Usamos cookies para garantir a melhor experiência de utilização no Pplware.com - Saiba mais sobre os nossos cookies
Ok

Street View – Agora também disponível debaixo de água

O serviço de mapas da Google é uma das suas melhores ferramentas. Permite que tenhamos acesso gratuito a todo o planeta, quer seja em mapas ou em fotografias aérea. Adicionaram algumas funções adicionais a este serviço, tais como o serviço de transito em directo ou a o Street View para o tornar ainda melhor.

Foi precisamente esta última adição que foi agora melhorada. A Google tem incorporado no Street View algumas imagens de locais fora dos circuitos normais e também, com recurso a veículos nada normais, lugares que nos vão ser impossíveis de aceder de forma directa e simples.

A última adição a esta vasta lista de locais foram as imagens do fundo do mar, o que nos permite ver locais de rara beleza e que são de difícil acesso.



O Google Street View permite que vejamos os locais que pretendemos em imagens reais, como se estivéssemos nesses mesmos locais, não nos limitando a vê-los numa perspectiva de mapa ou de vista aérea. Podemos também navegar nesses locais e assim ter uma perspectiva imersiva destes mesmos locais.

Depois de terem disponibilizado imagens da Antártica e do Amazonas, chegou agora a vez de a Google trazer imagens de locais exóticos como a grande Barreira de Coral, classificado Património da Humanidade pela UNESCO, a Apo Island, uma ilha vulcânica na Filipinas e o Havai.

Podem aceder à totalidade destas novas imagens e dos diferentes locais através deste site da Google. Vão ainda poder ver ai todo o catálogo de diferentes locais que a Google tem disponível pelo Street View.

Através destas imagens vibrantes e impressionantes do mundo aquático poderá “nadar” pelos recifes de coral coloridos e ver mais de perto alguns dos seus animais.

A partir de agora, qualquer um pode tornar-se no próximo Jacques Cousteau digital!

A recolha de imagens destes locais foi feita com recurso a uma câmara subaquática especial – a SVII. Todo este trabalho foi feito em parceria com o Catlin Seaview Survey.

Este novo equipamento junta-se assim a muitos outros que foram usados, e ainda o são, para a recolha deste tipo de imagens e para a sua incorporação no seu serviço de mapas.

O vídeo acima mostra os locais que podem encontrar nesta nova perspectiva que a Google disponibiliza no Street View.

A experiência imersiva vai ser total e vão poder finalmente ver, ou recordar, o que é mergulhar nesses locais e ter contacto, ainda que virtual, com a fauna e flora de cada um desses locais.

Mais uma vez a Google inova nos seus serviços e dá-nos acesso a informação e a imagens de locais que provavelmente nunca vamos poder visitar. É uma perspectiva virtual, mas é a que mais se aproxima da real e que poderemos não ter.

Homepage: Google Maps



  •   
  •   
  •  
  • Pin It  
  • Imprima este artigo
  • Post2PDF


4 Comentários

  1. Será que algum peixe vai reclamar por invasão de privacidade :)

    Por vezes a continuidade na navegação falha um pouco (parece que não há continuidade de uma imagem para outra). Esta situação é mais evidente na transição entre a costa e o fundo do mar.
    Mas de qualquer forma está incrível… Apetece mesmo andar por ali a ver as imagens.

  2. sou fã incondicional desse serviço, ja ajudei meu chefe em viagem a chegar ao local certo, sem erros, ja achei telefone de empresa que precisava, enfim, da pra se divertir e aprender sobre esse nosso mundo.

  3. Estou a ver um processo a cair em cima da Google, pois a Apple lançou viagens subaquáticas a todos os utilizadores do ios 6!!

Deixe o seu comentário

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. O autor deste site reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.