hajam!

    • Temos de fazer um debate politico, mas dentro de um espaço dedicado, mais para conhecer as vossas posições e saber o que entendem que deva ser o caminho do futuro, mesmo nos assuntos ligados à tecnologia.

  10. Pois , compreendo a posição do Vitor , de facto não é o lugar , mas as vezes é difícil de resistir .

    Cumprimentos

    Serva

Deixe o seu comentário

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. O autor deste site reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.